novos rumos da administrao pblica rumos da administrao pblica ... j o portal da transparncia como...

Download NOVOS RUMOS DA ADMINISTRAO PBLICA   RUMOS DA ADMINISTRAO PBLICA ... J o Portal da Transparncia como recurso tem por ... administrao pblica no Brasil e o controle

Post on 06-Feb-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    NOVOS RUMOS DA ADMINISTRAO PBLICA BRASILEIRA E A LEI DE

    RESPONSABILIDADE FISCAL TRANSPARNCIA DOS ATOS PBLICOS

    Felipe Mrcio de Souza*

    Gilvan Dias de Lima Filho**

    RESUMO

    O objetivo deste estudo foi o de conceituar o panorama atual da administrao pblica

    brasileira, enfocando a transparncia administrativa como importante ferramenta para o

    controle social dos atos pblicos. Como constatao, observou-se de modo coevo que a

    administrao pblica deve ser fundamentada em prticas atualizadas e inovadoras, voltadas

    para a criatividade e para a gesto por resultados. Alm disso, a transparncia caracteriza-se

    como um dos meios mais democrticos para monitorar os gastos e os atos pblicos

    administrativos, sendo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) o principal instrumento

    regulador das contas pblicas do pas. Dentro deste contexto, o Portal da Transparncia

    configura-se como um instrumento de informao e de controle social que possibilita ao

    cidado acompanhar a arrecadao das receitas e a aplicao dos recursos pblicos. Assim,

    arremata-se que, a LRF representa um marco na administrao pblica brasileira, pois ao

    estabelecer normas para a responsabilidade na gesto, possibilita o combate improbidade

    administrativa, consequentemente, fundamental que os governos sejam transparentes e

    prestem contas de suas aes. Como metodologia o trabalho tem a conformao de uma

    pesquisa bibliogrfica e qualitativa, tendo como fonte de consulta a legislao vigente, artigos

    cientficos, bem como bases de dados eletrnicos, tais como o Portal da Transparncia.

    Palavras-chave: Administrao Pblica; Transparncia; Lei de Responsabilidade Fiscal.

    ABSTRACT

    The aim of this study was to conceptualize the current landscape of the Brazilian public

    administration, focusing on administrative transparency as an important tool for social control

    of public acts. As finding, observed coeval so that public administration should be based on

    current practices and innovative, dedicated to creativity and management for results.

    Moreover, transparency is characterized as one of the most democratic to monitor spending

    and public administrative acts, and the Fiscal Responsibility Law (FRL), the main regulatory

    instrument of public accounts of the country. Within this context, the Transparency Portal is

    configured as an instrument of information and social control that enables citizens to monitor

    revenue collection and use of public resources. Thus, he concludes that the LRF represents a

    milestone in Brazilian public administration as to set standards for responsible management,

    enables combating administrative misconduct, therefore, it is essential that governments are

    transparent and accountable for their actions. The methodology work has the conformation of

    a literature search and qualitative, with the source query current legislation, scientific articles,

    as well as electronic databases, such as the Transparency Portal.

    Keywords: Public Administration; Transparency; Fiscal Responsibility Law.

    * Felipe Mrcio de Souza Graduado em Tecnologia em Gesto Pblica pela Universidade Federal de

    Campina Grande (UFCG). E-mail: felipemarciomengao@hotmail.com

    **Gilvan Dias de Lima Filho Doutor em Educao Brasileira, pela Universidade Federal do Cear (UFC);

    Mestre em Economia pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG); Graduado em Cincias

    Econmicas pela Universidade Federal do Cear (UFC); Professor Adjunto da Universidade Federal de Campina

    Grande (UFCG). Pesquisador do Ncleo de Pesquisa Poltica, Cidadania e Gesto Pblica da Universidade

    Federal de Campina Grande (UFCG). E-mail: gilvandl@ufcg.edu.br

  • 2

    1 INTRODUO

    A administrao pblica brasileira tem avanado. Atualmente, os governos esto

    implementando uma administrao voltada para melhoria na prestao de servio pblico.

    Com isso, as gestes esto buscando desenvolver-se gerencialmente e administrativamente.

    Desta forma, as aes de gesto esto ligadas ao planejamento, ao controle e avaliao das

    polticas ofertadas aos cidados, j que as demandas por polticas pblicas aumentam de

    modo intensivo e extensivo. Neste sentido, fazem-se necessrias administraes mais

    consolidadas e coesas, constitudas por governos que, de acordo com as atribuies que lhes

    so conferidas, devem representar e atentar ao bem-estar social.

    A administrao sistemtica na busca por resultados envolve mtodos e prticas

    utilizadas no mundo corporativista, com propsitos na gesto estratgica, no desenvolvimento

    gerencial, na busca de responder aos anseios de eficincia e eficcia. As administraes

    modernas que primam pela tica e o bom relacionamento com os cidados, disponibilizam os

    atos e informaes sobre os bens e recursos pblicos, tendo como finalidade tornar clara a

    aplicao das receitas e gastos das distintas esferas de governo. Para que isso ocorra

    constantemente, necessrio que haja transparncia com o intuito de combater a ineficincia

    e a corrupo como tambm, proteger o patrimnio pblico.

    Neste contexto, a transparncia na administrao pblica um avano democrtico, no

    sentido de que transfere aos gestores a responsabilidade de cumprir metas e promover a

    eficincia administrativa, j que seus atos passam a ser divulgados para a sociedade. Uma vez

    esclarecida, a populao torna-se agente de fiscalizao das aes do setor pblico, bem

    como, dos atos e prticas de improbidades administrativas.

    Diante do entendimento de que a transparncia fundamental para o controle social,

    relevante abordar os instrumentos necessrios ao acesso s informaes ligadas aos gastos

    pblicos, aplicao de recursos financeiros, como tambm, relacionadas s empresas e s

    entidades prestadoras de servios para a sociedade com financiamento pblico. Nesse

    contexto, o presente trabalho busca conceituar o panorama atual referente transparncia da

    administrao pblica brasileira, atravs da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) configurada

    como instrumentos de controle social.

    A Lei de Responsabilidade Fiscal, em vigor, desde 04 de maio de 2000 (BRASIL,

    2000) se constitui no principal instrumento regulador das contas pblicas do pas. A lei obriga

    que as finanas sejam apresentadas detalhadamente ao Tribunal de Contas da Unio, tribunais

    estaduais e dos municpios. Alm disso, tornou-se um dos principais normativos relacionados

  • 3

    transparncia na gesto pblica, estabelecendo em seus artigos o modo e os instrumentos

    pelos quais ser garantida a transparncia pblica.

    J o Portal da Transparncia como recurso tem por objetivo divulgar dados e

    informaes detalhadas sobre a execuo oramentria e financeira da Unio. No Portal,

    qualquer interessado pode buscar informaes referentes a receitas, despesas e transferncias

    realizadas no mbito do Poder Executivo Federal. Com relao aos dados do Portal sobre

    arrecadao de receitas, estes so extrados do Sistema Integrado de Administrao Financeira

    do Governo Federal (Siafi).

    Como ordenamento lgico este artigo est segmentado nas seguintes sees: na

    primeira est exposta introduo onde apreciado um esclio geral sobre o tema; na

    segunda seo aborda-se sobre os novos rumos da administrao pblica brasileira, na

    terceira expe-se sobre a transparncia da administrao pblica no Brasil e o controle social.

    A quarta seo refere-se Lei de Responsabilidade Fiscal como instrumento de transparncia

    e, por fim, a quinta seo expressa o Portal da Transparncia como recurso de informao.

    2 NOVOS RUMOS DA ADMINISTRAO PBLICA BRASILEIRA

    A administrao pblica vive um processo evolutivo. Nas ltimas dcadas do sculo

    XX, aconteceram inmeras reformas governamentais. Com isso, o estado passou a atuar de

    forma diferente, levando-o a ter uma nova postura e um novo conceito. Sendo assim, a atual

    administrao pblica comea a atuar de forma gerencial, focada no planejamento, no

    controle e na avaliao das polticas. Esta nova concepo de administrao pblica baseia-se

    em prticas atualizadas e inovadoras, voltadas para a criatividade e para a gesto por

    resultados, com atitudes e aes semelhantes ao da gesto privada.

    No final da dcada de oitenta, percebeu-se que a administrao pblica era conduzida

    de forma a primar por melhorias, ou seja, no satisfazia a populao, principalmente pela

    ausncia de polticas pblicas voltadas qualidade de vida e ao bem-estar dos cidados. Este

    modo de conduo da administrao no era dinmico e com isso a eficincia administrativa

    era sempre incompleta. De acordo com Castor (1987), a administrao pblica desse perodo

    reagia de forma lenta e insatisfatria s mudanas econmicas e sociais que se processavam

    sua volta, tornando mais agudas e sensveis suas distores e deficincias.

    A gesto pblica tem muitas reas de atuao e muitas atribuies, com um papel

    mltiplo, tornando-se complexa tanto em seu nvel macroeconmico, quanto em seu nvel

    organizacional, pois cabe a mesma a necessidade de adequao de acordo com a atualidade.

  • 4

    Alm disso, as demandas sociais crescem consideravelmente como tambm as exigncias por

    eficcia e eficincia nos resultados.

    Neste entendimento, Neves (2001) declara que a organizao da administrao

    pblica, tanto a nvel macro como micro requer urgentemente encontrar e dar consistncia a

    novas abordagens relativas reforma interna e ao modo de garantir um funcionamento dos

    servios pblicos

Recommended

View more >