Noticiário 09 01 14

Download Noticiário 09 01 14

Post on 10-Mar-2016

222 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

<ul><li><p>POLTICA</p><p>WWW.ODEBATEON.COM.BR MACA (RJ), QUINTA-FEIRA, 9 DE JANEIRO DE 2014 ANO XXXVIII N 8290 FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES O JORNAL DE MAIOR CIRCULAO DO MUNICPIO R$ 1,00</p><p>Governo homologa concurso do PSFExpectativa agora para a convocao dos aprovados no processo seletivo pg. 3</p><p>WANDERLEY GIL</p><p>Passageiros impedem assalto a nibus e suspeito preso pela PM</p><p>Moradores da Barra de Maca reclamam da falta de gua</p><p>Ao foi registrada no incio da tarde de ontem, no coletivo que faz a linha Cavaleiros-Terminal Cehab. Na confuso, um tiro chegou a ser disparado da arma do suspeito. Apesar do susto ningum ficou ferido pg. 5</p><p>Problema registrado em diversos pontos da cidade durante o perodo do vero dever ser solucionado ainda neste ano com investimentos em redes pg. 2</p><p>Estrada passa por reparos do DER</p><p>Banco encerra servios em Maca</p><p>Brincadeira com pipas pode gerar srios riscos</p><p>Macprevi comunica alterao de agncia</p><p>TRNSITO</p><p>CIDADE</p><p>POLCIA</p><p>PAGAMENTOS</p><p>Aps solicitao de vereadores, RJ 178 recebeu melhorias</p><p>Contas abertas em Maca no Mercantil sero incorporadas a agncia de Campos</p><p>Aposentados e pensionistas de Maca passaro a receber pelo Ita pg.6</p><p>Morador de rua encontrado morto </p><p>Petrobras apresenta nova composio de gasolina</p><p>Vereador presta contas de mandato</p><p>Corpo foi localizado com marcas de 12 tiros no Jardim Vitria pg.5</p><p>Novo produto j est sendo comercializado em todos os postos pg.7</p><p>Marcel defendeu transparncia e respeito ao cidado em sua atuao pg.3</p><p>IMMT participa de congresso no ChileEduardo Neiva apresenta dados sobre atividades pg.6</p><p>Procedimento realizado por questes de mercado</p><p>Vereador promoveu encontro com militantes</p><p>Famlias que vivem no bairro chegam a ficar dias sem ter acesso ao servio distribudo pela concessionria Nova Cedae</p><p>Tapagem de buracos ameniza problemas na estrada estadual que registra a circulao diria de milhares de pessoas</p><p>Senai abre 2 mil vagas para cursos a distncia</p><p>Esto abertas as inscries para 2.840 vagas gratuitas em cursos de qualificao profis-sional distncia do Senai Rio. As oportunidades so para diversas reas. Em Maca, os candidatos podem participar de formaes como: Assis-tente de Logstica, Auxiliar de Eletricista Predial e Instalador de Rede Local e Sem Fio. pg. 8</p><p>o departamento de Estradas de Rodagem (DER) promoveu, na tarde de tera-feira (7), repa-ros no trecho de 12 quilmetros da RJ 178, que liga Maca a Cara-pebus e a Quissam. A ao aten-deu a solicitao feita pelos vere-adores, o presidente da Cmara de Carapebus, Juninho (PT), e o primeiro secretrio da Mesa Di-retora de Maca, Igor Sardinha (PT), diante dos buracos e crate-ras registrados na estrada. pg. 3</p><p>Durante o perodo de f-rias, os pais devem tomar cui-dados e orientar os filhos so-bre os riscos de acidentes com a eletricidade. Seja dentro de casa ou na rua, escolher o lo-cal adequado para a prtica da brincadeira fundamental para evitar riscos. pg. 2</p><p>A partir do dia 14 de fevereiro, a agncia bancria do Mercantil do Brasil, localizada no Centro de Maca, estar de portas fe-chadas. De acordo com a asses-soria do banco, as atividades da agncia sero encerradas. A no-tcia foi divulgada internamente na tera-feira (7). Os clientes do banco devem se dirigir o quan-to antes agncia para resol-ver pendncias e tirar dvidas quanto s aplicaes, salrios, benefcios e outros.. pg. 6</p><p>COTAODlar C. R$ 2,3890Dlar V. R$ 2,3900</p><p>Mxima. 32 CMnima. 22 C</p><p>TEMPO</p><p>KAN MANHES</p><p>WANDERLEY GIL</p><p>KAN MANHES</p><p>KAN MANHES</p><p>WANDERLEY GIL</p></li><li><p>2 MACA, QUINTA-FEIRA, 9 DE JANEIRO DE 2014</p><p>CidadeNOTA</p><p>Os ndices de radiao ultravioleta (UV), que pode causar queimaduras e cncer de pele, chegaro aos nveis extremos nos ltimos dias</p><p>Moradores da Barra de Maca reclamam da falta d'gua no bairro</p><p>ABASTECIMENTO</p><p>Equipe da Nova Cedae informou que iria at o local para averiguar o problema Marianna Fontesmarifontes@odebateon.com.br</p><p>Com a chegada do calor, o consumo de gua au-menta em toda regio e, consequentemente, os proble-mas de abastecimento na cida-de. A questo da falta d'gua em Maca relatada pela popula-o durante o ano todo, mas no vero que a situao fica ain-da mais crtica. Esse um problema que atin-</p><p>ge a Capital Nacional do Petr-leo h anos e, mesmo com os investimentos que vm sendo realizados ao longo do tempo, a situao ainda no conseguiu ser resolvida. Mas isso no um problema </p><p>que atinge apenas o municpio. A gua um dos recursos na-turais mais importantes na vi-da de qualquer ser vivo e est se tornando cada vez mais rara. A poluio dos recursos hdricos e o desperdcio comprometem a sua qualidade e contribuem com a escassez desse elemento. Essa semana, moradores da </p><p>Barra de Maca, bairro localiza-do a poucos minutos do Centro, procuraram o jornal O DEBATE para relatar os transtornos que esto enfrentando por conta dis-so. A equipe de reportagem en-trou em contato com o presiden-te em exerccio da Associao de Moradores do bairro, Roglio </p><p>Flores, que conta que tem escu-tado vrios relatos da populao em relao ao problema.Tenho escutado muitas </p><p>reclamaes dos moradores do bairro. Alguns falam que ficam semanas sem uma gota e, quando vem, a qualidade </p><p>KAN MANHES</p><p>Alguns moradores reclamam que a gua fica sem cair nas torneiras por dias e, quando chega, vem sem qualidade</p><p>questionvel. A gua sai da tor-neira meio barrosa, ficando sem condies para o consumo das famlias. Isso um problema de anos na cidade. Aqui, quan-do a gua vem, ela fica uma ho-rinha e acaba. Na minha casa, por exemplo, que no incio da </p><p>rua, eu s consigo pux-la com a ajuda de uma bomba, explica.A equipe do jornal entrou em </p><p>contato com a Nova Cedae, que informou que vai mandar tcni-cos no local nesta quinta-feira (9), para verificar o problema. O gerente regional da empresa, </p><p>Pais devem tomar cuidados com a eletricidade durante o perodo de frias</p><p>AMPLA</p><p>Durante o perodo de frias, os pais devem tomar cuidados e orientar os filhos sobre os riscos de acidentes com a eletricidade. Seja dentro de casa ou na rua, escolher o local adequado para a prtica da brincadeira o pri-meiro cuidado que se deve to-mar. Ficar longe de reas pbli-cas com fios eltricos e trnsito movimentado evita acidentes como choques, atropelamentos e graves leses corporais.A Ampla, empresa que for-</p><p>nece energia no municpio, d algumas dicas para que a diver-so no se torne um problema. Nas residncias, por exemplo, preciso alertar sobre os riscos de brincar perto dos fios da rede eltrica e colocar dispositivos que fechem as tomadas, para evitar que crianas pequenas coloquem o dedo dentro e le-vem choques. A distribuidora ressalta que </p><p>importante evitar sempre ligar muitos equipamentos em uma mesma tomada, principalmen-te quando a casa no tem nin-gum, pois tal procedimento pode causar sobrecarga e curto-circuito.No caso de computadores, a </p><p>ateno dos pais deve ser espe-cial. Apesar de estar preparado para funcionar durante horas, e at dias, importante deslig-lo, inclusive o estabilizador, em caso de viagem. Nas pequenas pausas, desligar o monitor con-ta e muito na hora de economi-zar energia. Ele responsvel por 70% do consumo.Outro problema so os aci-</p><p>dentes causados por pipas. nesse perodo que o nmero de incidentes aumenta. Tirar uma pipa da rede eltrica pode causar acidentes e at a mor-</p><p>Medidas preventivas dentro e fora de casa podem evitar acidentes, inclusive com morte</p><p>te. Soltar pipas perto da rede eltrica muito perigoso, elas podem ficar presas nos fios e isso pode ocasionar uma des-carga eltrica. Materiais met-licos no devem ser utilizados na fabricao deste brinquedo, pois conduzem eletricidade, aumentando a chance de um acidente, como, por exemplo, queimaduras e choques fatais, alm da interrupo do forne-cimento de luz.Os pais devem orientar os </p><p>filhos a no encostar em qual-quer objeto que esteja pendu-rado rede eltrica, como fios, pipas, entre outros. O cidado no deve mexer em </p><p>qualquer componente da rede eltrica. Somente tcnicos da distribuidora, treinados para es-te trabalho e com equipamentos de segurana, tm a permisso de manusear a rede. Deve-se evitar soltar pipas </p><p>em locais de grande movimen-to, como avenidas e estradas, para no correr o risco de sofrer </p><p>WANDERLEY GIL</p><p>Orientao da Ampla para que a populao evite soltar pipas em locais prximos rede eltrica</p><p>1 Festa de NatalSolidrio da Barra recebe cerca de 400 crianas</p><p>SOLIDARIEDADE</p><p>Essa semana, os organizado-res da 1 Festa de Natal Soli-drio da Barra, que aconteceu no ltimo dia 29, procuraram a equipe de reportagem do jor-nal para apresentar o balano do evento e prestar os agrade-cimentos a todas pessoas que contriburam de alguma forma com esse grande dia. A iniciativa surgiu quando </p><p>quatro moradores da Barra de Maca, Tiago da Silva Antnio, Berrel, Uelinton Ozrio e Fla-vinho, decidiram se unir para transformar o final de ano espe-cial e inesquecvel para as pes-soas carentes da Barra de Maca e das comunidades do entorno. Diversas pessoas ajudaram da forma que puderam. Entre os parceiros estavam: os comer-ciantes e moradores da regio, o Sindicato dos Comercirios, os Doutores Palhaos, a ONG Ofici-na Itinerante de Beleza, Amigos do Bem, a prefeitura atravs das secretarias de Sade, Pesca e de Governo e da Coordenadoria de Apoio aos Bairros e Assuntos Co-munitrios, as Polcias Militar e Civil, o Corpo de Bombeiros,o Juizado de Menores e as torcidas organizadas Raa Rubro Negro e Urubuzada. De acordo com um dos or-</p><p>ganizadores, Tiago da Silva, o evento superou as expectativas de todos, recebendo mais de 400 crianas junto de seus familiares </p><p>Evento reuniu moradores do bairro e das comunidades carentes do entorno </p><p>e amigos. Tivemos algumas di-ficuldades, entre elas, a divulga-o dentro do bairro e tambm o adiamento por conta da chuva, mas, graas a Deus, deu tudo certo e foi um sucesso. Gostaria de agradecer a todos que ajuda-ram, no importa a forma. Es-peramos que esse ano a gente consiga fazer outra edio dessa festa e trazer um pouco mais de alegria e esperana para essas pessoas, relata.Ao todo foram mais de 1.200 </p><p>brinquedos arrecadados, 3 mil cachorros-quentes servidos, muita pipoca e refrigerante. Foi feito o sorteio de quatro foges, uma geladeira, trs bicicletas, um ventilador, uma sanduichei-ra, sete pranchas de cabelo e oito aparelhos celular. Tiago ressalta que a distribuio dos cupons foi feita somente entre as famlias mais carentes. A gente fez questo que o </p><p>sorteio fosse destinado quelas pessoas que realmente preci-sam. Fizemos visitas nas casas, onde comprovamos a carncia delas. Teve um caso que mar-cou, que foi de uma mulher da Nova Esperana, que estava sem os filhos no dia. Ela queria levar os brinquedos, ficou exaltada e chegou a dizer que iria embora. Eu a convenci a ficar e esperar o sorteio e ela ficou. Acabou sen-do contemplada com um fogo novinho. Na mesma hora ela cor-reu em casa, pegou um carrinho de mo e levou o fogo embora. Ela uma me solteira, tem trs filhos e cozinhava lenha. Esse caso emocionou muito o pblico presente no dia, conta Tiago.</p><p>DIVULGAO</p><p>Festa comunitria aconteceu no ltimo dia 29, na Praa Beira Rio, na Barra de Maca</p><p>Cuidados ao viajarAo viajar, primeiramente, deve-se apagar todas as luzes e desconectar antenas de tele-viso, cabos de telefone e pro-vedores de internet. Alm dis-so, desconectar da tomada os equipamentos que no so de uso contnuo, pois, apenas des-ligar, sem retirar os aparelhos da tomada, pode causar uma sobretenso eltrica provocada pela incidncia de raios. A sobretenso provocada pe-</p><p>la incidncia de raios, mesmo distantes do local, propaga-da pela rede de distribuio de energia e entra na residncia pelos cabos que ligam a insta-lao rede pblica, chegan-do s tomadas e queimando os aparelhos mais sensveis, </p><p>mesmo que no estejam em funcionamento (stand by). Em casos crticos, a queima dos equipamentos pode provocar incndios e se propagar para o restante do imvel.Alm de oferecer mais segu-</p><p>rana, desconectar os apare-lhos das tomadas resulta em economia de energia. De acor-do com o Programa Nacional de Conservao de Energia Eltrica (Procel), o consumo de aparelhos em stand by pode representar 12% do consumo domstico de energia. Para aqueles que quiserem deixar uma lmpada acesa, uma solu-o a instalao de uma efi-ciente (fluorescente compacta) com baixa potncia.</p><p>atropelamentos. No caso de la-jes e telhados, a pessoa pode se distrair e cair, com risco de fra-turas. A distribuidora destaca </p><p>que os pais devem aconselhar os seus filhos a empinarem pipas em terrenos planos, sem muitos obstculos.</p><p>Prefeitura garante melhorias do servio no municpioRecentemente, a prefei-tura anunciou a soluo do problema de abastecimento na cidade entre 2014 e incio de 2015. J contamos com R$106 milhes que j foram liberados pelo governo do Estado para ampliar a rede de distribuio na cidade, disse o prefeito de Maca, Dr. Aluzio Jr.De acordo com Fernando Ar-</p><p>ruda, gerente regional da Nova Cedae, as obras de instalao da nova adutora da Cedae na Linha Azul j foram iniciadas e foram adquiridos 18 quilme-tros de tubulao para sua ins-talao. O prazo de concluso de 720 dias e prev a ampliao das elevatrias de gua bruta de baixo e alto recalque, ampliao da Estao de Tratamento de gua de 600 litros por segun-do para 800 l/s, construo de novo reservatrio com capa-cidade para 5.000 m, alm de 12 mil novas ligaes prediais </p><p>e construo de 34.496 metros de tubos finos com dimetros entre 200 mm a 50 mm.Segundo Dr. Aluzio, aps as </p><p>obras, ser possvel abastecer 40 mil litros de gua por se-gundo, ao invs dos 20 mil litros atuais. Entre as localidades que sero beneficiadas esto os bair-ros Lagomar e Cabinas, nestas localidades 100% das reas se-ro atendidas pela implantao da linha fina da rede de distri-buio de gua.A ampliao do sistema de </p><p>abastecimento de gua de Ma-ca obra do governo do Estado e municpio, por meio da Nova Cedae. O governo do Estado um grande parceiro nosso e nos apoia para resolver um proble-ma que considerado o maior na cidade. O municpio inves-tiu R$ 17 milhes em canos, R$ 120 mil somente para sanar o problema da gua em Maca, comenta o prefeito.</p><p>Fernando Arruda, explica que um estudo precisa ser feito para averiguar se existe mesmo um problema de abastecimento ou </p><p>se os imveis esto com algu-ma irregularidade, como, por exemplo, ligaes clandestinas, que so comuns nessa regio.</p></li><li><p>MACA, QUINTA-FEIRA, 9 DE JANEIRO DE 2014 3 </p><p>Poltica Dr. Eduardo Cardoso (PPS) reiterou questionamento sobre o concurso para vagas do PSFNOTA</p><p>EXECUTIVO</p><p>Governo encerra anlise e define homologao de concurso do PSFExpectativa agora para convocao dos aprovados no processo seletivo realizado no fim de 2012, pela gesto passadaMrcio Siqueiramarcio@odebateon.com.br</p><p>Aps um ano de anli-ses, questionamentos e discusses, o governo, atravs do decreto 001/2014, publicado ontem, oficializou a homologao do concurso pblico para o preenchimento de vagas referentes ao Progra-ma Sade da Famlia (PSF). O procedimento j era esperado desde o ano passado, atravs de um posicionamento confir-mado pela Procuradoria Geral da prefeitura.Na tarde de tera-feira (7), a </p><p>prefeitura, atravs de nota ofi-cial, j havia informado sobre a deciso final do governo em homolog...</p></li></ul>