nosso cérebro...nosso aliado, ou não

Download Nosso cérebro...nosso aliado, ou não

Post on 03-Jul-2015

263 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Neurociencia na prática, sabendo mais sobre o nosso cérebro podemos potencializar nossos resultados

TRANSCRIPT

  • 1. uma mente, dois crebrosuma mente, dois crebros hacer click para continuarhacer click para continuar Idea Champions, 2003Idea Champions, 2003

2. Durante as ltimas duas dcadas se temDurante as ltimas duas dcadas se tem tratado de entender a origem dotratado de entender a origem do PROCESSOPROCESSO CRIATIVO.CRIATIVO. Foi perguntado a mais de 10.000 pessoasFoi perguntado a mais de 10.000 pessoas exatamente esta pergunta:exatamente esta pergunta: De onde obtens suas melhores idias?De onde obtens suas melhores idias? 3. As respostas obtidas foram surpreendentes, especialmenteAs respostas obtidas foram surpreendentes, especialmente considerando todo o tempo do da que as pessoas passam no seuconsiderando todo o tempo do da que as pessoas passam no seu trabalho.trabalho. 97%97% 3%3% DuranteobanhoDuranteobanho AntesdedormirAntesdedormir QuandonofaonadaQuandonofaonada QuandocaminhoQuandocaminho ConversandoConversando MeditandoMeditando AnalizandoAnalizando NasfriasNasfrias TomandovinhoTomandovinho Emoutrasatividadesdiversas...Emoutrasatividadesdiversas... NotrabalhoNotrabalho Quando obtens suas melhoresQuando obtens suas melhores ideias?ideias? 4. Por que isto acontece?Por que isto acontece? Temos mais de um crebro*Temos mais de um crebro* Umfaznossotrabalho.Umfaznossotrabalho. Ooutroseencarregade gerar idascriativasquenotemnadaquevercomotrabalho..Ooutroseencarregade gerar idascriativasquenotemnadaquevercomotrabalho.. 5. Plato foi o primeiro a postular, no mundo ocidental,Plato foi o primeiro a postular, no mundo ocidental, a idia de que h dois aspectos distintos na mentea idia de que h dois aspectos distintos na mente humana.humana. A um destes aspectosA um destes aspectos chamouchamou Logistikon,Logistikon, aa parteparte racionalracional do serdo ser humano.humano. Ao outro chamouAo outro chamou NousNous, a, a parteparte intuitivaintuitiva dasdas pessoas.pessoas. 6. NoNo Mundo OcidentalMundo Ocidental, a maioria das pessoas no, a maioria das pessoas no tinham idia do que Plato queria dizer comtinham idia do que Plato queria dizer com a sua teora dos dois crebros e bsicamentea sua teora dos dois crebros e bsicamente a ignoraram por centenas de anos ou mais.a ignoraram por centenas de anos ou mais. Em contrapartida, noEm contrapartida, no OrienteOriente, as pessoas, as pessoas entenderam os principios do lado esquerdoentenderam os principios do lado esquerdo e direito do crebro sua prpria maneirae direito do crebro sua prpria maneira 7. Depois veioDepois veio A Era da RazoA Era da Razo,, seguida daseguida da EraEra Cientfica,Cientfica, e a gente comeou a ter curiosidadee a gente comeou a ter curiosidade acerca do que fazia que as coisas funcionassem acerca do que fazia que as coisas funcionassem inclusive o crebro.inclusive o crebro. No Sculo XIX, os cientistas comearam a especular a respeito,No Sculo XIX, os cientistas comearam a especular a respeito, at que se deram conta de que o crebro parecia estar compostoat que se deram conta de que o crebro parecia estar composto porpor duas metadesduas metades ou hemisfrios, os quais provavelmente controlavamou hemisfrios, os quais provavelmente controlavam diferentes aspectos do organismo humano.diferentes aspectos do organismo humano. Com o passar do tempo, uma srie de teoriasCom o passar do tempo, uma srie de teorias comearam a ser criadas sobre os dois crebros...comearam a ser criadas sobre os dois crebros... ...muitasdasquaisestavamdentro...muitasdasquaisestavamdentro doquePlatohaviadefinidoh2.000anosdoquePlatohaviadefinidoh2.000anos 8. O lado esquerdoO lado esquerdo est associado com oest associado com o intelectointelecto,, e est relacionado com o pensamentoe est relacionado com o pensamento convergente, abstrato, analtico, calculado, linear, sequencial e objetivo - se concentra nosconvergente, abstrato, analtico, calculado, linear, sequencial e objetivo - se concentra nos detalhes e nas partes do todo.detalhes e nas partes do todo. Este lado produzEste lado produz pensamentos que sopensamentos que so diretos, verticais,diretos, verticais, sensveis, realistas,sensveis, realistas, frios, poderosos efrios, poderosos e dominantesdominantes Os engenheiros tem famaOs engenheiros tem fama de usar este tipo dede usar este tipo de pensamentopensamento 9. O lado direitoO lado direito est associado com aest associado com a intuiointuio e est relacionado com o pensamentoe est relacionado com o pensamento divergente, imaginativo, metafrico, no-linear, subjetivodivergente, imaginativo, metafrico, no-linear, subjetivo e se concentra no TODO das coisas.e se concentra no TODO das coisas. Este lado produz pensamentosEste lado produz pensamentos que so flexveis, divertidos,que so flexveis, divertidos, complexos, visuais,complexos, visuais, diagonais, msticos e abstratos.diagonais, msticos e abstratos. Os artistas, msicos, inventores, eOs artistas, msicos, inventores, e empreendedores tem fama de usar este tipo deempreendedores tem fama de usar este tipo de pensamento (junto com algum dos rebeldespensamento (junto com algum dos rebeldes companheiros seus de trabalho, dos quais VOCcompanheiros seus de trabalho, dos quais VOC podes ser um deles )podes ser um deles ) 10. Quando uma pessoa est no trabalho,Quando uma pessoa est no trabalho, a maior parte do tempo usa o ladoa maior parte do tempo usa o lado esquerdo do crebro. Se concentra nosesquerdo do crebro. Se concentra nos detalhes, em tratar de encontrar o problema,detalhes, em tratar de encontrar o problema, em tratar de obter informao e feitos.em tratar de obter informao e feitos. Lgica, praticidade e ordem so as leis do dia.Lgica, praticidade e ordem so as leis do dia. Afinal, isto no to mau, j que uma vez que o lado esquerdo doAfinal, isto no to mau, j que uma vez que o lado esquerdo do crebro fez o seu trabalho, todo o trabalho pesado, a o ladocrebro fez o seu trabalho, todo o trabalho pesado, a o lado direito pode emergir e criardireito pode emergir e criar uma idia totalmente diferenteuma idia totalmente diferente, uma, uma possibilidade fora dos padres estabelecidos.possibilidade fora dos padres estabelecidos. Mas deve-se tomar em conta que o lado direito do crebro tmido.Mas deve-se tomar em conta que o lado direito do crebro tmido. No chegar e se por a fazer o que to bem sabe fazerNo chegar e se por a fazer o que to bem sabe fazer Necessita ser convidado a funcionar.Necessita ser convidado a funcionar. 11. Ento, como convidamos o lado direito do crebro a funcionar?Ento, como convidamos o lado direito do crebro a funcionar? Fazendo atividades que o lado direito controla !Fazendo atividades que o lado direito controla ! 12. por exemplopor exemplo Sair para passearSair para passear Exatamente isto: v caminhar,Exatamente isto: v caminhar, dar uma volta, inclusve pulardar uma volta, inclusve pular ou correr.ou correr. Quando seu corpo se move, seu ladoQuando seu corpo se move, seu lado direito se ativa.direito se ativa. SabiaqueMozartfaziaexerccioantesdecompor?SabiaqueMozartfaziaexerccioantesdecompor? 13. Escute msicaEscute msica Ou, melhor ainda, toque...Ou, melhor ainda, toque... Especialmente msica sem letraEspecialmente msica sem letra ou cantada numa lngua que voc no entenda.ou cantada numa lngua que voc no entenda. YokimuraNakamatsa,inventorjaponescommaisde2.000patentesregistradas,YokimuraNakamatsa,inventorjaponescommaisde2.000patentesregistradas, escuta anonasinfoniadeBeethovenescuta anonasinfoniadeBeethoven antesdafasedeexecuodeseusprojetos.antesdafasedeexecuodeseusprojetos. 14. Desenhe,Desenhe, Ou faa esculturas, pinte ou faa algo assim.Ou faa esculturas, pinte ou faa algo assim. Faa representaesFaa representaes visuaisvisuais de seu objetivo ou idia.de seu objetivo ou idia. 15. Use o humor!Use o humor! Ah e ha,ha, ha esto muito conectados.Ah e ha,ha, ha esto muito conectados. O riso o libera da tirana da lgica e daO riso o libera da tirana da lgica e da linearidade.linearidade. 16. Mude seu look Mude o aspecto do seu espao de trabalho, mas respeitando as normas de onde trabalha. Pregue posters inspiradores. Reordene sua estante. Mova qualquer coisacoisa que renove a ordem de sempre. 17. Visualize a soluo que tanto est batalhando para encontrar racionalmente. (Veja com os olhos da mente ) Raramentepensoscompalavras. AlbertEinstein 18. No faa nada.No faa nada. Reflita.Reflita. Medite.Medite. Interiorize.Interiorize. Saia do problema.Saia do problema. 19. Por que relutamos em ativar nosso lado direito do crebro?Por que relutamos em ativar nosso lado direito do crebro? 1.1. Para no ter que esperar at sairPara no ter que esperar at sair do trabalho para ter uma boado trabalho para ter uma boa idiaidia 2.2. Para no ficar limitado a somentePara no ficar limitado a somente o racional e linear do ladoo racional e linear do lado esquerdoesquerdo 20. Necessitamos deNecessitamos de ambosambos: do: do lado esquerdo elado esquerdo e dodo lado direitolado direito O truque : saber como nos mover fluidamente de um lado para o outro com facilidade.O truque : saber como nos mover fluidamente de um lado para o outro com facilidade. A verdade :A verdade : 21. TESTETESTE Se pode v-la girando no sentido dos ponteiros do relgio est utilizando o hemisfrio direito de seu crebro. Se conseguir ver a figura girar no sentido contrrio ao dos ponteiros do relgio ento est utilizando o hemisfrio esquerdo de seu cerebro. Algumas pessoas podem v-la girar em ambos sentidos, outras so conseguem v-la girar em um so sentido. Se consegue ver a figura girar em ambos sentidos (um de cada vez), dizem os experts que seu QI est acima de 160. Para que lado gira a bailarina?Para que lado gira a bailarina? 22. Funes do lado esquerdo do Crebro emprego da lgica orientado a detalhes baseado em feitos, palavras e linguagem presente e passado Matemticas e cincia pode compreender o conhecimento reconhece ordem/percepo de modelos Conhece o nome de objetos baseado na realidade formas de estratgias pratico s