norma tÉcnica de distribuiÇÃo ntd- diretor/diretrizes... · 4.11- procedimento para inspeção...

Download NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD- diretor/Diretrizes... · 4.11- Procedimento para inspeção de

Post on 26-Sep-2018

224 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • NORMA TCNICA DE DISTRIBUIO

    NTD-001

    PROJETO DE LOTEAMENTOS

    Departamento de Projeto e Construo

    Superintendncia de Engenharia

    JUNHO/2008

  • NORMA TCNICA Projeto de Loteamentos

    Departamento de Projeto e Construo NTD - 001/2008

    NTD-001-2008_Loteamentos_rev.3_270409.doc Pgina 2 de 21

    NDICE

    1- OBJETIVO 2- MBITO DE APLICAO 3- NORMAS COMPLEMENTARES 4- CONSIDERAES GERAIS PARA PROJETOS

    4.1- Plantas Topogrficas e de Localizao

    4.2- Dados de Carga

    4.3- Dimensionamento Eltrico Bsico

    4.4- Tipos e localizao de postes

    4.5- Tipos e locao de transformadores

    4.6- Aterramento

    4.7- Demais materiais/equipamentos a serem utilizados

    4.8- Consideraes Gerais

    4.9- Documentao necessria para aprovao de projeto de loteamentos

    4.10- Procedimentos para apresentao de projetos de loteamentos elaborados por Terceiros

    4.11- Procedimento para inspeo de loteamentos

    5- REGISTRO DE REVISO ANEXOS I SOLICITAO DE VIABILIDADE PARA LIGAO DE LOTEAMENTO II SOLICITAO DE INSPEO PARA LIGAO DE LOTEAMENTO III CODIFICAO DE TRANSFORMADORES IV CONTRATO DE INCORPORAO DE REDE DE DISTRIBUIO(Modelo)

  • NORMA TCNICA Projeto de Loteamentos

    Departamento de Projeto e Construo NTD - 001/2008

    NTD-001-2008_Loteamentos_rev.3_270409.doc Pgina 3 de 21

    1- OBJETIVO A presente norma tem como objetivo estabelecer os procedimentos tcnicos e critrios bsicos para a elaborao, pelas empresas da REDE ENERGIA Sul/Sudeste ou por terceiros, de projetos de redes areas de distribuio urbanas para loteamentos ou ncleos habitacionais, com fins residenciais, nos municpios das reas de concesso das empresas Caiu Distribuio de Energia S.A., Companhia Nacional de Energia Eltrica, Empresa Eltrica Bragantina S.A., Empresa de Distribuio de Energia Vale Paranapanema e Fora e Luz do Oeste, doravante denominadas REDE ENERGIA Sul/Sudeste. 2- MBITO DE APLICAO Departamento de Projeto e Construo - DPC; Departamento de Atendimento a Clientes - DAC; Departamento de Grandes Cilentes DGC; Gerncias Regionais - GRs. 3- NORMAS COMPLEMENTARES - ANEEL - Resoluo No 456, de 29 de novembro de 2000; - ANEEL - Resoluo No 250, de 13 de fevereiro de 2007; - NTD 003 Montagem de Redes de Distribuio Area. 4- CONSIDERAES BSICAS Os projetos de eletrificao de ncleos habitacionais e loteamentos devero obrigatoriamente serem elaborados com Rede Primria Compacta (Cabo Protegido) e Rede Secundria Isolada (RSI), com cabos isolados multiplexados. Os projetos que forem apresentados de forma global, porm cuja construo ser prevista por etapas (ao longo dos anos), a aprovao pelas empresas da REDE ENERGIA Sul/Sudeste tambm dever ser por etapas. Quando da execuo de uma determinada etapa, dever ser verificada a validade da aprovao do projeto. Caso a validade do projeto j tenha terminado, devero ser consultadas formalmente as empresas da REDE ENERGIA Sul/Sudeste, sobre a necessidade de novo projeto ou alterao do projeto original, evitando-se assim a construo de redes fora dos padres vigentes na ocasio. Nestes casos, devero ser efetuadas novas consultas de viabilidade de atendimento. Esta Norma Tcnica ser aplicada em loteamentos destinados a fins residenciais, inclusive chcaras de lazer, com caractersticas urbanas.

  • NORMA TCNICA Projeto de Loteamentos

    Departamento de Projeto e Construo NTD - 001/2008

    NTD-001-2008_Loteamentos_rev.3_270409.doc Pgina 4 de 21

    Os projetos de atendimento a Conjuntos Habitacionais e Obras de Interesse Social e Parcelamentos Populares, sero elaborados exclusivamente pelas empresas da REDE ENERGIA Sul/Sudeste. Notas: 01) Parcelamentos de Interesse Social: loteamentos situados em zonas habitacionais declaradas por lei como de interesse social; 02) Parcelamentos Populares: parcelamentos promovidos pela Unio, Estados, Distrito Federal, Municpios ou suas entidades delegadas, autorizadas por lei a implantar projetos de habitao, destinados s classes de menor renda, em imvel declarado de utilidade pblica, com processo de desapropriao judicial concludo ou em curso e imisso provisria na posse; 4.1- Plantas Topogrficas e de Localizao As plantas topogrficas de novos loteamentos e ncleos habitacionais devero ser fornecidos s empresas da REDE ENERGIA Sul/Sudeste pelo interessado (Prefeitura Municipal ou empreendedor), como seguem:

    Em papel e meio eletrnico (CD ou DVD), formato dwg ou dxf; As plantas devero estar geo-referenciadas utilizando tcnicas de

    levantamento GPS com correo diferencial, referenciado no Datum SAD-69, com preciso sub-mtrica (erro menor que um metro), sistema de coordenadas UTM, nos respectivos fusos: CAIU, EDEVP, CNEE E CFLO fuso 22 EEB fuso 23

    Escala de plotagem 1:1.000 (Para plantas em geral) e 1:5.000 (Diagramas);

    Os arquivos devero ser compostos por registros dos elementos cartogrficos e eltricos, atravs dos seguintes elementos:

    Segmento de reta (polilinhas abertas) Crculo Texto Blocos

    As entidades (polilinhas abertas, crculos, outras) devero ser contempladas em um s arquivo, sem diviso de folhas. Cada entidade deve ser desenhada em seu nvel especfico (layer), mesmo que o seu trao coincida (se sobreponha) com o trao de outra entidade de outro nvel. Na memria de clculo do levantamento das coordenadas geodsicas devem conter os seguintes dados: marca e modelo do equipamento de GPS utilizado, taxa de rastreio (segundos); data e horrio de rastreio.

  • NORMA TCNICA Projeto de Loteamentos

    Departamento de Projeto e Construo NTD - 001/2008

    NTD-001-2008_Loteamentos_rev.3_270409.doc Pgina 5 de 21

    O projeto deve apresentar os layers abaixo descriminados, havendo necessidade podem ser criados outros layers. Nome do layer Descrio de elementos

    rea_Institucional Contorno de reas destinadas a escolas, centros comunitrios, etc. rea_Verde Contorno de reas destinadas a lazer, praas, parques, etc. Cercas_muros Contorno de cercas e muros Cotas Medidas pertinentes ao projeto Equipamentos Chaves, jumpers, pra-raios, aterramentos, etc.

    Quadras Polilinhas de contorno de quadras pelos alinhamentos prediais, existentes no entorno e do respectivo loteamento. Lotes Polilinhas de contorno de lotes Poligonal Polilinhas referente a poligonal da rea loteada Pontos GPS Pontos levantados com GPS Postes Postes existentes no entorno e projetos Rede_AT Polilinhas referente rede de alta tenso existente e projetada Rede_BT Polilinhas referente rede de baixa tenso existente e projetada Trafos Transformadores de distribuio existente e projetado Txt_Cabo_AT Descrio do tipo de cabo da alta tenso Txt_Cabo_BT Descrio do tipo de cabo da baixa tenso Txt_Logradouros Descrio do nome dos logradouros Txt_Lotes Codificao de lotes Txt_Quadras Codificao de quadras Txt_Postes Descrio do tipo (altura/esforo) dos postes e estruturas Txt_Trafos Descries eltricas dos transformadores 4.2 Dados de Carga Inicialmente dever ser verificado o(s) tipo(s) de edificao(es) a ser(em) construdo(s) no ncleo ou loteamento, como residncias, pequenos edifcios de uso coletivo (com fornecimento em tenso secundria de distribuio), condomnio fechado, etc.. A determinao da carga a ser considerada nos dimensionamentos eltricos das redes de distribuio e transformadores, para consumidores residenciais, sero feitas de acordo com a rea dos lotes constantes no loteamento, conforme quadro abaixo: Loteamentos Residenciais:

    Lotes at 250 m2 0,7 kVA por lote Lotes de 251 a 350 m2 1,0 kVA por lote Lotes de 351 a 450 m2 2,0 kVA por lote Lotes acima de 451 m2 3,0 kVA por lote

  • NORMA TCNICA Projeto de Loteamentos

    Departamento de Projeto e Construo NTD - 001/2008

    NTD-001-2008_Loteamentos_rev.3_270409.doc Pgina 6 de 21

    Loteamentos de Chcaras:

    Lotes at 2.500 m2 2,0 kVA por lote Lotes acima de 2.500 m2 4,0 kVA por lote

    Consumidores no residenciais devem ter suas cargas avaliadas conforme atividades desenvolvidas e demandas previstas, que devero ser indicadas na planta do projeto. Os locais previstos para centros comerciais tambm devem ser identificados e indicados nas plantas, mesmo que sua futura carga seja desconhecida. Cargas a serem ligadas em tenso primria de distribuio, tambm devero ser indicadas, para a elaborao do projeto de derivao. Tambm dever ser indicada no projeto o local e a carga da bomba do reservatrio de gua, caso exista. Para loteamentos de Alto Padro, o carregamento por lote dever ser informado pelo interessado e avaliado/aprovado pelas empresas da REDE ENERGIA Sul/Sudeste. Do ponto de vista da evoluo da carga no tempo, para os ncleos habitacionais considera-se que a carga inicial igual carga final, supondo todos os lotes ocupados, bem como as cargas no residenciais e cargas especiais, condio esta que dever ser utilizada para a elaborao dos clculos eltricos. Nessa condio de projeto, os circuitos no so projetados para reforma antes do fim de vida til e considera-se o carregamento mximo dos transformadores igual a sua capacidade nominal, no sendo permitido o projeto de transformadores em regime de sobrecarga. 4.3 - Dimensionamento Eltrico Bsico As redes secundrias devero ser dimensionadas, de acordo com a carga de cada circuito, utilizando-se cabos de alumnio CA, multiplexados, com as fases isoladas em XLPE nas cores cinza, ve