noes de direito administrativo - cidado-ssp de direito administrativo preparatrio para concursos...

Download Noes de Direito Administrativo - Cidado-SSP  de Direito Administrativo Preparatrio para Concursos Pblicos Como futuros agentes pblicos e at mesmo gestores pblicos,  de suma

Post on 07-Feb-2018

215 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Noes de Direito Administrativo

    Preparatrio para Concursos Pblicos

    Como futuros agentes pblicos e at mesmo gestores pblicos, de suma importncia conhecer as regras jurdicas que permitem o funcionamento da Administrao Pblica, tanto os pontos relacionados com a dinmica interna da mquina estatal, como aqueles que estabelecem as condies para o relacionamento entre o Estado e o administrado.

    CONTEDO PROGRAMTICO

    Noes de Direito Administrativo (EDITAL N 029 TJ/AL SERVIDOR, DE 28 DE MAIO DE 2012)

    1. Princpios. 2. Regime Jurdico Administrativo. 3. Poderes da Administrao Pblica. 4. Servio Pblico. 5. Atos Administrativos. 6. Contratos Administrativos e Licitao. 7. Bens Pblicos. 8. Administrao Direta e Indireta. 9. Controle da Administrao Pblica. 10. Responsabilidade do Estado

    MDULO 1

    Sumrio

    Introduo ao Direito Administrativo ........................................................................................... 2

    Noes Gerais ........................................................................................................................ 2

    Ramos do Direito ................................................................................................................. 2

    Conceitos............................................................................................................................. 2

    Organizao do Estado ....................................................................................................... 4

    Regime Jurdico Administrativo ............................................................................................... 4

    Princpios que regem o Regime Jurdico Administrativo Brasileiro ....................................... 5

    Direitos ou Prerrogativas ..................................................................................................... 5

    Deveres e Restries........................................................................................................... 5

    Princpios ................................................................................................................................ 6

    Princpios Constitucionais .................................................................................................... 7

    Princpios Fundamentais ..................................................................................................... 7

    Princpios Constitucionais Implcitos e Infraconstitucionais .................................................. 9

    Repositrio legal ................................................................................................................... 11

    Dispositivos constitucionais do Direito Administrativo Brasileiro ........................................ 11

    Diploma da Reforma Administrativa ................................................................................... 14

    Caderno de Questes ............................................................................................................... 16

    Gabarito .................................................................................................................................... 18

  • Noes de Direito Administrativo Professor Wagner Soares

    - 2 -

    1 Introduo ao Direito

    Administrativo

    Noes Gerais

    RAMOS DO DIREITO

    Direito Internacional

    Direito Interno (Ptrio)

    Direito Pblico Direito Privado

    Direito Constitucional Direito Administrativo Direito Penal Direito Tributrio

    Direito Civil Direito Comercial (Empresarial) Direito Trabalhista

    Indisponibilidade do bem ou do direito Nvel de interesse do Estado ou da Sociedade

    Diferentes personalidades do Estado

    Estado-Poltico Estado-Juiz

    Estado- Administrao

    Servidores Cidado Jurisdicionado

    Consumidor Eleitor

    Contribuinte

    Carter do relacionamento com o Estado

    Administrado

    CONCEITOS

    CONCEITOS DE DIREITO ADMINISTRATIVO

    Hely Lopes Meirelles

    Direito Administrativo o conjunto harmnico de princpios jurdicos que regem os rgos, os agentes, as atividades pblicas tendentes a realizar, concreta, direta e imediatamente os fins desejados do Estado.

    Maria Sylvia Di Pietro

    Direito Administrativo o ramo do direito pblico que tem por objeto rgos, agentes e pessoas jurdicas administrativas que integram a Administrao Pblica, a atividade jurdica no contenciosa que exerce e os bens de que utiliza para a consecuo de seus fins, de natureza pblica.

    Celso Antnio Bandeira de Mello

    Direito Administrativo o ramo do Direito Pblico que disciplina o exerccio da funo administrativa.

  • Noes de Direito Administrativo Professor Wagner Soares

    - 3 -

    CARACTERSTICAS DO CONCEITO DE DIREITO ADMINISTRATIVO

    Direito Pblico Pertence ao ramo do Direito Pblico, ou seja, est

    submetido, principalmente, regras de carter pblico

    Direito no-codificado

    No pode ser reunido em uma nica lei e sim em vrias leis especficas, chamadas de legislaes esparsas (ex. Lei de Licitaes, Lei de Improbidade Administrativa, Lei de Processo Administrativo Federal)

    Direito Administrativo Brasileiro no

    contencioso

    Considerado no contencioso, ou seja, no existe a previso legal de Tribunais e Juzes Administrativos ligados ao Poder Judicirio, em face do Princpio a Jurisdio nica, onde a Constituio Federal/88 concede a este Poder a atribuio tpica de julgar os litgios.

    Objeto de Estudo

    Organizao e estrutura da Administrao Pblica. Da a proximidade com o Direito Constitucional. Ambos estudam o Estado, o Direito Constitucional se interessa pela estrutura estatal e pela instituio poltica do governo, ao passo que o Direito Administrativo cuida, to-somente, da organizao interna dos rgos da Administrao, de seu pessoal e do funcionamento de seus servios, de modo a satisfazer as finalidades que lhe so constitucionalmente atribudas.

    Princpios Constitucionais

    e Infraconstitucionais

    Possui regras que se traduzem em Princpios Constitucionais (que levam este nome por estarem previstos na prpria C.F./88. no art. 37, caput) e Princpios Infraconstitucionais (previstos nas legislaes especficas do tema Direito Administrativo).

    PRINCPIO NORTEADOR DE RELAES

    Relaes privadas Relaes pblicas

    LIBERDADE NEGATIVA DIREITO POSITIVO

    Simplesmente porque essa esfera de liberdade de fato, bastante extensa claramente delimitada por dois no:

    pode-se fazer o que a lei no proibir; e

    pode-se deixar de fazer o que a lei no obrigar.

    Essa a regra geral que orienta todo o direito privado , aquele que regula as relaes entre os entes privado sociedade, como os direitos Civil, Comercial, Penal etc.

    Por isso e para assegurar que por meio da ao estatal o interesse pblico seja atingido e a liberdade individual assegurada o princpio que ir orientar o Direito Pblico ser o de que o Estado:

    ser obrigado a fazer exatamente aquilo que a lei mandar; e

    s poder fazer o que a lei expressamente autorizar.

    A liberdade negativa delimita a esfera de liberdade dos indivduos na sociedade civil, enquanto o direito positivo determina a esfera de poder do Estado sobre a sociedade.

    Pois bem, a clara separao entre esfera pblica e esfera privada a marca distintiva das sociedades capitalistas e democrticas contemporneas em relao s demais. Dessa separao fundamental decorrem todas as outras diferenciaes relevantes no interior

  • Noes de Direito Administrativo Professor Wagner Soares

    - 4 -

    dessas sociedades, como a existente entre um Direito Pblico e um Direito Privado; entre Estado e sociedade civil; e entre poderes do Estado e direitos do cidado.

    ORGANIZAO DO ESTADO

    A 3 Esferas e os 3 Poderes

    Poderes

    Esferas Executivo Legislativo Judicirio

    Unio

    Presidente da Repblica

    Ministrios

    Congresso Nacional Tribunais e Juzes Federais

    Supremo Tribunal

    Federal (STF)

    Senado Federal

    (Senadores da Repblica)

    Cmara dos Deputados (Deputados Federais)

    Estados Governador de Estado

    Secretarias Estaduais

    Assembleia Legislativa Estadual (Deputados Estaduais)

    Tribunal de Justia Juzes Estaduais

    Municpios Prefeito Municipal

    Secretarias Municipais

    Cmara Municipal (Vereadores)

    Regime Jurdico Administrativo

    A expresso Regime Jurdico da Administrao Pblica ou Administrativo utilizada para designar, em sentido amplo, o regime de Direito Pblico a que est submetida a Administrao Pblica, ou seja, esta tem que observar normas de carter pblico, onde o interesse da coletividade tem que prevalecer como finalidade nica dos atos administrativos praticados pelo Administrador Pblico.

    Estas normas so compostas por direitos (prerrogativas) e deveres (limitao) que o ordenamento jurdico confere ao Poder Pblico e que no se estende aos particulares, por fora dos interesses que ela representa quando atua. O particular s ser submetido a este regime quando lhe for delegado o exerccio da funo administrativa, isto , quando executar um servio pblico. Ex.: concessionrio ou permissionrio; cartrios extrajudiciais.

    Elementos caracterizadores do Regime Jurdico Administrativo ptrio

  • Noes de Direito Administrativo Professor Wagner Soares

    - 5 -

    PRINCPIOS QUE REGEM O REGIME JURDICO ADMINISTRATIVO BRASILEIRO

    1. Princpio da supremacia do interesse pblico: Este princpio confere ao administrador um conjunto de privilgios jurdicos que o particular no tem, em razo dos interesses que ele representa, ou seja, interesses da co

Recommended

View more >