nikolai g³gol - o inspetor geral

Post on 03-Apr-2018

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    1/24

    O inspetor gera l 43

    O INSPETO R G ERAL

    Comdia em cinco atos

    (1836)

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    2/24

    Nikolai Ggol44

    A culpa no do espelho se a cara torta.

    (Provrbio popular)

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    3/24

    O inspetor gera l 45

    Personagens

    ANTN ANTNOVITCH SKVOZNK-DMUKHANVSKI, prefeito

    ANA ANDRIEVNA, sua esposa

    M RIA ANTNO VNA, sua filha

    LUK LUKTCH KH LP OV, inspetor de escolas

    SUA ESPOSA

    AM S FID ORO VITCH LIPKIN -TIPKIN , juiz

    ARTMI FILPO VITCH Z EMLIANKA, encarregado da assistncia social

    IVAN KUZMTCH CHPKIN, chefe dos correios

    PITR IVNOVITCH DBTCHINSKI, pequeno proprietrio de terras

    PITR IVNOVITCH B BTCH INSKI, pequeno propriet rio de terras

    IVAN ALEKSND RO VITCH KH LESTAK V, funcionrio de Petersburgo

    SSIP, seu criado

    KHRISTIAN IVNOVITCH GUBNER, mdico da provncia

    FID OR AND REIVITCH LIULIUKV

    IVAN LZAREVITCH RASTAKVSKIfuncionrios aposenta dos,

    STEPAN IVNOVITCH KORBKINpessoas respeitadas na cidade

    STEPAN ILITCH UKHOVIRTOV, comissrio de polcia

    SVISTUNV

    PGOVITSIN policiais

    DIERJIMRDA

    ABDLIN, comerciante

    FEVR NIA PETR VNA POC H LIPKINA, a mulher do serralheiro

    A MULHER DO SUBTENENTE

    M ICH KA, criado do prefeito

    UM C RIADO DE H OTEL

    Convidados e convidadas, comerciantes, pequenos-burgueses e solicitantes

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    4/24

    Nikolai Ggol46

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    5/24

    O inspetor gera l 47

    Primeiro ato

    Sala na casa do prefeito.

    Cena 1

    O prefeito, o encarregado da assistncia social, o inspetor de escolas, ojuiz, o comissrio de polcia, o mdico e dois policiais.

    PREFEITO

    Chamei-os aqui, meus senhores, para lhes dar uma notcia bem de-sagradvel. Est a caminho um inspetor geral.

    AMS FIDOROVITCH

    Como? Um inspetor?!!

    ARTMI FILPOVITCH

    Como? Um inspetor?!!

    PREFEITO

    Um inspetor de Petersburgo, incgnito. E, ainda por cima, em mis-so secreta .

    AMS FIDOROVITCH

    Essa no! !

    ARTMI FILPOVITCH

    s o q ue falta va! !

    LUK LUKTCH

    Santo D eus! E ainda por cima em misso secreta !

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    6/24

    Nikolai Ggol48

    PREFEITO

    Eu bem que pressentia: sonhei esta noite toda com duas ratazanasimpressionantes. Palavra de honra, nunca vi nada parecido: pretas, de ta-manho sobrenatural! Chegaram bem perto, cheiraram e foram embora.

    Vou ler para os senhores a cart a que recebi de Andri Ivnovitch Tchmy-khov, a quele que o senhor, Artmi Filpovitch, conhece bem. O lha o queele escreve: M eu caro a migo, compadre e benfeitor (balbucia palavrasa meia-voz, cor rendo os olhos com rapidez)... em inform-lo... Ah!aqui: a propsito, a presso-me em inform-lo que chegou um funcionrioauto rizado a inspecionar to do o estado e principalmente o nosso distrito.(L evanta um dedo de forma signif icati va) Soube disso por meio de gentede conf iana , a pesar de que o dito-cujo se apresenta como um indivduo

    qualquer. C omo sei que voc, como todo mundo , tem l os seus pecadi-lhos, pois voc um homem inteligente e no gosta de deixar passar o q uelhe cai nas mos... (interrompe) bem, j que estamos entre ns... entoaconselho tomar precaues, mesmo porque ele pode chegar a qualquermomento, se que j no chegou e est hospedado incgnito em algumcanto ... O ntem eu... Bem, aq ui j vem assuntos de famlia: minha irmAna Kirlovna veio nos visita r com seu marido; Ivan Kirlovitch engordoumuito e continua to cando violino... e etc. etc. Vejam s q ue situao.

    AMS FIDOROVITCH

    verdade. Que situao extraordinria, muito extraordinria! E nodeve ser toa.

    LUK LUKTCH

    M as para qu, Antn Antnovitch, para que isso? O q ue vem fazeraqui um inspetor?

    PREFEITO

    Por qu?! S pode ser coisa do destino! (Suspira) At hoje, graas aDeus, s se meteram com outras cidades, agora chegou a nossa vez.

    AMS FIDOROVITCH

    Eu acho, Antn Antno vitch, q ue isso a tem uma raz o ma is sutil ebem poltica . o seguinte: a Rssia. .. isso mesmo. .. a Rssia deseja fa -zer a guerra e a, vejam s, o ministrio manda um funcionrio espionar

    se h tra io em a lgum lugar.

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    7/24

    O inspetor gera l 49

    PREFEITO

    M as que asneira! Um homem inteligente como voc! Traio numacida dezinha dessa ! Por a caso estamos numa fronteira? D aq ui desta cida -de, nem viajando trs anos seguidos voc pode chegar a algum lugar.

    AMS FIDOROVITCH

    No, no bem assim, o senhor no... eu quero dizer... Esses supe-riores so bem espertos: mesmo longe, est o sempre de olho vivo.

    PREFEITO

    Esta ndo ou no estando de olho, os senhores j esto avisados. Pres-tem ateno: de minha parte, j dei algumas ordens e os aconselho a fa-

    zer o mesmo. Principalmente o senhor, Artmi Filpovitch! Sem dvida ne-nhuma, o ta l funcionrio va i querer, a ntes de mais nada , a veriguar as ins-tituies da assistncia social sob sua responsabilidade, por isso, faa tudoficar bem decente: os gorros devem esta r limpos para que os doentes nopaream ferreiros, como sempre.

    ARTMI FILPOVITCH

    Isto o de menos. At que d pra eles ficarem limpos.

    PREFEITO

    Isso mesmo. E, tambm, em cada cama deve-se escrever, em latim ouem q ualquer outra lngua isto j com o senhor, Khristian Ivnovitch, o nome de cada doena , q uando o sujeito adoeceu, data , hora ... Tam-bm no bom q ue os seus pacientes fumem um ta baco t o forte, que faza gente espirra r logo ao entra r. E seria a inda melhor se tivssemos menospacientes: podem a char a t que so mal assistidos ou que o mdico nosabe nada de seu ofcio.

    ARTMI FILPOVITCH

    Ah! Quanto questo clnica, eu e Khristian Ivnovitch j toma mosprovidncias: quanto mais prximo da natureza, melhor. No usamosremdios caros. Gente pobre simples: se tem de morrer, morre mesmo;se tem de sarar, ento sara mesmo. E tambm muito difcil para Khris-tian Ivnovitch se fazer entender: ele no sabe uma palavra de russo.

    Khr istian I vnov it ch deixa escapar um som meio parecido com aletr a i e um pouco com a letr a e .

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    8/24

    Nikolai Ggol50

    PREFEITO

    E ao senhor, Ams Fidorovitch, eu aconselharia presta r mais a ten-o s reparties pblicas. L nas a ntessalas, onde normalmente ficamos solicita ntes, os cont nuos criam ga nsos, e seus gansinhos ficam se en-

    fiando entre as nossas pernas sem para r. na tural cuidar de animais do-msticos, digno de louvor, e por que um contnuo no poderia fa z-lo?S que, voc sabe, num lugar desses, no d... Sempre quis chamar suaateno para isso, mas, sei l, me esqueci.

    AMS FIDOROVITCH

    Pois hoje mesmo vou mandar todos eles para a cozinha. Se quiser,a t pode vir almoar.

    PREFEITO

    Alm do mais, no bom que ponham para secar em sua repartiotoda espcie de porcarias, e que sobre a papelada se veja um chicote decaa. Eu sei que o senhor gosta de caar, mas melhor, pelo menos porum tempo, tir-lo da li, e qua ndo o inspetor for embora , ento o senhorpode pr tudo de novo no lugar. Agora, o seu juiz-assistente... ele, semdvida , competente, mas tem um cheiro, como se tivesse acabado de sairde uma destilaria isto tambm no bom. H muito tempo que euqueria lhe falar sobre isso, mas houve, n o me lembro bem, um contra-tempo q ualq uer. Se, de fa to , como ele diz, o seu cheiro lhe inato, ent oh remdio contra isso. Vamo s lhe aconselhar a comer cebola , ou a lho,ou qualquer coisa que o valha. Neste caso, Khristian Ivnovitch podeajud -lo com diversos medicamentos. (Khr istian I vnovitch deixa escaparaquele mesmo rudo)

    AMS FIDOROVITCH

    No, j no mais possvel remediar: ele diz que, q uando criana, ame de leite o derrubou e, desde ento, sai dele esse cheirinho de vodca.

    PREFEITO

    Bem, eu s q ueria lembrar. N o q ue diz respeito organizao inter-na e q uilo q ue Andri Ivnovitch em sua carta chama de pecadilhos, euno tenho nada a dizer. at estranho falar d isto. N o h uma pessoa queno tenha l os seus pecados. Foi assim que o prprio Deus determinou

    e no adianta o s volta iriano s protesta rem contra isso.

  • 7/28/2019 Nikolai Ggol - O Inspetor Geral

    9/24

    O inspetor gera l 51

    AMS FIDOROVITCH

    O que que o senhor, Antn Antnovitch, entende por pecadilhos?H pecados e pecados. Posso falar abertamente para todo mundo querecebo propinas, mas que tipo de propina? Filhot inhos de cachorro. M as

    isto j outra coisa.

    PREFEITO

    Ora, filhotinhos ou outra coisa qualquer, tudo suborno.

    AMS FIDOROVITCH

    No , senhor, Antn Antno vitch. Po is veja , por exemplo, se o casa-co de peles de certas pessoas custa quinhentos rublos, ou o xale para a

    esposa...

    PREFEITO

    Bem, e da que o senhor recebe cachorros como propina? Em com-pensao o senhor no acredita em Deus e nunca va i Igreja , mas eu, pelomenos, tenho uma f inaba lvel e todos os domingos vou Igreja . M as osenhor... Ah!, eu conheo o senhor muito bem: s comear a falar dacriao do mundo e os cabelos se pem em p.

    AMS FIDOROVITCH

    E olha que tudo isso com minha prpria inteligncia.

    PREFEITO

    Mas veja q ue em a lguns casos pior ter muita inteligncia do que noter nenhuma. Alis, eu apenas falei no tribunal de justia por falar, por-que, pra dizer a verdade, pouco provvel que algum v l algum diaxereta r: um lugar t o formidvel... est protegido por D eus. Q uanto aosenhor, Luk Luktch, como diretor d e um esta belecimento de ensino,deve cuidar em particular dos professores. So pessoas bem-cultivadas,sem dvida al