nbr 07879 - 1983 - bombas hidraulicas de fluxo

Download NBR 07879 - 1983 - Bombas Hidraulicas de Fluxo

Post on 11-Jul-2015

320 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Cpia no autorizada

ABR 1983

NBR 7879

Bombas hidrulicas de fluxo - Classes segundo os materiais empregadosABNT-Associao Brasileira de Normas TcnicasSede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28 andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210 -3122 Telex: (021) 34333 ABNT - BR Endereo Telegrfico: NORMATCNICA

Classificao Origem: ABNT - 04:007.01-004/1982 CB-04 - Comit Brasileiro de mquinas e Equipamentos Mecnicos CE-04:007.01 - Comisso de Estudo sobre Bombas Hidrulicas NBR 7879 - Centrifugal mixed flow and axial pumps - Classes in accordance with the use material - Classification Descriptors: Pumps. Flow pump. Centrifugal pump Palavra-chave: Bomba hidrulica 25 pginas

Copyright 1983, ABNTAssociao Brasileira de Normas Tcnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

SUMRIO1 Objetivo 2 Documentos complementares 3 Aplicao 4 Classes ANEXO A - Recomendaes ANEXO B - Materiais ANEXO C - Compatibilidade galvnica

NBR 6313 - Peas fundidas de ao-carbono para uso geral - Especificao NBR 6314 - Peas de ligas de cobre fundidas em areia - Especificao NBR 6589 - Ferro fundido cinzento - Especificao NBR 6611 - Ferro fundido cinzento austentico Especificao NBR 6916 - Ferro fundido como grafita esferoidal Especificao NBR 6917 - Ferro fundido nodular austentico ou ferro fundido com grafita esferoidal austentico Especificao ASTM A 48 - Gray iron castings, Spec. for ASTM A 216 - Carbon-steel casting suitable for fusion welding for high-temperature service, Spec. for ASTM A 217 - Martensitic stainless steel and alloy steel casting for pressure cointaining parts suitable for high-temperature service, Spec. for ASTM A 351 - Austenitic steel castings for hightemperature service, Spec. for ASTM A 395 - Ferritic ductile iron pressure-retaining castings for use at elevated temperatures, Spec. for

1 Objetivo1.1 Esta Norma classifica as bombas em funo dos materiais empregados nos elementos em contato com o lquido bombeado. 1.2 Nesta Norma, a palavra lquido empregada para designar tudo que bombeado. Pode ser uma substncia simples ou composta, ou uma mistura de substncias. Uma ou mais fases da mistura pode no ser lquida, desde que o conjunto tenha caractersticas de fluidez e incompressibilidade prprias de um lquido. Por exemplo: so considerados lquidos, nesta Norma, chumbo fundido, gua, gasolina, soluo de cloreto de sdio, suspenso de enxofre em gua, etc.

2 Documentos complementaresNa aplicao desta Norma necessrio consultar: NBR 5601 - Classificao por composio qumica dos aos inoxidveis - Padronizao NBR 6006 - Classificao por composio qumica de aos para construo mecnica - Procedimento

Cpia no autorizada

2

NBR 7879/1983

ASTM A 436 - Austenitic gray iron castings, Spec. for ASTM A 439 - Austenitic ductile iron castings, Spec. for ASTM A 494 - Nickel and nickel alloy castings, Spec. for ASTM A 518 - Corrosion-resistant high-silicon cast iron, Spec. for ASTM A 536 - Ductile iron castings, Spec. for ASTM A 743 - Corrosion-resistant Iron-chromium, iron chromium nickel, and nickel-base alloy castings for general aplication, Spec. for ASTM B 427 - Gear bronze alloy castings, Spec. for ASTM B 584 - Copper alloy sand castings for general applications, Spec. for DIN 1691 - Cast iron with lamellar graphite (gray cast iron) DIN 1705 - Copper-tin-alloy castings (tin bronze and gun metal castings) DIN 17200 - Quenched and tempered steels; quality specifications DIN 17245 - Ferritic steel castings creep resistant at elevated temperatures technical terms of delivery DIN 17440 - Stainless steels; quality specifications DIN 17445 - Stainless steel castings; quality specifications SAE J 403 - Chemical compositions of SAE carbon steels SAE J 405 - Chemical compositions of SAE wrought stainless steels SAE J 431 - Automotive gray iron castings SAE J 434 - Automotive ductile (nodular) iron castings SAE J 435 - Automotive steel castings SAE J 462 - Cast copper alloys SAE J 463 - Wrought copper and copper alloys SAE J 470 - Wrought nickel and nickel related alloys

envolvendo os lquidos e as suas condies de bombeamento constantes na Tabela 2 do Anexo A. 3.2 Se o lquido bombeado e/ou as condies no permitirem o enquadramento em uma das classes previstas nesta Norma, ainda assim pode ser obtida uma orientao quanto ao tipo de material adequado, da mesma tabela. 3.3 A adoo de materiais no previstos nesta Norma, e/ou a combinao destes entre si ou com outros aqui previstos, s deve ser decidida aps cuidadoso estudo dos seguintes aspectos: a) resistncia ao ataque qumico pelo lquido bombeado, nas condies de operao; b) compatibilidade galvnica entre os diversos materiais (ver Anexo C); c) propriedades mecnicas em geral, inclusive resistncia abraso.

4 Classes4.1 A Tabela 1 relaciona as classes previstas nesta Norma e informa, para cada classe, o material dos principais elementos que tm contato com o lquido bombeado. 4.2 As classes so designadas por duas letras maisculas separadas por um hfen. A primeira letra refere-se ao material da carcaa e a segunda ao do rotor, sendo: a) A = ao-carbono; b) B = bronze; c) F = ferro fundido; d) I = ao inoxidvel. 4.3 Nos casos em que se dispe de dados confiveis quanto ao comportamento dos diversos materiais em presena dos lquidos bombeados, as classes foram complementadas, na Tabela 2 do Anexo A, com a indicao do(s) grupo(s) de materiais selecionado(s) entre os recomendados para cada classe, na Tabela 3 do Anexo B. 4.4 Quando o material indicado para um elemento, no corpo da Tabela 1, tambm aparece na sigla que designa a classe, o elemento em questo deve ser feito com o material do grupo recomendado. Em caso contrrio, o material do elemento j est indicado, por extenso, na prpria tabela.Nota: Exemplo: F-I (1-8;9). Os elementos de ferro fundido (F) devem ser feitos com um dos ferros fundidos do grupo 1 e os de ao inox (I), com ao inox dos grupos 8 ou 9. Os prisioneiros da carcaa tem seu material (ao-carbono) indicado na prpria tabela.

3 Aplicao3.1 As bombas construdas segundo as classes descritas nesta Norma so aplicveis grande maioria dos servios 4.5 So consideradas classes bsicas aquelas baseadas na resistncia qumica de seus materiais em presena dos lquidos bombeados. As classes bsicas so:

Cpia no autorizada

NBR 7879/1983

3

F-F; F-B; B-B e I-I. Entretanto, consideraes de natureza no qumica levam os usurios, em muitos casos, a substituir a classe F-F pelas classes F-I e A-F. Devido a este fato, estas classes so consideradas opcionais, no sendo citadas na Tabela 2 do Anexo A. 4.6 Para que uma bomba possa ser enquadrada em uma classe, necessrio que todos os elementos relacionados

na Tabela 1 (desde que usados) sejam fabricados com os materiais indicados. 4.7 O ferro fundido cinzento pode ser substitudo pelo ferro fundido nodular, a critrio do fabricante, sempre que consideraes de resistncia mecnica o exigirem, uma vez que o ferro nodular apresenta resistncia ao ataque qumico idntica do ferro fundido cinzento.

Tabela 1 - Classes de bombas segundo os materiais empregados Classes bsicas Elementos F-F Carcaa e tampas Difusor e diafragma Rotor Anel de desgaste da carcaa Anel de desgaste do rotor Eixo Luva do eixo (para engaxetamento convencional) Luva do eixo (para selo mecnico) Anel da caixa de gaxetas Luva espaadora Bucha espaadora Anel de selagem Sobreposta (engaxetamento convencional) Prisioneiro ou parafuso da sobreposta Prisioneiro da carcaa Porca do rotor(A)

Classes opcionais I-I I I I I I I(A) I F-I F F I I I I(A) I A-F A F F F F A ao inox

F-B F F B B B

B-B B B B B B I(A) B

F F F F F

ao-carbono ao-carbono ao inox B

ao inox F F F F F

ao inox F F B F F

ao inox B B B B B

I I I I I I

I F I I F F

ao inox F F F F A

ao inox

ao inox

lato

I

I

A

ao-carbono ao-carbono ao-carbono ao-carbono

lato I

I I

ao-carbono I

A ao-carbono

As bombas projetadas segundo o critrio de eixo seco (sem contato com o lquido) podem ter eixo em ao-carbono, qualquer que seja a sua classe, mas esta caracterstica deve ser claramente mencionada, sempre que for citada a classe.

/ANEXO A

Cpia no autorizada

4

NBR 7879/1983

Cpia no autorizada

NBR 7879/1983

5

ANEXO A - Recomendaes

A-1 A Tabela 2 indica as classes de bombas e os materiais que vm sendo utilizados pela indstria para o bombeamento dos lquidos relacionados nela. Sendo o resultado de experincia prtica, reflete consideraes de ordem tcnica e econmica. A ordem em que so apresentados no indica preferncia. A escolha deve resultar, em cada caso, de uma anlise cuidadosa de todos os fatores envolvidos na seleo: resistncia dos materiais aos lquidos bombeados, contaminao desses lquidos pelo contato com os materiais da bomba, resistncia mecnica e a abraso, custo, etc. Dependendo da importncia atribuda aos diversos fatores que afetam o problema, em dado caso, a escolha da classe ou do tipo de material pode variar e at mesmo diferir das indicaes da referida tabela. A-2 Na Tabela 2 foram considerados lquidos de qualidade comercial, com seus teores usuais de impurezas. Algumas substncias estranhas ao lquido, mesmo em percentagem muito pequena, podem aumentar em muito a corrosividade do mesmo, como, por exemplo, os cloretos

solveis ou outros halogenetos. Por outro lado, outras substncias, como os cromatos ou os bicromatos, podem inibir a corrosividade de diversas solues sobre o ferro fundido. Alm disso, alguns lquidos, principalmente leos vegetais que, quando frescos, so relativamente inativos, podem tornar-se ranosos e muito corrosivos sob a ao e/ou exposio ao ar.

A-3 No caso de no se dispor de dados confiveis, podem ser efetuados ensaios