nbc t 16.8 – controle interno controle interno norma brasileira de contabilidade nbc t 16.8

Download NBC T 16.8 – Controle Interno CONTROLE INTERNO Norma Brasileira de Contabilidade NBC T 16.8

Post on 21-Apr-2015

113 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • NBC T 16.8 Controle Interno CONTROLE INTERNO Norma Brasileira de Contabilidade NBC T 16.8
  • Slide 2
  • NBC T 16.8 Controle Interno SUMRIO I Introduo ao Estudo do Controle Interno I.1 Controle Interno Segundo o COSO I.2 Controle Interno Segundo a INTOSAI II - Controle Interno Contbil nas NBC T 16
  • Slide 3
  • NBC T 16.8 Controle Interno I Introduo ao Estudo do Controle Interno As dimenses do Controle
  • Slide 4
  • NBC T 16.8 Controle Interno SISTEMA DE CONTROLE INTERNO 1 - Avaliar2 - Comprovar a Legalidade3 - Avaliar Resultados4 - Controlar5 - Apoiar o Controle Externo no exerccio de sua misso institucionalCumprimento das Metas Previstas no Plano PlurianualExecuoEficciaEficinciaOperaes de CrditoAvaisGarantiasDireitos e Haveres do EstadoGestoFinanceiraPatrimonialRec. HumanosOramentria ART. 74 Dos OramentosDos Programas de Governorgos e Entidades da Adm. Direta Adm. Indireta CONSTITUIO FEDERAL
  • Slide 5
  • NBC T 16.8 Controle Interno
  • Slide 6
  • Sistema de Controle Interno E Contabilidade Avaliao de Resultados Oramento Sistema de Custos Auditoria (Interna e Externa) Patrimnio Relatrio Operacionais Analise Estatsticas Estudo de Tempos, etc. Inspeo e Controle de Qualidade Compras, Treinamento, etc. Executivo Judicirio Legislativo Estado Sociedade Controle Social MP CI Controle Integrado TC Dir Ind Recursos Produtos Servios
  • Slide 7
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Conceito de Controle: Significados da Palavra Fonte: Giannini (1997) apud Bugarin et alli (2003).
  • Slide 8
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Conceito de Controle: Conotaes da Palavra Fonte: Speck (2000) apud Bugarin et alli (2003).
  • Slide 9
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Conceito de Controle: ticas de Controle Fonte: Vieira e De Holanda (2009). ticas de Controle Controle como procedimento administrativo (da gesto) das organizaes Controle como sistemas de instituies e organizaes fiscalizadoras Conjunto de procedimentos diversos que fazem com que a organizao alcance seus objetivos ou impedem que desvie de seus objetivos. Atuam por meio de procedimentos que fazem com que outras organizaes alcancem seus objetivos ou impedem que desviem de seus objetivos. Possibilitam que as informaes contbeis sejam ntegras e completas Prestam credibilidade e confiabilidade s informaes contbeis.
  • Slide 10
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Conceitos Associados Com base no conceito anterior, h dois outros conceitos subjacentes que precisam ser explicitados : a) o que so controles internos e b) quais so os objetivos a serem alcanados pelas organizaes.
  • Slide 11
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Controles Internos No caso da expresso controles internos, a falta de um denominador conceitual comum ajudava a aumentar a confuso sobre o papel e significado dos controles internos para as organizaes. Gerentes tinham uma opinio sobre controle interno que no era a mesma dos auditores internos, que por sua vez tinham uma viso diferente dos funcionrios da controladoria. Fonte: Vieira e De Holanda (2009).
  • Slide 12
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Controles Internos: Exemplos de Conceitos Conceito 1 : conjunto de medidas adotadas pelas empresas com o objetivo de dirigir e controlar suas operaes compreendendo os mtodos, os processos e o plano da organizao implantados para sistematizar, orientar e otimizar as atividades desenvolvidas dentro do ambiente de trabalho com a finalidade de verificar a correta aplicao dos recursos, em observncia aos preceitos legais e s normas estabelecidas.
  • Slide 13
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Controles Internos: Exemplos de Conceitos Conceito 2 : plano de organizao e todos os mtodos e medidas adotados numa organizao para proteger seu ativo, verificar a exatido e a fidedignidade de seus dados contbeis, incrementar a eficincia operacional e promover a obedincia s diretrizes administrativas estabelecidas
  • Slide 14
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Controles Internos: Exemplos de Conceitos Conceito 3 : conjunto de atividades, planos, mtodos e p rocedimentos interligados utilizado com vistas a assegurar que os objetivos dos rgos e entidades da administrao pblica sejam alcanados, de forma confivel e concreta, evidenciando eventuais desvios ao longo da gesto, at a consecuo dos objetivos fixados pelo Poder Pblico (IN STN 16/91)
  • Slide 15
  • NBC T 16.8 Controle Interno Introduo ao Estudo do Controle Interno Controles Internos - O COSO estabeleceu uma definio comum de controles internos. - 1985 - criada, nos Estados Unidos, a National Commission on Fraudulent Financial Reporting (Comisso Nacional sobre Fraudes em Relatrios Financeiros), iniciativa independente, para estudar as causas da ocorrncia de fraudes em relatrios financeiros/contbeis composta por representantes das principais associaes de classe de profissionais ligados rea financeira objeto de estudo foram os controles internos
  • Slide 16
  • NBC T 16.8 Controle Interno Controles Internos 1992 comisso publicou o trabalho "Internal Control - Integrated Framework" (Controles Internos Um Modelo Integrado) publicao tornou-se referncia mundial para o estudo e aplicao dos controles internos Posteriormente a Comisso transformou-se em Comit, que passou a ser conhecido como COSO The Comitee of Sponsoring Organizations (Comit das Organizaes Patrocinadoras) Introduo ao Estudo do Controle Interno
  • Slide 17
  • NBC T 16.8 Controle Interno COSO Entidade sem fins lucrativos, dedicada melhoria dos relatrios financeiros atravs da tica, efetividade dos controles internos e governana corporativa Patrocinado por cinco das principais associaes de classe de profissionais ligados rea financeira nos Estados Unidos O Comit trabalha com independncia, em relao a suas entidades patrocinadoras O primeiro presidente foi James C. Treadway, de onde veio o nome "Treadway Comission" Introduo ao Estudo do Controle Interno
  • Slide 18
  • NBC T 16.8 Controle Interno Instituies Integrantes do COSO AICPA American Institute of Certified Public Accounts Instituto Americano de Contadores Pblicos Certificados AAA American Accounting Association Associao Americana de Contadores FEI Financial Executives Internacional Executivos Financeiros Internacional IIA The Insititute of Internal Auditors Instituto dos Auditores Internos IMA Institute of Management Accountants Instituto dos Contadores Gerenciais Introduo ao Estudo do Controle Interno
  • Slide 19
  • NBC T 16.8 Controle Interno I.1 Controle Interno Segundo o COSO
  • Slide 20
  • NBC T 16.8 Controle Interno Para o COSO, controle Interno um processo, desenvolvido para garantir, com razovel certeza, que sejam atingidos os objetivos da empresa (definio elaborada pelo grupo), nas seguintes categorias Eficincia e efetividade operacional (objetivos de desempenho ou estratgia): esta categoria est relacionada com os objetivos bsicos da entidade, inclusive com os objetivos e metas de desempenho e rentabilidade, bem como da segurana e qualidade dos ativos COSO
  • Slide 21
  • NBC T 16.8 Controle Interno Confiana nos registros contbeis/financeiros (objetivos de informao): todas as transaes devem ser registradrefletir transaes reais, consignadas pelos valores e enquadramentos corretos Conformidade (objetivos de conformidade) com leis as, todos os registros devem e normativos aplicveis entidade e sua rea de atuao COSO
  • Slide 22
  • NBC T 16.8 Controle Interno finalidade dos controles internos auxiliar a entidade atingir seus objetivos controle interno um elemento que compe o processo de gesto controle interno responsabilidade de todos proporciona uma garantia razovel, nunca uma garantia absoluta COSO
  • Slide 23
  • NBC T 16.8 Controle Interno Auxilia a entidade na consecuo de seus objetivos, mas no garante que eles sero atingidos, pois: custo/benefcio: todo controle tem um custo, que deve ser inferior perda decorrente da consumao do risco controlado conluio entre empregados: da mesma maneira que as pessoas so responsveis pelos controles, estas pessoas podem valer-se de seus conhecimentos e competncias para burlar os controles, com objetivos ilcitos eventos externos: eventos externos esto alm do controle de qualquer organizao COSO
  • Slide 24
  • NBC T 16.8 Controle Interno Controle interno um processo constitudo de 5 elementos inter-relacionados (Coso 1) Ambiente de Controle Avaliao dos Riscos Atividade de Controle Informao e Comunicao Monitoramento COSO
  • Slide 25
  • NBC T 16.8 Controle Interno COSO 1
  • Slide 26
  • NBC T 16.8 Controle Interno a conscincia de controle da entidade, sua cultura de controle Ambiente de controle efetivo quando as pessoas da entidade sabem quais so suas responsabilidades, os limites de sua autoridade e se tem a conscincia, competncia e o comprometimento de fazerem o que correto da maneira Ambiente de controle envolve compromisso tico Ambiente de Controle
  • Slide 27
  • NBC T 16.8 Controle Interno A postura da alta administrao desempenha papel dete

Recommended

View more >