musicas espiritas

Download Musicas Espiritas

Post on 07-Jun-2015

26.937 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Departamento da Infncia e Mocidade www.searadeluz.com.br

Fraternidade Assistencial Seara de Luz

A BARCA ALEGRIA ALGUM DISTANTE ALMA DAS ANDORINHAS AMAR COMO JESUS AMOU AMIGO PRESENTE AMIGOS DE LUZ AUTOCONHECIMENTO BALADA DA CARIDADE BELO CAMINHANDO CANO DA ALEGRIA CRIST CANAO DE AMOR CANO DO PERDO CASINHA PEQUENINA CATIVAR CHICO XAVIER COMO BOM EXISTIR COMO GRANDE O MEU AMOR POR VOC DOMINGO DE SOL BOM VIVER IMPOSSVEL PRECISO SABER VIVER EPITFIO ESPRITA EM SOCIEDADE ESTOU PENSANDO EM DEUS FALANDO COM DEUS FAMLIA FIM DOS TEMPOS FORA DE DEUS GRATIDO A DEUS GULI ALI HINO A SCHEILLA HINO AO IRMO JOSEPH GLEBER HINO AO IRMO PALMINHA HINO PRECE IRM SOLIDO IRMO SOL, IRM LUA JESUS AMIGO JESUS CRISTO JOS GROSSO LIVRE, LEVE E SOLTO

18 2 4 5 19 3 11 12 3 1 5 1 8 6 4 1 14 7 18 7 6 1 17 15 6 21 13 9 8 11 3 4 5 3 3 1 7 1 8 20 2 12

LOUVADO SEJA O MEU SENHOR MOS UNIDAS MEI MEI MOCIDADE MIOSTIS NOSSA SENHORA O RABI DA GALILIA OLHAI POR NS ORA E CONFIA ORAO DA FAMLIA ORAO DE SO FRANCISCO PARAFUSO PAZ DE CRISTO PELO MESTRE COM AMOR PINGO DE GENTE PRA MELHORAR PRECE PRIMAVERA QUANTA LUZ QUERO QUERO SALMO 139 SEM CREDO, SEM COR SER FELIZ SERESTEIRO DO EVANGELHO TENTE OUTRA VEZ UMA CANAO DE AMOR PRA VOC UTOPIA VEM

18 10 5 14 10 6 13 16 20 2 8 18 17 6 9 11 9 2 16 16 12 10 4 15 17 19 7

Departamento da Infncia e Mocidade

Fraternidade Assistencial Seara de Luz www.searadeluz.com.br

1

CATIVAR

IRMO SOL, IRM LUAOh! Irmo Sol Irm Lua Abram seus olhos Quero ver a luz Oh! Irmo vento Irm Chuva Cantem pra mim Canes que tragam paz Eu amo o mundo Gosto de viver Vivo nos campos Entre meus irmos Sempre cantando Com muita alegria Passo os meus dias Pregando o amor

Uma palavra perdida j quase esquecida se faz relembrar: Contendo sete letrinhas e todas juntinhas se l "cativar"! Cativar amar; tambm carregar Um pouquinho da dor que algum tem que levar... "Cativou" (cativou), disse algum (disse algum), laos fortes criou... Responsvel (responsvel) voc ( voc) pelo que cativou... oh! Oh! Oh! Num deserto to s; entre homens tambm; Vou tentar cativar, viver perto de algum...

BELOBelo pra mim criana a brincar ouvir mil canes numa concha de mar chuva caindo, campo em flor E acima de tudo o amor, o amor, o amor Belo pra mim, quando estou a sofrer E a treva na alma comea a crescer lembrar com alegria que alm, muito alm, espera de mim existe al...gum.

CANO DA ALEGRIA CRISTSomos companheiros, amigos, irmos Que vivem alegres, pensando no bem A nossa alegria de bons cristos No ofende a Jesus, nem fere a ningum A nossa alegria (a nossa alegria) bem do Evangelho ( bem do Evangelho) Vibra e contagia (vibra e contagia) Da criana ao velho (da criana ao velho) Mesmo entre perigos (mesmo entre perigos) Daremos as mos (daremos as mos) Como bons amigos (como bons amigos) Como bons cristos. Sempre ombro a ombro, sempre lado a lado Vamos trabalhar com muita alegria Pelo espiritismo mais cristianizado Pela implantao da paz e harmonia! A nossa alegria...

IMPOSSVELOlho em tudo e sempre encontro a ti Ests no cu, na terra, onde for Em tudo que me acontece Encontro o teu amor J no se pode mais deixar De crer no teu amor impossvel no crer em ti impossvel no te encontrar impossvel no fazer de ti meu ideal

Oh! Jesus! Todo amor! Flor de luz, do Senhor Mestre amado,luz divina! Abena nossa doutrina. E que este dia de fraternidade Seja coroado de felicidade Oh! Meu Jesus Ouve a orao Jia de luz, do meu corao.

HINO PRECE

Departamento da Infncia e Mocidade

Fraternidade Assistencial Seara de Luz www.searadeluz.com.br

2

QUANTA LUZQuanta luz Neste ambiente Descendo sobre ns, Vibrando em nossa mente Quanta luz Quando assim em prece Como a alma cresce Aos olhos de Jesus Quanta luz Pois em orao A voz do Mestre fala Ao nosso corao Quanta luz Descendo sobre ns Quanta luz, Quanta luz.

JOS GROSSO(Melodia: Tristeza do Jeca) Esta histria to singela De um amigo e protetor Que do cu Deus nos Envia Pra curar a nossa dor Ele bom e carinhoso Ajuda sempre fervoroso Pede ao Pai Por seus irmos Jos Grosso a estrela a iluminar Que nos guia com bondade Ao nosso lar Jos Grosso aqui na terra Encontrou um triste fim Mas a Scheilla o transformou Em linda flor do seu jardim Hoje vive ao seu lado Carinhoso e dedicado Servindo sempre O mestre amado Jos Grosso a estrela a Iluminar Que nos dia com bondade Ao nosso lar

ORAO DE SO FRANCISCOSenhor, Fazei-me instrumento de vossa paz Onde houver dio que eu leve o amor Onde houver ofensa que eu leve o perdo Onde houver discrdia que eu leve a unio Onde houver dvidas que eu leve a f Onde houver erro que eu leve a verdade Onde houver desespero que eu leve a esperana Onde houver tristeza que eu leve a alegria Onde houver trevas que eu leve a luz Oh, Mestre! Fazei que eu procure mais Consolar, que ser consolado Compreender, que ser compreendido Amar, que ser amado Pois dando, que se recebe perdoando, que se perdoado E morrendo, que se vive Para a vida Eter.....na.

ALEGRIAQuando uma tristeza tocar seu corao No se desanime e cante uma cano Lembre que l em cima Voc tem algum que lhe quer Muito bem, muito bem, muito bem Quando uma dorzinha danada de doer E bem l no fundo lhe fizer sofrer Lembre que l em cima Voc tem algum que lhe quer Muito bem, muito bem, muito bem Ponha um sorriso, bonito no seu rosto Deixe que as lgrimas lavem seu desgosto Lembre que l em cima Voc tem algum que lhe quer Muito bem, muito bem, muito bem

Departamento da Infncia e Mocidade

Fraternidade Assistencial Seara de Luz www.searadeluz.com.br

3

HINO AO IRMO JOSEPH GLEBERJoseph Gleber, bom mentor h! Luz de nossa vida Vem junto a ns O teu passado de luta Roteiro glorioso, na evoluo E por amor a Jesus Levaste vitorioso, a tua Cruz Neste recanto, s nosso guia Junto aos enfermos, noite e dia Rumo ao Senhor, de sublimada luz Ajuda-nos Joseph A transportar nossa cruz.

HINO AO IRMO PALMINHAOh! Mensageiro dileto Nesta vibrante orao Recebe com nosso afeto As flores da gratido Tua alegria e bondade A todos ns faz vibrar Oh! Lrio da caridade Dos jardins de nosso lar Oh! Irmo Palminha Sublime mentor Fonte de ternura Consolao e amor Teu carinho prece Em forma de luz Nele resplandece A excelsa paz de Jesus

Para mim a chuva no telhado cantiga de ninar Mas o pobre meu irmo Para ele a chuva fria Vai entrando em seu barraco E faz lama pelo cho Para mim o vento que assobia noturna melodia Mas o pobre meu irmo Ouve o vento angustiado Pois o vento, esse malvado Lhe desmancha o barraco Como posso Ter sono sossegado Se no dia que passou Os meus braos eu cruzei? Como posso ser feliz Se ao pobre meu irmo Eu fechei meu corao Meu amor eu recusei?

BALADA DA CARIDADE

GRATIDO A DEUSQuando a sombra da tristeza Cobrir seus sonhos de ventura Quando voc quiser chorar Diante da taa da amargura Quando a dor bater a porta Ferindo bem fundo o corao Quando a esperana morta E a vida amarga iluso Olhe para trs Veja quanta dor Splicas de paz Clamando amor Olhos sempre em trevas Mos mendigam po Bocas que no falam E risos sem razo Deixe de chorar, volte a sorrir Voc to feliz, volte a cantar Faa uma prece, seja grato a Deus Ele sempre abenoa os filhos seus

AMIGO PRESENTEVem l do infinito Me amar em meio Ao silncio E pelo meu caminho, se Faz amigo presente Que Jesus, te cubra de Amor e luz Possa acompanhar teus passos Pois entre teus braos Me sinto feliz! Me sinto feliz

Departamento da Infncia e Mocidade

Fraternidade Assistencial Seara de Luz www.searadeluz.com.br

4

SERESTEIRO DO EVANGELHOAdeus! Meus sonhos de criana! Passado de bonana, Que o tempo sepultou! Adeus! Risonha mocidade! Rosrio de saudade, De quem na vida amou. Adeus! Adeus, eu digo agora! J surge nova aurora, tempo de partir... Adeus! No chore por favor! O verdadeiro amor, Far voc sorrir. O mundo abrigo abenoado! A vida, estrela a brilhar! Sorrindo, estarei ao seu lado, Com a alma sempre a cantar Adeus! Dileto companheiro Oh! Meu plangente violo! Adeus! De um pobre seresteiro Do Evangelho feito cano

CASINHA PEQUENINATu no te lembras da casinha Pequenina Onde o nosso amor nasceu Tu no te lembras da casinha pequenina Onde o nosso amor nasceu Tinha um coqueiro do lado, Que coitado de saudade J morreu Tinha um coqueiro do lado, Que coitado de saudade J morreu

Tu no te lembras do olhar que com Pesar Disse o adeus da despedida Tu no te lembras do olhar que com Pesar Disse o adeus da despedida E eu fiquei abandonado, Desolado e a chorar por Toda a vida Eu fiquei abandonado, Desolado e a chorar por Toda a vida

GULI ALIGosto das flores at do mau-me-quer Gosto dos montes e de um vale qualquer Gosto dos rios que cantam para mim Guli-Ali Guli-Ali Guli-Ali Guli-Ali Gosto dos bichos do besouro ao elefante Gosto das rvores de copa exuberante Gosto dos ventos que cantam para mim Guli-Ali Guli-Ali Guli-Ali Guli-Ali Gosto das coisas que Deus criou na Terra Que ele as conserve sempre em paz, sem guerra Para que cantem esta cano pra mim Guli-Ali Guli-Ali Guli-Ali Guli-Ali

ALGUM DISTANTEEu sinto imensa saudade, Que pelo tempo passou, Algum ficou to distante, Por quem minhalma sempre chorou. Seguindo as estradas do mundo, Em busca da felicidade, Eu no encontrei os caminhos Voc, oh! Jesus minha saudade. Saudade dor, Silncio e solido De algum que falou, Ao meu corao a lgrima, Na face da dor, De algum a sonhar, Um sonho de amor. Repetir o primeiro e o segundo verso.

Departamento da Infncia e Mocidade

Fraternidade Assistencial Seara de Luz www.searadeluz.com.br

5

ALMA DAS ANDORINHASEu no sei dizer, para onde vo As almas das andorinhas Eu no sei... Eu no sei... Eu no sei dizer, para onde vo Perfumes de tantas flores Eu no sei! Eu no sei... Eu s sei dizer Que dentro de minhalma Sinto a natureza Cantando e chorando... Eu s sei dizer Que sinto