música e saú ?ão de... · posições viciosas frequentes ... •a prática da flauta transversal

Download Música e Saú ?ão de... · posições viciosas frequentes ... •A prática da flauta transversal

Post on 08-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER

    MSICA E SADE

    Preveno de Leses musculosquelticas

    relacionadas com a performance instrumental

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 2

    Tocar um instrumento musical frequentemente

    considerada uma atividade ldica e isenta de

    riscos, no entanto ao nvel profissional, um

    nmero significativo de instrumentistas

    apresentam LMERT, que podem condicionar a

    qualidade do seu desempenho musical, ou at

    impedir a prtica instrumental.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 3

    O que so LMERT (DGS, 2008)

    As leses musculosquelticas relacionadas ou ligadas ao trabalho (LMERT ou LMELT) incluem um conjunto de doenas inflamatrias e degenerativas do sistema locomotor;

    Fatores de risco: repetitividade, sobrecarga e/ou postura adotada durante a realizao da atividade;

    Localizao mais frequente nos membros superiores (LMEMSRT) e na coluna vertebral.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 4

    Sintomas mais frequentes

    Dor;

    Sensao de dormncia ou formigueiro;

    Sensao de peso;

    Fadiga ou desconforto;

    Sensao de perda, ou mesmo perda de fora.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 5

    Evoluo das LMERT

    Os sintomas surgem geralmente de forma gradual e

    intermitente, agravam-se com o tempo de atividade e

    intensidade da mesma e aliviam com o repouso;

    Se a exposio aos fatores de risco se mantiver tornam-

    se persistentes, mantm-se nos perodos de repouso e

    interferem no s com a prtica instrumental mas

    tambm com a realizao das atividades do dia-a-dia;

    Quando evoluem para situaes crnicas, pode surgir

    edema, hipersensibilidade a estmulos, como toque,

    esforos e diferenas de temperatura.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 6

    Causas das LMERT

    Sobrecarga ao nvel dos tendes, msculos, articulaes

    e nervos;

    Fatores de risco:

    1) Relacionados com a atividade

    2) Individuais (relacionados com o individuo)

    3) Organizacionais/psicossociais

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 7

    Fatores de Risco de LMERT

    Um fator de risco algo que pode provocar um efeito

    adverso;

    A exposio a um fator de risco pode causar, ou no,

    leso;

    Quanto maior for a durao, intensidade e frequncia da

    exposio maior o risco de LMERT.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 8

    Fatores de risco relacionados com a atividade

    Posturas ou posies corporais extremas;

    Aplicao de fora;

    Repetitividade;

    Exposio a elementos mecnicos.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 9

    Fatores de risco individuais

    Idade;

    Sexo;

    Altura, peso e outras caratersticas antropomtricas;

    Condio de sade.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 10

    Fatores de risco organizacionais/psicossociais

    Ritmo de trabalho;

    Provas /audies;

    Atuao em pblico

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 11

    Como prevenir as LMERT (orientaes da DGS, 2008)

    Anlise do trabalho;

    Avaliao do risco;

    Vigilncia de Sade;

    Informao e formao

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 12

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 13

    Evidncia cientifica

    Reviso da literatura que incluiu 30 estudos sobre ergonomia e

    preveno de leses musculosquelticas associadas prtica

    instrumental

    N Instrumento

    18 Referentes a instrumentistas em geral e msicos

    de orquestra

    3 Violino

    2 Piano

    2 Instrumentos de sopro em geral

    1 Clarinete, flauta ,trompete, contrabaixo

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 14

    Problemas mais frequentes nos msicos

    1. Leses por esforo repetitivo;

    2. Ansiedade na performance;

    3. Problemas auditivos;

    4. Problemas respiratrios;

    5. Problemas orofaciais;

    6. Problemas dermatolgicos;

    7. Problemas vocais;

    8. Distonias focais.

    (Brandfronbrener, 2000)

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 15

    Em Portugal, Lima de Sousa et al, 2010

    81 msicos de instituies de ensino superior (Escola Superior de Msica e Artes do Espetculo do Porto, Escola Superior

    de Msica de Lisboa e Escola Superior de Orquestra de Lisboa,

    Universidades de Aveiro, vora e Minho)

    Instrumentos: Violino (n=39), Viola darco (n=21),

    violoncelo (n=18), contrabaixo (n= 3)

    46,6% afirmam terem sentido desconforto

    musculosqueltico relacionado com a prtica

    instrumental (os violistas so os mais afetados)

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 16

    Localizao dos desconfortos musculosquelticos em

    estudantes de cordas friccionadas no ensino superior em

    Portugal

    Pescoo (n= 68; 86,1%)

    Ombros (n= 55; 70,5%)

    Coluna vertebral (n= 63; 80,8%)

    Cotovelo direito (n= 21; 26,9%)

    Cotovelo esquerdo (n= 16; 20,5%)

    Mo direita (n= 51; 65,4%)

    Pulso direito (n= 41; 52,6%)

    Mo esquerda (n= 68; 87,2%)

    Pulso esquerdo (n= 50; 64,1%) (Lima de Sousa et al, 2010)

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 17

    LMEMSRT

    Na maioria dos instrumentos, seno na sua totalidade, os

    membros superiores esto envolvidos na execuo

    instrumental;

    As LMERT mais frequentemente associadas prtica

    instrumental so nos membros superiores (Frank e

    Muhlen, 2007).

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 18

    LMERT mais frequentes nos instrumentistas

    Tendinites (ombro e punho)

    Sndrome do tnel crpico

    Epicondilite e epitroclete

    Quisto sinovial

    Raquialgias (cervical e lombar)

    (Frank e Muhlen, 2007)

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 19

    Principais ideias/concluses encontradas:

    Para alguns autores ( Quarrier, 1993; Andrade e Fonseca,

    2000; Bragge et al, 2006), em elevados nveis de

    performance tocar um instrumento musical semelhante

    performance do atleta: ambos envolvem treino

    muscular intenso, que inclui longas horas de prtica

    diria, visando uma apresentao pblica, onde o

    msico/atleta dever demonstrar habilidade e eficincia.

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 20

    Diferenas entre a atividade de msicos e atletas

    Atletas Msicos

    Fora Preciso

    Macro movimentos Micro movimentos

    Atividade fsica intensa Sedentarismo

    Uso global do corpo Uso predominantemente dos membros

    superiores

    Sustentao de peso, pouco frequente Sustentao prolongada de peso

    Procura de posturas adequadas Pouca preocupao com a postura e

    posies viciosas frequentes

    Vesturio e acessrios confortveis e

    adaptados

    Acessrios especiais

    Tempo de atividade profissional curto Longo tempo de atividade profissional

    Assistncia/acompanhamento

    especializado de profissionais de

    sade

    Falta de assistncia/acompanhamento

    especializado de profissionais de

    sade

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 21

    Principais ideias/concluses encontradas

    Os primeiros estudos sobre a temtica so das dcadas

    de 80, 90 e revelaram que as LMERT eram mais

    frequentes em pianistas e instrumentistas de arco

    (violinistas, violistas, violoncelistas e contrabaixistas), do

    que em instrumentistas de sopro (Manchester & Cayes,

    1991; Manchester e Flieder, 1998).

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 22

    Principais ideias/concluses encontradas

    Os conhecimentos de ergonomia e a utilizao dos

    princpios da mecnica corporal desde o incio da

    aprendizagem de um instrumento musical so apontados

    por vrios autores como benficos para a preveno de

    LMERT e para a qualidade da prtica instrumental;

    Alguns estudos, apontam a utilizao de tcnicas

    especficas como a tcnica Alexander, com efeitos

    benficos na sade do msico ( Moura et al, 2000; Costa,

    2005; Carminal, 2007; Santiago, 2008).

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 23

    Principais ideias/concluses encontradas

    Entre os instrumentistas de sopro, as LMERT mais

    frequentes so as deformaes labiais nos

    instrumentistas de bocal; dores de cabea, nos obostas,

    deformaes na coluna e dores no pescoo nos

    saxofonistas e clarinetistas, alm de problemas

    relacionados com a embocadura, dores nos braos,

    punhos e dedos, resultantes provavelmente do peso do

    instrumento (Silveira, 2006).

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 24

    Principais ideias/concluses encontradas

    Vrios estudos referem que para os msicos a dor faz

    parte da profisso, o que faz com que ela seja muitas

    vezes ignorada, no entanto a sua intensidade e

    persistncia podem condicionar incapacidade funcional,

    diminuindo a qualidade do desempenho musical do

    instrumentista, ou impedindo a sua prtica (Costa, 2005;

    Campos et al, 2006; Lago, 2010).

  • 08-05-2012 UM- ESE - Equipa pedaggica do CPLEER 25

    Estudo com msicos de orquestra

    Estudo exploratrio descritivo com 29 msicos de

    orquestra;

    Entre os msicos da orquestra, os de sopros