MTODOS DE TREINAMENTO FRACIONADO - Treinamento Fracionado tem os seguintes objetivos fundamentais: - Desenvolvimento da velocidade em funo da ... seguinte do ponto de vista funcional:

Download MTODOS DE TREINAMENTO FRACIONADO -   Treinamento Fracionado tem os seguintes objetivos fundamentais: - Desenvolvimento da velocidade em funo da ... seguinte do ponto de vista funcional:

Post on 25-Mar-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

A natao como fonte de vida Leonardo Delgado MTODOS DE TREINAMENTO FRACIONADO 1 INTRODUO O Treinamento Fracionado (TF) ocupa tambm um lugar relevante na metodologia do treinamento da resistncia nas diferentes disciplinas esportivas. Comeou a utilizar-se de forma emprica pelos treinadores norte-americanos a fins do sculo XIX e orientado especificamente para o treinamento dos corredores atletas. Neste aspecto ter que destacar a treinadores como MIKE MURPHY, DEAN CRONWEL e LAWSON ROBERTSON que foram os grandes gestores para esta metodologia de trabalho. O Treinamento Fracionado tem os seguintes objetivos fundamentais: - Desenvolvimento da velocidade em funo da resistncia. - Adequar a estrutura do treinamento em forma similar ou parecida com o gesto competitivo. - Desenvolvimento especfico dos mltiplos processos bio-funcionais em relao s exigncias da disciplina esportiva. - Ritmo Competitivo. Em seu aspecto organizativo - metodolgico o treinamento fracionado est composto da seguinte forma: - Distncia do fracionado. - Velocidade (%) - Micro pausa - Repeties por srie. - Serie. - Repeties totais. Em forma dependente dos objetivos procurados o TF se pode estruturar tecnicamente da seguinte forma: (Hegeds/ MoInr, 1993, 1995) Fracionado Prevalncia Aerbica Prevalncia Anaerbica Muito Curto (20-25) Curto (35-2) Mdio (2-8) Longo (8-20) A natao como fonte de vida Leonardo Delgado 2 TREINAMENTO FRACIONADO PREVALENTE AERBICO (TFPAE) importante fazer destacar que as distintas reas de trabalho aerbicas se podem trabalhar e/ou desenvolver com cargas de distinta durao. Por esta causa nem sempre coincide com as distncias curtas, com um desenvolvimento inferior aos sessenta segundos de durao devem ser necessariamente intensas e anaerbicas, e que somente as prolongadas podem ser de "corte" aerbicas. Isto est intimamente relacionado com a estrutura e/ou relao entre a intensidade e as pausas entre cada um dos esforos. O TFPAe muito curto e curto tm portanto uma densidade muito especial, com pausas bem determinadas, e nas quais merece destac-lo seguinte do ponto de vista funcional: - Incremento do pulso de oxignio e do volume sistlico e minuto (REINDELL, ROSKAMM, GERSCHLLER, 1960). - Conseguem-se elevados valores no VO2 mx. em que pese a que as cargas so de relativa pouca durao (ASTRAND, RODHAL, 1992). - Face diminuio intensidade do trabalho na pausa, segue-se mantendo a combusto oxidativa a nvel mitocondrial, com o que o trabalho "continua". - Durante a pausa descende a produo de lactato e continua seu potencial de remoo com o que descendem os valores, tanto em msculo como em sangue. 3 VARIANTES TCNICAS PARA O TREINAMENTO FRACIONADO O TF pode ser encarado com distintas variantes tcnicas, o que faz a este enfoque do treinamento extremamente variado e rico, contribuindo com excelentes possibilidades para o esportista. Desta maneira, ento podemos encontrar as seguintes variantes bsicas: - Treinamento Fracionado Contnuo. - Treinamento Fracionado Seriado. - Treinamento Fracionado em Escada. 3.1 Treinamento Fracionado Contnuo Caractersticas As mesmas podem ser resumidas da seguinte forma: - Distncia similar para os trechos fracionados. - Velocidade similar para cada um dos esforos de carreira, nado, pedalo ou remada. - Durao similar para as pausas. A natao como fonte de vida Leonardo Delgado - Ao similar no desenvolvimento das pausas. Exemplo: Deporte Fracionado Repeties Velocidade Pausa Ao em pausa Atletismo: 1500 m. 300 m. 10 48" 1.30" Trote em 300 m. Natao: 400 m. 50 m. 15 30" 1.30" Flutuar no lugar. Ciclismo: 4000m. 333 m. 15 22"(lanado) 2.00" Pedalar sobre 666 m. Uma das tendncias dos ltimos anos enfocar o treinamento fracionado em "blocos" ou em forma "seriada", o qual se estrutura da seguinte forma: 3.2 Treinamento Fracionado Seriado (Blocos) Caractersticas - Divide-se o trabalho total em "blocos" - Introduzem-se "macropausas" entre os mesmos. - As macropausas so verdadeiramente recuperadoras. - O trabalho em blocos permite efetuar maior quantidade de repeties em relao ao Fracionado Contnuo. - Pode-se especular com respeito velocidade das corridas. No caso do Fracionado Seriado a velocidade mediante a qual se desenvolve a mesma pode ter distintas orientaes, como ser: - Velocidade similar para todas as corridas e em todos os blocos. - Incrementar-se de corrida em corrida durante a mesma srie. - Similar no mesmo bloco, mas incrementando-se de serie em srie. Com o Treinamento Fracionado em Escada podemos encontrar as seguintes variantes a tomar em conta: 3.3 Treinamento Fracionado em Escada Caractersticas: - As distncias variam de corrida em corrida. - As distncias se incrementam: escada ascendente. - As distncias se cortam: escada descendente. - As distncias variam ao ser a escada ascendente ou descendente. Para exemplificar isto se toma como modelo carreira do atletismo, o que nos pode dar uma melhor orientao para esta metodologia de trabalho: Exemplo do Fracionado em Escada Ascendente e Descendente Esporte: Atletismo - Especialidade dos 1500m. - Fracionado em escada ascendente: 400 - 600 - 800 - 1000 M. A natao como fonte de vida Leonardo Delgado - Fracionado em escada descendente: 1000 - 800 - 600 - 400 M. - Fracionado em escada ascendente e descendente: 400 - 600 - 800 - 600 - 400 M. Embora o treinamento fracionado se pode encarar tomando em conta especificamente as distncias, dentro das mesmas tambm se pode realizar um enfoque tcnico tomando em conta tanto o desenvolvimento da velocidade como tambm a estrutura do passo. Assim ento se podem efetuar as seguintes consideraes: - Corrida-las se podem desenvolver com velocidade varivel dentro das mesmas: - Com velocidade crescente - Com velocidade decrescente - Com velocidade alterna. Dentro do aspecto tcnico os esforos se podem encarar variando tanta a amplitude como tambm a freqncia dos movimentos: Corrida-las se podem efetuar variando a estrutura tcnica: - Desenvolvem-se movimentos mais amplos ou mais curtos do habitual (pernadas e braadas mais ou menos amplas, multiplicaes mais ou menos grandes na bicicleta). - Maior ou menor freqncia de movimentos cclicos que as normais. Tomando em conta os distintos objetivos que deve alcanar o esportista, o enfoque do trabalho se pode encarar desde mltiplos ngulos e com aquela metodologia que se cria mais conveniente. Como pudemos ver, o treinamento moderno muito verstil, completo, com grandes possibilidades para seu desenvolvimento, otimizando as distintas facetas que necessita o esportista dentro da rea da resistncia. O treinador ou professor de educao FSICA tem assim ento uma grande gama de ferramentas para seu desenvolvimento. A natao como fonte de vida Leonardo Delgado REFERENCIAL BIBLIOGRFICO HEGEDS, Jorge de. Estudio De Las Capacidades Fisicas: La Resistencia. Lecturas: Educacin Fsica y Deportes. Ao 2, N 7. Buenos Aires. Octubre 1997. Disponvel em: < http://www.efdeportes.com/efd7/jdh71.htm >. Acesso em: 10 de abr. 2007. A natao como fonte de vida Leonardo Delgado ndice 1 INTRODUO ............................................................................................ 1 2 TREINAMENTO FRACIONADO PREVALENTE AERBICO (TFPAE)...... 2 3 VARIANTES TCNICAS PARA O TREINAMENTO FRACIONADO .......... 2 3.1 Treinamento Fracionado Contnuo....................................................... 2 3.2 Treinamento Fracionado Seriado (Blocos)........................................... 3 3.3 Treinamento Fracionado em Escada ................................................... 3 REFERENCIAL BIBLIOGRFICO ..................................................................... 5 1 INTRODUO 2 TREINAMENTO FRACIONADO PREVALENTE AERBICO (TFPAE) 3 VARIANTES TCNICAS PARA O TREINAMENTO FRACIONADO 3.1 Treinamento Fracionado Contnuo 3.2 Treinamento Fracionado Seriado (Blocos) 3.3 Treinamento Fracionado em Escada REFERENCIAL BIBLIOGRFICO

Recommended

View more >