Movimento Juvenil (Março 2016)

Download Movimento Juvenil (Março 2016)

Post on 27-Jul-2016

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O Movimento Juvenil de Massam (MJM) formado por jovens crismados, cheios de alegria e vontade de crescer na f, no seio da nossa comunidade da Parquia de So Bento de Massam.

TRANSCRIPT

<ul><li><p> Escrevo este texto, logo aps o retiro do </p><p>Movimento Juvenil de Massam, cujo tema </p><p>essencial foi a famlia! E que retiro! </p><p>Redescobrir o Amor em cada um dos </p><p>mais prximos, sempre rejuvenescedor e </p><p>refrescante na nossa vida! Mas no bem </p><p>sobre isso que vou falar, mas sim, sobre a </p><p>Pscoa. </p><p>Mas no a Pscoa tambm sobre a fam-</p><p>lia? Sobre o Amor? Claro! </p><p>Vivemos 40 dias de Quaresma, de prepa-</p><p>rao para o culminar do amor: a entrega da </p><p>prpria vida do filho ao Pai! o maior dos </p><p>gestos de amor! Mas no Trduo Pascal cele-</p><p>bramos vrias coisas. Tudo comea na ltima </p><p>Ceia, em que Jesus j sabia que ia ser trado </p><p>e, mesmo assim, humildemente repartiu o </p><p>po e o vinho com os seus 12 apstolos. Ges-</p><p>to perpetuado em cada Eucaristia desde </p><p>ento. Humildemente, lavou os ps aos seus, </p><p>indo contra o habitual da altura, em que os </p><p>superiores que teriam os ps lavados pelos </p><p>servos. At ao Calvrio, ele sofreu, carregan-</p><p>do a sua cruz. A nossa cruz! Foi crucificado </p><p>s mos do homem, mas haveria de ressus-</p><p>citar, como estava dito nas escrituras, s </p><p>mos do Pai. </p><p>O que nos deixa este exemplo para a </p><p>vida? por este gesto que somos cristos? </p><p>No devia ser s por isto, mas por toda a vida </p><p>de Jesus, por todos os gestos de humildade, </p><p>de misericrdia, de compaixo com que se </p><p>guiou, e deu exemplo. Exemplos de amor! </p><p>Foi preciso dar a vida para entendermos </p><p>esta dimenso de entrega, esta dimenso de </p><p>dar a vida pelo Pai. Somos ns capazes de </p><p>fazer o mesmo? Somos! Claro que sim! </p><p>Temos coragem para isso? Se quisermos, </p><p>temos. </p><p>Srgio Rodrigues </p><p>O Movimento Juvenil </p><p>de Massam forma-</p><p>do por jovens crisma-</p><p>dos, cheios de alegria e </p><p>vontade de crescer na </p><p>f, no seio da nossa </p><p>comunidade da Par-</p><p>quia de So Bento de </p><p>M a s s a m : </p><p>www.facebook.com/</p><p>movjm </p><p>Jornada Mundial da </p><p>Juventude (JMJ) </p><p>Em Cracvia, na Pol-</p><p>nia 22 de julho a 3 de </p><p>agosto de 2016 </p><p>Todas as informaes em: </p><p>http://mjm.sl.pt/jmj2016/ </p><p>Prximos eventos: </p><p> 23/3: Ora et Labora </p><p> 30/3 a 3/4: Feira do Livro </p><p> 10 Abril: Jornadas Diocesanas da Juven-tude </p><p>A nossa cruz </p><p>Movimento Juvenil </p><p>de Massam B O L E T I M N . 3 8 M A R O 2 0 1 6 </p><p>A misericrdia na vigararia No passado dia 6 de maro, </p><p>domingo, o Movimento Juve-</p><p>nil de Massam esteve pre-</p><p>sente nas Jornadas Vicariais </p><p>da Juventude, tal como diver-</p><p>sos grupos das parquias da </p><p>Vigararia da Amadora. Estas </p><p>realizaram-se em Alfragide, </p><p>na Igreja da Divina Misericr-</p><p>dia, e o tema foi a passagem </p><p>de S. Mateus: Felizes os </p><p>misericordiosos, porque </p><p>alcanaro misericrdia. Foi </p><p>um dia repleto de atividades, </p><p>desde o Peddy Paper por </p><p>Alfragide celebrao da San-</p><p>ta Missa, passando por work-</p><p>shops, Adorao ao Santssi-</p><p>mo e confisses. Na Eucaristia </p><p>estiveram, tambm, pre-</p><p>sentes padres das vrias </p><p>parquias, no sendo a </p><p>nossa uma exceo! </p><p>Tudo isto organizado </p><p>pelo grupo de jovens de </p><p>Alfragide, incluindo a </p><p>participao das outras </p><p>parquias, sendo que a nossa </p><p>ficou encarregue da orao </p><p>inicial. </p><p>O dia foi animado, apesar </p><p>da chuva ocasional, propor-</p><p>cionando momentos de cres-</p><p>cimento pessoal e espiritual, </p><p>assim como de socializao </p><p>entre os elementos da nossa </p><p>Vigararia. </p><p>Foi ainda criado um hino </p><p>especialmente para este dia </p><p>por parte dos elementos da </p><p>parquia de Alfragide, o qual </p><p>foi ensinado e cantado vrias </p><p>vezes. </p><p>Resumindo, foi um exce-</p><p>lente balano entre diverso, </p><p>aprendizagem e orao, do </p><p>qual ningum ter sado indi-</p><p>ferente. </p><p>Joana Tavares </p></li><li><p>Este ms, como j habitual, tivemos o nosso retiro de Quaresma cujo tema desta vez foi A Famlia. No s </p><p>a nossa famlia de sangue, mas tambm o grupo de jovens como famlia, a comunidade da Parquia como famlia </p><p>e, claro, Deus como famlia. </p><p>Assim, decidimos deixar aqui como testemunho, as frases de cada elemento do grupo que participou neste </p><p>retiro, de forma a que possam ser inspirao para esta Pscoa ser vivida em famlia. </p><p>O que o grupo de jovens mudou em mim? Para mim o grupo de jovens tem sido muito impor-</p><p>tante, pois nas nossas reunies e encontros falamos de </p><p>ns, da nossa famlia, da escola e do trabalho e dos </p><p>temas da atualidade e assim ouo as opinies dos </p><p>outros, eles ouvem as minhas e trocamos opinies. </p><p>Assim, o grupo tem-me ajudado a fazer coisas e ativi-</p><p>dades que pensava no conseguir, integraram-me </p><p>muito bem e tm sido muito meus amigos. </p><p>Tambm tem sido importante pois tenho participado </p><p>em projetos com a comunidade e em desafios que me </p><p>do, ou seja, tem-me ajudado a ser uma melhor pes-</p><p>soa. Tenho tido tambm a oportunidade de conhecer </p><p>jovens de outros grupos. O convvio do nosso grupo </p><p>bom pois os meus colegas so muito divertidos. </p><p>O grupo de jovens tem-me feito pensar muito na </p><p>vida que tive durante 20 anos e tenho refletido muito </p><p>sobre as consequncias do que fao e no que tive de </p><p>superar durante a minha vida escolar e fora dela. Tam-</p><p>bm gosto de ouvir o que os outros dizem sobre a pes-</p><p>soa em que me tornei e que continuarei a ser divertido, </p><p>alegre, simptico, atencioso, amoroso e tmido. Por </p><p>tudo isto considero que o grupo de jovens tem sido </p><p>muito importante para mim. </p><p>Gonalo Figueiredo </p><p>Jornadas porta Foi num clima de grande anima-</p><p>o que, no passado dia 28 de Feve-</p><p>reiro, muitas das vigararias da Dio-</p><p>cese de Lisboa se reuniram na Igreja </p><p>de Nossa Senhora de Ftima, em </p><p>Lisboa, para o I Encontro de Prepa-</p><p>rao para as JMJ. </p><p>Com a Igreja cheia, a coordena-</p><p>o do Padre Carlos e o apoio do </p><p>Servio da Juventude de Lisboa, foi </p><p>possvel refletir diversos temas que </p><p>se impem neste ano da misericr-</p><p>dia numa Viglia que seguiu tarde </p><p>fora. Entre cnticos e oraes, hou-</p><p>ve tempo para pensar na importn-</p><p>cia do perdo e no espao que este </p><p>deve ocupar na relao com o outro, </p><p>tendo sempre presente os impactos </p><p>que este causa em ambas as partes: </p><p>quem perdoa e quem perdoado. </p><p>Houve ainda destaque para a ora-</p><p>o com a cruz europeia das Jorna-</p><p>das, que tem circulado pelas vrias </p><p>parquias europeias, e que foi alvo </p><p>de adorao por praticamente </p><p>todos os jovens presentes, seno </p><p>mesmo todos, o que resultou num </p><p>momento muito especial e de gran-</p><p>de cumplicidade. Existem outras cru-</p><p>zes para cada um dos continentes </p><p>que se encontraro no momento da </p><p>Jornada. </p><p>Para terminar, ficou a promessa </p><p>de novo encontro de preparao em </p><p>breve e a alegria de esta grande </p><p>reunio com Ele estar cada vez mais </p><p>prxima. </p><p>Hlio Freixo </p><p>Famlia Amor </p><p>Se algum no cuida de seus parentes, e, especialmente dos de sua prpria famlia, negou a f e pior que um descrente. 1 Timteo 5:8 </p></li></ul>