monografia - pre e textual

Download Monografia - Pre e textual

Post on 08-Jan-2017

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 0

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAU - UESPI

    CENTRO DE CINCIAS SOCIAIS APLICADAS CCSA

    CURSO DE BACHARELADO EM BIBLIOTECONOMIA

    AURESTE DE SOUSA LIMA

    AES E POLTICAS PBLICAS DE ACESSO INFORMAO NO OCTNIO LULA: anlise temtica

    Teresina

    2011

  • 1

    AURESTE DE SOUSA LIMA

    AES E POLTICAS PBLICAS DE ACESSO INFORMAO NO OCTNIO

    LULA: anlise temtica

    Monografia apresentada ao Curso de

    Bacharelado em Biblioteconomia da

    Universidade Estadual do Piau

    UESPI, como requisito parcial para

    obteno do ttulo de Bacharel em

    Biblioteconomia.

    Orientadora: Ma. Eliana Candeira

    Valois.

    Teresina

    2011

  • 2

    Lima, Aureste de Sousa.

    L732a Aes e polticas pblicas de acesso informao

    no octnio Lula [manuscrito] : anlise temtica / Aureste de Sousa Lima. Teresina, 2011.

    57 f.

    Monografia (graduao) Universidade Estadual do Piau, Curso de Biblioteconomia, 2011.

    Orientadora : Ma. Eliana Candeira Valois.

    1. Polticas pblicas - Informao. 2. Informao - Acesso. 3. Governo Lula - Programas. I. Ttulo.

    CDD 352.74

  • 3

    AURESTE DE SOUSA LIMA

    AES E POLTICAS PBLICAS DE ACESSO INFORMAO NO OCTNIO LULA: anlise temtica

    Monografia apresentada ao Curso de Bacharelado em Biblioteconomia da Universidade Estadual do Piau UESPI, como requisito parcial para obteno do ttulo de Bacharel em Biblioteconomia. Orientadora: Ma. Eliana Candeira Valois.

    Aprovada em: ___/___/___

    BANCA EXAMINADORA

    _________________________________________

    Bibliotecria Eliana Candeira Valois (Orientadora) Mestra em Cincia da Informao

    Tribunal Regional Federal 1 Regio

    _________________________________________

    Professora Maria Regina Pereira Silva Mestra em Cincia da Informao

    UESPI

    _________________________________________

    Professora Patrcia Gmez de Matos Especialista em Administrao de Bibliotecas

    UESPI

  • 4

    Aos meus amados pais, Jos e Doralice, irmos e sobrinhos;

    Aos marginalizados do acesso informao e cultura; e

    Aos formuladores de polticas pblicas de acesso informao para

    um holismo que afugente as limitaes acerca do significado do direito informao.

  • 5

    AGRADECIMENTOS

    Deus, Pai da cincia de todas das coisas, pela vida e por tornar possvel realizar

    tudo que busco;

    aos meus pais, pelos valores repassados e pela sbia compreenso;

    s amigas da Biblioteca Desembargador Cristino Castelo Branco, Aurora Buna, pelo

    modelo profissional e humano; Conceio Carvalho, pelas ricas experincias

    compartilhadas; e Jovita Oliveira, pelas palavras de f e incentivo.

    Sindya Melo, Bibliotecria do IFPI, pela valiosa troca de aprendizado;

    amiga e orientadora Eliana Valois pela pacincia e dedicao na orientao deste

    trabalho;

    aos amigos e colegas da quinta turma de Biblioteconomia da UESPI com os quais

    dividi conhecimentos e opinies nestes quatro anos, os quais represento na pessoa

    de Antnio dos Santos;

    aos professores do Curso de Biblioteconomia da UESPI pela inspirao ao amor

    esta profisso de to nobre responsabilidade em sua essncia; e

    aos tericos da Biblioteconomia, Documentao e Cincia da Informao com quem

    tanto nos sentamos para refletir a causa informacional, e que tendo nos precedido

    nesse caminho, legaram verdadeiros tesouros ao tratamento, salvaguarda e

    recuperao da informao e do conhecimento humano acumulado durante toda a

    histria.

    Obrigado.

  • 6

    Eis que o verdadeiro rgo da viso no mais representado pelos

    olhos, mas pelo conhecimento.

    (Paratrancanchan)

  • 7

    RESUMO

    O presente trabalho analisa os temas preponderantes no campo das polticas pblicas de acesso informao no perodo compreendido entre 2003 a 2010. Parte do conceito de informao visto sob a tica da Cincia da Informao, analisando o que esta compreende por poltica pblica de informao. Para tanto, teoriza-se sobre polticas pblicas, passando pelo conceito de poltica pblica no caso especfico, informao. Elencam-se as principais aes do Estado no campo informacional desde a criao do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico em 1951 at o ano 2010, com nfase nas aes e polticas pblicas de acesso informao criadas no perodo a que se prope este estudo. A partir de uma breve descrio de tais aes, faz-se uma anlise temtica das mesmas, cujas categorias compreendem os temas: Bibliotecas, formao de leitores, infraestrutura de gesto, livro e leitura, biblioteca virtual, formalizao de medidas de incentivo, informao cientfica, informao governamental, formao profissional bsica, espaos multiculturais e/ou servios pblicos, incluso digital e memria. A nfase dessas aes analisada ainda, segundo as concepes de competncia informacional de Dudziak, a saber: nfase nas tecnologias de informao e comunicao; construo da cidadania; e processos cognitivos, alm de outras categorias inauguradas neste trabalho: nfase na gesto de polticas pblicas de bibliotecas, livro e leitura; promoo comunicao e acesso informao; e livre acesso informao. Percebe-se o privilgio de determinados temas em detrimento de outros pertencentes cadeia informacional. Observa-se que apenas quatro temas (biblioteca, incluso digital, livro e leitura e biblioteca virtual) ocupam 92 % das aes voltadas para o acesso informao, restando 8% para outros segmentos do setor. Trata-se de uma pesquisa bibliogrfica e documental, cujos dados sobre os programas e projetos deu-se exclusivamente atravs da rede de comunicao internet, em stios oficiais do poder executivo e Organizaes no-governamentais dedicadas ao assunto. Palavras-chave: Informao. Acesso. Polticas pblicas. Anlise temtica.

  • 8

    ABSTRACT

    This paper analyzes the themes prevalent in the field of public access to information in the period from 2003 to 2010. Part of the concept of information seen from the viewpoint of information science, analyzing what is meant by a public policy of this information. For this, it is theorized about public policy, through the concept of public policy in the specific case information. We list the principal actions of the state in the informational field since the inception of the National Council for Scientific and Technological Development in 1951 until 2010, focusing on actions and policies of access to information created in the period to which this study proposes. From a brief description of such actions, it becomes a thematic analysis, in which categories are included: Libraries, training of readers, infrastructure management, and book reading, virtual library, formal incentives, information science, information government, basic vocational training, multicultural spaces and / or public services, including digital and memory. The emphasis of these actions is also analyzed, according to the concepts of information literacy Dudziak, namely, emphasis on information technology and communication, construction of citizenship, and cognitive processes, and other categories inaugurated this work: an emphasis on public policy management Libraries, books and reading, promoting communication and information access, and free access to information. Perceives the privilege of certain topics over others belonging to the informational chain. Only four subjects (library, digital inclusion, and book reading and virtual library) occupy 92% of actions for access to information, leaving 8% for other segments. This is a bibliographic and documentary research, and data on programs and projects took place exclusively via the internet communication network, on the official sites of the executive and non-governmental organizations dedicated to the subject. Keywords: Information. Access. Public policy. Thematic analysis.

  • 9

    LISTA DE SIGLAS

    BIREME Biblioteca Regional de Medicina

    CAPES Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel Superior

    CSLL Cmara Setorial do Livro e da Leitura

    CI Cincia da Informao

    C & T Cincia e Tecnologia

    CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico

    FINEP Financiadora de Estudos e Projetos

    FBB Fundao Banco do Brasil

    FBN Fundao Biblioteca Nacional

    FUNTEC Fundo de Financiamento de Estudos e Projetos

    GESAC Programa Governo Eletrnico Servio de Atendimento ao Cidado

    IBBD Instituto Brasileiro de Bibliografia e Documentao

    IBICT Instituto Nacional de Informao Cientfica e Tecnolgica

    ICSU International Council of Scientific Associations

    MCT Ministrio de Cincia e Tecnologia

    MDA Ministrio de Desenvolvimento Agrrio

    MEC Ministrio da Educao

    MinC Ministrio da Cultura

    MPA Ministrio da Pesca e Aquicultura

    NATIS National Information Systems

    ONGs Organizaes no Governamentais

    PADCT Programa de Apoio ao Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico

    PBDCT Plano Bsico de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico

    PED Programa Estratgico de Desenvolvimento

    PNBL Plano Nacional de Internet Banda Larga

    PNBE Programa Nacional Biblioteca na Escola

    PNLL Plano Nacional do Livro e da Leitura

    PND Plano Nacional de Desenvolvimento

    PNPG Programa Nacional de Ps-Graduao

    OASIS Open A