monografia fátima pedagogia 2012

Download Monografia Fátima Pedagogia 2012

Post on 05-Dec-2014

10.041 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Pedagogia 2012

TRANSCRIPT

  • 1. 1 MARIA DE FTIMA SOUZA OLIVEIRALETRAMENTO NAS SRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: PROFESSORES E SUAS PRTICAS METODOLGICAS Monografia apresentada como pr requisito para concluso de curso de licenciatura em pedagogia, habilitao e docncia em processos educativos, da Universidade do Estado da Bahia- UNEB, Departamento de Educao- Campus Vll. Orientador: Prof Pascoal Eron Santos de Souza SENHOR DO BONFIM 2012
  • 2. 2 MARIA DE FTIMA SOUZA OLIVEIRA LETRAMENTO NAS SRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: PROFESSORES E SUAS PRTICAS METODOLOGICASAprovada em ______/______/______ _______________________________ Avaliador _______________________________ Avaliador ___________________________________ Pascoal Eron Santos de Souza Orientador SENHOR DO BONFIM 2012
  • 3. 3 AGRADECIMENTOSA Deus, ser supremo de todo o universo e dono de todas as coisas visveis einvisveis que restabelece e revigora as nossas foras e nimo, quando as vezespensamos em desistir da caminhada, a Ele toda honra, toda glria e todo louvor parasempre.A nossa Senhora de Ftima minha me celestial, e intercessora, a quem tenho comodevoo e modelo de me, filha, e esposa.Agradeo de modo fraternal, a toda a minha famlia,e com singular afeto as minhasirms Luciana e Cristiana pelo apoio e incentivo, durante essa jornada, e de umaforma especial ao meu esposo Freitas,pela pacincia as vezes,apoio,compreenso e colaborao com o transporte para chegar at a universidade.Expresso de forma carinhosa o meu sincero agradecimento a todos os meus amigosda turma pedagogia 2008.1por me acrescentarem saberes e experincias duranteesses 4 anos em que estivemos juntos sujeitos aos mesmos desafios, lutas, vitriase rumo aos mesmos objetivos.Agradeo a compreenso tambm dos colegas detrabalho pelas vezes em que precisei me ausentar durante esse processo de TCC,aos outros pela compreenso durante o tempo em que me mantive ausente nasrodas de conversas e bate papo.Sou grata de uma maneira particular e especial a minha amiga e companheira dejornada, caminhada,trabalho e de todas as horas, Joseneide Barbosa , com quemsei que posso contar sempre, com a sua linda sincera e genuna amizade,voc foipedra angular e fundamental nesta caminhada.Agradeo de um modo especial ainda e admirvel ao meu orientador pascoal Eronsem o qual a realizao desse trabalho se tornaria mais difcil,pois pude contar coma sua colaborao,pacincia,compreenso e seu tempo, todas as vezes em queprecisei ser orientada, presencialmente , via email, ou telefone,sem subterfgios.No teria palavras para descrev-lo,pois um grande exemplo de sabedoria,simplicidade e humildade o que o torna uma pessoa especial,um profissionalsingular,um modelo e referencial de Educador extraordinrio,e indescritvel.E por fim aqueles que contriburam direto ou indiretamente para a concretizaodesse trabalho,minha sincera gratido.
  • 4. 4Comear a dizer nunca tarefa simples. E comear a escrevertorna-se trabalho rduo e duplamente complexo (TFOUNI)Quem se perde apenas na leitura dos textos dictomizada domundo,e do contexto dos textos, se esborrachaconstantemente. preciso ter a sensibilidade, a capacidade deler o mundo e no de ler os textos (PAULO FREIRE)
  • 5. 5 RESUMOEste estudo apresenta algumas reflexes sobre as contribuies das prticasmetodolgicas dos professores das sries finais do Ensino Fundamental para oprocesso de formao de sujeitos letrados. A pesquisa que deu origem a estetrabalho foi desenvolvida na Escola Antnio Bastos, situada em Misso do Sahy nomunicpio de Senhor do Bonfim-Ba. Os fundamentos tericos que embasam estetexto foram construdos a partir da obra de autores como Soares (2006), Kleiman(2005), Freire (2006) Cagliari (1996) e outros. A metodologia utilizada foi de cunhoqualitativo, escolhendo como instrumentos de coleta de dado o questionrio fechadoe a entrevista semi-estruturada. Os sujeitos da pesquisa foram os professores doEnsino Fundamental da escola acima mencionada. Pode-se considerar que emboraainda reine algumas confuses referentes aos conceitos de letramento, na maioriadas prticas dos professores, h contribuies para tornar os alunos letrados; noentanto, um dos maiores desafios que a escola precisa enfrentar possibilitarcondies ao sujeito de ser capaz de fazer uso da leitura e escrita em prticassociais, sendo necessrio o seu domnio pleno e a habilidade de interpretar, fazendouso da leitura, respondendo s exigncias para inserir-se no mundo letrado.Palavraschave: Prticas metodolgicas, Ensino fundamental, Letramento eAlfabetizao.
  • 6. 6 SUMRIOINTRODUO ............................................................................................................ 7CAPITULO I: PROBLEMATIZAO ......................................................................... 9CAPITULO II:FUNDAMENTOS TERICOS ............................................................ 19 2.1 Letramento: que palavra essa? ............................................................. 19 2.2 Prticas metodolgicas: como se forma leitores? ..................................... 26 2.3 Falando um pouco sobre a educao bsica ........................................... 31CAPTULO III: METODOLOGIA ............................................................................... 38 3.1 Instrumentos da Pesquisa ........................................................................ 40 3.1.1 Entrevista ............................................................................................... 40 3.2 Lcus da pesquisa .................................................................................... 41 3.3 Sujeitos da pesquisa ................................................................................. 41CAPTULO IV: ANALISANDO E INTERPRETANDO OS RESULTADOS ............... 43 4.1 Perfil dos sujeitos ................................................................................... 43 4.2 Anlises das Entrevistas ........................................................................ 45 4.2.1 A compreenso que os docentes tem sobre Alfabetizao e Letramento ........................................................................................... 46 4.2.2 A quem cabe a tarefa de alfabetizar: ........................................... 48 4.2.3 Alunos que chegam nas sries finais do Ensino Fundamental sem dominar a Leitura e a Escrita: .............................................................. 50 4.2.4 Prticas metodolgicas dos professores que contribuem para o letramento ............................................................................................ 57 4.2.5 Como a escola tem contribudo para o letramento dos alunos ... 62 4.2.6 Algumas consideraes dos nossos entrevistados sobre as prticas metodolgicas, seus objetivos e a importncia do letramento para a formao dos nossos alunos..................................................... 685 CONSIDERAES FINAIS ................................................................................... 75REFERNCIAS ......................................................................................................... 78APNDICES...............................................................................................................81
  • 7. 7 INTRODUO A reflexo sobre o emprego do letramento vem ganhando espao e vemsendo de fundamental importncia, para uma aprendizagem significativa, merecendoum olhar mais acentuado para prticas de ensino que levem o aluno a se inserir emprticas de leitura e escrita de forma competente e autnoma, o que simplesmenteler e escrever no possibilitam. Ensinar a ler e a escrever dentro desse contexto deLetramento ainda constitui um desafio, uma vez que ainda se traz marcas de umensino voltado para prticas mecnicas que em nada ajudavam o aluno a serprodutor do seu prprio conhecimento, no sendo capaz de interpretar o que l, masao contrrio serviu muito para que ele apenas reproduzisse o que aprendeu. Neste sentido, a inquietao e o interesse por desenvolver este trabalhosurgiu no perodo de observao do estgio nas sries iniciais do ensinofundamental no 7 semestre onde foi possvel perceber a inexistncia de prticaspedaggicas voltada para o trabalho na perspectiva do letramento, das crianas e apartir da outra inquietao, saber como se d o trabalho com o letramento nassries finais do ensino fundamental. Dentro deste enfoque, que este trabalho s