monografia ciencias contabeis

Download MONOGRAFIA CIENCIAS CONTABEIS

Post on 20-Jul-2015

44 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE ADMINISTRAO E CINCIAS CONTBEIS DEPARTAMENTO DE CINCIAS CONTBEIS

MAICON WEIPPERT DE OLIVEIRA

COBRANA DE ICMS NO DESTINO: Uma contribuio aos estudos sobre os reflexos da mudana na metodologia de tributao do ICMS proposta pela PEC n. 233/2008, no Estado de Mato Grosso

Cuiab 2011

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE ADMINISTRAO E CINCIAS CONTBEIS DEPARTAMENTO DE CINCIAS CONTBEIS

MAICON WEIPPERT DE OLIVEIRA

COBRANA DE ICMS NO DESTINO: Uma contribuio aos estudos sobre os reflexos da mudana na metodologia de tributao do ICMS proposta pela PEC n. 233/2008, no Estado de Mato Grosso

Cuiab 2011

MAICON WEIPPERT DE OLIVEIRA

COBRANA DE ICMS NO DESTINO: Uma contribuio aos estudos sobre os reflexos da mudana na metodologia de tributao do ICMS proposta pela PEC n. 233/2008, no Estado de Mato Grosso

Projeto de pesquisa apresentado ao Departamento de Cincias Contbeis da Faculdade de Administrao e Cincias Contbeis da Universidade Federal de Mato Grosso como requisito parcial da disciplina Prticas de Capacitao Profissional.

Orientador: Professor Me. Csar Rubens Gonalves

Cuiab 2011

MAICON WEIPPERT DE OLIVEIRA

COBRANA DE ICMS NO DESTINO: Uma contribuio aos estudos sobre os reflexos da mudana na metodologia de tributao do ICMS proposta pela PEC n. 233/2008, no Estado de Mato Grosso

Projeto de pesquisa apresentado ao Departamento de Cincias Contbeis da Faculdade de Administrao e Cincias Contbeis da Universidade Federal de Mato Grosso como requisito parcial da disciplina Prticas de Capacitao Profissional.

Banca Examinadora:

__________________________________________________ Professor Me. Csar Rubens GonalvesPresidente

__________________________________________________ Professora Dr. Guaracy Lara Souza PradoMembro

__________________________________________________ Professora Me. Giseli Alves SilventeMembro

Parecer Final da Banca: __________________________ __________________________

Nota Final: _________________ Data da Aprovao: ___/___/___

DEDICATRIADedico esse trabalho a minha famlia, em especial a minha esposa, Maysa Martimiano do Nascimento Weippert pelo apoio cmplice e incondicional neste e em todos os projetos da minha vida e a meu querido pai, Jair Donizete de Oliveira, pelo ensinamento do real poder de discernimento e julgamento daquilo que se faz justo, certo e verdadeiro.

AGRADECIMENTOSNa pessoa do professor orientador Me. Csar Rubens Gonalves, agradeo a todos os professores da FAeCC, autores de obras, palestrantes e doutos da rea Contbil, que juntos tornaram-me algum til e apto para satisfazer aos anseios e expectativas da sociedade por meio destes conhecimentos.

Aprender a nica coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.

Leonardo da Vinci

LISTA DE SIGLAS

CAE CF CGIC COFINS CONFAZ CTN EC FUCAPE ICM ICMS IOF IPI ISSQN IVA IVC IVM IUM IUCLG IUEL ITRANS ICO LC MF MT PEC PIS RICMS SEFAZ STF TVA

Cdigo de Atividade Econmica Constituio da Republica Federativa do Brasil Coordenadoria Geral de Informao do ICMS Contribuio para Financiamento da Integrao Social Conselho Nacional de Poltica Fazendria Cdigo Tributrio Nacional Emenda Constitucional Fundao Instituto Capixaba de Pesquisa em Contabilidade, Economia e Finanas Imposto Sobre Circulao de Mercadorias Imposto Sobre a Circulao de Mercadorias e Servios Imposto sobre Operaes Financeiras Imposto Sobre Produtos Industrializados Imposto Sobre Servio de Qualquer Natureza Imposto sobre o Valor Adicionado Imposto Sobre Venda e Consignao Imposto Sobre vendas Mercantis Imposto nico sobre Minerais Imposto nico sobre Combustveis Lquidos e Gasosos Imposto nico sobre Energia Eltrica Imposto sobre Transportes Imposto sobre comunicaes Lei Complementar Ministrio da Fazenda Mato Grosso Projeto de Emenda Constitucional Programa de Integrao Social Regulamento do ICMS Secretaria Estadual de Fazenda Supremo Tribunal Federal Taxe Sur La Valeur Ajoute (Taxa sobre o Valor Acrescentado)

LISTA DE TABELASTabela 1 Tabela 2 Tabela 3 Tabela 4 Tabela 5 Tabela 6 Tabela 7 Tabela 8 Tabela 9 Tabela 10 Tabela 11 Tabela 12 Alquota de ICMS no Estado de Origem ao longo de oito anos .......................... 52 Dbitos Interestaduais, retirando-se Isenes e Crditos Presumidos ................. 56 Valores Lquidos Arrecadados em Operaes Interestaduais .............................. 56 Crditos Intra-estaduais........................................................................................ 56 Crditos do Exterior ............................................................................................. 57 Clculo de Valores de ICMS Arrecadados via Regime Atual ............................. 57 Composio Percentual do ICMS sobre a Arrecadao Total ............................. 58 Clculo dos Valores de ICMS Arrecadado via Cobrana no Destino.................. 59 Clculo dos Valores de ICMS Arrecadado via Cobrana no Destino, com Manuteno da Alquota de 2% para o Estado de Origem .................................. 61 Clculos dos Valores de ICMS Arrecadado via Cobrana no Destino com Manuteno da Alquota de 4% para o Estado de Origem .................................. 63 Clculos dos Valores de ICMS Arrecadado via Cobrana no Destino com Manuteno da Alquota de 6% para o Estado de Origem .................................. 63 Clculos da Alquota de Manuteno da Cobrana de ICMS na Origem, sem Perdas ou Ganhos de Arrecadao (efeito nulo) .................................................. 65

LISTA DE QUADROS

Quadro 1 Quadro 2 Quadro 3 Quadro 4 Quadro 5 Quadro 6 Quadro 7

Princpios Constitucionais do Direito Tributrio ................................................. 29 Conflito de competncia na incidncia de ICMS ................................................. 31 Incidncia de ICMS em operaes com lubrificantes e combustveis derivados do petrleo............................................................................................................ 32 Principais Imunidades Constitucionais ................................................................ 33 Principais Imunidades da Lei Kandir ................................................................... 34 Espcies de Substituio Tributria ..................................................................... 37 Alquotas Praticadas entre o Estado de Mato Grosso e os demais Estados da Federao ............................................................................................................. 47

LISTA DE GRFICOS

Grfico 1 Grfico 2 Grfico 3 Grfico 4 Grfico 5

Composio Percentual do ICMS sobre a Arrecadao Total ............................. 58 Confronto entre Arrecadao via Metodologia atual e Cobrana no Destino Puro, sem Destinao para Origem ...................................................................... 60 Confronto de Arrecadao via Metodologia no Destino Puro e Arrecadao via Metodologia no Destino com Destinao de 2% para origem ....................... 62 Evoluo da Arrecadao, com a Metodologia de Cobrana no Destino Puro e com destinaes de 2%, 4% e 6% para o Estado de origem ................................ 64 Evoluo da arrecadao, com a metodologia de cobrana no destino puro e destinao de 2%, 4% e 6% para o Estado de origem.......................................... 65

RESUMO O presente estudo investigou os impactos gerados na arrecadao de ICMS no Estado de Mato Grosso promovidos pela mudana na metodologia de tributao contida na Proposta de Emenda Constitucional - PEC n. 233/2008, sob anlise no Congresso Nacional. Para tanto, foram coletados dados de arrecadao de ICMS no Estado de Mato Grosso no exerccio financeiro de 2010, por meio de informaes obtidas junto a Secretaria de Fazenda do estado de Mato Grosso SEFAZ/MT. Por intermdio dos dados coletados, calculou-se a composio arrecadatria do Estado e estimou-se a arrecadao de ICMS pelo mtodo na cobrana no destino. A relevncia do tema relaciona-se a necessidade de clculos dos ganhos ou perdas para os Estados da Federao proveniente das mudanas decorrentes de quaisquer alteraes na base tributria para servir de subsdio no processo de discusso das reformas tributrias brasileiras. Concluiu-se a partir da anlise dos resultados obtidos por meio da utilizao das duas metodologias de cobrana de tributos, indcios de que a mudana na metodologia de tributao de acordo com as prerrogativas da Proposta de Emenda Constitucional em anlise poderia ser desfavorvel para a arrecadao no Estado de Mato Grosso. A presente pesquisa tem natureza blibliogrfico-explicativa, com teste tericoemprico, utilizando-se de artigos cientficos, pesquisa em livros acerca da temtica e como no poderia deixar de ser, fez uso tambm da Internet, tecnologia hoje mais utilizada. Palavras-chave: Reforma tributria. PEC n. 233/2008. ICMS.

ABSTRACT The present study investigated the impacts in the collection of VAT in the State of Mato Grosso promoted by the change in method of taxation contained in the Proposed Constitutional Amendment - PEC. 233/2008, under consideration in Congress. To this end, data were collected from the collection of VAT in the State of Mato Grosso in fiscal 2010, through information obtained from the Secretary of Finance of the State of Mato Grosso - SEFAZ / MT. Through the collected data, we calculated the composition of the state and arrecadatria estimated the collection of ICMS by the method in the collection at the destination. The relevance of the issue relates to the need for calculation of gains or losses for the states arising from the changes resulting from any changes in the tax base to provide a grant in the discussion of tax reform in Brazil. It was concluded from the analysis of the results obtained through the use of two methods of tax collection, evidence that