modulo libras iii

Download Modulo Libras III

Post on 06-Mar-2016

9 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

LIBRAS

TRANSCRIPT

  • Universidade Federal de Santa Maria

    Pr-Reitoria de Graduao

    Centro de Educao

    Curso de Graduao a Distncia de Educao Especial

    1Edio, 2006

    LIBRAS III6 Semestre

  • S587 Silveira, Carolina Hessel Libras III : 6 semestre / [elaborao do contedo: profa. CarolinaHessel Silveira, Juliana Corra de Lima ; reviso pedaggica e de estilo:profa. Eliana da Costa Pereira de Menezes, profa. Cleidi Lovatto Pires].- 1.ed. - Santa Maria, Universidade Federal de Santa Maria, Pr-Reitoria deGraduao, Centro de Educao, Curso de Graduao a Distncia deEducao Especial, 2006.

    p. : il. ; 30 cm.

    1. Educao 2. Ensino 3. Educao especial 4. Surdos 5. Libras 6.Lngua brasileira de sinais I. Lima, Juliana Corra de II. Menezes, Eliana daCosta Pereira de III. Pires, Cleidi Lovatto IV. Universidade Federal de SantaMaria. Curso de Graduao a Distncia de Educao Especial

    CDU: 376.33

    Ficha catalogrfica elaborada porMaristela Eckhardt CRB-10/737Biblioteca Central - UFSM

    Elaborao do ContedoProfa. Carolina Hessel SilveiraProfessora Pesquisadora (Conteudista)

    Juliana Corra de LimaAcadmica Colaboradora

    Desenvolvimentodas Normas de RedaoProfa. Ana Cludia Pavo SilukProfa. Luciana Pellin Mielniczuk (Cursode Comunicao Social | Jornalismo)Coordenao

    Profa. Maria Medianeira PadoinProfessora Pesquisadora ColaboradoraDanbia MatosIuri Lammel MarquesAcadmicos Colaboradores

    Reviso Pedaggica e de EstiloProfa. Eliana da Costa Pereira de MenezesProfa. Cleidi Lovatto PiresComisso

    Reviso TextualProfa. Marta AzzolinCoordenao

    Direitos Autorais(Direitos Autorais | Ncleo de Inovao e deTransferncia Tcnolgica | UFSM)

    Projeto de IlustraoVinicius de S MenezesTcnico

    Fotografia da CapaBanco de imagens sxc.hu

    Projeto Grfico, Diagramaoe Produo Grfica(Curso de Desenho Industrial | Programao Visual)

    Prof. Volnei Antonio MattCoordenao

    Clarissa Felkl PrevedelloTcnicaBruna LoraFilipe Borin da SilvaAcadmcos Colaboradores

    ImpressoGrfica e Editora Pallotti

    * o texto produzido de inteira responsabilidade do(s) autor(es).

  • Presidente da Repblica Federativa do BrasilLuiz Incio Lula da Silva

    Ministrio da EducaoFernando HaddadMinistro da Educao

    Prof. Ronaldo MotaSecretrio de Educao a Distncia

    Profa. Cludia Pereira DutraSecretria de Educao Especial

    Universidade Federal de Santa Maria

    Prof. Clvis Silva LimaReitor

    Prof. Felipe Martins MllerVice-Reitor

    Profa. Nilza Luiza Venturini ZampieriPr-Reitora de Planejamento

    Prof. Jorge Luiz CunhaPr-Reitor de Graduao

    Profa. Cleuza AlonsoCoordenadora de Planejamento Acadmicoe de Educao a Distncia

    Prof. Alberi VargasPr-Reitor de Administrao

    Sr. Fernando Portin da RochaDiretor do CPD

    Profa. Maria Alcione MunhzDiretora do Centro de Educao

    Coordenao da Graduaoa Distncia em Educao Especial

    Prof. Jos Luiz Padilha DamilanoCoordenador Geral

    Profa. Vera Lcia MarostegaCoordenadora Pedaggica e de Oferta

    Profa. Andra ToniniCoordenadora de Tutorias e dos Plos

    Profa. Vera Lcia Marostega eProf. Jos Luiz Padilha DamilanoCoordenadores da Produo do Material do Curso

    Coordenao Acadmica do Projeto doCurso de Licenciatura a Distncia deEducao Especial - Graduao - Oferta do1 ano - Projeto MEC/SEED-UFSM 02/2005

    Prof. Jos Luiz Padilha DamilanoCoordenador

    Profa. Maria Ins NaujorksCoordenadora/Gestora Financeira do Projeto

    Joo Rafael Presa LeiteAssessor Tcnico

  • Sumrio

    4

    APRESENTAO DA DISCIPLINA

    UNIDADE AREPRESENTAES DO SER SURDO

    1. Identidade Surda

    2. Comunidade Surda

    3. Cultura Surda

    4. A surdez como diferena poltica

    5. A surdez como experincia visual

    UNIDADE BGRAMTICA II

    1. Tipos de frases na LIBRAS

    2. Advrbios de tempo

    3. Pronomes e expresses interrogativas

    UNIDADE CCONTEXTUALIZANDO EM LIBRAS I

    1. Narrativas em LIBRAS

    UNIDADE DSINAIS BSICOS IV

    1. Cidades

    2. Estados Brasileiros

    3. Pases

    REFERNCIASReferncias Bibliogrficas

    05

    07

    09

    11

    13

    16

    20

    25

    27

    28

    29

    33

    36

    37

    39

    40

    41

    43

  • 5Apresentaoda Disciplina

    Nesta disciplina, assim como nas demais, sero estudados

    assuntos pertencentes ao seu respectivo programa, porm a

    ementa referente a esta disciplina foi pensada e planejada

    anteriormente reforma de contedos relacionados ao estudo da

    Lngua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Logo, aprenderemos, no da

    maneira seqencial em que os cadernos se apresentam, como

    por exemplo. Tipos de frases na LIBRAS que j foi trabalhada no

    caderno LIBRAS II. Alguns contedos no esto em ordem, porm

    foram colocado em outro caderno anterior e no prximo caderno.

    Assim sendo, em nada ser alterado o contexto da disciplina,

    apenas os contedos sero mais aperfeioados realidade.

    Lembre-se de que a Libras uma lngua e, como todas as

    outras, dinmica, sofrendo alteraes no decorrer do tempo e

    espao e no prprio processo interativo. Nesta disciplina,

    aprofundaremos o conhecimento sobre a Comunidade, a

    Identidade e a Cultura Surda e tambm sobre o aprendizado de

    LIBRAS, sendo capaz de realizar interaes comunicativas com a

    Comunidade Surda. A disciplina abrange quatro unidades que

    nos permitiro conhecer a LIBRAS. Na primeira unidade, iremos

    conhecer a Identidade e a Comunidade Surda, a surdez como

    diferena poltica e a surdez como experincia visual. Na segunda

    unidade, trabalharemos a gramtica II: tipos de frases na LIBRAS;

    pronomes e expresses interrogativas e advrbio de tempo. Na

    terceira unidade, mostraremos o contexto em LIBRAS I: Narrativas

    em LIBRAS. Em seguida, iremos conhecer sinais bsicos IV:

    cidades, estados brasileiros e pases.

    LIBRAS III6 Semestre

    Esta disciplina ser desenvolvida com uma carga horria

    de quarenta e cinco (45) horas/aula.

  • 6AlertaAlerta o leitor sobre algum assunto que estsendo tratado no momento.

    Saiba Mais - RecomendaoIndica fontes externas e outras leituras,como livros, stios na internet, artigos, outrositens da prpria apostila, etc.

    Contedos RelacionadosSugere ao aluno conhecer um ou maiscontedos especficos para melhorentendimento do contedo atual.

    AtividadesAs atividades dizem respeito aos exercciosabordados no tpico anterior, podem seranalgicas ou digitais.

    Veja o VdeoIndica que o aluno assista o vdeo.

    Entenda os nossos cones!

  • Objetivos da Unidade:

    UN

    IDA

    DE

    7

    REPRESENTAESDO SER SURDO

    Aps o estudo do contedo e a realizao das

    atividades propostas, esperamos que voc alcance

    os seguintes objetivos:

    - Conhea o cotidiano do ser surdo;

    - Aprofunde as principais vises atuais sobre

    representaes do ser surdo.

  • C U R S O D E E D U C A O E S P E C I A L | U F S M

    8

    Introduo

    de extrema importncia conhecer as

    representaes do ser surdo e como esta foi

    se desenvolvendo para que se possa refletir

    sobre ela. Iremos observar os grandes

    elementos das representaes do ser surdo:

    como a identidade surda, a comunidade surda,

    a cultura surda, a surdez como diferena poltica,

    a surdez como experincia visual.

  • 9U N I D A D E A

    1 Identidade Surda

    Figura A.1: : Professor surdo dando aulas para alunos surdos, a importncia da identificao entre professor surdo

    e alunos surdos

    Para falar sobre identidade surda, vamos

    primeiro falar como os Estudos Culturais

    pensam sobre as identidades.

    Atualmente, se pensa que as identidades

    no so fixas. As pessoas no tm s uma

    identidade em toda vida e em todos os lugares.

    Como diz Hall (1998, p. 46), as identidades

    so "abertas, contraditrias, inacabadas,

    fragmentadas".

    Bauman (2005, p.19) afirma:

  • C U R S O D E E D U C A O E S P E C I A L | U F S M

    10

    Essa pesquisadora mostra como existe uma

    relao entre a identidade surda, currculo e

    pedagogia. Ela traz algumas perguntas, como:

    Qual pedagogia se configura como referncia

    para a aprendizagem dentro da comunidade

    surda? (...) Como pode haver relaes entre

    currculo e cultura para possibilitar o acesso

    diferena? Perlin (2000)

    Perlin traz algumas respostas para essas

    perguntas e diz que j existe uma proposta nas

    novas diretrizes do MEC. Ele fala em trs boas

    A idia da identidade cultural nas comunidades surdasno se apresenta estvel. Ela ameaadaconstantemente pelo "outro". Este outro pode sereferir aos surdos que optaram pela representaoda identidade ouvinte. Esta poltica de representaogeralmente ter uma incidncia negativa.

    Sempre h alguma coisa a explicar, desculpar,esconder ou, pelo contrrio, corajosamente ostentar,negociar, oferecer e barganhar. H diferenas aserem atenuadas ou desculpadas ou, pelo contrrio,ressaltadas e tornadas mais claras.As "identidades" flutuam no ar, algumas de nossaprpria escolha, mais outras infladas e lanadas pelaspessoas em nossa volta, e preciso estar em alertaconstante para defender as primeiras em relao sltimas.

    condies para a escola produzir identidades

    surdas e no identidades de deficientes

    auditivos ou identidades ouvintistas. Essas

    condies so (Perlin, 2000, p. 27): presena

    do professor surdo na sala de aula de alunos

    surdos, presena de professor ouvinte com

    domnio de lngua de sinais e capacitado para

    ensino de portugus como segunda lngua, e

    contato do surdo com a cultura surda.

    No mesm