Módulo I - Orçamento Público

Download Módulo I - Orçamento Público

Post on 08-Nov-2015

18 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Curso EAD

TRANSCRIPT

<ul><li><p>MINISTRIO DO PLANEJAMENTO, ORAMENTO E GESTO</p><p>SECRETARIA DE ORAMENTO FEDERAL</p><p>CuRSO ORAMENTO PbLICO</p><p>MDuLO I</p><p>ORAMENTO PbLICO: CONCEITOS E FuNDAMENTOS</p><p>(ORG) FeRnandO CesaR ROCha MaChadO</p><p>bRASLIA2015</p></li><li><p>Ministrio do Planejamento, Oramento e GestoMinistro do Planejamento, Oramento e GestoNelson Barbosa</p><p>Secretrio-ExecutivoDyogo Henrique de Oliveira</p><p>Secretria de Oramento FederalEsther Dweck</p><p>Secretrios-AdjuntosAntonio Carlos Paiva FuturoFranselmo Arajo CostaGeorge Alberto Aguiar Soares</p><p>DiretoresClayton Luiz MontesFelipe Daruich NetoMarcos de Oliveira FerreiraZarak de Oliveira Ferreira</p><p>Coordenador-Geral de Inovao eAssuntos Oramentrios e FederativosLuiz Guilherme Pinto Henriques</p><p>Coordenadora de Educao e Difuso OramentriaRosana Lrdelo de Santana Siqueira</p><p>Organizao do ContedoFernando Cesar Rocha Machado</p><p>Reviso PedaggicaJaniele Cardoso Godinho</p><p>Reviso Gramatical e OrtogrficaRenata Carlos da Silva</p><p>Projeto Grfico e DiagramaoTiago Ianuck Chaves</p><p>ColaboraoBruno Rodolfo CupertinoKaren Evelyn ScaffMunique Barros CarvalhoOlivia Pereira Paranayba</p><p>Informaes: www.orcamentofederal.gov.br Secretaria de Oramento FederalSEPN 516, Bloco D, Lote 8, 70770-524, Braslia DF, Tel.: (61) 2020-2329escolavirtualsof@planejamento.gov.br</p><p> Brasil. Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto. Secretaria de Oramento Federal. Escola Virtual SOF. Curso Oramento Pblico / organizao de FernandoCesar Rocha Machado. Braslia, 2014. 5 v. ; il.</p><p> Contedo: Mdulo I. Oramento pblico: conceitos e Fundamentos. Mdulo II. Instrumentos do processo Oramentrio. Mdulo III. Receita oramentria. Mdulo IV.Despesa oramentria. Mdulo V. Execuo oramentria.</p><p>1. Oramento pblico. 2. Finanas pblicas. I. Machado, Fernando Cesar Rocha. II. Ttulo.</p><p> CDU: 336.121.3(81) CDD: 351.722</p></li><li><p>ObJETIvOS DO MDuLO</p><p> Apresentar os principais conceitos sobre o oramento pblico</p><p> Traar um breve histrico de sua origem e evoluo</p><p> Destacar as suas premissas legais</p><p>uNIDADES</p><p>I - Conceitos de Oramento Pblico</p><p>II - Breve Histrico do Oramento Pblico</p><p>III - Fundamentos Legais</p><p>IV - Funes Oramentrias</p><p>V - Tcnicas Oramentrias</p><p>VI - Princpios Oramentrios</p></li><li><p>SuMRIOapresentao ......................................................................................................................................7</p><p>uNIDADE I - CONCEITOS DE ORAMENTO PbLICO ............................. 9</p><p>uNIDADE II - bREvE HISTRICO DO ORAMENTO PbLICO ...............13</p><p>uNIDADE III - FuNDAMENTOS LEGAIS DO ORAMENTO PbLICO ....17Constituio Federal de 1988 .................................................................................................19Lei n 4.320 de 1964 ................................................................................................................. 22decreto-Lei n 200 de 1967 ................................................................................................... 22Lei Complementar n 101 de 2000 ...................................................................................... 23Lei complementar n 131 de 2009....................................................................................... 25Lei n 10.180 de 2001 ................................................................................................................ 26</p><p>uNIDADE Iv - FuNES ORAMENTRIAS ........................................... 29Funo alocativa ........................................................................................................................ 30Funo distributiva ....................................................................................................................31Funo estabilizadora.............................................................................................................. 32</p><p>uNIDADE v - TCNICAS ORAMENTRIAS ........................................... 35Oramento Clssico ou Tradicional ..................................................................................... 36Oramento de desempenho ou de Realizaes ............................................................ 36Oramento-Programa ............................................................................................................. 37Oramento Base Zero .............................................................................................................. 38Oramento Participativo ......................................................................................................... 38</p><p>uNIDADE vI - PRINCPIOS ORAMENTRIOS ....................................... 41</p><p>CONCLuSO ............................................................................................. 45</p><p>REvISO DO MDuLO ............................................................................ 47</p><p>REFERNCIAS bIbLIOGRFICAS............................................................. 49</p><p>GAbARITO DOS ExERCCIOS ................................................................... 50</p></li><li><p>ead.orcamentofederal.gov.br | 7</p><p>APRESENTAO</p><p>Caro (a) participante!</p><p>Seja bem-vindo ao curso Oramento Pblico da Escola Virtual SOF. Temos o prazer </p><p>de t-lo como nosso aluno e auxili-lo na construo do seu conhecimento acerca desta </p><p>importante temtica.</p><p>Esse curso surgiu da necessidade de desenvolver junto aos cidados e servidores </p><p>pblicos conhecimentos e competncias relacionadas aos principais temas oramentrios. </p><p>O curso oferece aos alunos uma abordagem mais aprofundada do contedo </p><p>oramento pblico. Est dividido em cinco mdulos, sendo que cada um deles composto </p><p>por unidades temticas e exerccios de fixao. Os mdulos so os seguintes: </p><p> Mdulo I: Oramento Pblico: Conceitos e Fundamentos</p><p> Mdulo II: Instrumentos do Processo Oramentrio</p><p> Mdulo III: Receita Oramentria</p><p> Mdulo IV: Despesa Oramentria</p><p> Mdulo V: Execuo Oramentria</p><p>No primeiro mdulo sero abordados temas introdutrios fundamentais aos estudos </p><p>do Oramento Pblico, os quais sero desenvolvidos por meio das seguintes unidades: </p><p>Conceitos de Oramento Pblico, Breve Histrico do Oramento Pblico, Fundamentos </p><p>Legais do Oramento Pblico, Funes Oramentrias, Tcnicas Oramentrias e </p><p>Princpios Oramentrios.</p><p>O segundo mdulo trata dos principais instrumentos do processo oramentrio: </p><p>Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Oramentrias (LDO) e Lei Oramentria Anual </p><p>(LOA).</p></li><li><p>8 | CURSO ORAMENTO PBLICO MDULO I - ORAMENTO PBLICO: CONCEITOS E FUNDAMENTOS</p><p>ESCOLA VIRTUAL SOF</p><p>Os mdulos III e IV apresentam a Receita e a Despesa Oramentria, respectivamente, </p><p>alm de abordar as determinaes da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).</p><p>Por fim, o curso concludo com o estudo detalhado da Execuo Oramentria no </p><p>Mdulo V. Quanto aos exerccios disponibilizados nesta apostila, sua principal funo </p><p> fixar os conhecimentos adquiridos e lhe ajudar a compreender melhor as unidades </p><p>estudadas em cada mdulo. Eles constituem uma etapa importante da sua aprendizagem, </p><p>portanto, no deixe de resolv-los!</p><p>Esperamos que voc tenha um aprendizado significativo sobre oramento pblico e </p><p>seu acompanhamento, fortalecendo o controle social e a democracia em nosso pas. E que </p><p>possa contribuir para a melhoria da qualidade dos oramentos elaborados pelos entes </p><p>federativos: Unio, Estados, Distrito Federal e Municpios.</p><p>Desejamos excelente estudo!</p></li><li><p>ead.orcamentofederal.gov.br | 9</p><p>Ao longo da sua vida, voc j deve ter refletido inmeras vezes a respeito da impor-tncia de planejar os gastos que sero realizados por voc durante um determinado perodo. </p><p> provvel tambm que voc j tenha se perguntado sobre o que feito do dinheiro </p><p>dos impostos pagos pelo cidado em nosso pas. Diante desta dvida, surgem outros </p><p>questionamentos: Como o Governo organiza as contas pblicas? Como planeja os </p><p>investimentos? Como reduz as despesas? Como surgiu o oramento no contexto da </p><p>administrao pblica e qual a sua importncia para um pas, estado ou municpio?</p><p>Essas reflexes nos fazem concluir que tanto o oramento pessoal como o oramento </p><p>pblico envolvem a tarefa de adequar vontades por exemplo, desejos de consumo </p><p>ou planos de investimento aos recursos disponveis. Portanto, a elaborao de um </p><p>oramento busca equalizar necessidades a recursos limitados. Nessa direo, o objetivo </p><p>dessa unidade apresentar o conceito de oramento pblico e a sua importncia para a </p><p>sociedade.</p><p>Para isso, importante, inicialmente, entendermos qual o papel do Estado na </p><p>sociedade moderna. </p><p>uNIDADE I</p><p>CONCEITOS DE ORAMENTO PbLICO</p></li><li><p>10 | CURSO ORAMENTO PBLICO MDULO I - ORAMENTO PBLICO: CONCEITOS E FUNDAMENTOS</p><p>ESCOLA VIRTUAL SOF</p><p>De acordo com Albuquerque, Medeiros e Feij (2008), a teoria das finanas pblicas, </p><p>ao tratar dos fundamentos do Estado e das funes do governo, encontra justificativa </p><p>para a interveno do Estado na economia, como forma de buscar a correo das imper-</p><p>feies do mercado. </p><p>Ademais, conforme observa Giacomoni (2007), uma das caractersticas mais </p><p>marcantes da economia o crescente aumento das despesas pblicas, especialmente a </p><p>partir do sculo XX. Segundo o autor, no Brasil, o crescimento acelerado das despesas </p><p>pblicas teve incio mais tarde, sobretudo a partir do trmino da Segunda Guerra Mundial.</p><p>Diversos estudos foram desenvolvidos no intuito de identificar as causas do </p><p>crescimento acelerado das despesas pblicas. Dentre as causas principais esto: as </p><p>crescentes demandas por bem-estar social, especialmente na rea de educao e sade; </p><p>o desejo por servios pblicos melhores; o crescimento das funes administrativas </p><p>exercidas pelos governos.</p><p>Os autores, com base em estudos da rea econmica, afirmam que tal contexto </p><p>demanda do Estado a adoo de mecanismos de correo que levem construo de </p><p>uma sociedade mais harmoniosa. Nesse sentido, destacam que a interveno estatal na </p><p>economia se realiza por intermdio das seguintes polticas:</p><p>a) regulatria: realiza-se por meio da edio de atos </p><p>normativos junto ao setor privado, com o objetivo </p><p>de mitigar as imperfeies relacionadas, </p><p>sobretudo, formao de monoplios ou quelas </p><p>que inviabilizem a universalizao da oferta de </p><p>bens e servios pblicos. Exemplo: a criao de </p><p>agncias reguladoras em setores como energia </p><p>eltrica, telecomunicaes e aviao civil.</p><p>GLOSSRIO </p><p>Monoplio</p><p>Conceito que descreve uma condio em que um nico vendedor domina o mercado, tendo controle total da oferta de determinado produto ou servio.</p></li><li><p>ead.orcamentofederal.gov.br | 11</p><p>SECRETARIA DE ORAMENTO FEDERAL MINISTRIO DO PLANEJAMENTO</p><p>b) monetria: abrange o controle da oferta de moeda, da </p><p>taxa de juros e do crdito em geral, e tem a finalidade </p><p>de garantir a estabilidade do poder de compra da </p><p>moeda. Exemplo: definio da taxa de juros realizada </p><p>pelo Comit de Poltica Monetria (Copom), a qual </p><p>tem impactos em outras taxas praticadas no mercado, </p><p>tais como as de crditos a consumidores e a empresas, </p><p>e no nvel de demanda de bens e servios, e afetando </p><p>tambm o nvel de investimentos na economia.</p><p>c) fiscal: abrange a administrao das receitas e </p><p>despesas contidas no oramento pblico, assim </p><p>como dos ativos e passivos do governo. No processo </p><p>de arrecadar receitas e executar despesas o governo </p><p>realiza intervenes no mercado, promovendo </p><p>impactos sobre os nveis de emprego, a distribuio </p><p>da renda, a oferta e a procura de bens e servios </p><p>com reflexos em diversos setores da economia. Exemplo: a criao do </p><p>Programa de Acelerao do Crescimento (PAC) para o planejamento </p><p>e execuo de grandes obras de infraestrutura social, urbana, logstica </p><p>e energtica do pas, contribuindo para o seu </p><p>desenvolvimento e gerando emprego e renda. </p><p> no contexto da poltica fiscal que o Oramento Pblico </p><p>caracteriza-se como um instrumento fundamental para a atuao </p><p>do Estado, no sentido de alcanar resultados que promovam a </p><p>estabilidade e sustentabilidade econmica e uma maior qualidade </p><p>de vida populao.</p><p>GLOSSRIO</p><p>Poltica fiscal</p><p>Conjunto de medidas adotadas pelo governo, dentro do oramento do estado, que visam obter as rendas indispensveis satisfao das despesas pblicas. envolve a definio e a aplicao da carga tributria exercida sobre os agentes econmicos e a definio dos gastos do governo com base nos tributos arrecadados.</p></li><li><p>12 | CURSO ORAMENTO PBLICO MDULO I - ORAMENTO PBLICO: CONCEITOS E FUNDAMENTOS</p><p>ESCOLA VIRTUAL SOF</p><p>Dentre os conceitos observados na literatura, destacamos o conceito apre-sentado por Baleeiro (1998), que define o oramento pblico como o ato pelo qual o Poder Executivo prev e o Poder Legislativo lhe autoriza, por certo pe-rodo de tempo, a execuo das despesas destinadas ao funcionamento dos servios pblicos e outros fins adotados pela poltica econmica ou geral do pas, assim como a arrecadao das receitas j criadas em lei.</p><p>Pascoal (2005) apresenta uma interessante abordagem relacionada ao conceito de </p><p>oramento pblico, a qual se desenvolve por meio dos seguintes aspectos:</p><p>a) Poltico: o parlamento, formado por representantes do povo, autoriza o </p><p>gasto pblico, na medida em que vota a lei oramentria, levando em conta </p><p>as necessidades coletivas.</p><p>b) Econmico: instrumento de atuao do Estado no domnio econmico por </p><p>meio do aumento e/ou reduo dos gastos pblicos, por exemplo.</p><p>c) Tcnico: relaciona-se obrigatoriedade de observncia da tcnica </p><p>oramentria, sobretudo, em relao classificao clara, metdica e </p><p>racional da receita e da despesa.</p><p>Todavia, antes de nos aprofundarmos nos assuntos do mdulo para conhecer as </p><p>funes, tcnicas e princpios oramentrios, vamos voltar ao passado para ver como tudo </p><p>comeou.</p><p>ExERCCIO 01</p><p>sobre o Oramento Pblico incorreto afirmar:</p><p>a) Caracteriza-se como um instrumento fundamental para a atuao do estado, no sentido de alcanar resultados que promovam a estabilidade e sustentabilidade econmica e uma maior qualidade de vida populao.</p><p>b) o ato pelo qual o Poder executivo prev e o Poder Legislativo lhe autoriza, por certo perodo de tempo, a execuo das despesas destinadas ao funcionamento dos servios pblicos e outros fins adotados pela poltica econmica ou geral do pas, assim como a arrecadao das receitas j criadas em lei.</p><p>c) um instrumento da poltica monetria, abrangendo a administrao das receitas e despesas pblicas.</p><p>d) sob o aspecto tcnico, relaciona-se obrigatoriedade de observncia da tcnica oramentria, sobretudo, em relao classificao clara, metdica e racional da receita e da despesa.</p></li><li><p>ead.orcamentofederal.gov.br | 13</p><p>Conforme relatam alguns autores, a origem e a evoluo dos oramentos pblicos esto associadas ao desenvolvimento da democracia, em oposio ao Estado antigo, no qual o monarca exercia soberania absoluta, sendo detentor do patrimnio originrio </p><p>da coletividade.</p><p>De acordo com Burkhead (1971), o desenvolvimento do oramento pblico expressa, </p><p>em parte, o crescimento do controle popular ou representativo sobre o monarca. Nesse </p><p>sentido, deve ser mencionado o art. 12 da Carta Magna, outorgada, na Inglaterra, pelo Rei </p><p>Joo Sem Terra em 1217, que estabelecia:</p><p>Nenhum Tributo ou auxlio ser institudo no Reino, seno pelo seu con-selho comum, exceto com o fim de resgatar a pessoa do Rei, fazer seu pri-mognito cavaleiro e casar sua filha mais velha uma vez, e os auxlios para esse fim sero razoveis em seu montante.</p><p>Tal di...</p></li></ul>