modelos teóricos de administração pública ?· •a administração pública gerencial...

Download Modelos Teóricos de Administração Pública ?· •A administração pública gerencial constitui…

Post on 19-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Modelos Tericos de Administrao Pblica Prof. Leonardo Albernaz

Prof. Leonardo Albernaz

Prof. Leonardo Albernaz

Administrao Pblica

todo o aparelho do Estado pr-orientado realizao de seus

servios, visando satisfao das necessidades coletivas.

Fonte:

Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado de 1995

Prof. Leonardo Albernaz

Administrao Pblica: Modelos Tericos

PATRIMONIALISTA

BUROCRTICO

GERENCIAL

Prof. Leonardo Albernaz

Prof. Leonardo Albernaz

Administrao Pblica Patrimonialista

O Patrimonialismo significa a incapacidade ou a relutncia dopoder absolutista em distinguir entre o patrimnio pblico e osseus bens privados.

A administrao patrimonialista caracterizada pela dificuldadede definio do que venha ser o patrimnio pblico e o privado, oque pode permitir a proliferao de nepotismo e de corrupo.

(BRESSER PEREIRA)

Prof. Leonardo Albernaz

Historicamente, este tipo de administrao corresponde ao Estado Absolutista, que prevaleceu at o sculo XVIII.

Administrao Pblica Patrimonialista

Prof. Leonardo Albernaz

O aparelho do Estado funciona como uma extenso do poderdo soberano, e os seus auxiliares possuem status de nobrezareal.

Os cargos so considerados prebendas.

A res publica no diferenciada das res principis.

A corrupo e o nepotismo so inerentes a esse tipo deadministrao.

Administrao Pblica Patrimonialista

Prof. Leonardo Albernaz

Causas que levaram formao da administrao pblicaburocrtica:

1. Processo de racionalizao capitalista

As organizaes complexas, privadas e pblicas, devemprofissionalizar sua gesto, padronizar os mtodos administrativose buscar maior eficcia em suas aes, em termos de estruturahierrquica e qualificao dos funcionrios.

Administrao Pblica Patrimonialista: Declnio (1)

Prof. Leonardo Albernaz

2. Expanso do papel do Estado

No incio:

Exrcito regular e tributao eficiente.

Expanso:

Direitos de propriedade, proteo legal, atividades regulatrias e investimento em infraestrutura.

Administrao Pblica Patrimonialista: Declnio (2)

Prof. Leonardo Albernaz

3. Democracia e polticas pblicas para garantir direitos sociais

Ampliao do sufrgio, levando a polticas sociais, quedemandavam uma burocracia profissional.

A democracia e ampliao dos direitos tornou mais igualitrio oacesso aos cargos pblicos.

Administrao Pblica Patrimonialista: Declnio (3)

Prof. Leonardo Albernaz

Porm...

Em muitos casos, houve a criao de outra lealdade patrimonial, aclientelista, cujo objetivo era retribuir com cargos pblicos aosapoios recebidos.

Isso ocorreu nos Estados Unidos, na Inglaterra, no Brasil.

(Fernando Abrucio)

Administrao Pblica Patrimonialista: Declnio (4)

Prof. Leonardo Albernaz

Prof. Leonardo Albernaz

Administrao Pblica: Modelos Tericos

PATRIMONIALISTA

BUROCRTICO

GERENCIAL

Prof. Leonardo Albernaz

Surge na segunda metade do sculo XIX, na poca do Estado liberal,como forma de combater a corrupo e o nepotismopatrimonialista.

Parte-se de uma desconfiana prvia nos administradores pblicos enos cidados.

Os controles administrativos visando evitar a corrupo e onepotismo so sempre a priori. So sempre necessrios controlesrgidos dos processos (ex.: admisso de pessoal, compras).

(Bresser-Pereira)

Administrao Pblica Burocracia

Prof. Leonardo Albernaz

O controle transforma-se na prpria razo de ser do funcionrio.O Estado volta-se para si mesmo, perdendo a noo de suamisso bsica, que servir sociedade.

A qualidade fundamental da administrao pblica burocrtica a efetividade no controle dos abusos.

Seus defeitos: a ineficincia, a auto-referncia, a incapacidadede voltar-se para o servio aos cidados.

(Bresser-Pereira)

Administrao Pblica Burocracia

Prof. Leonardo Albernaz

Estes defeitos no foram determinantes na poca do surgimentoda administrao pblica burocrtica porque os servios doEstado eram muito reduzidos.

O Estado limitava-se a manter a ordem e administrar a justia, agarantir os contratos e a propriedade.

(Bresser-Pereira)

Administrao Pblica Burocracia

Prof. Leonardo Albernaz

1. Carter legal (normas)

2. Carter racional

3. Comunicao formal

4. Impessoalidade

5. Valorizao da hierarquia

6. Autoridade formal

7. Separao entre Poltica e Administrao

Administrao Pblica Burocracia Caractersticas

Prof. Leonardo Albernaz

8. Padronizao de procedimentos

9. Meritocracia

10. Valorizao da qualificao tcnica

11. Especializao

12. Profissionalizao dos indivduos

13. Previsibilidade dos comportamentos

Administrao Pblica Burocracia Caractersticas

Prof. Leonardo Albernaz

1. Reduo de custos e erros

2. Comunicao eficiente

3. Decises rpidas

4. Minimizao de atritos

5. Estabilidade e confiabilidade

6. Benefcios para os trabalhadores

7. Eficincia da organizao no alcance de seus objetivos

Administrao Pblica Burocracia Vantagens

Prof. Leonardo Albernaz

1. Internalizao das regras

2. Excesso de formalismo e de conformidade s normas

3. Resistncia a mudana

4. Despersonalizao dos relacionamentos

5. Valorizao excessiva da autoridade

6. Despreocupao com os resultados

7. Perda da capacidade de inovao

Administrao Pblica Burocracia Disfunes

Prof. Leonardo Albernaz

O modelo de administrao pblica burocrtica comumentecitado como modelo burocrtico weberiano, pois foi Max Weber

o primeiro a descrever uma estrutura burocrtica em sua formatpica ideal.

(Bresser-Pereira)

Administrao Pblica Burocracia

Prof. Leonardo Albernaz

Crise do Estado: crise fiscal e enfraquecimento do poder estatalfrente globalizao

Transformaes tecnolgicas e produtivas, que exigem um Estadomais gil e eficiente

Mudanas sociais e culturais aumentaram as demandas pordireitos e novas polticas estatais

Democratizao e ampliao da esfera pblica, aumentando onmero de atores sociais relevantes

(ABRUCIO)

Administrao Pblica Burocracia Declnio (Desafios mundiais a partir de 1970)

Prof. Leonardo Albernaz

Prof. Leonardo Albernaz

Administrao Pblica: Modelos Tericos

PATRIMONIALISTA

BUROCRTICO

GERENCIAL

Prof. Leonardo Albernaz

Fator 1:

Crise econmica mundial, iniciada em 1973, na primeira crise dopetrleo, e reforada em 1979, na segunda crise do petrleo.

A economia mundial enfrentou um grande perodo recessivo nosanos 80 e no retomou os nveis de crescimento das dcadas de 50e 60.

Na escassez, o Estado foi o principal prejudicado, entrando em gravecrise fiscal.

(ABRUCIO)

Surgimento do Modelo Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

Fator 2:

Crise Fiscal: os governos no tinha mais como financiar seus dficitscrescentes.

Sobretudo nos Estados Unidos e na Inglaterra, iniciava-se uma revoltados taxpayers (contribuintes) contra a cobrana de mais tributos, semrelao direta com a melhoria dos servios pblicos.

Os governos estavam sobrecarregados de atividades acumuladas no ps-guerra. Os grupos no queriam perder o que consideravam conquistas.

(ABRUCIO)

Surgimento do Modelo Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

Fator 3:

Tratava-se do que a linguagem da poca chamava de situao de

ingovernabilidade:

Os governos estavam inaptos para resolver seus problemas.

(ABRUCIO)

Surgimento do Modelo Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

Fator 4:

A globalizao e todas as transformaes tecnolgicas que

transformaram a lgica do setor produtivo afetaram de maneira

decisiva o Estado e sua capacidade de formular polticas econmicas

de forma autnoma.

(ABRUCIO)

Surgimento do Modelo Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

Surge na segunda metade do sculo XX, como resposta expansodas funes econmicas e sociais do Estado e ao desenvolvimentotecnolgico e globalizao da economia mundial.

A eficincia da administrao pblica, com a necessidade de reduzircustos e aumentar a qualidade dos servios, em benefcio docidado, torna-se essencial.

(BRESSER-PEREIRA)

Administrao Pblica Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

A reforma do aparelho do Estado passa a ser orientadapredominantemente pelos valores da eficincia e qualidade naprestao de servios pblicos.

Comea a se desenvolver uma cultura gerencial nasorganizaes.

(BRESSER-PEREIRA)

Administrao Pblica Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

A administrao pblica gerencial v o cidado como contribuinte

de impostos e como cliente dos seus servios.

Os resultados da ao do Estado so considerados bons se as

necessidades do cidado-cliente esto sendo atendidas, e no

apenas porque os processos administrativos esto sob controle e

so seguros.

(Bresser-Pereira)

Administrao Pblica Gerencial

Prof. Leonardo Albernaz

O paradigma gerencial contemporneo fundamentado nos

princpios da confiana e da descentralizao da deciso.

Demanda formas flexveis de gesto, horizontalizao de estruturas,

descentralizao de funes, incentivos criatividade.

Administrao Pblica Gerencial

(Bresser-Pereira)

Prof. Leonardo Albernaz

Contrape-se ideologia d