modelo de auto avaliaÇÃo .modelo de auto avaliaÇÃo ... acreditaÇÃo e avaliaÇÃo accreditation

Download MODELO DE AUTO AVALIAÇÃO .MODELO DE AUTO AVALIAÇÃO ... ACREDITAÇÃO E AVALIAÇÃO ACCREDITATION

Post on 02-Dec-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ESCOLA NAVAL PORTUGUESE NAVAL ACADEMY 18DEC2013

    MODELO DE AUTO AVALIAO SELF ASSESSMENT MODEL

    ACREDITAO E AVALIAO ACCREDITATION AND EVALUATION

    MELHORIA CONTNUA DA QUALIDADE QUALITY ASSURANCE

    CMG Maia Martins 1TEN Castro Veloso ASPOF TSN Gaspar Merca Gabinete de Coordenao da Avaliao e Qualidade Higher Education Quality Office

  • TPICOS

    Sobre a Qualidade

    O papel do aluno na melhoria contnua da qualidade do

    ensino

    Relatrio de avaliao entregue aos docentes

    Satisfao com o ensino, por ciclo de estudos

    Satisfao com a Escola Naval

    Direo de Instruo

    Coordenador de ciclo de estudos

    Estrutura departamental

    Justificao dos ciclos de estudos

    Temas de teses

    Apontamentos finais

  • O papel do aluno no processo

    Preenche os questionrios de satisfao com o ensino

    no final de cada unidade curricular;

    Preenche o questionrio de satisfao com a Escola

    Naval no final de cada ano letivo;

    O aluno mais antigo de cada ciclo de estudos divulga os

    resultados anuais da avaliao pelos alunos do mesmo

    ciclo de estudos;

    O aluno mais antigo de cada ciclo de estudos participa

    na comisso de avaliao interna, analisando os

    resultados das medidas de melhoria implementadas

    pelo Comando da EN.

    Representao no processo

    3

  • 4

  • RESULTADOS DE 2012/13

    Relatrio entregue aos docentes Parte I

    A partir das avaliaes dos alunos, o sucesso na unidade curricular comparado com as restantes UC dentro do mesmo ano e do mesmo departamento. Caso saia da distribuio normal, o docente prope medidas para evitar que tal se repita, sem nunca por em causa a dificuldade inerente matria. As medidas podem ser:

    Melhor preparao prvia, a obter em unidades anteriores; Mais tempos presenciais; Maior incidncia em trabalhos prticos, de campo ou laboratoriais;

    O exemplo apresentado corresponde a uma unidade curricular cujo sucesso escolar francamente pior que o das restantes UC do mesmo ano e do mesmo departamento, pelo que o docente obrigatoriamente deve propor medidas de melhoria.

  • 6

    RESULTADOS DE 2012/13

    Relatrio entregue aos docentes, Parte II

    A partir dos questionrios semestrais, ao docente apresentada a satisfao com todas as reas do ensino, competncias transmitidas e recursos. Para cada item observado, o docente pode verificar a satisfao da turma (barra amarela), a sua autoavaliao (barra verde) e a opinio dos alunos sobre todos os docentes da EN, no mesmo item (histograma em azul). Caso a barra amarela se situe no lado negativo do histograma, o docente prope medidas de melhoria da metodologia de ensino e avaliao, utilizando as indicaes em texto livre colocadas pelos alunos. QUANTO MAIOR FOR O CUIDADO COLOCADO NO PREENCHIMENTO DO QUESTIONRIO, MAIOR A CONTRIBUIO DO ALUNO PARA A MELHORIA CONTNUA DO ENSINO.

  • RESULTADOS DE 2012/13

    Relatrio entregue aos docentes, Parte III Ainda a partir dos questionrios semestrais, o esforo do aluno comparado com o plano de estudos registado. O docente deve dosear a carga de esforo exigida em funo dos ECTS declarados, alterando a metodologia de ensino. Nos exemplos, uma UC exige em demasia enquanto outra tem de exigir mais.

  • RESULTADOS DE 2012/2013

    Satisfao com o CE de Marinha

    8

    A expetativa dos alunos no 1 aluno correspondeu aos resultados. J o mesmo no se passou relativamente aos alunos do 2 ano, o que deve ser analisado pelo coordenador de ciclo

    As 4 dimenses analisadas tm uma forte correlao, o que poder ser explicado pelo pouco cuidado no preenchimento do questionrio

  • 9

    RESULTADOS DE 2012/2013

    Satisfao com o CE de Administrao Naval

    9

    A expetativa gorada no 3 ano

    As 4 dimenses analisadas tm uma fraca correlao, o que poder ser explicado pelo grande cuidado no preenchimento do questionrio

  • 10

    RESULTADOS DE 2012/2013

    Satisfao com o CE de Fuzileiro

    10

    A expetativa gorada no 2 ano

    As 4 dimenses analisadas tm uma forte correlao, o que poder ser explicado pelo pouco cuidado no preenchimento do questionrio, exceo feita aos alunos do 3 ano

  • 11

    RESULTADOS DE 2012/2013

    Satisfao com o CE de EN-MEC

    11

    A expetativa gorada no 2 ano

    As 4 dimenses analisadas tm uma forte correlao, o que poder ser explicado pelo pouco cuidado no preenchimento do questionrio, exceo feita aos alunos do 4 ano

  • 12

    RESULTADOS DE 2012/2013

    Satisfao com o CE de EN-AEL

    12

    A expetativa gorada no 2 ano

    As 4 dimenses analisadas tm uma forte correlao, o que poder ser explicado pelo pouco cuidado no preenchimento do questionrio, exceo feita aos alunos do 4 ano

  • 2011/2012 e 2012/2013

    13

    Um curso mantm a sua satisfao ao longo dos anos

  • SATISFAO COM A ESCOLA NAVAL

    APOIO ESCOLAR

    14

  • SATISFAO COM A ESCOLA NAVAL

    INTEGRAO

    15

  • SATISFAO COM A ESCOLA NAVAL

    TEXTO LIVRE. PONTOS POSITIVOS

    16

    51%

    13%

    10%

    8%

    6%

    5%

    4% 3%

    Pontos positivos

    Camaradagem

    Prestigio da EN

    Polivalncia ensino e desporto

    Alojamento

    Desporto

    Ensino

    Recursos didticos

    Emprego

  • SATISFAO COM A ESCOLA NAVAL

    TEXTO LIVRE. PONTOS NEGATIVOS

    17

    29%

    21% 17%

    13%

    9%

    6%

    5%

    Pontos negativos

    Falta de tempo

    Falta de respeito com alunos

    Alimentao

    Sair fardado a partir do 2 ano

    Excesso de horas de desporto

    Falta de condies habitacionais

    Outros

  • Palestra ao Corpo de Alunos

    18 de dezembro de 2013

  • Qualidade do Ensino

    Coordenador do Ciclo de Estudo Responsvel, pelo acompanhamento da atividade acadmica, cientfica, de

    investigao e avaliao do respetivo ciclo de estudos, e pela garantia da melhoria contnua da qualidade do ensino

    Elaborar e submeter o plano de melhoria da qualidade do ciclo de estudos

    Participar com o CINAV na seleo de projetos cientficos a desenvolver pelos alunos

    Membro dos conselhos cientfico e pedaggico

    Assegurar o acompanhamento acadmico e o nvel cientfico do ensino

    Propor criao, alterao, suspenso ou extino de UC e ACF

    Apresentar propostas relativas ao processo de avaliao e de melhoria contnua

    Incentivar e dinamizar a participao dos alunos em projetos de investigao, desenvolvimento e inovao

    Coordenar com o diretor do curso

    19

  • Qualidade do Ensino

    Departamentos de ensino universitrio

    Departamento de cincias e tecnologia

    Departamento de humanidades e gesto

    Departamento de cincias do mar

    Coordenao e orientao do ensino nas respetivas reas

    Departamento militar-naval

    Coordenao e orientao da formao tica, militar, cvica e comportamental, preparao fsica e formao marinheira

    20

  • 21

  • Justificao dos Ciclos de Estudo

    Identificar competncias transversais Valorizao e Modo de avaliao

    Capacidade de:

    Adquirir conhecimentos

    Investigao autnoma

    Resoluo de problemas em situaes novas, complexas e multidisciplinares

    Comunicao de concluses, conhecimento e raciocnios

    Aplicar conhecimentos adquiridos em situaes reais

    Anlise e sntese

    Ser criativo, encontrando solues inovadoras (thinking out of the box)

    Computao (facilidade em recorrer a meios informticos)

    Liderana direta (liderar equipas multidisciplinares na execuo de tarefas)

    Liderana de projetos (liderar equipas multidisciplinares em estudos)

    Autonomia (no depender de terceiros para a tomada de decises)

    22

  • Justificao dos Ciclos de Estudo

    Identificar competncias Oficiais SALT Funes e cargos

    Pr-requisitos PG

    Identificar reas do conhecimento com aplicabilidade Associar UC de topo

    Construir pirmides com UC de base

    Justificao UC (reas conhecimento e competncias) Identificar Lacunas UC de Base Cientifica

    Identificar UC no contributivas

    ECTS Aplicar horas trabalho correspondentes / Propor alterao

    Revises Plano Detalhado das UC

    Plano Curricular

    23

  • Teses

    reas Cientificas primordiais MI (ordem alfabtica)

    Artes e humanidades

    Cincias sociais, comrcio e direito

    Cincias, matemtica e informtica

    Engenharia, indstrias transformadoras e construo

    Servios

    24

  • APONTAMENTOS FINAIS

    O Aluno

    Deve intervir de forma ativa no processo de melhoria da

    qualidade do ciclo de estudos e do apoio escolar;

    Deve ser criterioso no preenchimento dos questionrios,

    no delegando essa tarefa nos camaradas;

    Deve ser coerente entre a opinio livre e os indicadores

    de satisfao;

    25

  • 26

    Em caso de dvidas relativamente a alguma das perguntas do questionrio, contatar: CMG M Maia Martins (303121) 1TEN Castro Veloso (313216) Caso pretenda elaborar uma dissertao de tese sobre a Qualidade no Ensino Superior, recorrendo a dados da EN, contatar: CMG M Maia Martins

Recommended

View more >