modelagem de processos - universidade federal do pará ?· a a a a a a • desenvolver diagramas...

Download MODELAGEM DE PROCESSOS - Universidade Federal do Pará ?· a a a a a a • Desenvolver diagramas que…

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • a a a

    MODELAGEM DE

    PROCESSOS

    PRODUZIDO POR CARLOS PORTELA csp3@cin.ufpe.br

  • a a a a a a AGENDA

    2

    Definio Objetivos e Vantagens Linguagens de Modelagem

    BPMN SPEM

    Ferramentas Consideraes Finais Referncias

  • a a a a a a

    3

    DEFINIO: PROCESSO DE SOFTWARE

  • a a a a a a

    Desenvolver diagramas que mostram as atividades da empresa, ou de uma rea de negcios, e a sequncia na qual so executadas;

    O alvo da modelagem ilustrar um processo completo, permitindo aos gestores, consultores e colaboradores melhorarem o fluxo e aperfeioarem o processo.

    4

    DEFINIO

  • a a a a a a

    TIPOS DE NOTAO FORMAL GRFICA

    5

    DEFINIO

    Ex.: Rede de Petri

    Ex.: Mquina de Estado

    Ex.: Organograma

  • a a a a a a

    MODELAGEM DE PROCESSOS

    6

    DEFINIO

    DESAPRENDER RECRIAR

    Como Desconexes + Sugestes Como Ser

  • a a a a a a

    A modelagem tem sido utilizada na Engenharia de Software para melhor entender, gerenciar e controlar o processo de desenvolvimento;

    O principal objetivo representar os processos de uma maneira clara e formal em diferentes nveis de abstrao.

    Facilitar o entendimento do processo Facilitar a adaptao do processo Facilitar gerncia do processo

    7

    OBJETIVOS

  • a a a a a a

    Bons modelos proporcionam uma boa comunicao;

    Se a empresa for executar um novo processo, o modelo pode ajudar a assegurar sua eficincia desde o incio;

    Revela anomalias, inconsistncias, ineficincias e oportunidades de melhoria, auxiliando na reengenharia desses processos;

    Fornece uma viso clara e uniformizada das atividades, suas razes e formas de execuo;

    Serve como um meio para disseminar conhecimento dentro da organizao e ajudar as pessoas a conhecerem melhor seus papis e as tarefas que executam.

    8

    VANTAGENS

  • a a a a a a

    Maior nfase estrutura detalhada do processo e menor esforo na estrutura principal do Processo de Negcio;

    Ocultam a complexidade do trabalho; Dificuldade em expressar uma lgica complexa; Dificuldade em identificar qual parte o

    customer e qual parte o performer, podendo ocorrer comportamentos diferentes para processos de negcio distintos;

    No fica claro se so dedicadas a criar novos processos ou analisar processos existentes.

    9

    DESVANTAGENS

  • a a a a a a

    BPM Notao BPMN

    SPEM YAWL EPC DYNAMITE E3

    10

    LINGUAGENS DE MODELAGEM

  • a a a a a a

    BPM um conceito que une gesto de negcios e tecnologia da informao com foco na otimizao dos resultados das organizaes atravs da melhoria dos processos de negcio.

    11

    BUSINESS PROCESS MANAGEMENT

  • a a a a a a

    Utiliza mtodos, tcnicas e ferramentas para analisar, modelar, publicar, otimizar e controlar processos envolvendo recursos humanos, aplicaes, documentos e outras fontes de informao.

    12

    BPM CONCEITO

  • a a a a a a

    BPM, envolve modelagem, execuo, monitoramento e anlise de processos de negcios; o conjunto de conceitos e tcnicas que

    visam a criao de um modelo com os processos de negcio existentes em uma organizao.

    13

    MODELAGEM BPM

  • a a a a a a

    14

    MODELAGEM BPM

  • a a a a a a

    15

    BUSINESS PROCESS MANAGEMENT

    BPM traz inmeros ganhos a uma organizao, porm envolve mudanas em estruturas, culturas, processos, para as quais nem todas as organizaes esto preparadas;

    A tecnologia contribui para o sucesso de um projeto de BPM, mas o foco conhecer e identificar oportunidades nos processos.

  • a a a a a a

    16

    TI X MODELO DE NEGCIO

  • a a a a a a

    Desenvolvido pelo BPMI (Business Process Management Initiative); Maio de 2004: BPMN verso 1.0

    BPMI se funde com o OMG; 2005: verso 1.2 Proposta da verso 2.0

    17

    BPMN BUSINESS PROCESS MANAGEMENT NOTATION

  • a a a a a a

    Fornecer uma notao que facilmente compreensvel por todos usurios de negcios, desde os analistas de negcio (que criam os rascunhos iniciais dos processos), a desenvolvedores tcnicos (responsveis pela aplicao da tecnologia que ir desempenhar esses processos) e, finalmente, para as pessoas de negcios (que vo gerenciar e monitorar esses processos).

    18

    BPMN OBJETIVO

  • a a a a a a

    Segundo definies do BPMN 1.2, a notao BPMN dividida em trs tipos bsicos de sub-modelos: Privado; Abstrato; Colaborao.

    19

    BPMN SUB-MODELOS

  • a a a a a a

    Ocorrem dentro da organizao e possuem atividades realizadas internamente que interagem entre si;

    utilizado quando se quer visualizar uma parte de um processo sem se preocupar com o processo como um todo.

    20

    BPMN PRIVADO

  • a a a a a a

    21

    BPMN PRIVADO

  • a a a a a a

    So processos pblicos que retratam as interaes das atividades pertencentes a um processo privado com outra entidade de negcio externa ao processo privado;

    Utiliza-se um modelo abstrato para representar uma entidade independente, com processos prprios, mas que no ser modelado.

    22

    BPMN ABSTRATO

  • a a a a a a

    23

    BPMN ABSTRATO

  • a a a a a a

    Modela as interaes entre dois ou mais processos de negcio; As interaes so descritas como as

    sequncias de atividades e as trocas de

    mensagens entre os participantes.

    24

    BPMN COLABORATIVO

  • a a a a a a

    25

    BPMN COLABORATIVO

  • a a a a a a

    Nos sub-modelos so criados BPD (Business Process Diagram), onde estes elementos esto divididos em 4 categorias: Objetos de fluxo; Objetos de conexo; Artefatos; e Swimlanes.

    26

    BPMN ELEMENTOS

  • a a a a a a

    Definem um comportamento

    27

    BPMN OBJETOS DE FLUXOS

  • a a a a a a

    Conectores de Objetos de Fluxo

    28

    BPMN OBJETOS DE CONEXO

  • a a a a a a

    Informaes adicionais sobre os Fluxos

    29

    BPMN ARTEFATOS

  • a a a a a a

    Dividem um diagrama BPMN de acordo com os responsveis pela execuo das atividades; Delimita onde o fluxo de processo atravessa uma

    linha funcional ou departamental

    30

    BPMN SWIMLANES

  • a a a a a a

    31

    BPMN - REPRESENTAES

  • a a a a a a

    32

    BPMN EXEMPLO

  • a a a a a a

    Desenvolvido e mantido pelo OMG (Object Management Group); Desde 2002 Abril de 2008 verso 2.0

    33

    SPEM SOFTWARE PROCESS ENGINEERING METAMODEL

  • a a a a a a

    um metamodelo que pode ser usado para descrever um processo concreto ou uma famlia de processos de desenvolvimento de software relacionados; Conjunto de construtores e regras para a

    criao de modelos

    34

    SPEM OBJETIVO

  • a a a a a a

    Utiliza uma abordagem orientada a objetos e a UML (Unified Modeling Language) como notao;

    A execuo do processo no est no escopo deste modelo.

    35

    SPEM OBJETIVO

  • a a a a a a

    36

    ARQUITETURA DO SPEM

  • a a a a a a

    Como os usurios de SPEM (Engenheiros de Processo) usam SPEM? Atravs de diagramas UML

    Estereotipados SPEM define esteretipos para seus

    elementos de modelagem

    37

    MODELANDO COM O SPEM

  • a a a a a a

    O SPEM utiliza mecanismos de extenso da semntica padro da UML, para adapt-la ao propsito da modelagem de processos, que so: Esteretipos; Valores Atribudos e; Restries.

    cones especiais foram criados para os esteretipos mais freqentemente utilizados, como atividades, produtos de trabalho, papis, etc.

    38

    NOTAO SPEM

  • a a a a a a

    39

    NOTAO SPEM

  • a a a a a a

    WorkProduct: uma descrio de algo que contm informao ou uma entidade fsica produzida ou usada por atividades do processo. Ex: modelos, planos, documentos, etc.

    Esteretipo:

    40

    ALGUNS ESTERITIPOS DE SPEM

  • a a a a a a

    Activity: Descreve uma determinada atividade que um papel realiza dentro de um processo

    Esteretipo:

    ProcessRole: Descreve os papis, responsabilidades e competncias que um determinado indivduo tem dentro do processo

    Esteretipo:

    41

    ALGUNS ESTERITIPOS DE SPEM

  • a a a a a a

    Discipline: um agrupamento coerente de elementos do processo (artefatos, papis, atividades) cujas atividades so organizadas segundo algum ponto de vista ou tema comum (Ex: Anlise e Projeto, teste, implementao, etc.).

    Esteretipo:

    42

    ALGUNS ESTERITIPOS DE SPEM

  • a a a a a a

    Guidance: um elemento do modelo que se associa a outros elementos para ajudar ou instruir na sua realizao. Pode representar tcnicas, guidelines, templates,etc.

    Esteretipo:

    43

    ALGUNS ESTERITIPOS DE SPEM

  • a a a a a a

    RUP definido com SPEM

    44

    EXEMPLO DE SPEM

  • a a a a a a

    45

    ESTRUTURA DO SPEM

    Estende um subconjunto do meta-modelo da UML 1.4

    Adiciona as construes e semnticas requeridas para a engenharia de processos de software

  • a a a a a a

    46

    ESTRUTURA DO SPEM

  • a a a a a a

    47

    EXEMPLO DE SPEM

  • a a a a a a

    48

    FERRAMENTAS

  • a a a