Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto de Garantia de Preos Mnimos - PGPM, ... 2 / 13. Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto Secretaria de Oramento Federal

Download Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto   de Garantia de Preos Mnimos - PGPM, ... 2 / 13. Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto Secretaria de Oramento Federal

Post on 09-May-2018

216 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto</p><p>Secretaria de Oramento Federal</p><p>Mapeamento das Aes Oramentrias Integrantes da Lei Oramentria para 2010</p><p>Programa</p><p>0352 Abastecimento Agroalimentar</p><p>Aes Oramentrias</p><p>Numero de Aes 25</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>008H Equalizao de juros em financiamentos destinados liquidao de dvidas de produtores rurais e cooperativas (Lei n 11.524, de 2007)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Ressarcimento, pelo Tesouro Nacional, instituio financeira operadora do financiamento, dos valores concedidos a ttulo de diferencial entre o custo de captao da poupana rural e a TJLP.</p><p>Finalidade</p><p>Fazer face s obrigaes financeiras do Tesouro Nacional, decorrentes de subveno sob a forma de equalizao nas operaes de financiamentos de recebveis do agronegcio, nos termos da Lei n 11.524/2007. </p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Linha de CrditoImplementao</p><p>A instituio financeira operadora solicita, no mnimo, a cada ms ao Tesouro Nacional os valores correspondentes equalizao. A STN/COPEC processa os pedidos em sistema prprio de acompanhamento, atualiza os valores e efetua o pagamento.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 11.524, de 2007 e Resoluo CMN n 3.457/07.</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 122 - Administrao Geral</p><p>0110 Contribuio Previdncia Privada</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Superintendncia de Recursos Humanos</p><p>Descrio</p><p>Pagamento da participao da patrocinadora (contribuio) conforme plano de custeio (custos do plano de benefcios).</p><p>Finalidade</p><p>Assegurar que as autarquias, as fundaes, as empresas pblicas, as sociedades de economia mista e as demais entidades controladas direta ou indiretamente pela Unio possam contribuir como patrocinadoras s entidades fechadas de previdncia privada.</p><p>UO: 22211 - Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Transferncia OutrasImplementao</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0294 Equalizaes de Juros nas Operaes de Custeio Agropecurio (Lei n 8.427, de 1992)</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Fl....: 1 / 13</p></li><li><p>Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto</p><p>Secretaria de Oramento Federal</p><p>Mapeamento das Aes Oramentrias Integrantes da Lei Oramentria para 2010</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Equalizao de taxas de juros destinando recursos do Tesouro Nacional para a cobertura do diferencial de taxas entre o custo de captao dos recursos, acrescidos dos custos administrativos e tributrios a que esto sujeitas as instituies financeiras oficiais e os bancos cooperativos, nas suas operaes ativas, e os encargos cobrados do tomador final do crdito.</p><p>Finalidade</p><p>Prestar apoio financeiro a mini e pequenos produtores rurais e suas cooperativas, na fase de custeio da produo dos produtos amparados pela Poltica de Garantia de Preos Mnimos - PGPM, por meio de equalizao de taxas de juros, visando reduzir o custo financeiro da produo.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Linha de CrditoImplementao</p><p>Definir metas: discutir, entre os rgos envolvidos, as metas de financiamento agrcola; solicitar s instituies financeiras as projees de saldos a serem equalizados; definir, pelo Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento, os limites equalizveis, por agente financeiro; quantificar a despesa em planilhas de clculo e realizar ajustes para conformidade entre despesa prevista e dotao oramentria; publicar as respectivas portarias autorizativas. Executar: receber, das instituies financeiras, a declarao de responsabilidade pela exatido das informaes relativas aplicao de recursos; registrar e conferir, em planilhas de acompanhamento, os valores a serem pagos, com base nos saldos apresentados; pagar mensalmente s instituies financeiras.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 4.829/65, Lei n 8.427/92, Lei n 9.848/99, Dec-Lei n 79/66, Dec. n 58.380/66, diversas Resolues do Conselho Monetrio Nacional e Portarias/MF, para o clculo da equalizao de taxas.</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0298 Equalizao de Juros em Operaes de Emprstimos do Governo Federal - EGF (Lei n 8.427, de 1992)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Equalizao de taxas de juros destinando recursos do Tesouro para a cobertura do diferencial de taxas entre o custo de captao de recursos, acrescidos dos custos administrativos e tributrios a que esto sujeitas as instituies financeiras oficiais e os bancos cooperativos, nas suas operaes ativas, e os encargos cobrados do tomador final do crdito.</p><p>Finalidade</p><p>Assegurar o abastecimento interno e garantir preos mnimos aos produtores rurais, por meio de equalizao de taxas de juros, possibilitando melhores condies financeiras de comercializao dos produtos agropecurios amparados pela Poltica de Preos Mnimos - PGPM, em pocas de preos menos favorveis.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Linha de CrditoImplementao</p><p>Definir metas: discutir, entre os rgos envolvidos, as metas de financiamento agrcola; solicitar s instituies financeiras as projees de saldos a serem equalizados; definir, pelo Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento, os limites equalizveis, por agente financeiro; quantificar a despesa em planilhas de clculo e realizar ajustes para conformidade entre despesa prevista e dotao oramentria; publicar as respectivas portarias autorizativas. Executar: receber, das instituies financeiras, a declarao de responsabilidade pela exatido das informaes relativas aplicao de recursos; registrar e conferir, em planilhas de acompanhamento, os valores a serem pagos, com base nos saldos apresentados; pagar s instituies financeiras.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Fl....: 2 / 13</p></li><li><p>Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto</p><p>Secretaria de Oramento Federal</p><p>Mapeamento das Aes Oramentrias Integrantes da Lei Oramentria para 2010</p><p>Lei n 4.829/65, Lei n 8.427/92, Lei n 9.848/99, Dec.-Lei n 79/66, Dec.n 58.380/66, Resolues do Conselho Monetrio Nacional e Portarias/MF, para o clculo da equalizao de taxas.</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0299 Equalizao de Preos nas Aquisies do Governo Federal e na Formao de Estoques Reguladores e Estratgicos - AGF (Lei n 8.427, de 1992)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Concesso de equalizao, pelo Tesouro Nacional Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB, referente diferena entre os valores de venda e compra dos produtos.</p><p>Finalidade</p><p>Garantir o abastecimento e o preo, no mercado primrio interno, dos produtos agropecurios amparados pela Poltica de Garantia de Preos Mnimos - PGPM, mediante a formao de estoques reguladores e estratgicos.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Transferncia OutrasImplementao</p><p>A CONAB apresenta suas metas bem como a proposta de oramento para o ano seguinte na metade do ano em curso, proposta esta que poder ser ajustada pelos Ministrios da Fazenda e do Planejamento, Oramento e Gesto. Fluxo da despesa: realizao de reunies mensais de programao para estabelecer os produtos a serem adquiridos e as despesas a serem efetuadas; liberao de recursos CONAB (aquisies e despesas), conforme programado; registro das liberaes e acompanhamento do saldo; aquisio dos produtos e pagamento das despesas pela CONAB; Fluxo da receita: venda do produto pela CONAB; ingresso da receita no Tesouro Nacional, amortizando o saldo devedor do Programa; apresentao, por parte da CONAB, de Declarao de Boa e Regular Aplicao dos Recursos; pagamento da equalizao de preos CONAB para cobertura do diferencial entre o valor de venda do produto e seu custo efetivo.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 4.320/64, Lei n 8.171/91, Lei n 8.174/91, Lei n 8.427/92, Lei n 9.848/99, Dec.-Lei n 79/66. </p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0300 Garantia e Sustentao de Preos na Comercializao de Produtos Agropecurios (Lei n 8.427, de 1992)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Equalizao de preos destinando recursos do Tesouro Nacional para o pagamento de prmio ou bonificao, apurados em leilo ou em outra modalidade de licitao, para promover o escoamento do produto pelo setor privado, ou para o pagamento da diferena entre o preo de exerccio em contratos de opo de venda de produtos agropecurios, lanados pelo Poder Executivo, e o valor de mercado desses produtos.</p><p>Finalidade</p><p>Garantir e sustentar os preos na comercializao de produtos agropecurios, por meio de instrumentos de equalizao de preos, exonerando o Governo Federal da obrigao de adquirir o produto.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Transferncia OutrasImplementao</p><p>Definir metas: realizar estimativa pelo Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento MAPA. Executar: lanar os avisos de leilo ( MAPA e CONAB); realizar os leiles (CONAB); conferir, a STN, o valor solicitado pela CONAB (com base no resultado dos leiles); registrar os </p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Fl....: 3 / 13</p></li><li><p>Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto</p><p>Secretaria de Oramento Federal</p><p>Mapeamento das Aes Oramentrias Integrantes da Lei Oramentria para 2010</p><p>valores executados e acompanhar o saldo; receber, a STN, a declarao de responsabilidade pela exatido das informaes relativas aplicao de recursos, apresentada pela CONAB.</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 8.427/92 e Lei n 9.848/99. </p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0301 Equalizao de Juros e de outros Encargos Financeiros em Operaes de Investimento Rural e Agroindustrial (Lei n 8.427, de 1992)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Equalizao de taxas de juros destinando recursos do Tesouro Nacional para a cobertura do diferencial de taxas entre o custo de captao de recursos, acrescido dos custos administrativos e tributrios a que esto sujeitas as instituies financeiras oficiais e os bancos cooperativos, nas suas operaes ativas, e os encargos cobrados do tomador final do crdito.</p><p>Finalidade</p><p>Prestar apoio financeiro aos produtores rurais, por meio de concesso de equalizao de taxas de juros, visando reduzir o custo financeiro nas operaes de investimento rural e agroindustrial.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Linha de CrditoImplementao</p><p>Definir metas: discutir, entre os rgos envolvidos, as metas de financiamento agrcola; solicitar s instituies financeiras as projees de saldos a serem equalizados; definir, pelo Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento, os limites equalizveis, por agente financeiro; quantificar a despesa em planilhas de clculo e realizar ajustes para conformidade entre despesa prevista e dotao oramentria; publicar as respectivas portarias autorizativas. Executar: receber, das instituies financeiras, a declarao de responsabilidade pela exatido das informaes relativas aplicao de recursos; registrar e conferir, em planilhas de acompanhamento, os valores a serem pagos, com base nos saldos apresentados; pagar s instituies financeiras.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 8.427/92, Lei n 9.848/99, Resolues do Conselho Monetrio Nacional e Portarias/ MF, para o clculo da equalizao de taxas.</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0373 Equalizao de Juros e Bnus de Adimplncia no Alongamento de Dvidas Originrias do Crdito Rural (Leis n 9.138, de 1995 e n 9.866, de 1999)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Equalizao de taxas de juros destinando recursos do Tesouro Nacional s instituies financeiras para a cobertura da diferena existente entre o custo de captao dos recursos mais o "spread" bancrio e o retorno pago pelos muturios nas operaes alongadas. So classificadas, tambm, como equalizao as concesses de rebates a ttulo de bnus de adimplncia.</p><p>Finalidade</p><p>Fazer face s obrigaes financeiras contratuais, decorrentes do alongamento de dvidas originrias do crdito rural, nos termos da Lei n 9.138/95 e n 9.866/99, por meio da concesso de equalizao de taxas de juros e de rebates nas parcelas devidas pelos muturios finais, detentores de financiamentos concedidos com recursos do FAT/BNDES.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Fl....: 4 / 13</p></li><li><p>Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto</p><p>Secretaria de Oramento Federal</p><p>Mapeamento das Aes Oramentrias Integrantes da Lei Oramentria para 2010</p><p>Linha de CrditoImplementao</p><p>Comprovar o recebimento das parcelas da dvida, referentes aos financiamentos com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social/Fundo de Amparo ao Trabalhador - BNDES/FAT, em arquivos magnticos; Apurar os rebates e as prorrogaes; Calcular a equalizao pelo Sistema de Acompanhamento da Dvida Pblica - SADIP Agrcola, excluindo prorrogaes; Apurar os valores devidos s instituies financeiras; Creditar na conta Reserva Bancria das instituies financeiras.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 9.138/95, Lei n 9.866/99 e Resolues Conselho Monetrio Nacional</p><p>Esfera: 10 Funo: 20 - Agricultura Subfuno: 605 - Abastecimento</p><p>0611 Equalizao de Juros decorrentes do Alongamento da Dvida do Crdito Rural (Lei n 9.866, de 1999)</p><p>Unidade Administrativa Responsvel</p><p>Descrio</p><p>Ressarcimento, pelo Tesouro Nacional, s instituies financeiras, dos valores concedidos a ttulo de desconto de at dois pontos percentuais sobre as parcelas de juros pagas pelos muturios finais, que repactuaram suas dvidas rurais com base no PESA (Programa de Saneamento de Ativos), conforme previsto na Resoluo CMN n 2.471/ 98. Este benefcio integra a segunda etapa do programa de alongamento de dvidas de operaes rurais, institudo pela Lei n 9.138/95.</p><p>Finalidade</p><p>Fazer face s obrigaes financeiras do Tesouro Nacional, decorrentes da concesso de subveno a produtores rurais nas operaes de alongamento das dvidas originrias do crdito rural, superiores a R$ 200.000,00, nos termos das Leis ns 9.138/95 e 9.866/99, repactuadas com base na Resoluo CMN n 2.471/98.</p><p>UO: 74101 - Recursos sob a Superviso da Secretaria do Tesouro Nacional - Ministrio da Fazenda</p><p>Produto: - Unidade de Medida: -</p><p>Linha de CrditoImplementao</p><p>Semestralmente, as instituies financeiras solicitam ao Tesouro Nacional os valores correspondentes aos descontos por elas concedidos aos muturios finais, detentores de dvidas rurais repactuadas no mbito do PESA. A COPEC processa os pedidos em sistema prprio de acompanhamento, com base no estoque de Certificados do Tesouro Nacional, emitidos como garantia das operaes de renegociao, atualiza os valores e efetua o pagamento.</p><p>Detalhamento da Implementao</p><p>Base Legal da Ao</p><p>Lei n 9.138/95, Lei n 9.866/99, Lei n 10.437/02, Lei n 10.696/03...</p></li></ul>