metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisadores da união...

Download Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisadores da União Soviética e Rússia

Post on 18-Nov-2014

295 views

Category:

Science

10 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Slides apresentados na defesa de tese de Roberto Lopes dos Santos Junior, em 17 de março de 2014, junto ao PPGCI UFRJ-IBICT

TRANSCRIPT

  • 1. PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM CINCIA DA INFORMAO DOUTORADO EM CINCIA DA INFORMAO (PPGCI-UFRJ-IBICT) METRIAS DA COMUNICAO E INFORMAO CIENTFICAS E A CONTRIBUIO DOS PESQUISADORES DA UNIO SOVITICA E RSSIA ROBERTO LOPES DOS SANTOS JUNIOR Orientadoras : Rosali Fernandez de Souza Lena Vania Ribeiro Pinheiro
  • 2. Contextualizao da pesquisa Pas com status de influente potncia internacional - grau de investimento em Cincia e Tecnologia - desenvolvimento de reas de pesquisa e desenvolvimento; - formao de centros de pesquisa de qualidade ; - produo acadmica (artigos cientficos, comunicaes em congressos, entre outros) e de patentes; e - fomento inovao nas empresas e instituies pblicas e privadas Rssia ( antiga Unio Sovitica) superpotncia: - campo cientfico e tecnolgico expressivo; - consolidao das reas em cincia e tecnologia na URSS; - quantificao da produo cientfica e tecnolgica ; - prognsticos do desenvolvimento de C&T ; e - desenvolvimento de estudos cientomtricos.
  • 3. Definio da ambincia da pesquisa Estudos mtricos ou de carter quantitativo na URSS - incio : final do sculo XIX e incio do sculo XX - consolidao: dcadas de 1960 e 1970 - continuao das atividades na Rssia aps a dissoluo da URSS em 1991 (WOUTERS, 1999) Contribuies de autores russos/ soviticos para esse campo de estudo: - V. Nalimov 1910-1997 - G. Dobrov 1929-1989 (repblica sovitica da Ucrnia) - A. I. Mikhailov 1905-1988 - V. Markusova aps o fim da URSS
  • 4. Questes da pesquisa De que forma ocorreu o desenvolvimento dos estudos de metrias na antiga URSS e na Rssia ps- sovitica? Quais as principais temticas analisadas e discutidas pelos pesquisadores lderes em metrias, na URSS e Rssia?
  • 5. JUSTIFICATIVA representatividade numrica e de contedo da produo bibliogrfica sovitica em estudos mtricos reconhecimento da contribuio da pesquisa russo/sovitico para o desenvolvimento das metrias - especialmente bibliometria e cientometria - e o fato dessa produo ser pouco estudada no Brasil e no exterior possibilidade de investigar produo cientfica publicada de Nalimov, Dobrov, Mikhailov e Markusova que se encontra em lngua inglesa, francesa e espanhola.
  • 6. Hiptese a contribuio de determinados autores oriundos da antiga URSS e da Rssia ps- comunista referente aos estudos tericos relacionados cientometria, bibliometria e informetria consistente e o cenrio russo- sovitico relevante para o desenvolvimento e evoluo dessas disciplinas cientficas.
  • 7. OBJETIVOS Objetivo Geral analisar a produo cientfica em estudos de metrias da comunicao e informao cientfica na antiga Unio Sovitica e Rssia, a fim de identificar autores e sua contribuio para o desenvolvimento dos estudos quantitativos Objetivos especficos estudar o cenrio histrico do campo cientfico e tecnolgico da antiga URSS e Rssia, buscando contextualizar origem, trajetria e instituies onde os estudos mtricos foram desenvolvidos identificar os principais temas estudados pelas mtricas em informao cientfica na antiga URSS/ Rssia - meados da dcada de 1960 at o incio dos anos 2000 - e temas referentes comunicao cientfica e polticas de investimentos nos setores em Cincia e Tecnologia, visando a conhecer a contribuio do russo/sovitico nesse campo de estudo
  • 8. METODOLOGIA Pesquisa de natureza documental-descritiva e exploratria, contemplando trs etapas marcantes: Primeira parte: levantamento e discusso das origens, evoluo e desenvolvimento dos estudos de metrias, destacando principais caractersticas e reas interdisciplinares Segunda parte: identificao do estado da arte em Cincia, Tecnologia e Inovao na antiga Unio Sovitica e Rssia, destacando informaes sobre a evoluo e consolidao dos estudos de metrias durante o sculo 20 e incio do sculo 21 Terceira parte: estudo da produo dos autores Nalimov, Dobrov, Mikhailov e Markusova para identificar os principais conceitos e tpicos que nortearam as respectivas pesquisas em metrias na URSS/ Rssia
  • 9. Metodologia de Coleta de Dados Reviso de literatura do desenvolvimento histrico e principais caractersticas dos estudos de metrias em geral Fontes de naturezas diversas (livros, artigos de peridicos, comunicaes em congressos) de reas do conhecimento diferentes para embasar a investigao dos estudos mtricos na antiga URSS e Rssia: - fontes das reas da Histria da Cincia, Sociologia da Cincia, Filosofia da Cincia e Cincia da Cincia - fontes referentes ao desenvolvimento dos estudos mtricos na URSS aps 1956 Revistas cientficas onde Nalimov, Dobrov, Mikhailov e Markusova publicaram artigos, com destaque para as revistas Industrial Laboratory, Research Evaluation e Technological Forecasting and Social Change.
  • 10. Principais fontes consultadas dos autores analisados MIKHAILOV: livros Fundamentos da Informatika (1968), Curso introdutrio sobre informao / documentao (1971) e Comunicao Cientifica e Informatika (1976), em colaborao com A. Chernyi e R Gilyarevskyi DOBROV e NALIMOV, produo em peridicos de diferentes reas, livro Cientometria (1969), escrito por Nalimov e Mulchenko MARKUSOVA, artigos e apresentaes em congressos e simpsios realizados entre as dcadas de 1990 e 2000; conferncias realizadas pelo International Society for Scientometrics and Informetrics (ISSI)
  • 11. REFERENCIAL TERICO
  • 12. Estudos de Metrias Bibliometria : (...) estudo dos aspectos quantitativos da produo, disseminao e uso da informao registrada. (...) desenvolve padres e modelos matemticos para medir esses processos, usando seus resultados para elaborar previses e apoiar tomadas de decises (VANTI, 2002, ). Cientometria: (...) estudo de aspectos quantitativos da cincia como uma disciplina ou uma atividade econmica. Faz parte da sociologia da cincia e tem sua aplicao nas decises polticas sobre a cincia.. Tague-Sutcliffe (1992) Informetria: (...) estudo dos aspectos quantitativos da informao em qualquer formato, e no apenas registros catalogrficos ou bibliografias, referente a qualquer grupo social, e no apenas aos cientistas. A informetria pode incorporar, utilizar e ampliar os muitos estudos de avaliao da informao que esto fora dos limites da bibliometria e cienciometria (MACIAS-CHAPULA, 1998,). Webometria: (...) uso das tcnicas bibliomtricas para estudar as relaes entre diferentes sites em ambiente Web (ROBREDO, VILAN FILHO, 2010)
  • 13. ESTUDOS DE METRIAS NA CI tcnicas quantitativas e estatsticas de medio dos ndices de produo e disseminao do conhecimento cientfico (FONSECA, 1986 & ARAJO, 2006)
  • 14. Evoluo e desenvolvimento de setores em Cincia e Tecnologia na URSS e Rssia (1920-1945) ANOS 1920 - surgimento de universidades e centros de pesquisa - criao de institutos ligados rea militar, econmica e a campos como medicina e comunicao, favorecendo a descentralizao das pesquisas produzidas no pas - reestruturao da Academia de Cincias russa ANOS 1930-1940 - aumento do nmero de profissionais possuidores de um nvel educacional elevado : de 543 mil em 1928 para mais de 2 milhes e 500 mil em 1941 1936 1940 perodo de represso Stalin - centenas de cientistas expurgados de seus cargos, presos e executados Segunda guerra mundial - centros de pesquisa e institutos transferidos ou diminuram atividade - intelectuais e cientistas sofreram grandes provaes
  • 15. Evoluo e desenvolvimento de setores em Cincia e Tecnologia na URSS e Rssia (1945-1970) 1945-1953 - polticas repressivas do partido comunista - rgido controle ideolgico aos trabalhos cientficos - cientistas e pesquisadores afastados de suas atividades, presos ou executados ANOS 1950 - 1960 - investimentos em fsica e cosmonutica proporcionando maior prestgio internacional URSS - primeira bomba atmica Sovitica (1949), satlite Sputnik e o primeiro homem no espao, Yuri Gagarin - desenvolvimento e consolidao do sistema de informao cientca (VINITI em 1952) ANOS 1970 - pice dos setores em Cincia e Tecnologia - crescimento de institutos cientficos na URSS (de 3.447, em 1950, para 5.327 em 1975 - aumento de mais de cinquenta por cento em 25 anos)
  • 16. Evoluo e desenvolvimento de setores em Cincia e Tecnologia na URSS e Rssia (1980 em diante) 1980-1991 - descentralizao de recursos e de investimentos - diversificao da estrutura de dependncia do complexo militar industrial e da Academia de Cincias Sovitica 1992-1996 - Mudanas na antiga estrutura cientfica sovitica, com o fim ou adaptao de projetos e investimentos para a nova realidade no comunista 1996-2000 - recuperao do campo cientfico e tecnolgico (criao de cidades tecnolgicas, zonas econmicas especiais e de centros de inovao, criao de laos cientficos com o ocidente, instituio de prmios para a criao de novos produtos) a partir de 2000 - reestruturao d