mercurio transporte aerio

Download Mercurio transporte aerio

Post on 07-Nov-2014

825 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

http://mercurio-azougue.blogspot.com.br/2013/02/transporte-aerio-de-mercurio.html acesse o link para ir ao site e saber onde comprar mercurio para garimpo

TRANSCRIPT

  • 1. REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAO CIVIL RBAC n 175 EMENDA n 00 Ttulo: TRANSPORTE DE ARTIGOS PERIGOSOS EM AERONAVES CIVIS Aprovao: Resoluo n 129, de 8 de dezembro de 2009, publicada Origem: no Dirio Oficial da Unio, N 235, S/1, de 09/12/2009 SSO/SARSUMRIOSUBPARTE A DISPOSIES GERAIS175.1 Aplicabilidade175.3 Termos e definies175.5 Limitaes e proibies175.7 Excees relacionadas a equipamentos de operador e itens de reposio175.9 Excees para operaes especiais de aeronaves175.11 Excees para passageiros e tripulantesSUBPARTE B DAS RESPONSABILIDADES175.13 Aplicabilidade175.15 Das responsabilidades175.17 Responsabilidades do expedidor de carga area175.19 Responsabilidades do operador de transporte areo175.21 Responsabilidades do operador de um terminal de carga areaSUBPARTE C SEGURANA E CAPACITAO175.23 Aplicabilidade175.25 Da segurana175.27 Do reporte de discrepncia, acidente ou incidente175.29 Formao e treinamento de pessoal175.31 Procedimentos de emergncia para incidentes/acidentes com artigos perigosos em voo ou em terraSUBPARTE D REGRAS ESPECFICAS DE MANUSEIO175.33 Aplicabilidade175.35 Separao de explosivos175.37 Oxidantes e oxignio comprimido175.39 Artigos venenosos e infecciosos Divises 6.1 e 6.2175.41 Artigos radioativos Classe 7SUBPARTE E DO PROCEDIMENTO PARA EXPEDIO175.43 Aplicabilidade175.45 Identificao175.47 Classificao175.49 Embalagem175.51 Requisitos de testes de embalagem175.53 Marcao175.55 Etiquetagem175.57 Documentao
  • 2. Data da emisso: 8 de dezembro de 2009 RBAC n 175 Emenda n 00 SUBPARTE A DISPOSIES GERAIS175.1 Aplicabilidade (a) Este Regulamento estabelece os requisitos aplicveis ao transporte areo domstico einternacional de artigos perigosos em aeronaves civis registradas ou no no Brasil e a qualquerpessoa que executa, que intenciona executar ou que requisitada a executar quaisquer funes ouatividades relacionadas ao transporte areo de artigos perigosos, incluindo: o operador do transporteareo e toda pessoa responsvel pelo oferecimento ou aceitao de carga area; tripulaes eempregados, inclusive pessoal contratado que recebe cargas, passageiros e bagagem ou quemanuseia, carrega e descarrega carga; o passageiro do transporte areo que leve qualquer artigoperigoso consigo ou em bagagem de mo ou despachada; o fabricante e o montador de embalagenspara o transporte areo de artigos perigosos; e o operador de um terminal de carga area. (b) O transporte de artigos perigosos em aeronaves civis brasileiras ou estrangeiras com origem,destino, trnsito e sobrevoo em territrio brasileiro, bem como a embalagem, a identificao, ocarregamento e o armazenamento desses artigos, ficam condicionados aos cuidados e restriesprevistos neste RBAC e nas Instrues Tcnicas para o Transporte Seguro de Artigos Perigosospelo Modal Areo - DOC. 9284-AN/905 da Organizao da Aviao Civil Internacional - OACI ouregulamento equivalente vigente reconhecido e utilizado nacional e internacionalmente paraembarques de artigos perigosos pelo modal areo. (c) Em casos de extrema urgncia ou quando outras modalidades de transporte no sejamapropriadas ou quando o cumprimento de todas as condies exigidas seja contrrio ao interessepblico, a ANAC pode isentar o cumprimento do previsto neste Regulamento, desde que em taiscasos sejam tomadas as providncias adequadas para atingir um nvel geral de segurana notransporte equivalente ao nvel de segurana previsto pelas disposies deste RBAC. (1) no caso de sobrevoo do territrio brasileiro, se nenhum dos critrios para conceder umaiseno for relevante, uma iseno pode ser concedida pela ANAC baseada unicamente nos critriosequivalentes de segurana para o transporte areo.175.3 Termos e definies - Acidentes Imputveis a Artigos Perigosos significa toda ocorrncia associada e relacionadacom o transporte, pelo modal areo, de artigos perigosos que resulte em leso grave ou morte a umapessoa ou danos maiores propriedade. Um acidente imputvel a artigo perigoso pode constituirum acidente aeronutico, conforme especifica o Anexo 13 da Conveno sobre Aviao CivilInternacional. - Aeronave Cargueira significa toda aeronave, que no de passageiros, que transportamercadorias ou bens tangveis. - Aeronave de passageiros significa toda aeronave que transporte pessoas outras que nomembros da tripulao, empregados do explorador que voam por razes de trabalho, representantesautorizados das autoridades nacionais competentes ou acompanhantes de alguma entrega ou outracarga. Origem: SSO 2/29
  • 3. Data da emisso: 8 de dezembro de 2009 RBAC n 175 Emenda n 00 - Artigo perigoso significa artigo ou substncia que, quando transportada por via area, podeconstituir risco sade, segurana, propriedade e ao meio ambiente e que figure na Lista deArtigos Perigosos TABELA 3-1 do DOC. 9284-AN/905 ou esteja classificada conforme oDOC. 9284-AN/905. - Dispositivo de carga unitizada (Unit Load Device - ULD) significa todo tipo de continer decarga, continer de avio, palete de aeronave com rede ou palete de aeronave com rede sobre umiglu. NOTA: Esta definio no inclui as embalagens externas. - Embalado significa o produto final da operao de empacotamento a embalagem em si e seucontedo , preparado de forma idnea para o transporte. - Embalagem significa os recipientes e outros componentes ou materiais necessrios sua funode conteno. - Estado de origem significa o Estado onde a mercadoria a bordo de alguma aeronave foioriginalmente carregada. - Estado do Operador significa o Estado onde est localizado o escritrio principal do operadorde transporte areo ou, se no houver escritrio, a residncia permanente do mesmo. - Exceo significa toda disposio deste RBAC que exclui item especfico considerado artigoperigoso do cumprimento de requisitos normalmente aplicveis a tal item. - Incidente imputvel a artigos perigosos significa toda ocorrncia no enquadrada nadefinio de acidente atribuda ao transporte areo de artigos perigosos, no necessariamente abordo de uma aeronave, de que resultem leso pessoa, danos propriedade, incndio, ruptura,derramamento, vazamentos de fludos ou de radiao e qualquer outra manifestao que ocasionevulnerabilidade integridade da embalagem. Qualquer ocorrncia ou discrepncia relacionada aotransporte de artigo perigoso que ponha em risco a sade, a segurana, a propriedade e o meioambiente tambm considerada um incidente. Um incidente imputvel a artigo perigoso podeconstituir um incidente aeronutico, conforme especifica o Anexo 13 da Conveno sobre AviaoCivil Internacional. - Incompatvel significa os artigos perigosos que, caso misturados, podem gerar calor ou gasesperigosos ou produzir substncia corrosiva. - Iseno significa toda autorizao emitida pela ANAC que exime o cumprimento de requisitoprevisto neste RBAC. - Leso grave significa qualquer leso sofrida por uma pessoa em um acidente e que: (a) requeira hospitalizao durante mais de 48 horas, iniciada no perodo de sete dias contados apartir da data em que sofrida a leso; ou Origem: SSO 3/29
  • 4. Data da emisso: 8 de dezembro de 2009 RBAC n 175 Emenda n 00 (b) cause fratura de algum osso (com exceo de fraturas simples no nariz ou nos dedos dasmos ou dos ps); ou (c) cause laceraes que levem a hemorragias graves, leses nos nervos, msculos ou tendes;ou (d) cause danos a qualquer rgo interno; ou (e) cause queimaduras de segundo ou terceiro grau ou outras queimaduras que afetem mais de5% da superfcie do corpo; ou (f) seja atribuvel ao contato comprovado com substncias infecciosas ou exposio a radiaesprejudiciais. - Membro da tripulao significa pessoa que recebe obrigaes do explorador a serem cumpridasa bordo durante o perodo de servio do voo. - Nmero da ONU significa nmero de quatro dgitos designado pelo Comit de Peritos emTransporte de Artigos Perigosos das Organizaes das Naes Unidas - ONU que serve paraidentificar uma substncia ou um determinado grupo de substncias. - Produto controlado significa artigo ou substncia cujo transporte por via area depende deautorizao de rgo competente, mesmo que no considerada artigo perigoso. - Sobre-embalagem significa embalagem utilizada por um nico expedidor que contenha um oumais volumes e constitui uma unidade para facilitar sua manipulao e movimentao. NOTA: Esta definio no inclui os dispositivos de carga unitizada.175.5 Limitaes e proibies (a) proibido o transporte, em aeronaves civis, de substncias suscetveis de explodir, reagirperigosamente, produzir chamas ou produzir, de maneira perigosa, calor ou emisses de gases ouvapores txicos, corrosivos ou inflamvei

Recommended

View more >