Merchandising e Exibitécnica - Estudos de Campo

Download Merchandising e Exibitécnica - Estudos de Campo

Post on 14-Mar-2016

275 views

Category:

Documents

54 download

DESCRIPTION

Serie de estudos de campo realizados pelos alunos dos cursos de Publicidade, Propaganda, Arquitetura e Urbanismo da UniSEB

TRANSCRIPT

  • Merchandising e Exibitcnica Curso de Publicidade e Propaganda Curso de Arquitetura e Urbanismo

    Estudo de Campo em Pontos de Venda na Cidade de Ribeiro Preto

    Superviso: Dr. Csar Muniz Ribeiro Preto, abril de 2012

  • 1

    Carrefour Ribeiro Preto, 11 de abril de 2012

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV

    O Carrefour uma rede internacional de hipermercados e supermercados, varejistas e atacadistas fundado na Frana em 1960. No Brasil, a rede atua desde 1975 e possui hoje mais de 170 lojas em 14 estados brasileiros. uma das mais importantes redes de hipermercados no pas e comercializa desde produtos alimentcios at mveis e eletroeletrnicos. A loja de Ribeiro Preto (a qual analisamos) est instalada dentro do Ribeiro Shopping, o mais tradicional e antigo da cidade.

    Com mais de 15 mil lojas espalhadas pelo mundo, o Grupo Carrefour ocupa o segundo lugar do varejo mundial. H 40 anos, destaca-se como um dos lderes mundiais em distribuio de alimentos. Atualmente so mais de 15.500 lojas espalhadas pelo mundo. Alm de hiper e supermercados, plataforma de vendas online, lojas de hard discounts e de convenincia, o leque de servios se amplia ainda com a rede de farmcias, postos de gasolina, banco e cartes de compras. Pioneiro em pases como o Brasil (1975) e China (1995), o Grupo opera atualmente em trs grandes mercados: Europa, Amrica Latina e sia. Com presena marcante em 33 pases, mais de 56% do volume de negcios do Grupo deriva de fora de Frana.

    Com 36 anos de atuao no Brasil, o Grupo Carrefour tem em seu quadro de colaboradores a representao de toda a diversidade cultural desse pas. So mais de 70 mil colaboradores Carrefour e Atacado que compartilham com fornecedores e parceiros o compromisso de satisfazer e encantar os consumidores e construir o sucesso da rede. So mais de 500 lojas e diferentes pontos de contato por onde passam diariamente mais de 1 milho de pessoas.

  • 3 Planta de localizao na cidade O Carrefour est localizado dentro do Ribeiro Shopping, na Avenida Coronel Fernando Ferreira Leite, Jardim

    califrinia. Situado entre o Subsetor Sul 1, Subsetor Sul 2 e Subsetor Sul 3.

  • 4

    Planta baixa (esquemtica) setorizao

    A setorizao do Carrefour se iguala a setorizao de Hipermercados de outras redes. Lojas e farmcias esto situadas na entrada e na lateral do PDV, os caixas esto localizados frente, os produtos

    de maior procura ficam centralizados no PDV e produtos que necessitam de refrigerao, grande espao ou at mesmo, necessitam ficar separados dos demais produtos, esto localizados no fundo do PDV.

    Os eletrodomsticos e eletrnicos se localizam direita no PDV, mantendo assim, essesprodutos separados das comidas e derivados.

  • 5

    Planta baixa (esquemtica) fluxos principais e secundrios

    Os fluxos principais e secundrios do PDV esto sinalizados na planta baixa pelas cores branca e rosa, sendo, circulao principal e secundria, nessa sequencia.

    O fluxo principal se baseia pela grande circulao de pessoas que por ali passam e pela grande circulao de pessoas que por ali passam e pela interligao do mesmo com outros ambientes no PDV.

    O fluxo secundrio se baseia por ser um lugar onde no h um fluxo intenso de pessoas. No caso do PDV, o fluxo secundrio est localizado entre as gondolas altas que alm de servirem como suporte para os produtos, servem como paredes, assim, separando um corredor do outro.

  • 6

    Imagens da fachada

    O Carrefour conta com quatro entradas e seis fachadas, considerando as diversas formas de um consumidor que est fora do Hiperpermercado tem de visualizar que al o Carrefour, contamos como fachadas as visualizaes que se no esto diante de uma portaria do supermercado so indicativas de que h alguma ao lado. As fachadas externas loja, fora do shopping so notrias a longa distancia da rea do shopping e conta com o reforo, tambm externo de totens indicadores da presena da loja por al. As fachadas do Hipermercado, tanto para quem entra pelo estacionamento quanto para quem entra por dentro do shopping, so mais tmidas e servem como indicativas e orientadoras da localizao da loja.

  • 7

  • 8

  • 9

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    Localizado numa rea nobre da cidade de Ribeiro Preto (regio Sul), o Carrefour est situado dentro do Ribeiro Shopping o que agrega certo valor sua localizao e acesso. um lugar privilegiado e que conta com algumas facilidades como estacionamento, acesso ao shopping e horrios estendidos. Em geral, a planta do local muito bem organizada e distribuda. um espao exageradamente grande, levando em considerao todo o espao administrativo, estoque e ponto de venda. difcil visualizar as duas extremidades do local de um mesmo lugar devido ao seu tamanho. Quanto a distribuio e setorizao do hipermercado observamos uma facilidade em circular por todos os espaos. Os setores so bem divididos e no se misturam. Porm se nota certa dificuldade para localizao de algumas categorias devido a imensido e infinidade de produtos. Mas em geral conclumos que, assim como as outras grandes redes de hipermercados, o Carrefour tem um padro para montagem e disponibilidade de seus mobilirios e equipamentos.

    Por ser to grande conta com quatro entradas e seis fachadas. Consideramos como fachadas as visualizaes que, se no esto diante de uma portaria do supermercado, so indicativas de que h alguma ao lado. As fachadas externas loja, fora do shopping, so notrias a longa distancia da rea do shopping e contam com o reforo, tambm externo de totens indicadores da presena da loja al.

  • 10

    Espao lugar e Ambiente

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    O Carrefour no foge a regra dos hiper e supermercados, na tentativa de tornar o lugar o mais agradvel possvel

    para seus consumidores, com ambincias favorveis a isso. A ideia passar a calma, a serenidade e o aconchego do lar no supermercado, tornando-o uma extenso da casa de seus consumidores. A luz agradvel e que ajuda a facilitar a visualizao dos produtos, h uma tentativa de harmonizar a ambincia sonora com a implantao de uma rdio interna, e ambientar cada lugar com o cheiro de seus produtos correspondentes, algumas vezes de forma natural outras propositalmente, como uma ferramenta de divulgao. Como pegamos a poca de divulgao de pscoa, para visitarmos a loja todas as ambincias eram manipuladas para que o esprito da pscoa estivesse presente por toda a loja, principalmente nos pontos de venda dos ovos onde a decorao predominante era a das marcas fabricantes de chocolate e a exposio dos ovos, porm no se limitavam a esse espao. Produtos como desodorantes com cheiro de chocolate e bebidas lcteas de chocolate tambm ganhavam destaque, a fim de remeter Pscoa. Na rdio interna, algumas canes pascoais e narrao lembrando a data. Todos esses elementos e modificaes no ambiente, so feitos na tentativa de tornar um espao agradvel e que ultrapasse o limite do espao de compra, mas tambm do bem estar, da diverso, de estar com a famlia, etc.

  • 11

  • 12

    Ambincia acstica

    comum a super e hipermercados serem lugares ruidosos, tanto pelo sistema sonoro, presente principalmente nos supermercados, quanto pela movimentao de consumidores. No hipermercado Carrefour a ambincia acstica se d atravs de vrias fontes de rudos. Durante nossa pesquisa de campo observamos que a Ambincia acstica no Carrefour bastante dependente do lugar onde voc se encontra na loja, h lugares em que pudemos notar uma grande movimentao de pessoas o que desencadeava com a aglomerao bastante rudo, gritaria, soms que nos impediram de perceber por exemplo a existncia do sistema de som do local. Tambm notamos que alguns aparelhos da loja, tal como os frizers de congelados, alteravam a ambincia sonora, quando nos aproximvamos deles, que emetiam o barulho dos motores. Em lugares mais afastados, como no setor de vinhos ou bebidas, a ambincia agradvel, com msica bastante baixa, que nos corredores largos do setor dava quase a sensao de silncio. Por se tratar de um ambiente bastante familiar a presena de muitas crianas, chorando, conversando, pedindo por coisas, tambm influenciou a forma como percebemos a ambincia acustida da loja. De um modo geral, apenas em locais de muita aglomerao a ambincia realmente era desfavorvel ao consumidor, porm chamava bastante ateno para o local se tornando em algo positivo para o Hipermercado.

  • 13

  • 14

    Ambincia luminosa

    A ambincia luminosa nos hipermercados padronizada pela formao de fileiras de luz fria, o ambiente nos supermercados em geral bastante claro, para ajudar o cliente na escolha dos produtos com facilidade, facilitar a leitura de rtulos, etc. Haviam poucos pontos em que uma luz de preenchimento ou destaque, alguns dos lugares em que haviam essas luzes foi em congeladores e frzeres, tambm em reas como a de vinhos ou farmcia, onde se destacam alguns produtos com essa tcnica. Havia tambm uma iluminao especial e totalmente diferente para locais da loja, como a rea de eletroeletrnicos, a iluminao atrelada a pintura do local

  • 15

  • 16

  • 17

    Ambincia trmica e higromtrica

    Tanto os supermercados quanto os hipermercados possuem setores que dividem e organizam diferentes categorias de produtos. Os setores em que esto localizados alimentos perecveis e que precisam de armazenamento refrigerado, geralmente esto posicionados ao fundo ou laterais do ambiente para manter a temperatura e a refrigerao. Nestes ambientes, a sensao trmica bem mais fria e mida que os demais devido aos diversos frzeres, geladeiras, balces e prateleiras refrigeradas. J nos demais setores, a ambincia trmica se d pelo ar condicionado e, em geral, varia de acordo com a quantidade de pessoas aglomeradas, uma vez que a sensao trmica produzida pelo ar condicionado depende da quantidade de pessoas no ambiente, quanto mais pessoas mais quente fica o ambiente.

  • 18

  • 19

    Ambincia olfativa

    Os supermercados e hipermercados rene os mais diversos tipos de produtos em diferentes setores. A ambincia olfativa varia muito de setor para setor. Nos setores de alimentos perecveis, mais precisamente de carnes e frios, por se tratar de produtos frescos, o cheiro muito forte e muitas vezes causam desconfortos. J na padaria, onde pes, bolos e doces so assados a toda hora, a ambincia olfativa forte, porm mais agradvel. Nos setores de produtos para limpeza, a ambincia olfativa fica poluda por diversos aromas e perfumes diferentes, muitas vezes cheiros fortes, o que torna a ambincia deste setor desconfortante. Em contrapartida, existe setores que quase no se percebe cheiro algum, por exemplo os setores de eletrodomsticos e eletroeletrnicos e vesturio. No geral, a ambincia olfativa do Carrefour se difere por setores, ou so muito percebidas ou no so percebidas e quando existe o cheiro, ele forte demais ou ruim.

  • 20

  • 21

  • 22

    Outras ambincias relevantes

    O setor de jardinagem rene diversos produtos e mveis voltados para ambientes externos da casa. Podemos observar que no Carrefour este setor um pouco abandonado e descuidado. O mveis, em geral de tamanho grande, ficam todos amontoados e empilhados, sem organizao nenhuma.

    J o setor de utilidades domsticas mostra um pouco mais de organizao, porm falta um pouco de identificao nos produtos. difcil encontrar o que se procura, pois so produtos pequenos e muito variados que juntos quase impossvel descobrir onde est cada um. J o setor em si est bem destacado dos demais. Existe um piso de madeira para se diferenciar dos demais setores do hipermercado que cria uma ambincia diferenciada e traz uma sensao de conforto do lar

  • 23

  • 24

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    Como lugar o Carrefour bastante favorecido, sua localizao privilegiada por estar situado no maior e mais tradicional shopping da cidade de Ribeiro Preto, ele ocupa uma grande rea, incluindo seu estacionamento no parque empresarial que abriga o shopping, no entanto estando dentro do shopping par o cliente o acesso loja desfavorecido, por no estar localizado prximo a nenhuma das portas do shopping, sendo posicionado estrategicamente ali forando os clientes a percorrerem um longo trajeto por entre os corredores do shopping para localizar a loja, forando a vista das vitrines e ofertas das lojas do complexo. O Carrefour um espao de compras, porem subjetivamente para muitas pessoas a loja do Carrefour, por conta de sua grande variedade na oferta de produtos o espao de diverso, de encontro com amigos, de passear com a famlia, etc. Suas ambincias so favorveis, no sentido de tentar prender o cliente no interior da loja o maximo possvel, luz favorvel a leitura, temperatura ambiente e agradvel, pouca presena ou propagao de rudos, tornando o ambiente acochegante.Equipamentos e mobilirio

    Gndolas

    No setor que analisamos (alimentcio e perfumria) pudemos observar uma grande quantidade de gndolas, foi o tipo de mobiliaria predominante nestes setores. Desde gondolas altas, baixas at algumas com formatos especiais para adaptao e exposio dos produtos. Pudemos observar que havia em suas prateleiras uma variedade muito grande de itens, as gondolas acomodam desde salgadinhos e produtos alimenticios em geral, bebidas e tambem fraldas, shampoos e todo tipo de produto de perfumaria. o mobilirio mais utilizado em todos os setores do hipermercado.

  • 25

  • 26

  • 27

    Expositores

    Em alguns setores diferentes como por exemplo o textil e eletro contam com alguns tipos de expositores diferentes. Alguns para expor sapatos, culos e alguns aparelhos eletrnicos. Em geral observamos que eles so usados para expor produtos pouco mais diferenciados como os citados acima. Alm disso tambm notamos a presena de geladeiras expositoras de bebidas e refrigeradores para exposio de congelados e alimentos que precisam permanecer frios.

  • 28

  • 29

  • 30

    Ilhas

    Assim como a maioria dos hipermercados, o Carrefour conta com a presena de vrias ilhas no meio dos corredores com diferentes tipos de produtos. A maior concentrao das ilhas est no corredor central, onde o fluxo de pessoas maior. No dia da anlise os produtos encontrados nas ilhas eram ou do setor alimentcio ou de limpeza, mas isso no uma regra. Alm das ilhas notamos as pontas de gondola que tem praticamente a mesma estrutura de uma ilha com a ressalva de estrem na ponta das gondolas.

  • 31

  • 32

    Araras

    O nico setor em que pudemos observar este tipo de mobilirio dentro do hipermercado foi o setor de txtil. Em geral todas as roupas ficam expostas em araras de diferentes modelos. um setor expressivo dentro do hipermercado e que conta com um grande nmero de araras.

  • 33

  • 34

  • 35

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    O mobilirio do Carrefour muito variado por conta da grande variedade de produtos, alm do padro em gondolas altas e gondolas baixas para a rea alimentar e perfumaria, araras para as reas de vesturio e para exposies especiais Ilhas. Verificamos a presena de muitos displays, bacias de oferta, expositores diferenciados como os mostrados nas fotos:

  • 36

  • 37

  • 38

  • 39

  • 40

  • 41

  • 42

    Tabela com quantidades de equipamentos observados

    A anlise dos equipamentos e mobilirios foi feita nos setores alimentcio, txtil e perfumaria, o que equivale mais ou menos a metade do espao do hipermercado. Toda a contagem de equipamentos foi feita somente nesta rea o que significa que no todo h muito mais. Consideramos como outro tipos de equipamentos tudo aquilo que no era gondola, arara e nem ilha, por isso um indice elevado. Verificamos uma grande quantidade de displays, bacias e expositores diferenciados. Alm disso, as reas como salsicharia, aougue, padaria e peixaria no foram includos na anlise, pois tambm contam com um tipo especifico de mobilirio. Abaixo segue contagem das unidades dos tipos de mobilirios analisados.

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    Devido ao seu porte (hipermercado), o Carrefour conta com uma variedade muito grande de equipamentos e mobilirios por conta dos variados tipos de produtos. Voc pode comprar desde pneu, produtos eletrnicos, comida, plantas at roupas. Em sntese se trata de um ambiente setorizado que acaba se caracterizando por seus expositores que dependendo de cada setor mudam. Podemos observar desde ilhas enormes no meio dos corredores, displays criativos, gondolas grandes e pequenas e expositores dos mais variados tipos. um ambiente que com certeza exemplo de tipos variados de expositores. Em geral as gondolas se localizam no setor alimentcio, as araras no setor txtil e os expositores podem ser encontrados em todos os setores. Tudo isso muito bem organizado no espao, no existem corredores apertados e nem lugares difceis de percorrer.

    QUANTIDADES DE EQUIPAMENTOS OBSERVADOS

    GONDOLAS 43 unidades

    EXPOSITORES 22 unidades

    ILHAS 16 unidades

    ARARAS 57 unidades

    OUTROS TIPOS 89 unidades

  • 43

    Comunicao no Ponto de Venda

    Elementos de identidade visual

    O consumidor identifica o hipermercado e marca Carrefour pelas suas cores padro azul e verde, que esto por toda loja e pela sua logomarca, estampada no alto das sesses, juntamente com o nome indicativo , nas ilhas, gondolas e material informativo espalhados por todo hipermercado.

  • 44

  • 45

    Elementos de orientao

    Em aspectos gerais, h boa comunicao visual na loja do Carrefour do Ribeiro Shoppin. notado que h placas indicativas das sessesque so divididas por cores, indicaes de preos (bastante

    chamativos), promoes, etc. As sesses (ou setores de produtos), em geral, divididas em corredores, so identificadas por cores diferentes e

    os nomes so colocados no alto das prateleiras dos corredores correspondentes. O que analisamos foi a dificuldade de se identificar a localizao de cada sesso, pois no h nada que guie e direcione o cliente pela loja (como torres indicativas, por exemplo) e no possvel enxergar o nome da sesso a no ser que esteja na frente ou prximo do corredor em questo.

    Foi interessante observar que em algumas sesses , como a de iogurtes por exemplo, ao incio e final do corredor, so identificados, tambm por cores os tipos de produtos (iogurtes) ofertados ao consumidor , tais como diet/light, sobremesas, digestivos, etc., sendo esta uma facilidade para o consumidor encontrar o produto que deseja .

    Alm das placas indicativas dos setores, h outras tantas placas espalhadas pela loja que orientam e direcionam o cliente ,indicando caixas, caixas rpidos e preferenciais , leitoras de preos , banheiros, sadas, e outras informaes importantes ao consumidor.

  • 46

  • 47

  • 48

    Elementos de promoo

    Cartazes promocionais e de ofertas de fornecedores ficam pendurados no teto juntamente com cartazes de produtos em promoo promovidos pela loja , mas tantas informaes juntas podem ser confusas ao consumidor a primeira vista,no chamando ou prendendo sua ateno pra nenhuma de fato.

    Tambm h cartazes, em geral localizados nas pontas de gondolas e corredores indicando e promovendo produtos a preos atrativos- deixando-o estes em destaque .

  • 49

  • 50

  • 1

    CenouroAvenidaPortugal,1397JardimIraj05/04/2012

  • 2

    AspectosgeraisdoPontodevenda

    IdentificaoehistricodoPDV

    ComcincolojasemRibeiroPretoeumaemSertozinho,oCenouroumexemplodesucessonomercadodehortifrutigranjeiros.

    Maso caminho trilhadopara alcanar aestruturaquepossuihoje(300 funcionrios,unidades climatizadaseprodutosdeprimeirssimaqualidade)noocorreudeformamilagrosa.Aconteceupelapersistnciadedoisirmos:OdcioRobertoPugaeJooManoelAlexandrePuga,queherdaramdopai,OdcioPuga,umapequena lojanaVilaVirgnia,Av.PioXIIn611RibeiroPretoSP/Brasil.

    Com a mesma vocao do pai e desde 1992 no mercado, eles conquistaram a confiana de clientes efornecedorespelaexcelnciadosprodutosedoatendimentoqueoferecemnospontosdevenda.Desdeaprimeiraloja,comcincofuncionrios,ataredeatual,apreocupaocomoclienteecomosprodutossemprefoiconstante.

    Todas as lojas possuem ambiente climatizado, propiciando aos clientes conforto e comodidade durante ascompras;osprodutossopreviamenteselecionados(a lojacontacomoauxliodefornecedoresexclusivos)e,poressemotivo,estosemprefrescos.

    Segundoosdoisempresrios,osegredodosucessooempenho.Temmuitagentecombonsconhecimentosesabedoria,masqueno se empenha eno chega a lugarnenhum.Outra receitaparao xito proporcionarocrescimentogradualdaempresa,semgrandessaltos,pormdeformaconstanteeequilibrada.

    Plantadelocalizaonacidade

    OCenourolocalizasenaAvenidaPortugal,n1397,RibeiroPreto.IndicaoAuma localizaoprivilegiada,porestaremumadasavenidasprincipaisebemconhecidaemRibeiroPreto,

    comumamovimentaograndeedefcilacesso.prximaagrandesavenidascomoaAv.MaurilioBiagieaAv.Sen.CsarVergueiro.

  • 3

    Imagensdafachada

    Possuiumafachadasimples,comumaplacacontendoumlogodoCenouro.TemacessoaentradadoPDVeaoestacionamento.

  • 4

    SntesedosaspectosgeraisdoPDV

    A loja do Cenouro visitada e estudada realmente singular,muito bem posicionada e com uma estrutura

    impressionante.AempresasecaracterizacomoumaKillerstorepor,literalmente,engolirosconcorrentes,poistudooque vocprecisa em relao aumaquitandaoCenouropossui.Tambm trabalha comoutras vertentesinimaginveis, taiscomoadega,alade friosecongelados,padaria,espaos temticos (cafeteria, sorvetes), sendoquetodoprodutoexisteemabundncia,altaqualidadeepreo justo.Almdetudo isso,proporcionaaosclientesumamploestacionamentocomcapacidadeparamuitosveculos.Ovarejopossuiumaexcelenteluminosidadee,aindamaisimportante,arcondicionado.NoCenouroexistem

    sanitriosprpriosparafuncionrioseclientes,comcolaboradoresatodomomentomantendoalimpezadolocal.Alojacompostapormuitoselementosdeorientaoedeidentificaovisual,fazendocomqueosclientesestejamsemprebeminformadosemqualquerlugaroubuscanecessria.

  • 5

    EspaolugareAmbiente

    Aspectossubjetivosdoespao(tematizao)

    PodesedizerqueacafeteriaclassificadacomoprincipalambientetemticodoCenouro.um lugarmuito

    frequentado,ondeantesouapsascomprasosclientesvoparaaomenosconsumirotradicionalcafezinho.Nessarea encontrase tambm um freezer grande com sorvetes e umaminibanca de revistas, para que as pessoaspossamsesentar,consumiralgodacafeteriaeterrevistasdisposio.Issocaracterizaalojacomoumespaonosdecompras,mastambmdeencontrosedescanso.umambientetemticoaconcheganteparaqualquersexoeidade.

  • 6

  • 7

    Ambinciaacstica

    Aambinciaacsticada lojacompostapormsicaemvolumebaixoa todomomento.Asmelodiassoum

    poucomaiscalmas,oquefazcomqueoconsumidortenhatranquilidadenahoradacompraeescolhabemtudooquequerlevar.Almdisso,existeosomambientedepessoasconversandoebarulhodesacolasplsticasembalandoprodutos.

  • 8

    Ambincialuminosa

    Aambincialuminosadovarejomuitoboa,otipodeiluminaoutilizadadepreenchimento,existindono

    mnimo 60 elementos luminosos no teto da loja, capazes de deixarem o ambiente muito bem iluminado epermitiremaoconsumidorvermelhorosprodutos.Olocalpossui2grandesvidraasnofundodaloja,2nalateralemais2nafrente,emumtotalde6vidraas,oqueajudamuitoaclarelo,principalmenteduranteodia.

  • 9

  • 10

    Ambinciatrmicaehigromtrica

    A ambincia trmica da loja proporciona muito conforto aos clientes, uma vez que os aparelhos de ar

    condicionadoencontradosnolocalconseguemsuprirumatemperaturabemagradvelparaaspessoasemqualquerlugarqueestejamldentro.

  • 11

    Ambinciaolfativa

    Aambinciaolfativaevidenteemqualquer lugardentroda loja,atraindoocomprador.A todomomento

    possvelsentirocheirodasfrutas,emespecialagoiaba,omaracuj,alaranjaeorepolho.

  • 12

    Outrasambinciasrelevantes

    A adega do Cenouro uma ambinciamuito atrativa, poisnela possvel encontrar quase qualquer tipo e

    marca de vinhos, champagnes e cervejas. Em nenhum concorrente possvel encontrar tamanha variedade deprodutos.

  • 13

    Sntesedoespao,lugareambiente

    OespaofsicodoCenouroenormeetodaasuaestruturainternaemformatodeumquadrado.Oquemais

    chamaaatenoaambinciaolfativadolocal,poisemqualquercorredoroualadalojapossvelsentirocheirodasfrutas,principalmentedalaranja,domaracuj,dagoiabaedorepolho.Aambinciatrmicadalojaexcelente,poispossui arcondicionado ligadoo tempo todo,mantendouma temperatura agradvelno ambiente,oque seapresentacomoumfatormaisdoquenecessrionaregiodeRibeiroPreto.

    O varejo possui uma tima ambincia luminosa, o que ajuda no momento de deciso de compra doconsumidor,jquepossvelenxergarosalimentosbemiluminados,combrilho.Aambinciaacsticadalojanopoderia ser diferente da ambincia acstica de uma quitanda, com som ambiente o tempo todo, pessoasconversando ebarulhode sacolasplsticas embalandoprodutos. Tambm como ambincia acsticaoCenouropossuiumsistemadesom,comvriascaixasespalhadasaoredordalojaproporcionandomsicaaosclientes.

  • 14

    Equipamentosemobilirio

    Gndolas

    A lojavisitadapossuimuitasgndolasaltasencostadasnasparedes,facilitandoavisoemtodoorestantedo

    varejo.Nessasgndolaspossvelencontrarprodutoscomovinhos,champagnesefrutasemcalda,comotambmfrios,laticniosederivados.Asprimeirassofeitasdemadeiraconferindoumaspectomaisnobrecondizentecomasmercadoriasqueabrigaeasoutrassomuitosemelhantessdossupermercados.

  • 15

    Expositores

    Osexpositorespossuemprincipalmentefrutas,verduraselegumesconferidoaolugaroaspectodevarejo,que

    apropostainicial.Asmercadoriassomuitobemdivididaseembaladasnessesexpositoreseprximoacadaumencontramsesacolasplsticasparaoclientelevarosprodutosparacasa.Comoosexpositoressobaixos,possvelenxergartodaaextensodalojaatravsdeles.

  • 16

    Ilhas

    Foram encontradas ilhas expositoras de produtos congelados, as quais ficavam prximas de gndolas com

    outros produtos de geladeira.Nelas, foi possvel observar que, alm dos congelados, o Cenouro coloca algunsprodutosemoferta,apoiandoossobreasdivisriasdailhaefazendoumaespciede"torre"parachamaraatenodoconsumidor.

  • 17

    Sntesedosequipamentosemobilirio

    Por ser uma loja grande e com produtos muito variados, o Cenouro se diferencia de outros varejes,

    assemelhandose ao conceitodeumminimercado,onde encontrasede tudo: frutas, legumes, verduras, vinhos,condimentos,enlatados...Para issonecessrioquehajana lojaequipamentosemobiliriosdistintosparadividirbemtodosessesdiferentestiposdeprodutosnahoradeexplos.Alojatemcomoprincipaislugaresasgndolas,osexpositoreseasilhas,sendoqueasprimeriassoaltasese

    concentramrenteasparedesparanoatrapalharavisodoconsumidor;eaoutrasduasemseuespaocentral.Nasgndolasdemadeirapossvelencontrarprodutosmaissofisticados,criandoumambientenobreenasoutrasasmercadorias de geladeira. Nos expositores prevalecem os produtos de quitanda e nas ilhas, os congelados epromoes.

  • 18

    ComunicaonoPontodeVenda

    Elementosdeidentidadevisual

    AmaioriadoselementosdeorientaoepromoocitadosabaixoremetemaoCenouroporconteremsuascores,sloganoumarca.Omesmoacontececomouniformedosfuncionrios(laranjacomamarcaimpressa),quenodeixamdeestaraliparaorientar.

  • 19

    Elementosdeorientao

    OCenourorepletodeelementosdeorientao,desdeaentradadoestacionamentoatossanitriosexistem

    placas,indicandoeorientandoaspessoasemqualquerlugardaloja.Todosossetoresdecomprasocorretamenteidentificados,demonstrandoorganizao,cuidado,importnciaerespeitoaosclientes.

  • 20

    Elementosdepromoo

    Alojapossuimuitoselementosdepromoo,osquaisestoemformatodeplacaseseencontramemdestaque

    nomeiodosexpositoresegndolas,comumavisibilidademuitoboaparaosclientes.

  • 21

    Grupo:

    AfrnioRiulCristianeBraidottDboraBorges

    FabrcioKumasaka

  • 1

    DECATHLON Ribeiro Preto, 2012

    Andr Gazignato Salles Igor Rodrigues Marcus Yura

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV

    A Decatlhon foi a primeira grande loja de self-service de esporte e lazer, criada por Michel Leclercq em 1976 em uma cidade no norte da Frana. A loja tem o conceito de equipar todos os esportistas profissionais e amadores, e reunir todos os esportes no mesmo lugar. A Decatlhon possui produtos prprios e comercializa outras marcas de produtos esportivos. Em 1999 a Decatlhon abre suas primeiras lojas nos Estados Unidos e no Reino Unido e em 2003 a primeira loja na China.

    No ano de 2001 a Decatlhon chega ao Brasil, a primeira loja foi aberta em Campinas, interior de So Paulo. A empresa trouxe um novo conceito de vendas para o pas, oferecendo grande variedade de produtos e uma excelente relao custo-benefcio. Em 2006 foi a vez de So Paulo receber uma loja, localizada em um ponto estratgico da cidade, na Rodovia Raposo Tavares. Em 2007 mais uma loja foi aberta no Brasil, dessa vez na Baixada Santista. O projeto de expanso no Brasil continua, lojas sero abertas em locais estratgicos.

    A Decathlon oferece uma grande variedade de produtos, so mais de 15 mil artigos diferenciados em cada megastore, distribudos em amplas gndolas.

    A equipe de colaboradores da empresa formada por pessoas apaixonadas e praticantes de esportes, com isso h sempre profissionais capazes para ajudar os consumidores.

    A unidade de Ribeiro Preto foi inaugurada no ano de 2009 no Novo Shopping, a loja conta com um espao de 4.000 m, vende produtos para mais de 50 modalidades de esportes diferentes em um s lugar. Em Ribeiro Preto a loja fica localizada na Avenida Presidente Kennedy 1500.

    Planta de Localizao na Cidade

    A loja de Ribeiro Preto fica localizada em um importante Shopping, o Novo Shopping, um dos shoppings de

    maior movimento da cidade.

  • 3

    Planta Baixa (Esquemtica) Geral

    A Decatlhon de Ribeiro Preto tem um espao de 4.000 m, faz uso de gndola, iguais a de supermercados para

    expor seus produtos. O cliente pode andar pela loja livremente e testar os produtos antes de efetuar a compra.

  • 4

    Imagem da Fachada

    A fachada da Decatlhon Ribeiro Preto ampla, vrios produtos so expostos fora da loja, onde os consumidores

    podem ter um contato maior com o produto.

  • 5

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    A loja bem localizada dentro do shopping, contando com duas entradas, uma como entrada principal e outra com acesso ao shopping. Logo na entrada do ponto de venda o consumidor encontra um grande espao para acessar a loja, neste espao so expostos produtos para que todos possam test-los, ainda na entrada possvel encontrar uma quadra para a prtica de esportes e experimentao. O layout da loja conta com grandes espaos, e expositores de produtos. A loja no possui grande sofisticao na forma de expor os produtos. Suas gndolas so expostas na forma de grade ou matriz. A loja por ter fcil acesso tambm um ponto de segurana, em casos de emergncia possvel evacuar o local rapidamente.

  • 6

    Espao lugar e Ambiente

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    O espao que a loja dispe para exibir seus produtos muito amplo, com corredores largos e grandes. Como a loja oferece produtos para os mais diversos esportes, eles foram separados por categorias. Cada corredor sobre um esporte, assim o cliente pode encontrar tudo com mais facilidade para a prtica de determinado esporte. Esse esquema ajuda nas vendas, j que a venda de um produto pode impulsionar a venda de outro, por estar prximo. A loja disponibiliza produtos para serem testados, dentro da loja possvel andar de bicicleta, skate e at jogar bola. O corredor escolhido para realizar a anlise foi o de Roller e Skate, localizado no fundo da loja, de onde possvel visualizar os demais corredores. Ao anda pela loja a impresso que temos de que estamos em um supermercado, por causa da similaridade.

  • 7

    Ambincia acstica

    Por a loja ficar localizada em um shopping e ser muito ampla, o som percebido somente o de pessoas conversando e se movimentando pelo interior da loja. Quando est sem muito movimento a loja fica bem silenciosa. Sons vindo do exterior da loja so imperceptveis.

    Ambincia luminosa

    A loja usa uma iluminao de preenchimento, so luzes brancas espalhadas por todo o teto da loja, com a nica funo de clarear a loja e facilitar o reconhecimento do espao. Em nenhum ponto da loja usado outro tipo de iluminao, como a temtica ou a objetiva.

    Ambincia trmica e higromtrica

    O sistema de ar-condicionado da loja deixa o ambiente um pouco frio, mas nada que incomode.

  • 8

    Ambincia olfativa

    A loja no tem estmulos olfativos muito perceptveis pelo consumidor, em alguns corredores, como por exemplo o de bicicletas possvel sentir um cheiro de borracha provenientes dos pneus.

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    Toda a loja voltada para que o consumidor possa andar livremente e escolher os produtos que deseja, sem que ele precise de um vendedor para auxili-lo. Sendo assim os produtos so expostos em grandes gndolas. Assemelha-se a muitos supermercados pelo auto servio. Devido ao ambiente criado dentro da loja a facilidade de locomoo e de achar os produtos muito grande.

  • 9

    Equipamentos e mobilirio

    Gndolas

    Expositores

    Ilhas

    No setor em que fizemos anlise no tinha ilha, as ilhas ficavam somente no corredor de acesso a loja.

  • 10

    Araras

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    Dentro da loja possvel testar todos os produtos, nas gndolas os consumidores encontram os produtos marcados como teste.

  • 11

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    A loja equipada em sua maioria de gndolas, expositores e araras. Os produtos ficam expostos de maneira ordenada, o que possibilita uma segmentao setorial, diferenciando um esporte do outro.

    O uso desses mobilirios ainda possibilita dividir os produtos por tamanhos, modelos e cores. Como no caso dos rollers.

  • 12

    Comunicao no Ponto de Venda

    Elementos de identidade visual

    A Decathlon utiliza as cores de sua marca em todos os elementos visuais encontrados no ponto de venda, como faixas de gndolas, wobblers, e banners de identificao de setores.

    Elementos de orientao

    Dentro da loja possvel localizar elementos de orientao para os consumidores, eles ficam pendurados no teto e nas gndolas, para facilitar a visualizao.

    Elementos de promoo

    Os elementos de promoo, assim como os de orientao, ficam localizados pendurados no teto e nas gndolas.

  • 13

  • 1

    Fnac Ribeiro Preto, SP

    03/04/2012

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV

    Fnac (do francs Fdration nationale dachats des cadres) uma cadeia de lojas que opera no varejo, oferecendo produtos culturais e eletrnicos. Fundada por Andr Essel e Max Thret em 1954, a maior empresa varejista de sua categoria na Frana e uma das maiores cadeias do gnero no mundo, com mais de 15 milhes de clientes e uma renda de 3 bilhes de euros no ano de 2002. Sua sede localiza-se na cidade de Clichy, em Hauts-de-Seine.

    A Fnac foi fundada originalmente como um clube de associados que podiam comprar determinados produtos

    com desconto. A empresa alegava ser diferente da concorrncia por seu "posicionamento exclusivo de marcas, baseado na

    exaltao do prazer da descoberta de culturas e tecnologias", esse posicionamento levou a um processo continuo de treinamento de todos os vendedores em suas respectivas categorias de produtos, e a implementao de garantias de um ano s compras, aspectos que conceguimos ver at hoje em suas lojas.

    A Fnac Ribiro Preto, nona loja da rede no brasil, e loja na qual estabelecemos nossas anlizes, foi inaugurada no

    dia 5 de novembro de 2009 com a misso de ser a loja ancora da nova rea construda no complexo do Ribeiro Shopping.

    Desde sua fachada e por todo interior podemos identificar sinais que representam seu diferncial, o de proporcionar uma experincia que vai alm da compra, uma esperincia de descoberta de tudo que envolve cultura e tecnologia.

  • 3

    A Fnac Ribero Preto est localizado no Ribeiro Shopping o Mall mais tradicional da cidade, que por sua vez fica

    situado na Zona Sul, setor mais nobre do municpio.

    Localizao da Fnac em Ribeiro Preto

    Localizao da Fnac em Ribeiro Preto

  • 4

    Ela ocupa um grande rea em lugar bem proxmo as escadas rolantes de ascesso ao shopping, por tanto est em um lugar privilegiado.

    Localizao da Fnac dentro do Ribeiro Shopping

  • 5

    Planta baixa geral

  • 6

    1. Entrada da loja, setor de novidades; 2. Acessrios para informtica e telefonia; 3. Computadores, notebooks e net books; 4. Stand de exposio de produtos Apple; 5. Vdeo Games; 6. Fotografia; 7. udio e Vdeo; 8. Acessrios e perifricos para udio e vdeo 9. Livraria 10. CDs e DVDs 11. Papelaria e seo Goodies (produtos licenciados) 12. Espao Kids 13. Retirada de mercadorias 14. Espao para eventos culturais 15. Cafeteria 16. Revistaria 17. Caixas 18. Espao carto Fnac 19. Bilheteria/ Informaes/ Trocas/ Embrulho para presentes

    Planta baixa (setorizao)

  • 7

    O fluxo principal permite ao consumidor visualizar todos os setores da loja, e as gndolas baixas no impedem a viso dos produtos mais ao fundo.

    Fluxos secundrios por entre as prateleiras e gndolas permite uma visualizao detalhada de cada setor.

    Planta baixa (fluxo principal)

    Planta baixa (fluxos secundrios)

  • 8

    Por se localizar em uma esquina a facha da loja vista de diversos pontos diferentes do edifcio como podemos ver nas imagens acima. Imagem 1: Vemos o ponto de vista de quem caminha pelo corredor em frente a loja, possvel visualizar toda fachada, o logotipo mesmo a uma distncia consideravelmente distante permanece legvel e de fcil localizao no contexto, desse ponto tambm possvel visualizar a vitrine da loja com os produtos em destaque, um balco de servios, como informaes, bilheteria de eventos, embrulho para presente, vemos tambm uma pouco do interior da loja. Imagem 2: Ao nos aproximarmos pelo corredor localizado de frente a loja podemos observar os detalhes da vitrine, que quase sempre trs uma composio temtica, na ocasio da foto trazia produtos da marca LG em um display personalizado. Imagem 3: Momento em que o observador faz a curva em direo da loja, mesmo muito prximo ainda vemos uma boa parte da fachada e logotipo bem visvel. Imagem 4: J na imagem quatro o ponto de vista de quem caminha pelo corredor lateral a loja. A visualizao do nome da loja continua boa.

    Fotos da Fachada

    4 3

    1 2

  • 9

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    Situada em um shopping localizado em um lugar privilegiado da cidade de Ribeiro Preto, a Fnac oferece um amplo espao de compras sempre associadas a cultura.

    Seu espao oferece no apenas uma experincia de compra simples, possvel alem de encontrar aquilo que procura passar um bom tempo descobrindo e observando novos produtos, o fluxo proposto pelo design da loja combinados aos formatos e disposio dos mobilirios e ao atendimento especializado o que permite que uma visita ao ponto de vendas se transforme em um passeio, onde se pode descobrir e degustar novas experincias.

  • 10

    Espao lugar e Ambiente

    Para realizarmos uma analize mais detalhada escolhemos o setor Kids da loja.

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    O posicionamento da marca Fnac baseado na exaltao do prazer da descoberta de culturas e tecnologias sem duvida o tema de todo o espao da loja, isso no poderia deixar de estar presente na rea Kids.

    O setor foi arrumando para criar um espao que estimule a experimentao, o contato com os produtos.

    Acima podemos ver dois pontos de vista da entrada do setor, o ponto de vista de um adulto e o de uma criana, evidente que a preucupao ao projetar esse espao priorizar o ascesso da crianaas aos produtos, para que os maiores interessados possam experimentar todas as possiblidades.

  • 11

    Ambincia acstica

    Basicamente a ambincia acstica de todo o setor composta pelo som produzido pelo DVD em exibio, no

    caso de um filme sendo promovido, somado ao rudo do restante da loja, som de vozes e musicas provenientes de outros setores prximos.

    Outra forma de ambincia acstica, nesse caso individual, so os headfones acima, que possibilita a criana ouvir CDs e DVDs de personagens que muito provavelmente esto associados a inmeros produtos licenciados ao redor. O que torna a experincia muito mais completa, j que a criana pode ouvir a musica de determinado personagem, ao lado encontrar sua pelcia e um livro com sua histria por exemplo.

  • 12

    Ambincia luminosa

    O setor Kids recebe a mesma iluminao ambiente de preenchimento de toda a loja, ela composta de lmpadas fluorescente tubulares nas laterais para iluminar as prateleiras e lmpadas fluorescentes circulares no meio dos setores, iluminando todas as gndolas e ilhas.

    Um esquema de luz temtico compostos por globos de luz em tons de azul claro e branco completam a iluminao, causando um efeito relaxante no ambiente.

  • 13

    Ambincia trmica e higromtrica

    Toda extenso da Fnac Ribeiro Shopping climatizada com ar condicionado, mantendo uma temperatura em torno de 20 22C.

  • 14

    Ambincia olfativa

    Todo setor Kids traz a mesma essncia do restante do ponto de venda, uma essncia suave caracterstica de todas as lojas da rede.

    A nica rea da loja onde possvel identificar outro aroma bem prximo a cafeteria, o aroma de caf mesmo

    que discreto percebido.

  • 15

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    O posicionamento da Fnac de criar espaos que instiguem a descoberta e a interao com artigos culturais est presente no design de todos os setores, inclusive o setor Kids.

    O setor Kids fica em um lugar distante relativo entrada da loja. O ambiente tomado por produtos infantis, sempre muito coloridos e chamativos, tornando a ambincia visual

    bastante poluda de informao, causando s vezes at impresso de que o lugar est bagunado, porem a preocupao com a possibilidade de interao das crianas com os produtos prioridade.

    As ambincias trmicas e olfativas so comum a toda loja, ambiente climatizado por ar condicionado e perfumado por uma essncia suave.

  • 16

    Equipamentos e mobilirio

    Todo o mobilirio do setor Kids foi pensado para permitir que as crianas possam visualizar e entrar em contato com os produtos.

    Gndolas

    Existem gndolas em vrios formatos, para as de livros, DVDs e CDs prateleiras de madeira ajudam a organizar.J para gndolas que trazem uma diversidade maior de produtos so utilizados prateleiras mveis, que permite se adequar aos diversos formatos.

  • 17

    Expositores

    Os expositores baixos so ideais para a vizualizao e acesso das crianas ao produtos.

    Ilhas

    Devido ao pouco espao e a necessidade de no vetar do alcance das crianas os produtos uma alternativa muito eficaz so a elaborao de pequenas ilhas de produtos, que permite uma fcil identificao do produto devido aglomerao de embalagens, sem sair do nvel de percepo das crianas.

  • 18

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    Esse banquinho baixo visto por diversos pontos do setor, ele proporciona maior conforto para as crianas, e reafirma o posicionamento da loja de criar ambientes que visam experincia e a descoberta.

    Um display especial para destacar os lanamentos em DVDs posicionado em um local privilegiado, prximo ao fluxo principal da loja..

  • 19

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    Todo mobilirio e equipamentos presentes no setor Kids tentam exibir de forma eficiente os produtos e ao mesmo tempo permitir que haja a maior interao possvel com as crianas, por isso seu design se difere tanto do restante da loja, pois alem de apresentar as tradicionais prateleiras por todo permetro do setor seu interior todo tomado por ilhas e expositores sempre baixos para que no fujam do alcance nem do campo de viso dos pequenos consumidores.

  • 20

    Comunicao no Ponto de Venda

    A comunicao no setor infantil se divide em duas categorias, itens de identidade visual que visam organizar e facilitar a busca por produtos, e comunicaes promocionais, que tentam com muito esforo destacar um produto no meio de tantas embalagens sempre muito coloridas e cheias de informao.

  • 21

    Elementos de identidade visual

    Abaixo segue a descrio de todos os elementos de comunicao visual padro utilizado no setor, e ao lado a quantidade de inseres.

  • 22

    Elementos de orientao

    Placas pontualmente iluminadas como as acima orientam os consumidores pela loja.

    Placas informativas sempre trazem a identidade vizual da para facilitar sua identificao e comunicao.

  • 23

    Elementos de promoo

    Em um ambiente com tantas informaes bombardeado os consumidores devido a enumeras embalagens sempre muito coloridas e chamativas torna-se difcil destacar-se. Algumas tcnicas so aplicadas para tentar solucionar esse problema.

    Agrupar todos os produtos de determinada marca e sinalizar a rea com uma comunicao diferenciada uma opo para tentar facilitar a identificao.

    Utilizar um display para destacar produtos em lanamento tambm uma boa pratica para melhorar a percepo de determinados itens.

  • 24

    Na imagem acima vemos uma representao em grande escala de um produto combinada com a exibio do mesmo em um monitor, ambos esforos para se destacar no ambiente.

  • 1

    Junqueira Shop Av. Dr. Francisco Junqueira - Ribeiro Preto/SP, 09 de Abril de 2012

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda Identificao e histrico do PDV Uma loja de convenincia um estabelecimento comercial de pequeno porte, compacta. Os produtos so de

    pouca variedade, somente essenciais, so divididos por categorias que ocupam expositores. As compras que so feitas nas lojas de convenincia geralmente so emergenciais, com isso, as pessoas no se importam em pagar preos mais elevados pelos produtos.

    Os servios so reduzidos, nfase no autosservio. Podem oferecer alguns servios como correio, caixa eletrnico, fax, copiadora, etc.

    Na maioria das vezes se localizam em postos, terminais. Normalmente ficam abertas 24 horas por dia, nos sete dias da semana.

    A rede de franquias e as parcerias com os postos de combustveis, so caractersticas bsicas desta atividade. Em alguns casos, podem se configurar, tambm, como pequenos mercados.

    A Junqueira Shop foi inaugurada em 2009.

    Planta de localizao na cidade

    A loja de convenincia se localiza na Avenida Doutor Francisco Junqueira, em frente a Administrao COC,

    prximo ao viaduto da Avenida Independncia.

  • 3 Planta baixa (esquemtica) geral

    Planta baixa (esquemtica) setorizao: A loja de convenincia no dividida por setores, somente as geladeiras e as gndolas.

    Planograma:

  • 4

    Planta baixa (esquemtica) fluxos

  • 5

    Imagens da fachada

    Vista do outro lado da Avenida Doutor Francisco Junqueira.

    Ponto de vista do pedestre.

  • 6

    Fachada.

    Fachada.

  • 7

    Sntese dos aspectos gerais do PDV A localizao da loja de convenincia um aspecto muito importate, ela se localiza em uma das avenidas mais

    movimentadas da cidade de Ribeiro Preto. A convenincia conta com apenas trs funcionrios: um caixa e dois balconistas ou assistentes; conta tambm

    com o autosservio. Na parte da loja em que os produtos so expostos em gndolas, geladeiras, freezer, displays, o autosservio tem mais nfase, o prprio consumidor que pega o que necessita. J na parte em que se encontra o balco, a nfase est no servio dos funcionrios.

    A circulao dentro da loja bem resolvida, nela o consumidor pode circular livremente sem que o mobilirio o atrapalhe.

    Em termos de abastecimento ao cliente, o ponto de venda consegue cumprir sua funo. Tem uma grande variedade de produtos (tratando-se de uma convenincia), tem espaos para os consumidores se acomodarem, televiso, ar condicionado para se sentirem vontade, e um dos fatores mais importantes de uma loja de convenincia: servio rpido.

    Seu horrio de funcionamento de 18 horas 6 dias por semana e 16 horas domingos e feriados.

  • 8

    Espao lugar e Ambiente Aspectos subjetivos do espao (tematizao) As lojas de convenincia geralmente so padronizadas, portanto no so lojas tematizadas. Ambincia acstica O ambiente da loja de convenincia bastante barulhento, devido ao grande fluxo de veculos da avenida e a

    objetos presentes nela, tais como: televiso, coifa, ar condicionado, mquina de caf.

    Televiso.

    Coifa. Mquina de caf.

  • 9

    Ar condicionado.

    Fluxo de veculos. Ambincia luminosa

    O ambiente bem iluminado. H lmpadas spots grandes e pequenas, pendentes e tambm lmpadas de foco. Nas geladeiras tambm h lmpadas para iluminar os produtos internos.

    Lmpadas de foco.

  • 10

    Spots grandes

    Pendentes

    Spots pequenos

  • 11

    Iluminao nas geladeiras.

    Ambincia trmica e higromtrica A loja bem fresca devido a presena de dois ar condicionados e um climatizador na porta de entrada.

    Ar condicionado.

    Climatizador.

  • 12 Ambincia olfativa A ambincia olfativa da loja de convenincia bem perseptvel, devido ao cheiro do po, do po de queijo e do

    caf.

    Pes.

    Pes de queijo.

    Cafs.

  • 13 Sntese do espao, lugar e ambiente O espao concreto fica localizado em uma das avenidas mais movimentadas de Ribeiro Preto. O espao

    material conta com produtos essenciais para as pessoas. O espao temporal geralmente para pessoas que necessitam de algo e no dispe de tempo para ir a uma loja especializada. O espao psicolgico de comprar aquilo que convm naquele momento. No aspectos social comporta pessoas de vrias classes sociais, idade e de ambos os sexos.

    O lugar prximo ao centro da cidade e a lojas de tipos diferentes de comercializao. Fica distante da rodoviria e dos shoppings. privilegiado pelo alto fluxo de veculos e pedestres e prejudicado pelo tamanho muito compacto.

    A ambincia visual do local bem distribuda e organizada e com iluminao ambiente ou de preenchimento bastante clara. O ambiente acstico ruidoso e dispersivo e o ambiente higrotrmico aconchegante e prazeroso diante do ambiente habitual da cidade de Ribeiro Preto.

  • 14

    Equipamentos e mobilirio Os equipamentos e mobilirios esto bem localizados na loja de convenincia, no atrapalhando a circulao.

    Como uma loja de porte pequeno, a pouca quantidade de mesas e cadeiras so suficientes para suprir a necessidade dos clientes.

    H na convenincia produtos de limpeza, mantimentos, bebidas, aperitivos, doces, porm com pouca opo de cada produto. Portanto, os expositores existentes conseguem separ-los bem. Gndolas

    As gndolas esto distribudas ao redor da convenincia. Existem dois tipos deste expositor: um somente com prateleiras, e o outro com prateleiras e suporte para pendurar produtos.

  • 15

  • 16

    Ilhas No foram encontradas ilhas. Araras No foram encontradas araras.

    Display

    Na loja existem cinco displays. Cada display de uma marca especfica de produto: um da Pullman, um do Jornal A Cidade, e trs da Elma Chips.

  • 17

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    Outros tipos de expositores encontrados foram: a bomboniere, cada uma ocupada por um tipo de produto; geladeiras; freezer com sorvetes; balco trmico; expositor de salgados.

    Os equipamentos observados foram mesas, cadeiras e lixeiras, tanto na parte interna como na parte externa da loja de convenincia. Na parte interna contm bistrs e na parte externa mesas e cadeiras comuns.

    Bombonieres.

    Geladeiras.

  • 18

    Freezer.

    Balco trmico.

    Expositor de salgados.

  • 19

    Bistrs.

    Mesas e cadeiras na rea externa.

  • 20

    Lixeiras.

    Sntese dos equipamentos e mobilirio Os equipamentos e mobilirios existentes geram um certo conforto ao consumidor, devido ao fato de suas

    disposies no atrapalharem o fluxo, das mercadorias estarem bem divididas nos equipamentos, e de ter lugares para as pessoas se acomodarem. A quantidade de lixeiras presentes do conta de atender todo o uso da loja, mantendo sempre limpo todo o espao. O nmero de mercadorias presentes na loja atendem as mais diversas necessidades de seus clientes.

    Tabela com quantidade de equipamentos por tipo de expositor

    Tipos de expositor Quantidade Gndolas 7 Displays 5 Bombonieres 14 Geladeiras 6 Freezer 1 Expositor de salgados 1 Balco trmico 1

  • 21

    Comunicao no Ponto de Venda O ponto de venda no apresenta muitos elementos de comunicao, devido ao fato de no ser uma franquia. Foi

    atribudo o nome de Junqueira Shop por estar localizada na Avenida Doutor Francisco Junqueira. Por ser nica, no apresenta logotipo. Elementos de identidade visual

    Os elementos de identidade visual encontrados foram as etiquetas padronizadas, todas em preto e branco, diferenciando apensas na forma em que foi escrito o nome do produto.

    Outros elementos identificados foram as placas de proibido fumar no local e venda de bebida alcolica para menores, que so padronizadas por todo o Brasil.

    As cores utilizadas na fachada do ponto de venda so o amarelo, azul, alaranjado e cinza, que so as cores da franquia dos postos Ipiranga.

  • 22

    Os funcionrios so todos uniformizados, criando assim um elemento de identidade visual do ponto de venda. Elementos de orientao

    Na lojo, o elemento de orienteo encontrado foi uma placa que localiza o extintor de incndio. Por ser de porte pequeno, a convenincia no necessita de elementos de orientao.

    Outro elemento de orientao encontrado foi uma placa com o horrio de funcionamento.

  • 23 Elementos de promoo Na convenincia foi encontrado apenas um aviso de promoo, que tem destaque perante as outras etiquetas

    de preos.

  • 1

    am pm - Posto Ipiranga Fiuzza Ribeiro Preto - Fiuzza |abril de 2012

    Larissa Petronilho Marina Matos Marina Richter Paula Rigotto

    Tamires Del Lama

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV

    A franquia am/pm nasceu em 1974 em Los Angeles, Califrnia, na Atlantic Richfield Company (arco), pioneira na indstria petrolfera a operar lojas de convenincia. No final da dcada de 70, 246 lojas am/pm j operavam nos estados unidos em regime de franquia. Atualmente, as lojas am/pm esto espalhadas por 12 pases: Estados Unidos, Brasil, Mxico, Argentina, Tailndia, Reino Unido (Inglaterra), Canad, Austrlia, Japo, Coria, Filipinas e Indonsia. No Brasil as primeiras lojas foram implantadas em 1991 e, hoje, j so mais de 400 lojas em todo o pas. A Ipiranga possui dois tipos de lojas de convenincia - as lojas am/pm (maiores, com um mix de produtos que chega a cerca de 1000 itens) e as lojas am/pm express (menores, com cerca de 500 itens diferentes de produtos vendidos, e que no operam 24h por dia).

    "Nosso foco sempre foi o varejo de combustveis e a loja de convenincia vista como a possibilidade de ampliao desse negcio. No queremos concorrer com os supermercados", diz Santos. Ele explica que as lojas de convenincia no so um canal adequado para grandes compras. (fonte: http://www.sdr.com.br/Ideias/820.htm acessado dia 11/04/2012)

    Planta de localizao na cidade

    A loja de convenincia, am pm, est localizada em um bairro de alto padro, zona sul da cidade de Ribeiro

    Preto, prximo a grandes prdios e condomnios e avenidas bastante movimentadas, sendo considerada uma localizao favorvel e de alta visualizao devido ao fluxo de carros na regio. (Avenida Professor Joo Fiusa, 1941 | Jardim Canad | Ribeiro Preto SP)).

  • 3

    Planta baixa (esquemtica) geral

    No geral a loja apresenta uma disposio dos produtos de maneira uniforme e organizada, de maneira que

    facilita a localizao dos produtos pelos consumidores. Pode-se notar que a circulao no ponto de venda livre e de fcil memorizao, uma vez que, ao entrar na loja tudo est exposto de frente e ao redor do consumidor.

    Planta baixa (esquemtica) setorizao

    O ponto de venda, am pm, no apresenta setorizao, uma vez que a organizao espacial desta categoria

    de lojas compacta onde os produtos, essenciais e pouco variados, ocupam uma ou duas gndolas no mximo. visvel a presena de produtos de diferentes setores bem prximos, como, por exemplo, produtos de higiene pessoal ao lado de produtos alimentcios, separados, porm na mesma gndola. Mesmo assim, h muita ilustrao visual com placas e tabelas de variadas marcas e produtos, mostrando a localizao de cada categoria.

    O cliente ao adentrar a loja, atravs das placas indicativas e pela diviso da loja, sabe onde localizar bebida, produtos perecveis, doces e ainda fazer os pedidos e onde sentar para lanchar.

    Planta baixa (esquemtica) fluxos principais e secundrios

    Apresenta apenas fluxo principal, no havendo secundrios, uma vez que esta categoria de loja de

    pequeno porte. Possui apenas uma nica porta que serve como entrada/sada, ao entrar na loja o cliente traa uma rota circular, devido disposio das gndulas e expositores localizados, principalmente ao redor da loja. Possui algumas gndolas no centro, assim que o consumidor adentra a loja e um corredor que leva aos caixas eletrnicos e banheiros.

  • 4

    Imagens da fachada

    A fachada apresenta elementos de identidade visual, como a logomarca ao centro e as cores

    predominantes da loja laranja, vermelho, rosa e roxo. A visualizao da fachada, em alguns ngulos (vide fotos), um pouco comprometida pela fachada do posto, no entanto, por ser uma franquia exclusivamente dos postos Ipiranga o consumidor j tem em mente que ao encontrar um posto Ipiranga, tambm encontrar uma loja am pm.

  • 5

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    A loja de convenincia am pm encontra-se em uma regio, da cidade, bastante favorvel. Apresenta uma disposio dos produtos de maneira uniforme e organizada, facilitando a localizao dos produtos na loja, mesmo com a no setorizao, devido ao porte pequeno da loja.

    A principal caracterstica do estabelecimento a predominncia do autoservio e os produtos pouco variveis. Uma vez que a loja destinada apenas para o consumo do essencial e uma entrada e sada rpida, no demandando tempo de compra, esta projetada para que essas caractersticas sejam funcionais, por isso a presena de placas indicativas, a disposio dos produtos ao redor da loja para uma fcil localizao, apenas um fluxo principal como entrada e sida da loja.

    A loja tambm possui uma clara identidade visual em tudo o que nela exposto, criando um ambiente caracterstico da am pm.

  • 6

    Espao lugar e Ambiente

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    Os aspectos subjetivos do espao so todos relacionados a temtica "hora do lanche", como se fosse um "pit stop" dos consumidores. representado pela agilidade do fluxo da loja, de toda a arquitetura e ainda pela comunicao visual interna que remete a compras rpidas e sugere produtos que so de interesse do consumidor neste tipo de espao.

    Ambincia acstica

    Os aspectos que enfatizam a sensibilidade acstica, notados no ponto de venda, so ruidos relacionados a conversas entre os consumidores do local e trabalhadores, pratos batendo, motor dos refrigeradores e freezers, coifa ligada, ar condicionado, maquina de caf funcionando, latas de refrigerante abrindo e chapa fritando.

    Os sons caracteristicos do ponto de venda so apenas dos aparatos que nele esto funcionando, no havendo, portanto, som prprio do local.

  • 7

    Ambincia luminosa

    A luminosidade do local bastante variada, havendo: iluminao principal; focos de luz com quatro lustres compridos no balco de pedidos; focos de luz com sete lustres no caixa; luzes do freezer de bebidas; spots de luz prximos aos vidros da loja para dar mais destaque ao ponto de venda no periodo noturno; o sol tambm uma ambincia luminosa durante o dia havendo presena de cortinas para tamp-lo nas tardes ensolaradas.

    Ambincia trmica e higromtrica

    A sensibilidade trmica e higromtrica agradvel, enfatizada pela presena de ar condicionado e exaustores.

  • 8

    Ambincia olfativa

    H predominancia olfativa de caf e po francs que so feitos constantemente no local. Ainda assim, forte cheiro de manteiga e po de queijo, ao adentr-lo.

    Outras ambincias relevantes

    Como outra ambincia relevante, que pode ser notada no ponto de venda, quanto a ambincia olfativa, havendo forte presena de cheiro de gasolina, antes de adentrar ao local, uma vez que este localiza-se dentro de um posto de gasolina.

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    A sntese do espao uma elaborao subjetiva, portanto, o espao da loja de convenincia am pm, pode ser considerado concreto, material e social, no havendo elaboraes temporais e psicolgicas para esta categoria de loja. Quanto ao conceito de lugar, que explicita a relao com todos os elementos que lhe conferem qualidade, pode-se considerar um lugar prximo e privilegiado por localizar-se na zona sul da cidade de Ribeiro Preto, prximo a grandes condomnios e prdios (residenciais e comerciais). Alm dos condomnios e residncias, est prxima ao Ribeiro Shopping e as avenidas mais movimentadas da cidade, favorecendo o estabelecimento com o grande fluxo de carros nesta regio, uma vez que as lojas de conveniencia, na maioria das vezes, localiza-se em postos de gasolina. J as noes de ambiente citadas, detalhadamente acima, que enfatizam as relaes sensoriais do comprador com o ponto de venda e resultada da soma das ambincias: acstica - ruidoso; visual - claro, iluminado; trmica e higrotrmica - climatizado; podemos considerar como um ambiente agradvel, no to aconchegante, por ser pequeno, e impessoal, uma vez que so oferecidos poucos servios com enfase mais no auto-servio e ainda pelo objetivo de no ser um ambiente de permanecencia muito grande, apenas um ambiente para se comprar o essencial.

  • 9

    Equipamentos e mobilirio

    Gndolas

    Baixa:

    Alta:

    Expositores

  • 10

    Display

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    Como outros tipos de equipamentos observados, encontra-se na loja uma geladeira exclusiva do energtico Red Bull em formato de uma bomba de gasolina, expositor, este, bem direcionado e caracterstico do ponto de venda. Observa-se tambm um freezer diferenciado da Kibon, uma mquina de caf Nestl acessvel ao pblico, Estufa de salgados, Vitrine para bebidas alcoolicas como usques e outros, Estante para vinhos, mesas e cadeiras e caixas eletrnicos 24 horas.

    Alguns equipamentos no foram possveis obter fotos, devido proibio de fotos no local, pelos superiores e devido ao fato destes estarem localizados frente da lanchonete com a presena de funcionrios.

    Os equipamentos e expositores encontrados so:

  • 11

    Araras

    No contm

    Ilhas

    No contm

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    A loja de convenincia am pm do Posto Fiuzza um local pequeno porm muito bem estruturado. O local contm apenas duas gndolas baixas que situam ao centro do canto esquerdo da loja, o que facilita a viso do consumidor de todos os produtos e servios ao entrar na loja. As gndolas altas, displays, expositores e refrigeradores localizam-se ao redor da loja. Todos enconstados nas paredes para no atrapalhar a viso e a circulao dos clientes no interior da loja. O estabelecimento contm sete mesas altas, com 4 banquinhos em cada mesa, e uma lanchonete para o consumidor lanchar e tomar um caf. Do lado esquerdo da loja encontra-se 2 refrigeradores com sucos, isotnicos, iogurtes e leite e as gndolas localizadas deste mesmo lado contm uma variedade grande de produtos, desde alimentos peresveis at produtos de limpeza e higiene pessoal. Tambm esto localizados os expositores de revistas e livros. Observa-se que este lado da loja focado em produtos para necessidades bsicas e lugar mais tranquilo e reservado para quem quer tomar um caf e bater um papo. Do outro lado da loja encontram-se outros refrigeradores com bebidas alcoolicas, refrigerantes e sorvetes, lado mais voltado pra quem est de passagem procurando uma bebida ou um aperitivo de ltima hora. As gndolas baixas, que

  • 12

    localizam-se em frente aos refrigeradores, possui doces, chocolates, balas e chicletes e tambm bebidas alcolicas e aperitivos como salgadinhos e amendoim estrategicamente posicionados. Espalhados pela loja tambm se encontra displays do palmito Gran Rio, Pringles, Chandon e Nestl (com ovos de pscoa, sendo provisrio, devido poca). O caixa estrategicamente posicionado no centro da loja e exatamente de frente para a nica porta que d acesso loja de convenincia, reduzindo assim a chance de furtos e tambm pode ser considerado o local mais opreensivo da loja estudada. O consumidor metralhado de informaes e rodeado por produtos variados como balas, chicletes, isqueiro e cigarros. A loja de convenincia estudada no contm araras nem ilhas.

    Expositores Quantidade

    Gndola alta 6

    Gndola baixa 4

    Expositores 3

    Display 5

    Outros expositores e equipamentos observados 8 *alguns equipamentos no possuem fotografias devido proibio.

  • 13

    Comunicao no Ponto de Venda

    Elementos de identidade visual

    No posto de convenincia alm da fachada que apresenta elementos da identidade visual, pode-se notar uma placa da am pm no balco de atendimento e as cores da loja sempre caractersticas no tom de laranja e roxo.

    Elementos de orientao

    Com a variedade de produtos na loja as placas indicativas ajudam a localizar onde os diferentes produtos da loja se localizam. So placas com figuras ilustrativas dos produtos, tabela de preos, uma miniatura do Leite Fazenda em cima da geladeira onde esse produto pode ser encontrado, placas indicativas de localizao das bebidas e da proibio de venda de bebidas alcolicas pra menores de 18 anos, alm de alguns wobblers com preos de produtos.

  • 14

    Elementos de promoo

    Como elemento de promoo o estabelecimento possui adesivos nas portas da loja e das geladeiras explicando descontos nas compras de produtos em conjunto.

  • 1

    Novo Shopping Ribeiro Preto.SP 2012

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV Loja de Departamento ( nosso departamento: Masculino)

    A Riachuelo a maior empresa de moda do Brasil e conta com 147 lojas distribudas por todo o Pas, dois parques industriais e 40.000 funcionrios. Adota o conceito "fastfashion" - agilidade na produo e na distribuio das colees - para garantir rapidez na divulgao das novas tendncias e gerao de valor agregado para cada coleo.Riachuelo, essa a moda. o canal direto de distribuio dos produtos do Grupo Guararapes, que o maior grupo de confeco de roupas da Amrica Latina. Iniciaram suas atividades em 1947, com pequenas lojas de rua, vendendo tecidos a preos baixos. Em 1979, a rede de lojas de tecidos foi comprada pelo grupo Guararapes, e passou a vender roupas prontas para serem usadas. A partir de 1993, seu foco passou a ser a moda. Sempre em sintonia com as tendncias nacionais e internacionais, de forma democrtica, entregava aos seus clientes a moda com bons preos e qualidade superior. Esta estratgia envolveu a criao e o fortalecimento de marcas prprias, cada uma com identidade visual e pblico-alvo especfico. Em 2004, alm de reformas e melhorias no merchandising visual de suas lojas, mudaram a sua estratgia de marketing. Sairam da mdia convencional e investiram no processo de verticalizao, apostando em produtos com preos menores e qualidade superior. Em 2007, voltaram a investir nas mdias de massa, com uma nova campanha de comunicao, com objetivo de popularizar a moda, a preos acessveis e estilo ao alcance de todos. Para isso, organizaram seus departamentos de estilo, com a funo de conciliar o que o varejo est pedindo produo da Guararapes. O resultado deste processo foi o reposicionamento de nossas marcas prprias voltadas ao pblico brasileiro. Com foco no segmento de "moda ao alcance de todos, suas lojas so divididas em cinco sees: moda feminina, moda masculina, moda infantil, moda casa e calados.

  • 3

    Planta de localizao na cidade

    A riachuelo est localizada a cerca de 7 km do quadriltero central, dentro do Novo shopping, prximo de rodovias como anhanguera, cuja qual da a ligao ribeiro preto so Paulo, prximo a avenidas de grande importncia no cenrio municipal, como constabile romano, castelo branco, e Maurlio biagi, a loja setorizada de uma forma bem simples e coerente, na primeira parte encontramos, os setores femininos e masculinos, j em segundo plano temos cama, mesa e banho, parte intima feminina parte intima masculina, e na parte posterior da loja encontramos a parte infantil tanto masculina quanto feminina, a loja constituda por uma forma bem simples como se pode observar na planta geral, pois ela um grande corredor, que comea estreito e fica maior quanto mais entramos no PDV.

  • 4

    Planta baixa (esquemtica) geral

  • 5

    Planta baixa (esquemtica) setorizao

  • 6

    Planta baixa (esquemtica) fluxos principais e secundrios

    Hierarquia Viria

  • 7

    Localizao da Loja no Shopping

  • 8

  • 9

    Fachada

  • 10

  • 11

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    Os aspectos da Riachuelo em geral so bem atrativos e bem originais, a loja possui um amplo espao, organizado, bem iluminado, com design atual e consideravelmente criativo e organizados por setores, facilitando e atraindo o pblico para a compra, quanto a customizaao e ao som ambiente, tudo se ambientaliza com o tipo de loja, uma loja popular, sendo assim possui musicas mais populares.

    uma loja bem setorizada, possui vrias indicaes como setas de localizao e tambm um nmero razovel de funcionrios espalhados no interior da loja para auxiliar aos clientes e tambem na reposiao dos produtos.

    A temperatura ambiente agradavel pois possui vrias sadas de condicionador de ar espalhados pela loja inteira.

  • 12

    Espao lugar e Ambiente

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    A tematizao da loja em geral bem criativa e chamam ateno do pblico. H um grande uso de objetos personalizados em cada sesso de roupa, como por exemplo, a sesso de shorts e bermudas tem como objeto atrativo uma prancha de surf, j nas marcas vendidas pela loja, cada gndola e cada expositor tem sua respectiva marca e roupa comoa Pool. J a linha mais social usa um carrinho antigo de corrida, onde s frequentavam pessoas e senhores de classe alta, para simbolizar o clssico.Expe tambm em manequins, algumas sugestes com roupas da moda para dar ideias pessoa que for comprar na loja, a loja possui tambm um expositor com roupas especficas para o trabalho corporal, roupas de academia e um expositor somente de gravatas. Em geral o departamento masculino bem tematizado e caracterizado em cada setor oferecido pela loja.

  • 13

  • 14

  • 15

  • 16

  • 17

  • 18

    Ambincia acstica

    Por ser uma loja de departamentos e uma loja muito grande, existe no lugar o som de muitas conversas ao mesmo tempo, pois um nmero grande de pessoas comprando ao mesmo tempo, produtos diferentes, gerando um ambiendo ruidoso, pormh tambm msica agradvel e direcionada ao pblico-alvo.

  • 19

  • 20

    Ambincia luminosa

    A loja, em seu todo bem iluminada, possuem vrios pontos de luz grandes e pequenos dando uma luminosidade muito boa a loja toda e aos seus produtos expostos. So focos de luz localizados no interior da loja em todo o teto, gerando um ambiento bem claro, possibilitando uma iluminao mais direcionada para cada expositor ou pea especifica.

  • 21

  • 22

    Ambincia trmica e higromtrica

    O clima dentro da loja bem agradvel, possui tubulaes de condicionador de ar, que por si tem vrias sadas espalhadas por toda a loja, deixando um ambiento agradvel com sensao de frescor para proporcionar melhor conforto aos clientes.

  • 23

  • 24

    Ambincia olfativa

    A loja possui uma ambincia olfativa natural agradvel, porm pouco perceptiva.

    Outras ambincias relevantes

    Apesar de ter pessoas auxiliando na procura dos produtos, so poucas para o tamanho do pblico que a loja abrange e tambm no possui cadeiras e ou sofs para proporcionar um melhor conforto ao cliente. De certa forma essa uma boa estratgia, pois se a pessoa no tem onde se sentar, acabar ficando andando por toda a loja, passando por outros departamentos o que estimula a possvel aquisio de outros produtos.

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    Espao: a Riachuelo possui alguns espaos bem legais como, consultoria de moda, dicas e tendencias e a TV Riachuelo, um espao concreto e virtual.

    Lugar: a Riachuelo que estamos analisando, est localizada num lugar privilegiado, dentro do Novo Shopping em Ribeiro Preto. Isso facilita e d conforto ao cliente, oferecendo melhores condies desde o estacionamento de seus carros at a segurana.

    Ambiente: o ambiente em si muito agradvel, tem um visual bem claro, mas ao mesmo tempo bem ruidoso e no aconchegante, pois notamos a falta de acentos para o pblico como cadeiras e sofs.

  • 25

    Equipamentos e mobilirio

    Os equipamentos e mobilirios da Riachuelo do Novo Shopping so modernos, maioria metlicos, tornando o ambiente um pouco frio, neutro, alm de alguns mobilirios de madeira espalhadas pela loja que do um equilbrio na frieza.

  • 26

  • 27

    Gndolas

    As gndolas possui um design diferenciado, sofisticado, em cada setor, com as peas de vrios tamanhos de um mesmo estilo de roupa do mesmo.

  • 28

    Expositores

    Os expositores do ponto de venda, assim como as gndolas, tambm possuem um design sofisticado e diferenciado em cada setor, proporcionando um destaque maior no setor que ele se encontra, com algumas peas que complementam o estilo e o pblico.

  • 29

  • 30

  • 31

    Ilhas

    As ilhas so bem variadas e estilizadas de acordo com cada setor e marca. Possuem outras peas com vrios tamanhos e do um equilbrio na organizao do ponto de venda.

  • 32

    Araras

    As araras so de diferentes estilos de acordo com o pblico. Para o publico mais jovem, araras com design diferenciado, cores variadas. Para os mais clssicos, araras em madeira rstica e sem adereos. No meio da loja tambm so encontradas araras comuns, circulas e que possibilita uma rpida procura do produto desejado pelo cliente.

  • 33

  • 34

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    Gndolas de parede onde ficam expostas de forma a fazer parte do cenrio da loja tambm so estilizadas e esto de acordo com o design da loja e do setor de moda masculina.

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    No geral, os equipamentos e mobilirios do ponto de venda so descolados, com um design moderno e sofisticado, certos para o seu pblico-alvo. Por serem diferenciados e variados, do um equilbrio na organizao da loja.

  • 35

    Comunicao no Ponto de Venda

    O ponto de venda disponiliza cartazes com informaes sobre formas de pagamentos, imagens de fotografias publicitrias mostrando a moda em que a loja se encontra no momento.

    Elementos de identidade visual

    A loja possui imagens variadas e descoladas que complementam o estilo da loja.

    Elementos de orientao

    A loja possui elementos de orientao fsica como onde se localizo os provadores, caixas, quais as formas de pagamento e onde podem se trocar produtos, sada e sadas de emergncia. Tambm possui elementos nas prprias gndolas que informam ao cliente que naquele espao podem-se encontrar determinadas marca. Elementos como marcas exclusivas da loja tambm so encontradas.

    Elementos de promoo

    Indicao de preos, ofertas, formas de pagamento, publicidade das marcas em exposio e publicidade da prpria loja so encontradas em diferentes partes da mesma.

  • Merchandising e Exibitcnica

    Docente: Csar Muniz

    Proposta para interveno de merchandising em RiHappy Brinquedos

    Alunos:

    Guilherme Pontes Bisinotto

    Jos Mrio Mauad

    Lucas Henrique Oliveira Silva

    Comunicao Social Publicidade e Propaganda 7 semestre

    UNISEBCOC

    11/04/2012

  • Contedo

    O contedo do trabalho sobre KillerStore. Uma anlise sobre um tipo de loja que se

    enquadra na descrio de uma killerstore.

    Ponto de Venda Escolhido

    Ri Happy: Objetivo de mostrar o porqu a Rihappy se enquadra em uma definio de

    killerstore, alm de mostrar os pontos fracos de fortes da loja em relao a organizao

    e distribuio dos produtos/servios. A RiHappy dividida em diferentes setores, seja

    por: Idade, sexo, gnero de brinquedo.

    Imagens internas e externas

    RiHappy Novo Shopping

    RiHappy Ribeiro Shopping

  • Planta esquemtica com indicao do ponto de vista das fotos

    Ambincias luminosas, acsticas:

    Acsticas: Pela loja no ser muito grande, quando est cheia muito barulhenta e

    difcil ter uma comunicao com o vendedor.

    Luminosas: Os produtos so bem iluminados principalmente os que ficam nas gndolas,

    que so altas, dando nfase naquilo que a RiHappy quer vender que so os brinquedos.

    Aspectos perceptivos

    Dentro da loja a variedade de cores imensa, at por ser uma loja de brinquedos e ter de

    ser assim. A rea masculina tem o preto como cor dominante e a rea feminina possui a

    branca como cor dominante. Essas duas rea tem a variao de idade entre 4 a 11 anos.

    A rea infantil-beb (0-3 anos) mais colorida apesar de possuir brinquedos para ambos

    os sexos, as cores no so to bem discernidas quanto nos outros setores.

  • Ateno visual

    Como toda loja de brinquedos ela precisa focalizar seu pblico-alvo. Para isso a

    RiHappy usufrui de conceitos para captar a ateno visual de cada consumidor, seja ele

    o usurio( criana) ou quem vai comprar(pai ou me). Exposio dos brinquedos,

    bonecos e bonecas, carrinhos, sempre bem definidos em sua posio para a criana j

    saber aonde ir quando entrar na loja.

    Potencial e fragilidades do PDV

    Pelo fato das gndolas serem altas, dificulta a criana de pegar o brinquedo, caso esteja

    muito alto. Do ponto de visto do consumidor uma fragilidade do PDV, porm, para

    contornar essa fragilidade os vendedores e os pais esto sempre acompanhando as

    crianas para auxili-los. Outro ponto forte da Rihappy em Ribeiro Preto a

    existncias de duas lojas (Uma no Ribeiro Shopping e outra no Novo Shopping)

    dando, assim, mais abrangncia s pessoas que querem procurar algum produto,

    principalmente em pocas em que ambas esto cheias e a procura muito forte.

    Objetivos gerais da interferncia

    Demonstrar o porqu a RiHappy considerada uma Killer Store. uma loja

    especializada em produtos com pblico infantil, no muito grande, mas oferece uma

    quantidade enorme de brinquedos dos mais diversos tipos e tamanhos. Em pocas como

    Natal ou Dia das Crianas a loja fica praticamente todos os dias lotada, denotando o

    conceito de killerstore, na qual as pessoas se matam para ter determinado produto.

    Planta esquemtica com indicao das vistas

  • Texto descritivo e justificativo

    As gndolas altas com corredores largos so bem distribudas pela loja, facilitando o

    consumidor se movimentar pela loja em busca daquilo que ele almeja, alguns produtos

    expostos so de fcil acesso ao pblico-alvo(crianas). Os expositores de parede

    concentram produtos como Bicicletas, triciclos, cabanas, ou seja, produtos de grande

    porte, os quais apenas funcionrios podem pegar, caso o consumidor queira. As ilhas

    concentram produtos como Dvds, jogos, so de fcil acesso ao pblico-alvo. O

    Balco/Check-in ficam na entrada/sada da loja facilitando o ato de pagamento, j que

    muitas das vezes consumidor j escolheu o que ele queria.

    A RiHappy pode ser considerada uma KillerStore pois o foco dela em um nico P.A,

    por isso ela trabalha apenas com um estilo de produto (Brinquedos). Em dias

    especiais(Dia das Crianas e Natal), a loja oferece descontos nos produtos e fica lotada

  • 1

    Sams Club Ribeiro Preto, 11 de abril de 2012

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV

    O Sams Club o clube de compras do Walmart. Foi criado em 1983, por Sam Walton, nos estados Unidos e atualmente possui lojas em cinco pases (h 16 anos no Brasil).

    Para efetuar compras, necessrio ser scio pagando uma anuidade no valor de R$ 45. A vantagem a economia perante hipermercados, que de 15%, alm de tambm poder comprar importados que os demais atacados no vendem.

    No mundo, o Sams Club cresce mais rapidamente que o Walmart, com alta no lucro operacional de 11%, enquanto a expanso no waltmart foi de 1,5%.

    Planta de localizao na cidade

    Planta baixa (esquemtica) geral

    Planta baixa (esquemtica) setorizao

  • 3

    Planta baixa (esquemtica) fluxos principais e secundrios

    Imagens da fachada

  • 4

  • 5

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    A loja possui uma grande rea, muito bem aproveitada. Os produtos so bem distribudos de acordo com setores, h orientaes por toda a loja. A logstica interessante do ponto de vista do consumidor e do gestor.

    As gndolas so altas nas laterais e baixas no centro da loja, facilitando assim a viso dos setores e servios. H vrios funcionrios se movimentando pela loja, ou para arrumar os produtos, ou para dar suporte aos

    clientes. Todos uniformizados e muito bem informados. Alguns produtos venda se encontram desmontados para demostrao, como por exemplo, cadeiras, mesas,

    ventiladores. Isso facilita e influencia a compra.

  • 6

    Espao lugar e Ambiente

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    A tematizao presente na concentrao de alguns produtos. Podemos observar que no necessariamente os objetos presentes na tematizao esto a venda (como o caso da casa para ces abaixo).

    H tematizao para promoo de alguns produtos e para chamar a ateno do consumidor, para determinados produtos sazonais, como por exemplo, ovos de pscoa.

  • 7

  • 8

    Ambincia acstica

    A ambincia acstica no PDV escolhido focada em alguns pontos. No h som ambiente de propagao de ofertas, ou msicas. H o barulho natural gerado pelo ar-condicionado, assim como pelos refrigeradores que competem com o barulho dos consumidores. Contudo, nenhum destes rudos naturais de uma loja de desconto como o Sams Club so desconfortveis.

    Ambincia luminosa

    A iluminao caracterizada como de preenchimento. As nicas excees esto na fachada com pontos de iluminao focal que ressaltam a marca da rede, e no setor de congelados, onde os refrigeradores possuem uma iluminao especial.

  • 9

    Ambincia trmica e higromtrica

    A loja refrigerada por ares condicionados de grande porte. Esses aparelhos ficam localizados em regies onde h maior fluxo e movimentao dos consumidores.

  • 10

    Ambincia olfativa

    Alguns setores apresentam ambincia ofaltiva, como o caso do setor de panificao e de queijo e vinhos. No ambiente geral da loja podemos sertir um cheiro tradicional de loja de descontos, provocado por caixas de papelo.

    Outras ambincias relevantes

    Em vrios pontos da loja, h TVs mostrando contedos sem sonorizao. As imagens so de assuntos gerais de categoria informativa.

  • 11

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    Espao: O ponto de venda transmite a sensao de imponncia perante o consumidor, devido ao volume de produtos concentrados nas gndolas, principalmente laterais. Por ser bem espaoso, o tempo passa depressa quando se est fazendo as compras. A facilidade de fluxo e conexo entre os setores da loja fazem com que o cliente seja induzido a visitar todos os departamentos.

    Lugar: O lugar privilegiado, principalmente por ser anexo a um dos principais shoppings centers da cidade.

    Apesar de no estar no grande centro de Ribeiro Preto, localiza-se em uma posio de destaque pelo fato de estar cercado de acessos virios facilitando assim a visita de consumidores de outras cidades da regio.

    Ambiente: O ambiente mantm uma temperatura agradvel, acessibilidade fcil e comunicao visual de

    tamanho grande com harmonizao de cores que chamam a ateno.

  • 12

    Equipamentos e mobilirio

    O mobilirio e equipamentos da loja so simples. Por ser uma loja de desconto, apesar da simplicidade, h boa qualidade dos equipamentos; principalmente para conservao de produtos alimentcios. Todos so bem distribudos, facilitam o fluxo dentro da loja e a montagem de ilhas promocionais.

    Gndolas

    As gndolas esto por toda a loja. Variam entre altas e baixas e caracterizam-se por ser a forma mais encontrada de disposio dos produtos.

    Expositores

    No h muitos expositores na loja. Os que existem esto na parte frontal, perto dos caixas em rea de grande fluxo perto do check-out do ponto de venda.

  • 13

    Ilhas

    As ilhas esto concentradas em alguns pontos da loja para valorizar certas marcas e produtos. So todas bem organizadas e repostas com frequncia, dando assim boa impresso ao consumidor.

    Araras

    As araras se encontram no setor de moda apenas, que vai do centro at a frente da loja.

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    Os congelados ficam expostos em grandes freezers iluminados.

  • 14

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    No h equipamentos ou mobilirios com matrias rebuscados.

  • 15

    Comunicao no Ponto de Venda

    A comunicao clara e objetiva. H elementos de orientaoo em tamanho macro espalhados por toda a loja, o que facilida muito a movimentao em seu interior.

    Elementos de identidade visual

    Casa setor da loja possui uma cor diferente que o caracteriza. Apenas as gndolas altas possuem as cores caractersticas da marca Sams Club.

    Elementos de orientao

    H um grande nmero de elementos de orientao. So usados tanto para indicar setores, como produtos.

    Elementos de promoo

    Em alguns pontos so encontrados grandes faixas indicando preo de produtos. Um ponto que chamou a ateno foi essa faixa no estacionamento da loja.

  • 16

    Alunos:

    Bruno del Tedesco Bruno Tanaka Luana Horcio Natan Abdalla

  • 1

    Proposta para interveno de merchandising no Walmart Publicidade e Propaganda/Arquitetura e Urbanismo UNISEB-COC - Ribeiro Preto, 11 de Abril de 2012.

    Merchandising e Exibitcnia Prof. Czar Muniz

    Alexandre Augusto Carlos - 6422 Aline Nakata

    Fabrcio Gonaves Ribeiro - 6898 Joo Luis Fagundes - 6473

  • 2

    Aspectos gerais do Ponto de venda

    Identificao e histrico do PDV

    Wall-Mart Stores Inc. Wallmart (WM) desde 2008 uma das maiores empresas de departamento e varejo do mundo, sendo considerado o maior do E.U.A. Desde sua fundao foi um revolucionrio na briga pelo preo baixo. O poder de barganha adquirido pelo WM nos ltimos anos redefiniu a forma de compra dos consumidores do globo.

    Operando no Brasil desde 1995, a vinda do hipermercado mexeu com o mercado nacional e realocou os grandes concorrentes. Teve um inicio meio conturbado por no ter feito uma anlise do mercado brasileiro e quase derrapou no comeo. Oferia produtos fora dos padres brasileiros, e de

    clima frio. Teve uma fora muito grande no publico A at entender que o forte era mesmo as classes B e C, da em diante deslanchou e no paraou mais de crescer. Sua expanso para os mercados do norte e nordeste por meio das varias bandeiras do grupo ocorre desde 2007 e no parou mesmo com a crise. No Brasil encontrou dois concorrentes a sua altura, o Carrefour empresa francesa e o brasileiro Po de Acar. Isso no abalou suas intenes de crescimento e aps a

    crise e o reposicionamento da nova classe mdia brasileira o Walmart vem se destacando e atraindo cada vez mais consumidores pra dentro de suas lojas.

  • 3

    Planta de localizao na cidade

  • 4

    Planta baixa (esquemtica) geral

  • 5

    Planta baixa (esquemtica) setorizao

  • 6

    Planta baixa (esquemtica) fluxos principais e secundrios

  • 7

    Imagens da fachada

  • 8

    Sntese dos aspectos gerais do PDV

    Por se tratar de um hipermercado todas as propores desde gndolas at os produtos em si, do a sensao de que se trata de algo grande. A grande quantidade de TUDO ali dentro gera a sensao de poder de compra. Isso indutivo e proposital, assim como a disposio dos corredores de compra que so longos e mantm o usurio por mais tempo dentro da loja. A iluminao no sofre nenhuma alterao ao longo de todo o prdio; esta sensao de estar em um lugar bem iluminado e limpo gera conforto e tem a pretenso de manter o cliente por mais tempo dentro da loja ainda com esta inteno no se v a rea externa ao hipermercado nem relgios indicando horario. Os preos praticado sgeralmente so finalizados em (,99) para aumentar ainda mais a sensao do poder de compra.

    Determinantemente o espao foi construdo e pensado para que o cliente sem perceber passe o maior tempo possvel dentro da loja, mesmo quando a inteno de ser rpido. Todos esses aspectos geram um resultado que pode ser conferido no aumento das compras.

  • 9

    Espao lugar e Ambiente

    Aspectos subjetivos do espao (tematizao)

    A fachada, ilhas, prateleira e gondolas possuem detelhes em tons de azul. O pizo claro (branco) ajuda na iluminao e amplia a viso do espao, alguns paletes no usados como suporte para que, atravs de pilhas de caixas, constroem as ilhas do setor. A divulgao dos preos promocionais caracterizada pela cor amarela nas etiquetas e nos mobiles. O layout caracterizado pelo fluxo livre.

    Ambincia acstica

    O som dos equipamentos eletrnicos colocado no modo silencioso, o que de certa forma prejudica a avaliao da qualidade de adio dos produtos. A loja possui um sistema de som, para alertar os clientes e os funcionrios como tambm, inserir msicas no ambiente.

    Ambincia luminosa

    O lugar possui apenas luzes de preenchimento, sem alguma iluminao em especial.

    Ambincia trmica e higromtrica

    A temperatura do ambiente controlado por ar condicionado sem nenhuma mudana substantiva na questo higromtrica.

    Ambincia olfativa

    Alguns produtos nos setores vizinhos exalam cheiros que podem descaracterizar o setor em estudo.

    Outras ambincias relevantes

    No h ambincias relevantes.

    Sntese do espao, lugar e ambiente

    Lugar do setor privilegiado por ser prximo entrada principal do Hipermercado, porm, a falta de elementos temticos e ambincias prejudicam a sua localizao.

  • 10 As ilhas compostas por caixas desvalorizam a exposio do produto, dificultando a persuaso que auxiliada pelos mbiles de preos promocionais. Elementos

    diferenciados, como fones ouvidos, podem ajudar na avaliao dos produtos. O espao grande mas no aproveitado de maneira correta.

  • 11

    Equipamentos e mobilirio

    Gndolas

    De altura mdia, so longas horizontalmente e comportam os mesmos produtos de marcas diferentes. Geralmente estes produtos so caracterizados por notebooks e aparelhos de sons de porte menor.

    Expositores

    As grandes marcas de eletrnicos esto presentes na rea escolhida. Dentre as maiores e que no dia da foto estavam mais visveis eram: Samsung, LG, Philco e HP. Vale reassaltar que em uma das visitas observou se que as marcas mais visveis eram Philips, Sony e AOC.

    Ilhas

    As ilhas so formadas por salas de estar que so compostas por televisres, dvds ou blue-ray, sofs e home theatheres simbolizando o poder de atrao das tvs e suas altas polegas. Cada marca monta uma ilha que no se distingui muito uma da outra.

    Paletes formam boa parte das ilhas e esto espalhados junto a produtos que de outra rea denominada linha branca.

    Outros tipos de expositores e equipamentos observados

    A rea de informtica fundida junto a de eletrnicos e isso causa certo estranhamento esttico na disposio dos produtos visto que, os eletrnicos so em suma grandes e ocupam e demandam reas de exposio maiores, diferentemente dos produtos de informtica que por serem menores e ter um apelo de compra diferente demandam um espao pequeno e grande volume de oferta do mesmo produto. Assim ao lodo das tvs (grandes) uma grande quantidade de pequenos produtos de informtica.

    Sntese dos equipamentos e mobilirio

    Gondolas baixas e longas tentando fazer a separao do que linha branca e eletronicos, paletes mal distribudos e sem apelo visual apoiando as tvs de grandes polegadas ainda nas caixas, prateleiras do cho at quase a altura de 3 metros fechando as paredes em cores monocromticas (azul) e sem uso criativo apenas para exposio pratica sem manuseio do prooduto.

  • 12

  • 13

    Comunicao no Ponto de Venda

    Precria, pois no determina o que deve ser comunicado, um geralzo do que se tem no setor. No existe diferenciao entre um setor e outro entende se que eletro/eletrnico/informtica tudo a mesma coisa.

    Elementos de identidade visual

    Baseado na cor azul e com pouca leitura o setor prende se mesmo as marcas que esto expostas, isso no deixa a setor com diferenciao do que se v ali para outros vendedores (cocncorrentes). O uso dos mesmos elementos que os concorrentes: ilhas, paletes, prateleiras alm de no reforar esta rea do PDV desqualifica o, dexiando com cara de desarrumado e o ambiente fica empobrecido por no haver um design expecfico para cada rea.

    Elementos de orientao

    Existe apenas uma forma de comunicao, so as placas que ficam fixas na parede indicando do que se trata aquele setor ex: Eletro ou Entretenimento. No mais tudo que se l, trata de preo de produto. No cho no h nada que limite o espao ou o destaque por luzes. Tenta se separar um setor do outro atrvz de gondolas baixas que mais confundem do que de fato fazem a separao.

    Elementos de promoo

    So usadas etiquetas de gondolas em cores brancas e amarelas para promoes especiais, entre as gondolas existem plaquetas amarelas para diferenciar os

    subsetores, alm dos mobiles e splash em cores amarelas para informar os produtos promocionais. Uma de nossas recomendaes na comunicao criar uma ilha especial na qual os produtos como TV poderiam se destar dos demais, as placas informacionais sero melhor adaptadas e com um novo design. A organizao das gondolas e prateleiras sero reavaliadas para melhor atender a necessidade dos clientes na questo de procura.

  • 14

  • 15

    capaEstudos de Campo01-Carrefour02-CenouroDrawing1.pdfModel

    03-Decathlon04-Fnac05-Junqueira Shop06-Posto Ipiranga Fiuzza07-Riachuelo08-RiHappy09-Sam's Club10-Wallmart