Mercado de aes e tcnicas de anlises

Download Mercado de aes e tcnicas de anlises

Post on 23-Jul-2015

5.961 views

Category:

Economy & Finance

4 download

TRANSCRIPT

Mercado de aes

Mercado de aesAbordagem geral do que representa o Mercado de aesO que o mercado de aes?O mercado de aes, tambm chamado de mercado de capitais, um sistema de distribuio de valores mobilirios, que tem o objetivo de proporcionar liquidez aos ttulos de emisso de empresas e viabilizar seu processo de capitalizao.Mercado de AesO que o mercado de aes?Entender o que cada um desses fatores e suas relaes como o mercado de aes fundamental para entender seu funcionamento.Mercado de AesEmpresas de capital abertoUma companhia considerada aberta ou de capital aberto quando promove a colocao de valores mobilirios em bolsas de valores ou no mercado de balco.

Empresas de capital abertoUma companhia considerada aberta ou de capital aberto quando promove a colocao de valores mobilirios em bolsas de valores ou no mercado de balco

AesAes so ttulos nominativos negociveis que representam para quem as possui uma frao do capital social de uma empresa. Ao um pedacinho de uma empresa. Com um ou mais pedacinhos da empresa, voc se torna scio dela.

Uma ao representa a menor frao do capital da empresa emitente.

Assim, por exemplo, uma empresa cujo capital social (dinheiro prprio da empresa) seja de R$10.000,00 pode t-lo dividido em 10.000 aes. Isso significa que as 10.000 aes tero valor de R$1,00 cada e que seu total ser de R$10.000,00, formando seu capital social.

AesAs aes podem ser classificadas em: Ordinrias - que concedem queles que as possuem o poder de voto nas assembleias deliberativas da companhia; Preferenciais - que oferecem preferncia na distribuio de resultados ou no reembolso do capital em caso de liquidao da companhia, no concedendo o direito de voto, ou restringindo-o.

As aes tambm podem ser diferenciadas por classes. As caractersticas de cada classe so estabelecidas pela empresa emissora da ao. Essas diferenas variam de empresa para empresa, portanto, no possvel fazer uma definio geral das classes de aes.Bolsa de valoresSo locais que oferecem condies e sistemas necessrios para a realizao de negociao de compra e venda de ttulos e valores mobilirios de forma transparente.

Alm disso, tem atividade de auto-regulao que visa preservar elevados padres ticos de negociao, e divulgar as operaes executadas com rapidez, amplitude e detalhes.

investidoresSo indivduos ou instituies que aplicam recursos em busca de ganhos a mdio e longo prazo, que operam nas Bolsas por meio de Corretoras e distribuidoras de valores, as quais executam suas ordens e recebem corretagens pelo seu servio.

Todo investidor busca a otimizao de trs aspectos bsicos em um investimento: retorno, prazo e proteo. Ao avali-lo, portanto, deve estimar sua rentabilidade, liquidez e grau de risco. A rentabilidade sempre diretamente relacionada ao risco. Ao investidor cabe definir o nvel de risco que est disposto a correr, em funo de obter uma maior ou menor lucratividade.

corretorasSo instituies autorizadas a funcionar pelo Banco Central e pela Comisso de Valores Mobilirios (CVM). Somente as corretoras esto habilitadas a executar operaes de compra e venda de aes ou de derivativos na BOVESPA.

InformaesAs informaes um elemento fundamental no funcionamento dos mercados financeiros. Verdadeira ou no, ela tem efeito direto sobre o comportamento dos investidores e, por consequente, na dinmica dos preos.Ela objeto de disputa e, ao mesmo tempo, objeto sobre o qual se tenta estabelecer o mximo de controle, no sentido de garantir uma igualdade de acesso entre todos os participantes. por isso que uma das caractersticas mais marcantes do funcionamento do mercado de aes o seu Carter pblico.InformaeseconomiaContribuies do mercado de aes para a Economia e para o Pas: O mercado de aes incentiva a formao da poupana interna e a gerao de poupana de longo prazo;Torna o prprio mercado cada vez mais eficiente e esse efeito transmitido aos demais setores da economia; Um mercado eficiente proporciona uma ampla gama de alternativas de financiamento, isoladamente ou pela combinao entre as diversas opes, reduzindo custos financeiros;Um mercado acionrio desenvolvido, com bom volume, liquidez e adequada regulamentao, facilita os negcios de mudana de controle/propriedade e privatizao

economiaContribuies do mercado de aes para a Economia e para o Pas: A demanda por informaes e demonstraes financeiras de qualidade, por parte do mercado acionrio, um fator que estimula a cultura empresarial e do pblico geral; O mercado acionrio reflete a opinio dos principais agentes sobre a conjuntura econmica domstica e internacional e suas perspectivas; O papel fundamental de um mercado de aes eficiente e desenvolvido para atrair, maximizar e consolidar a presena e permanncia do capital externo

Tcnicas de anlises de aesAnlise fundamentalista

MltiplaEVA/MVAFluxo de caixa descontado

Anlise tcnica ou grfica

O preo desconta tudoO preo tem tendnciaA histria se repeteAnlise fundamentalistaAnlise fundamentalistaVantagensDesvantagensFundamentalistasAnlise da empresaSetor da empresaIndicadores econmicos

A Anlise fundamentalista a determinao do valor presente de todos os pagamentos que os acionistas recebero por cada ao. Para isso, os analistas devem levar em considerao lucros e dividendos esperados pela empresa, expectativas econmicas e a avaliao de risco da empresa. (Rotella; 1992)Fundamentalistas MEIOSPublicaes governamentaisAnalise de opinies de especialistasAnlise de indicadores de variveisEventos extraordinrios

Fundamentalistas MEIOSPublicaes governamentaisAnalise de opinies de especialistasAnlise de indicadores de variveisEventos extraordinrios

Fundamentalistas MtodosOferta x demandaFluxo de caixa descontadoAvaliao relativaAvaliao de direitos contigentesAnlise TcnicaAnlise Tcnica O preo desconta tudo O preo tem tendncia A histria se repete

Existem trs premissas bsicas onde esta fundamentada a anlise tcnica: preos de mercado descontam tudo (fundamentos econmicos, polticos, psciolgicos entre outros); os preos movem-se em tendncias; e por fim, que a histria se repete ou seja, que o comportamento dos preos no passado se repetem no futuro. Murphy (1986).

A chave para entender o futuro reside no estudo do passado, ou que o futuro apenas uma repetio do passado.

Anlise Tcnica - mtodosAnalise subjetiva: principal crtica a este mtodo, a subjetividade dos grficos esta sujeita a interpretao do analista, que pode ver indcios de um determinado comportamento da ao onde no existe e vice versa.

Analise objetiva (Indicadores): refere-se ao estudo que pode ser analisado e seus resultados verificados com a utilizao de mtodos estatsticos ou modelos matemticos.

Tcnica - grficos

Anlise Tcnica - indicadoresIndicadores rastreadores ou seguidores de tendncia Mdia Mvel;Mdia Mvel Exponencial;MACD (Movin Avarege Convergence Divergence);Parablico;Banda de Bollinger;Movimentos Direcionais.*Sequencia de Fibonacci

Indicadores osciladoresIFR (ndice de Fora Relativa);Momento;EstocsticoOBV (On Balance Volume)

Anlise TcnicaVantagensDesvantagensCONTEXTO:TRADING O estudo apresenta ferramentas de trading, que na traduo do termo significa negocio. Trata-se, portanto, do processo no qual os operadores tentam obter um resultado mximo para a rentabilidade dos ativo, atravs da escolha eficaz de um processo de trading, assim como a gesto de risco do capital, alm de conceitos piscologicos.EMH (EFFICIENT MARKET HYPOTHESIS) Essa hipteses no considerada no presente estudo, devido ao fato de que esta remete que os preos de mercado das aes refletem todas as informaes que possam servir de influncia para a variao do retorno esperado pelos ativos e que h um equilbrio desse preo. Caso essa hiptese fosse vlida para o estudo no haveria necessidade da apresentao das Anlises apresentadas. Fundamentalista x TcnicaFundamentalistaDescobrir o por qu das movimentaes do preosRacional, causa (subjetividade)O desafio da anlise fundamentalista no identificar qual ativo o melhor para o investimento, mas encontrar ativos que esto sub avaliados pelo mercado de acordo com o valor intrnseco obtido. Bodie, Kane e Marcus (2002). TcnicaDescobrir quando os preos vo se movimentarEfeito (Objetividade)

Para o analista tcnico o preo a resultante de todas as foras que atuam no mercado. Ao interpret-lo detectar a fora predominante, se da oferta ou da demanda.

ComparaesDados do cenrio micro e macro econmicoFlexibilidade em perodos de incerteza (no tem stops) maior poder de decisoReviso contnuaComplexidade anlise do valor intrnsecoLongo-prazo FUNDAMENTALISTADificuldade de analise em mercados volteisDesconsidera fator psicolgicoMenor custo de transaoTIMING no tem tempo certoDemora na identificao de problemas e oportunidades

Dados de movimentao preo/volumeResultando de todas as foras que atuam no mercadoSujeito a stops em cenrios favorveis- (efeitos da subutilizao de stops)

Complexidade Modelos matemticos e estatsticos TCNICACurto-prazoControle de riscos (reverso da operao)Mais adequado a mercados volteisConsiderao de fatores psicolgicosIdentificao do tempo para entrada e sadaRpida identificao das oportunidades e problemas.

ComentriosA anlise tcnica no assunto principal nas pesquisas acadmicas devido ao alto subjetivismo envolvido nas interpretaes de e na dificuldade realizar testes objetivos para comprovar sua metodologia. Ao contrrio da anlise fundamentalista, a anlise tcnica est mais para o campo artstico do que para uma cincia propriamente dita.

As estratgias utilizadas pela anlise tcnica so discutveis e carecem de fundamentao terica.

ComentriosNa viso dos tcnicos, justamente por no possurem fundamentos, o analista tem a vantagem de operar em diferentes mercados ou ativos ao mesmo tempo ao passo que o analista fundamentalista est restrito ao mercado em que opera devido onerosa tarefa de entender as relaes entre fatores fundamentais e os ativos subjacentes.

Para os fundamentalistas estritos, o sucesso da anlise tcnica uma conseqncia das leis de probabilidades, at mesmo uma seleo aleatria de ativos poderia trazer uma operao bem sucedida.

CONCLUSO:

No entanto, consenso no existir uma resposta certa de qual anlise melhor. O que existe so situaes onde melhor se aplica cada uma das anlises.

RefernciasMercado de aes. Disponvel em: < http://www.bmfbovespa.com.br/pt-br/educacional/cursos/curso-basico/fra_cur_acoes.htm>. Acesso em: 02 set 2014. Mercado de Capitais. Disponvel em: . Acesso em: 02 set 2014.Mercado de aes. . Disponvel em: < http://www.bmfbovespa.com.br/Pdf/ConceitosFundamentais.pdf>. Acesso em: 02 set 2014.