MENSAGEM DE NATAL - ?· Hoje eu sei que ela tem vários nomes, e pode se apresentar de várias maneiras,…

Download MENSAGEM DE NATAL - ?· Hoje eu sei que ela tem vários nomes, e pode se apresentar de várias maneiras,…

Post on 01-Dec-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • Curitiba, 18 de dezembro de 2014

    EDIO 77

    MENSAGEM DE NATAL

    "...O Rei que no morre e nunca envelhece e que vitalcio, s o Reincio!" Luiz Tatit ( O Rei ) No me lembro da palavra "depresso" na minha infncia, mas lembro da palavra "desgosto". Lembro que era bem pequena, e costumava ficar ao redor da minha me, encostadinha nela, ouvindo as "conversas de adulto". Naquele dia a conversa era sobre algum que morreu....Minha perplexidade foi o motivo: morreu de desgosto. A conversa seguiu adiante, mas eu fiquei l naquela sentena estarrecedora... Morrer de desgosto....morrer de desgosto. Perguntei pra ela se dava mesmo pra morrer de desgosto. Sim, era possvel: fulana morreu assim, no tinha gosto pra mais nada nessa vida, no queria mais viver, foi ficando fraquinha e morreu....de desgosto. Foi assim, de forma bem simples e direta que fui apresentada depresso. Hoje eu sei que ela tem vrios nomes, e pode se apresentar de vrias maneiras, por diferentes motivos. Mas para mim, oficialmente ela se chama desgosto, e sim, pode matar. Mas tambm pode ser combatida e ao invs da morte, ela pode trazer uma vida que se reinventa e se recupera. Ela perde fora diante da nossa perseverana. Ela at pode reaparecer s vezes, mas a vida que pulsa em ns, mesmo quando parece ausente, nos alerta para o perigo e nos mobiliza, para um passo que seja, em direo a ela, Vida. nesse momento que comeamos a nos distanciar da morte e nos reaproximar da vida. Esse o Reincio. Cada um de ns que aceitou uma ajuda, um Porto Seguro para nos resgatar de ns mesmos, merecemos o presente da vida. Somos semelhantes na dor e na busca que nos permitiu um Reincio. Nada mais propcio que esse perodo Natalino pra consolidar e celebrar nosso Reincio. Natal 2014, novo ano que se aproxima: Temporada de celebrao de toda e qualquer conquista, por menor que parea. Tempo de fazer nossa faxina interior, perdoar, nos perdoar, tocar nossas feridas e aceitar trat-las, revisitar nossos erros e defeitos, encar-los e travar a luta cotidiana para que no sejam a marca mais presente em ns.

    Que possamos deixar em ns mesmos e para nossa famlia, nossos amigos, nossos amores e desamores uma marca positiva, de algum que tenta a cada dia vencer seus medos, seus vcios, suas limitaes....Seres humanos frgeis mas com fora e coragem suficientes para aceitar o fato de que no conseguiriam se reconstruir sozinhos. S os corajosos e guerreiros conseguem enxergar que nem sempre possvel ser auto-suficiente. Que esse Natal, mais do que nunca, nos traga o efeito curativo do Amor, da Fraternidade, da Comunho e da Superao, que nos orientar nas nossas escolhas e hbitos para uma vida mais plena, saudvel e cheia de gostos. Feliz Natal e Feliz Reincio!

    Por Vania

    BAZAR DE NATAL

    Nosso bazar est cheio de novidades venha conferir e adquirir seu presente de artesanato!! Valorize o que feito a mo!!

    Queremos agradecer a todos os voluntrios: Ariel, Abigail, Ariely, Carmen, Jussara, Monalisa e Sirley que colaboraram ativamente durante este ano em nossas atividades!!

  • Gazeta da Porto Pgina 2 Curitiba, 20 de Outubro de 2014

    Ano: 05 Edio: 76

    MENSAGENS DE DESPEDIDA

    Desistir de tudo no vale a pena, temos que lutar porque s existe uma chance na vida, e a vida uma s. Ento lute, sorria, viva com a maior pureza e fora de vontade. Porque no adianta remdio, mdicos e profissionais se a fora maior no vier de voc!!! Lcia

    Agradeo toda equipe da clnica Porto Seguro o tratamento humanizado. Hoje tenho um conceito diferente sobre o tratamento psiquitrico. Cristiane O meu tratamento foi muito bom. Desejo paz a todos pacientes e equipe teraputica da clnica Porto Seguro. Denir Eu me despeo renovado e com um novo motivo para continuar vivendo. Mauro Pessoal da Porto Seguro: Se amar viver, eu vivo porque vocs so grandes amigos! Mrcio Entrei na clnica h uma semana querendo morrer. No estou 100%, mas me sinto com mais vontade de tentar. Quero desejar melhoras a todas as pessoas maravilhosas que conheci aqui. Paloma O internamento na clnica foi curto, porm extremamente proveitoso. Cheguei sem esperana na vida e com desejos suicidas... E agora, estou saindo em busca de uma vida melhor! Gabriel Entrei aqui bem debilitado. Nos primeiros dias foi difcil, mas com o passar dos dias fui me adaptando. Fui bem tratado por todos os enfermeiros, pela Dr Marilane e o reabilitador Haroldo. Fiz muitas amizades que ficaro guardadas em meu corao para sempre... E agradeo tambm s moas do refeitrio, por capricharem nas refeies! Obrigado! Maurcio A depresso me levou busca de um remdio fatal e imprudente: a cocana. Tentei parar sozinha, mas percebi que meu corpo e minha mente no respondiam mais. Procurei ajuda na clnica para tratar minha dependncia qumica. A convivncia com pessoas tanto quanto ou at mais debilitadas do que eu, assim como a sabedoria compartilhada pelo reabilitador Haroldo, o apoio mdico e o carinho de pessoas que aqui conheci, me trouxeram momentos de reflexo e paz. Concluo

    meu tratamento com serenidade e perseverana. S por hoje e um dia de cada vez! Mariana Houveram dias ruins, Dias ruins ainda h de vir. Porm, bem mais forte serei! conhecendo as mazelas do prximo Que as nossas desventuras se tornam bem menores e suportveis... Obrigado aos meus amigos, mdicos e pessoal de apoio da Porto Seguro! Ruanito Agradeo clnica Porto Seguro o tratamento dado. Desde a mdica, a equipe de enfermagem, estagirias e meninas da cozinha e limpeza. Saio muito bem equilibrada. Obrigada! Susana A amizade que fizemos, as experincias que construmos, o tratamento que feito pelos profissionais; equipe enfermagem: Regina e Andra, os mdicos de planto... todo um trabalho de equipe. Agradeo a todos a fora que deram a mim para que eu tivesse a fora para lutar. Obrigada por tudo e a todos! Lcia Ns queremos, ns podemos, ns vamos conseguir! Luiz Henrique Uma busca sem precedentes, aos 33 anos, me movia por maiores resultados, por melhores performances e ascenso profissional. Desejo de tempo e produtividade me moveram a buscar algo que trouxesse essa soluo momentnea... Ento, 18 meses atrs a cocana disse: " Eu sou o que voc precisa". Uma soluo que me deu uma resposta, mas me criou um monstro com o qual desde hoje luto de maneira mais marcante -com ferida aberta que viverei eternamente, para o longo da minha vida- para que sejam apenas cargas. Aqui vivenciei dores, histrias, momentos e angstias, de grandes homens e mulheres. Lutas que no posso, no quero e jamais me permitirei esquecer... Anseio e rogo a Deus para que minha luta, como a de todos, seja dona de um nico resultado: a luz da vitria! Desejo que Deus me mantenha sereno, lcido e sempre viva minha humildade e serenidade para saber que aqui conheci pessoas, almas e humanos inexplicveis; doces e amveis. Desejo que Deus guie a todos ns ao bom, certo, correto e justo. Porque ns somos um s! Fabiano Cheguei com a auto estima muito baixa... Estou saindo feliz e renovada para enfrentar a vida l fora. Desejo muita fora para todos! Andria

  • Gazeta da Porto Pgina 3 Curitiba, 20 de Outubro de 2014

    Ano: 05 Edio: 76

    At que o sol brilhe, acenda uma vela na escurido! Jonathan Ao entrar na clnica, estava me sentindo totalmente desmotivada e sem vontade de viver. A primeira semana foi difcil... No fcil se acostumar com um mundo at ento desconhecido, e tambm com a medicao. As terapias e atividades foram muito importantes na ajuda para me reconhecer, refletir sobre a vida e aprender a primeiro cuidar de mim para s ento, conseguir cuidar das outras questes. Os estagirios, terapeutas, enfermeiros, mdicos, professores e companheiros de tratamento me ajudaram muito e me fizeram reconhecer caractersticas que estavam escondidas dentro de mim. Hoje, trs semanas aps meu internamento, me sinto mais feliz e motivada! Estou ciente de que ainda tenho muito a evoluir, embora j me sinta menos ansiosa. Sou grata ao perodo que passei aqui na clnica. Foram muitos os aprendizados. Agradeo tambm a todos que cooperaram com a minha melhora. Aos companheiros que esto no internamento, desejo fora! E sigam o tratamento, pois vale muito a pena! Aline

    "Bom, ningum quer ficar internado. Ainda mais em uma clnica psiqutrica, mas a famlia Porto Seguro me fez sentir super a vontade, foram vinte e poucos dias intensos de puro aprendizado e auto-conhecimento. Aprendi que antes de amar a qualquer pessoa, preciso amar a mim mesmo, e descobri como bom viver novamente. S tenho a agradecer de verdade". abraos Beatriz. "Equipe Porto Seguro: Com poucas palavras quero agradecer o que fizer por mim e por todos os outros que aqui entraram e os que esto por vir. No dia que cheguei minha vida estava um buraco negro, um tnel sem fim, agora estou vendo o mundo mais belo e colorido e com mais desar..... nas prprias idias. Obrigada e um grande abrao a todos. Celia "Eu me despeo com juizo e com mais objetivos em minha sada. Foi um tratamento humano, porm rgidop, mas que, com certeza teve suam meta alcanada. Quero agradecer a toda famlia Porto Seguro. Rosane

    Por Beatriz e Mayra

    ATIVIDADE DE INTEGRAO

    No dia 25 de novembro tivemos uma Palestra com Daniela uma dependente qumica em recuperao.

    Dependente qumica por vrios anos, aps algumas tentativas de largar o vcio e com recadas, hoje est se recuperando e h 04 anos com sucesso. Comeou ainda na adolescncia com apenas 15 anos a usar lcool, no qual facilmente perdia o controle e exagerava em seu consumo. No demorou muito conheceu a maconha e com pouco tempo de uso a cocana, sua perdio. Enquanto usuria perdeu a confiana de seus pais e de sua filha, at que resolveu procurar ajuda e lutar contra seus vcios. Hoje voltou a trabalhar est casada, tem mais uma filhinha, resgatando a confiana de seus pais e amigos. E a cada dia S por hoje, e a mensagem que nos deixou que vale a pena dar mais uma chance, se tratar, no desistir. Ainda h uma luz no fim do tnel, por mais fraca que ela seja.

    Por Aurelino e Alexia

    BEM ESTAR

    Os benefcios da corrida. Alm de ser uma atividade completa para os msculos, a corrida acelera o metabolismo e propicia a queima de calorias mais eficientemente. Porm correr no traz apenas benefcios fsicos, mas tambm mentais, ajuda a combater doenas, fortalece o corao, melhora o sono e o humor, aumenta a confiana e autoestima, alm de promover o bem estar. A corrida um exerccio simples, que pode ser praticado a qualquer hora e em qualquer lugar, basta ter um bom par de tnis e disposio.

    Por Aurelino

  • Gazeta da Porto Pgina 4 Curitiba, 20 de Outubro de 2014

    Ano: 05 Edio: 76

    ANIVERSARIANTES DO MS

    Celebrar a sua vinda ao mundo, o ms do seu aniversrio dentro de uma clnica,

    pode parecer uma desesperana dolorida... Mas j que estamos aqui para nos redescobrir,

    nos reencontrar e nos reinventar, que esse dia possa ser celebrado com a esperana

    de quem se v em meio a escombros, porm sobrevivendo e disposto a renascer. Se c estamos porque nosso instinto de

    sobrevivncia ainda mais forte que nossa dor. Que possamos todos sair fortalecidos dessa

    experincia e nos permitir esse momento de alegria e celebrao vida!

    Feliz Aniversrio! Vania

    Novembro 04 Ana Carla Sai (mdica) 04 Andressa Covolan (mdica) 13 Gisele Bortoncelo (estagiria) 15 Pedro Vechi (estagirio) 15 Jorge 19 Lcia 20 Solange 22 Denise (aux. cozinha)

    Dezembro 08 Maria Aparecida 12 Maria Lopes (gestora hospitalar) 13 Eloina Braz (aux. enfermagem) 14 Rosi 15 Luis Fernando Motta (mdico) 16 Jeferson Farinazzo (enfermeiro) 18 Guilhemre 19 Danfiny 20 Aline 22 Adriane dos Santos (recepcionista) 26 Juliano 31 Marli Oliveira (repcionista)

    Por Beatriz

    ENTREVISTA

    Nesta edio convidamos 03 pacientes para responder

    algumas perguntas e assim conhecer um pouquinho

    mais de suas histrias.

    Perguntas:

    1-Como ficou sabendo da clnica?

    2-O que lhe motivou a procurar a clnica?

    3-A quanto tempo est na clnica? Quais foram suas

    impresses iniciais quando chegou na clnica?

    4-Quais so as atividades na clnica que voc mais

    gosta?

    5-Como avalia seu tratamento, ou o que esperava

    dele? Como espera seus resultados?

    Neuza:

    1- Foi indicao do convnio.

    2- Porque estava no limite da tolerncia com meu

    trabalho.

    3- 14 dias. Foi diferente do que eu imaginava, no tinha

    muita noo, mas gostei da clnica.

    4- Atividades fsicas e artesanato.

    5- Esperava encontrar um equilbrio e aqui estou

    conseguindo.

    Aline:

    1- Atravs do plano.

    2- Eu estava desanimada, desmotivada e com

    pensamentos ruins.

    3- 07 dias. Fiquei assustada, no sabia o que esperar,

    nem quais seriam as formas de tratamento.

    4- As atividades fsicas e a de musicoterapia.

    5- Esperava melhorar, aos poucos sinto que estou

    conseguindo ficar mais calma.

    Alexia:

    1- Por uma colega da empresa.

    2- A busca de me reencontrar.

    3- 02 dias. Foram muitas as novidades, estou bem

    atendida e achei os profissionais bem capacitados.

    4- Terapia em grupo, terapia ocupacional, artesanato e

    os jogos.

    5- Espero me recuperar rpido, voltar as atividades

    normais e me relacionar bem com as pessoas.

    Por Aurelino

  • Gazeta da Porto Pgina 5 Curitiba, 20 de Outubro de 2014

    Ano: 05 Edio: 76

    CURIOSIDADES

    Vero chegando, pernilongos e mosquitos tambm.

    Nesta edio aprenda a fazer repelente natural.

    A citronela uma planta parecida com a erva doce

    que serve como um repelente natural porque exala

    um forte cheiro de eucalipto. O uso da erva ficou

    muito difundido em regies que lutam contra a

    dengue. Hoje possvel encontrar as pulseirinhas

    repelentes, velas e muitos produtos com esta

    essncia. Veterinrios tambm indicam produtos a

    base de citronela para evitar pulgas em animais. Veja

    abaixo uma receita de loo repelente que vai deixar

    os mosquitos bem longe de voc.

    Receita de Repelente Natural

    Ingredientes:

    150 ml de glicerina lquida

    150 ml de essncia de Citronela

    350 ml de lcool de cereais

    350 ml de gua mineral

    Modo de Fazer:

    Misture todos os ingredientes e guarde em recipiente

    de cor mbar (laranja/amarelo). Passar na pele

    quando estiver em locais com moscas e mosquitos.

    Vale a pena!!!

    Fonte:http://www.dicascaseiras.com.br/como-fazer-um-

    repelente-natural/

    Por Aurelino

    CULINRIA

    No ms de dezembro realizamos essa deliciosa receita

    de natal indicada pela estagiria Gisele. Esse Muffin de

    ma trouxe um clima todo especial de Natal. Faa voc

    tambm em sua casa e tenha certeza que sua famlia vai

    amar como ns tambm amamos!!! Ainda temos em

    nosso bazar. Aproveite!!

    Muffin de Ma

    02 xcaras de farinha de trigo integral

    1/2 xcara de leo

    1/2 xcara de leite (de preferncia desnatado)

    01 xcara de acar mascavo (bem cheia)

    02 colheres de sopa de mel

    01 colher de sopa rasa de fermento

    01 colher de sopa de canela em p bem cheia

    03 ovos

    02 maas picadas

    Modo de preparo

    Em uma bacia misturar os ingredientes secos, exceto o

    fermento. Depois bater todos os iongredientes midos no

    liquidificador e jogar esta mistura na bacia dos secos,

    misturando bem,. Picas as mas e juntar a massa, por

    ltimo acrescentar o fermento. Levar ao forno mdio pr-

    aquecido at que ao colocar o palito no centro do bolinho

    ele saia sequinho.

    Por Mayra

    REFLEXO

    "Embora ningum possa voltar atrs e fazer um novo

    comeo, mas todos ns podemos fazer um novo final".

    Chico Xavier

    Por Rosane

  • Gazeta da Porto Pgina 6 Curitiba, 20 de Outubro de 2014

    Ano: 05 Edio: 76

    DESENHOS DA EDIO

    Eu fiz esse desenho, porque se eu fechar os olhos sentirei a vida fluindo de mim e interagindo com a brisa suave com o gosto de mar, a pele queimar com a luz solar. Na sinfonia do canto dos pssaros ecoando no infinito da existncia, e se perdendo na imensido. Beatriz

    o mundo que eu vivo. De um lado preto e branco (horizontal) que simboliza a fase que estou triste pra baixo. E o outro lado o colorido, quando tudo est em p (vertical), felicidade, emoes em alta, extrema alegria. Karina

    Eu fiz o pr do sol na praia, pois me traz tranquilidade e foras para continuar Dafiny

    As duas Ketty: representa o conflito de sentimentos vividos nesses ltimos tempos e tambm a cobrana da sociedade para que eu esteja bem e feliz, quando na verdade a dor, o sofrimento e o vazio me consomem.

    Por Beatriz

    EXPEDIENTE

    Redao Geral: Aurelino, Alexia, Beatriz e Mayra

    Participaes: Adenivnia e Ketty

    Equipe Responsvel: Leila Garcia Dick

    Terapeuta Ocupacional

    Para Sugestes: gazeta@clinicaportoseguro.com.br

    Visite nosso site: www.clinicaportoseguro.com.br

    mailto:gazeta@clinicaportoseguro.com.brhttp://www.clinicaportoseguro.com.br/