marquês de pombal power-point

Download Marquês de pombal  power-point

Post on 18-Dec-2014

2.198 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • 1. 1Histria e Geografia de Portugal
  • 2. Introduo;Biografia do Marqus de Pombal;Objectivos do Marqus atravs do Absolutismo;Problemas econmicos;O Terramoto de 1755;Medidas tomadas pelo Marqus aps o Terramoto;Reconstruo da cidade de Lisboa;Baixa Pombalina;Reformas do Marqus de Pombal;Reformas econmicas;Reformas sociais;Reformas no ensino;Trmino do reinado de D. Jos I.2Histria e Geografia de Portugal
  • 3. Em 1750, D. Joo V morreu e sucedeu-lhe oseu filho, D. Jos I, o Reformador quenomeou para ministro do Reino, SebastioJos de Carvalho e Melo. Concedeu-lhe osttulos de Conde de Oeiras e, maistarde, Marqus de Pombal. Este foi um dosgrandes protagonistas da Histria dePortugal.3Histria e Geografia de Portugal
  • 4. Nasceu em Lisboa no dia 13 de Maio de 1699;Pertencia a uma famlia nobre, mas com poucodinheiro O seu pai chamava-se Manuel deCarvalho e Atade e a sua me Teresa Lusa deMendona e Melo.Estudou na Universidade de Coimbra;Representou Portugal em Londres e Viena emmisses diplomticas, entre 1738 e 1749.Histria e Geografia de Portugal 4Histria e Geografia de Portugal
  • 5. O Marqus defendia o absolutismo, datomou medidas para dar mais poder ao rei eretir-lo ao Clero. Por isso, tinha comoobjectivos:Proteger o comrcio portugus;Criar companhias monopolistas;Reorganizar o exrcito.Histria e Geografia de Portugal 5Histria e Geografia de Portugal
  • 6. No incio do reinado de D. Jos I, Portugalpassava por diversos problemas econmicos:Diminuram as entregas de ouro, acar,tabaco e caf que vinham do Brasil;A indstria e a agricultura portuguesaspermaneciam pouco amplificadas;O pas importava quase tudo o queprecisava.Histria e Geografia de Portugal 6Histria e Geografia de Portugal
  • 7. O Marqus tornou-se uma figura muitoimportante sobretudo aps o terramoto. Nodia 1 de Novembro de 1755, a Baixa deLisboa ficou desmoronada devido a um sismoque durou 6 minutos, seguido por ummaremoto e um grande incndio.Aproximadamente, morreram 12 000 pessoase 10 000 edifcios ficaram destrudos.7Histria e Geografia de Portugal
  • 8. O Marqus de Pombal quis construir umacidade nova e moderna, mas antes tomou asseguintes medidas:Mandou cuidar dos vivos e enterrar osmortos;Ordenou vigilncia nos palcios e igrejaspara evitar roubos;Ficou responsvel pela reconstruo dacidade com uma planta rigorosa e exigente.8Histria e Geografia de Portugal
  • 9. As caractersticas da planta rigorosa e exigente eram:Ruas largas, intercalando com ruas mais estreitas;Construo de passeios para pees;Distribuio dos ofcios por ruas para facilitar ocomrcio;Instalao de uma rede de esgotos;Construo de casas com a mesma altura e comfachadas iguais;Utilizao de formas de construo mais resistentes aossismos;Construo de uma praa central (Praa do Comrcio).Histria e Geografia de Portugal 9Histria e Geografia de Portugal
  • 10. O Marqus de Pombal fez com que a BaixaPombalina se tornasse idntica a outrascidades europeias e pde declarar o seudomnio sobre a nobreza e a burguesia.Histria e Geografia de Portugal 10Histria e Geografia de Portugal
  • 11. Para recuperar a economia e desenvolvermais o pas, o Marqus tomou vriasmedidas, designadamente:Na economia;Na sociedade;No ensino.Histria e Geografia de Portugal 11Histria e Geografia de Portugal
  • 12. Nas reformas econmicas evidenciam-se:A criao e reestruturao de vrias manufacturas;A contratao de especialistas estrangeiros para expandira indstria nacional;A inveno de Companhias de Comrcio para desenvolvero comrcio com as colnias portuguesas;A fundao da Companhia Geral da Agricultura dasVinhas do Alto Douro.Com estes projectos, o Marqus de Pombal obteve areduo das importaes de produtos e as dvidas dePortugal ao estrangeiro.Histria e Geografia de Portugal 12Histria e Geografia de Portugal
  • 13. Nas reformas sociais, o Marqus de Pombal:Diminuiu a superioridade da nobreza;Auxiliou a burguesia;Aboliu a escravido na Metrpole e os ndios doBrasil foram tornados livres;Terminou a distino entre cristos-novos ecristos-velhos;Executou um novo cdigo penal;Expulsou os padres jesutas.Histria e Geografia de Portugal 13Histria e Geografia de Portugal
  • 14. Histria e Geografia de Portugal 14Por ltimo, os progressos no ensinodistinguem-se na:Criao de escolas pblicas primrias esecundrias, por todo o pas, pondo fim aopoder que os frades jesutas tinham no ensino;Fundao do Real Colgio dos Nobres, com afinalidade de aperfeioar aqueles que seriam osaltos funcionrios do Estado;Reforma da Universidade deCoimbra, dotando-a de novos hbitos, estudose mtodos de ensino.Histria e Geografia de Portugal
  • 15. D. Jos I faleceu no dia 24 de Fevereiro de1777. Ainda em sua vida, foi levantada, noTerreiro do Pao, a sua esttua equestre.Aps a morte do rei, o Marqus foicondenado por abuso de poder. Expulso daCorte, retirou-se para a sua propriedade ruralem Pombal, onde faleceu no dia 8 de Maio de1782.Histria e Geografia de Portugal 15Histria e Geografia de Portugal

Recommended

View more >