marina peduzzi

Download Marina Peduzzi

If you can't read please download the document

Post on 08-Jan-2017

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE DE SO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM

    Trabalho em equipe de sade da perspectiva de gerentes de servios de sade: possibilidades da prtica comunicativa orientada pelas

    necessidades de sade dos usurios e da populao

    Marina Peduzzi

    So Paulo 2007

  • UNIVERSIDADE DE SO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM

    Trabalho em equipe de sade da perspectiva de gerentes de servios de

    sade: possibilidades da prtica comunicativa orientada pelas necessidades de sade dos usurios e da populao

    Marina Peduzzi

    Tese apresentada Escola de Enfermagem da Universidade de So Paulo, como parte dos requisitos para o concurso de livre-docncia junto ao Departamento de Orientao Profissional

    So Paulo 2007

  • Capa: Wassily Kandinsky, Movimento I, 1935.

    Catalogao na Publicao (CIP) Biblioteca Wanda de Aguiar Horta

    Escola de Enfermagem da Universidade de So Paulo

    Peduzzi, Marina.

    Trabalho em equipe de sade da perspectiva de gerentes de servios de sade: possibilidades da prtica comunicativa orientada pelas necessidades de sade dos usurios e da populao. / Marina Peduzzi. So Paulo, 2007.

    247 p. Tese (Livre-docncia) - Escola de Enfermagem da Universidade de So Paulo. 1. Servios de sade(gerenciamento) 2. Assistncia ao paciente(servios de sade) 3. Recursos humanos(enfermagem) 4. Trabalho em grupo(servios de sade) I. Ttulo.

  • Ricardo Bruno Mendes Gonalves (em memria)

    Para Graziella e Milena com amor

  • Agradecimentos

    Aos colegas do Departamento de Orientao Profissional da

    Escola de Enfermagem da Universidade de So Paulo com quem compartilho

    mais de perto o trabalho acadmico cotidiano, pelo apoio e estmulo.

    As colegas do Departamento de Orientao Profissional da

    Escola de Enfermagem da USP com quem compartilho, em especial a

    realizao da pesquisa principal qual o estudo que resultou na tese de livre-

    docncia est vinculado, Daisy Maria R. Tronchin, Maria Madalena Janurio

    Leite e Vera Lcia Mira Gonalves.

    A Maria Rita Bertolozzi pela parceria na representao da

    Escola de Enfermagem da USP junto ao Conselho Diretor do Centro de Sade

    Escola Samuel B. Pessoa da Faculdade de Medicina da USP e tambm pelos

    intercmbios nas atividades de ensino e de pesquisa que desenvolvemos na

    unidade.

    As demais colegas da Escola de Enfermagem da USP

    A Maria Helena Trench Ciampone e a Maria Luiza Anselmi

    que carinhosamente leram partes da tese, me assinalando que poderia

    continuar no caminho escolhido, e por todos os demais momentos de apoio e

    de troca sobre a vida acadmica.

    A Lilia Blima Schraiber com que h tempo tenho a

    oportunidade de compartilhar o trabalho acadmico e aprender muito, a quem

    recorro quando sou invadida por cruciais questes e dvidas tericas,

    conceituais e sobre as interveno e possveis inflexes das prticas de sade.

    A Jose Ricardo de Carvalho Mesquita Ayres pelo aprendizado

    que representa a oportunidade de participar do Grupo de Estudo sob sua

    coordenao, sobre hermenutica, em especial os debates sobre Jrgen

    Habermas.

  • Aos gerentes que concordaram em participar da pesquisa e me

    conceder parte do seu precioso tempo, contribuindo de forma especial e

    decisiva na elaborao do estudo.

    A Maria Anglica Crevelim pela sua importante contribuio

    na descrio do campo de pesquisa.

    Aos bolsistas que participaram da coleta de dados,

    categorizao e outros momentos do desenvolvimento da pesquisa principal

    qual este estudo est vinculado Anlise dos processos educativos de

    trabalhadores e equipes de sade e enfermagem: caractersticas, levantamento

    de necessidades e resultados esperados, Carina Pinto Braga, Dbora

    Antoniazzi Del Guerra, Fabiana Santos Lucena, Gustavo Felinto, Mrcio Ges

    Casarin e Paula Cruz Eiras.

    Aos integrantes do Grupo de Pesquisa Gesto de recursos

    humanos da perspectiva do processo de trabalho em sade e enfermagem, em

    especial s alunas e ex-alunas do Programa de Ps-Graduao em

    Enfermagem da EEUSP.

    A Andria Roma da Costa que colaborou na elaborao do

    Memorial e a monitora Lvia Giubilei Santos que me acompanhou na reviso

    de todos os documentos, a colaborao de ambas foi fundamental para que

    todas as atividades realizadas ao longo da minha trajetria profissional e

    acadmica e seus respectivos comprovantes, fossem includas no Memorial.

    A Nadir Aparecida Lopes que contribuiu de forma muito

    especial, com seus conhecimentos sobre o labirinto da rede eletrnica de busca

    bibliogrfica, para encontrar textos preciosos que me ajudaram muito na

    conduo da reviso da literatura e tambm pela colaborao na orientao

    bibliogrfica

    A Ricardo Ges que desenvolve atividades junto a Estao de

    Trabalho da Escola de Enfermagem da USP da Rede Observatrios de

  • Recursos Humanos em Sade e que colabora de foram especial para que todas

    as atividades da Estao sejam realizadas conforme o esperado, inclusive as

    pesquisas ligadas a Rede Observatrio de Recursos Humanos em Sade.

    A Rede Observatrios de Recursos Humanos em Sade da

    Organizao Pan-Americana da Sade e Ministrio da Sade pelo auxlio

    financeiro para a execuo da pesquisa principal a qual este estudo est

    vinculado.

    A Fundao de Amparo Pesquisa do Estado de So Paulo

    FAPESP pelo auxlio pesquisa principal a qual este estudo est vinculado

  • ! " # $

    "

    # % & % ' ' ' % (! !

    ) % *+,-

  • RESUMO

    PEDUZZI M. Trabalho em equipe de sade da perspectiva de gerentes de servios de sade: possibilidades da prtica comunicativa orientada pelas necessidades de sade dos usurios e da populao. [tese de livre-docncia] So Paulo (SP): Escola de Enfermagem da USP, 2007

    Estuda-se o trabalho em equipe de sade da perspectiva de gerentes de servios de sade, com o objetivo de analisar suas concepes sobre o tema e sua percepo sobre o modelo de organizao do trabalho e sobre os instrumentos utilizados na promoo do trabalho em equipe. Trata-se de pesquisa qualitativa com carter compreensivo e interpretativo, com base no referencial terico dos estudos do processo de trabalho em sade, na teoria do agir comunicativo, na gesto comunicativa, na integralidade da sade e no trabalho em equipe de sade. A coleta de dados foi feita atravs de entrevista semi-estruturada com 21 gerentes centrais de servios de sade pblicos de uma regio do municpio de So Paulo, tendo-se analisado o material emprico segundo a tcnica de anlise de contedo com base no quadro terico. Os resultados mostram quatro diferentes concepes sobre trabalho em equipe: com elaborao e problematizao do tema, sem elaborao e problematizao do tema, equivalncia entre trabalho em equipe e trabalho coletivo e trabalho em equipe estritamente como instrumento do trabalho mdico. S um pequeno nmero de gerentes apresenta uma reflexo sobre o trabalho em equipe relacionada ao modelo de ateno integral e integralidade da sade, os mesmos que mostram uma prtica de gerenciamento de equipes na qual utilizam de forma consistente um amplo elenco de ferramentas que permite constituir e consolidar equipes de trabalho articuladas ao projeto institucional. De modo geral, nos servios onde se encontram esses gerentes, h relatos de trabalho em equipe nos demais, prevalece o trabalho individualizado por profissional. Descritores: recursos humanos em sade; recursos humanos de enfermagem; equipe de assistncia ao paciente; gerncia de servios de sade; trabalho

  • ABSTRACT

    PEDUZZI M. Teamwork in health care from the perspective of health services managers: possibilities of communicative practice guided by the health needs of the users and the population. [thesis] So Paulo (SP): Escola de Enfermagem da USP, 2007

    Teamwork in health care is studied through the perspective of health services managers, aiming at assessing their points of view on the issue and their perception on the model of work organization, and on the instruments used to encourage teamwork. It is comprehensive and interpreting qualitative research, based on the theoretical reference of the studies on health work process, in the theory of communicative action, communicative management, in the entirety of health, and in teamwork in health care. Data collection was performed through semi-structured interview with 21 central health care managers in a region of the city of So Paulo, assessing the empirical material according to the technique of content analysis based on the theoretical picture. The outcomes show four different ideas on team work: drawing up and problematizing the theme, not drawing up and problematizing the theme, similarity between teamwork and collective work, and teamwork only as an instrument of the medical work. Only a small number of managers present a reflection on teamwork related to the full attention model and to the entirety of health, these are the same that demonstrate a practice of team management where they use consistently a vast array of tools that enable forming and consolidating work teams articulated with the institutional project. Generally speaking, in the services where these managers are, reports on teamwork are found in the other services, the prevalence is work individualized by professionals. Key words: human resources in health; nursing human resources; patient care team; management in health services;