margarida coimbra

Download Margarida coimbra

Post on 24-Dec-2014

760 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Workshop ARedes, cooperação e partilhaMargarida CoimbraBiblioteca Municipal de Miranda do Corvo

TRANSCRIPT

  • 1. ENCONTRO(S) -BIBLIOTECAS DESAFIOS NA SOCIEDADE ACTUAL REDES, COOPERAO E PARTILHA Margarida Coimbra Condeixa-a-Nova, 7 de Abril 2011 1
  • 2. REDES, COOPERAO E PARTILHA- Os desafios tecnolgicos vieram potenciar otrabalho em rede e a cooperao entre bibliotecas eentre estas e outras instituies.- Nenhuma biblioteca consegue responder de formaisolada aos desafios actuais.- Procurar sinergias em vrias instituies 2
  • 3. REDES, COOPERAO E PARTILHADefinio de Biblioteca Pblica- O Manifesto da Unesco sobre as BibliotecasPblicas defende que estas devem ser uma foraviva para a educao, cultura e informao ;- Misses chave: criar e fortalecer hbitos de leituranas crianas; apoiar a educao e auto-formao;estimular a imaginao e criatividade e desenvolvera capacidade de utilizar informao e a informtica.3
  • 4. REDES, COOPERAO E PARTILHA- A BP um espao social em que diferentesrecursos de informao so seleccionados,organizados e disponibilizados com base em critriosde rentabilidade social, ou seja, em funo do valorque a referida informao tem para os cidados;- A BP um importante equipamento no mbito dasinfra-estruturas dos servios municipais. 4
  • 5. REDES, COOPERAO E PARTILHA Biblioteca MunicipalFunes Educativa, Formao, Cultural, LazerObjectivos Formar para utilizao autnoma da informao. Criar e desenvolver hbitos de leituraUtilizadores Toda a comunidade 5
  • 6. REDES, COOPERAO E PARTILHACooperaoManifesto da Unesco : A rede de bibliotecas pblicas deve ser concebidatendo em considerao () as bibliotecas escolares.Deve ser assegurada a cooperao com parceirosrelevantes . 6
  • 7. REDES, COOPERAO E PARTILHADefinio de Biblioteca EscolarDirectrizes da IFLA/UNESCO: A biblioteca escolarproporciona informao e ideias fundamentais parasermos bem sucedidos na sociedade actual, baseadana informao e conhecimento. A biblioteca escolardesenvolve nos estudantes competncias para aaprendizagem ao longo da vida e desenvolve aimaginao, permitindo-lhes tornarem-se cidados 7responsveis.
  • 8. REDES, COOPERAO E PARTILHA- BE como centro de recursos multimedia, possibilitao acesso leitura, a utilizao e produo dainformao em diferentes suportes; assumindo-secomo um instrumento indispensvel para aaprendizagem activa, apoiando alunos eprofessores, sem perder de vista o seu papel desuporte curricular e cultural. 8
  • 9. REDES, COOPERAO E PARTILHA Biblioteca EscolarFunes Apoiar ensino aprendizagemObjectivos Dotar utilizadores com competncias para utilizao autnoma e crtica da informao. Criar hbitos de leitura.Utilizadores Comunidade educativa 9
  • 10. REDES, COOPERAO E PARTILHACooperaoIFLA/Unesco : Pode ser boa ideia a cooperaoentre bibliotecas escolares e bibliotecas pblicas() Exemplos de reas de cooperao:-partilha de formao de pessoal;-desenvolvimento cooperativo da coleco;-cooperao na programao;-coordenao de servios electrnicos e de redes; 10
  • 11. REDES, COOPERAO E PARTILHA- cooperao no desenvolvimento de instrumentosde aprendizagem e de formao de utilizadores;- visitas de estudo de alunos biblioteca pblica;- promoo da leitura e da literacia em conjunto;- marketing conjunto dos servios de biblioteca paracrianas e jovens; 11
  • 12. REDES, COOPERAO E PARTILHABP e BE, que semelhanas?- Prestam servio pblico;- Utilizadores comuns: alunos, docentes, famlias;- Objectivos comuns: criar leitores capacitados paraa utilizao da informao de forma autnoma ecrtica;- Criar e fomentar hbitos de leitura; 12
  • 13. REDES, COOPERAO E PARTILHABP e BE, que contributos? Biblioteca Pblica Biblioteca EscolarExperincia tcnica e de gesto Utilizadores (alunos, docentes,(SABE) famlias)Complementa recursos informativos da Experincia educativaBEActividades promoo leitura Conhecimento aprofundado dosActividades formao utilizador utilizadores; proximidade com famliasHorrio extenso Funciona durante actividades lectivas 13
  • 14. REDES, COOPERAO E PARTILHACooperar para qu?- Melhoria da qualidade dos servios;- Aumentar grau de satisfao dos utilizadores;- Optimizao de recursos;- Diviso e reduo de tarefas;- Facilita a gesto ( actualizao constante das coleces; anecessidade crescente recursos em rede; a necessidade deprofissionais habilitados; custos manuteno e instalaes,representam custos elevados que dificilmente as bibliotecas deforma isolada conseguem assumir ) 14
  • 15. REDES, COOPERAO E PARTILHA- Rentabilizar investimento pblico;- Amplia imagem das bibliotecas;- Melhora imagem das bibliotecas junto utilizadores;- Maior capacidade de inovao;- Intercmbio de experincias;- Questo de sobrevivncia. 15
  • 16. REDES, COOPERAO E PARTILHAObstculos- Falta de hbitos de trabalho em conjunto;- Consome tempo;- Est dependente de entendimento e confianaentre as partes;- Nunca termina;- Exige flexibilidade;- Implica compromisso. 16
  • 17. REDES, COOPERAO E PARTILHAPressupostos da cooperao- Criando estruturas de cooperao; - Redes de Bibliotecas;- Formalizada atravs de Protocolo de Cooperao -medidas comuns para cooperao -especificao e definio das reas de cooperao -clarificao das implicaes econmicas e do modo de partilhar custos -calendarizao do perodo de tempo para a cooperao 17
  • 18. REDES, COOPERAO E PARTILHA-Mtuo conhecimento (objectivos, pblicos,recursos, projectos, programas);- Criar rede de interdependncias, implicandodistribuio de responsabilidades;- Complementarem-se de forma mais inteligente(com servios de valor acrescentado) comoservios de informao e formao do utilizador. 18
  • 19. REDES, COOPERAO E PARTILHA- Sistema eficaz de comunicao usandopossibilidades dos novos meios (listas distribuio,blogs, portais, redes sociais);- Mudana de estratgia e de mentalidade doprofissional de informao (capacidade de adaptar-se a novas situaes, trabalho em funo deobjectivos comuns)- Criar equipas de trabalho. 19
  • 20. REDES, COOPERAO E PARTILHA Que possibilidades de cooperao?-Desenhar programas no mbito das literacias;-Desenhar programas de promoo