manual misoprostol portugues

Download Manual Misoprostol Portugues

Post on 04-Jul-2015

277 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

USO DE MISOPROSTOL EM OBSTETRCIA E GINECOLOGIA

Segunda edio

Abril, 2007

Editor Anibal Fandes,

Colaboradores Jos Guilherme Cecatti, Brasil Agustin Conde Agudelo, Colombia Jorge Escobedo, Guatemala Ricardo Rizzi, Argentina Luis Tavara, Peru Alejandro Velazco, Cuba

1

Comit Executivo da FLASOG Angel Terrero, Presidente Luis Figueroa, Secretrio Executivo Alejandro Paradas, Tesoureiro

Comit de Direitos Sexuais e Reprodutivos Luis Tvara, Coordenador Jos Henrique Pons, Cone Sul Desiree Mostajo, Regio Bolivariana Marina Padilla de Gil, Centro Amrica Jos David Ortiz Mariscal, Mxico e Caribe

2

CURRICULUM AUTORES Jos Guilherme Cecatti Professor Titular de Obstetrcia do Departamento de Ginecologia e Obstetrcia, Universidade Estadual de Campinas. Mestrado e Doutorado na especialidade, pela mesma Universidade, Mestrado em Epidemiologia pela Universidade de Londres. Consultor do Ministrio da Sade do Brasil, OPS, HRP/WHO, Unicef, The Population Council, Gynuity Health Projects e outros. Presidente do Cemicamp (Centro de Estudos em Sade Reprodutiva de Campinas). Dr. Agustn Conde-Agudelo Ginecologista e Obstetra da Fundao Clnica Valle do Lili em Cali, Colmbia, com Mestrado em Sade Pblica e Diploma de Ps-graduao em Epidemiologia e Investigao Perinatal. Tambm Consultor visitante da OMS em Genebra-Sua e do Consrcio Catalyst em Washington DC e revisor da Biblioteca Cochrane. Foi Consultor do Centro Latino-Americano de Perinatologia e Desenvolvimento Humano (CLAP) em Montevidu, Uruguai. autor de estudos cientficos publicados nas principais revistas mdicas do mundo. Dr. Jorge R. Escobedo Arias Fellow do The American College of Obstetricians and Gynecologists. Foi presidente da Sociedade de Ginecologia e Obstetrcia da Guatemala. Foi presidente do Comit Cientfico Internacional da FLASOG. Foi presidente do Comit de Acreditao da FECASG-ACOG. Vice-presidente Regional da FLASOG. Presidente da Seo da Amrica Central do The American College of Obstetricians and Gynecologists. Mais de 30 estudos e trabalhos apresentados em congressos internacionais. Ricardo Glauco Rizzi Professor Titular de Obstetrcia e Perinatologia. Universidade Nacional de Crdoba. FCM-UNC. Mdico Cirurgio, Doutor em Medicina e Cirurgia, Mestre em Sade Materno-Infantil. Especialista em Tocoginecologia e em Sade Pblica. Diretor do Mestrado em Sade Sexual e Reprodutiva. FCM-UNC. Assessor e Professor do Mestrado em Sade Materno-Infantil. FCM-UNC. Professor do Mestrado em Sade Pblica. FCM-UNC Luis Tvara Professor Titular de Obstetrcia e Ginecologia (aposentado) da Universidade Nacional Federico Villarreal. Foi presidente da Sociedade Peruana de Obstetrcia e Ginecologia. Ex - Presidente da Sociedade Peruana de Fertilidade. Presidente do Comit Nacional de Re-certificao de Especialistas do Colgio Mdico do Peru. Diretor Associado da Revista Peruana de Ginecologia e Obstetrcia, Diretor Geral da Clnica ADAMUJER da Universidade San Martn de Porres, Autor de mais de 100 publicaes em revistas peruanas e estrangeiras, autor de vrios livros da especialidade de Ginecologia e Obstetrcia. Medalha de Ouro do Colgio Mdico do Peru por servios excepcionais Dr. Alejandro Velazco Boza Professor Auxiliar de Obstetrcia e Ginecologia da Universidade de Havana, Cuba. Chefe de Seo de Aborto Seguro da Sociedade Cubana de Obstetrcia e Ginecologia. Membro do Grupo Assessor do Ministrio de Sade Pblica. Diretor da Maternidade Docente Amrica Arias. Chefe do Grupo Provincial de Obstetrcia e Ginecologia Provncia Cidade Havana. Membro do Executivo da Sociedade Cubana de Ginecologia e Obstetrcia. Autor de mais de 35 artigos publicados em revistas nacionais e estrangeiras. Dr Anbal Fandes Professor Titular de Obstetrcia da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brasil (Aposentado, atuando como voluntrio). Investigador Snior do Centro de Estudos em Sade Reprodutiva de Campinas (Cemicamp). Autor de mais de 380 artigos em revistas cientficas, editor e autor de vrios livros. Foi Coordenador do Comit de Direitos Sexuais e Reprodutivos da Federao Latino-Americana de Sociedades de Obstetrcia e Ginecologia (FLASOG) e Presidente do Comit de mesmo nome da Federao Internacional de Ginecologia e Obstetrcia (FIGO).

3

AGRADECIMENTOSAgradecemos ao Ipas (EUA) pela contribuio financeira para a preparao e impresso deste manual, e muito especialmente a Rodolfo Gmez Ponce de Leon, gineco-obstetra argentino que trabalha atualmente com Ipas na Carolina do Norte, Estados Unidos. Dr. Gmez trabalhou na reviso de todas as publicaes sobre o tema na literatura mdica internacional, durante os ltimos dois anos, o que nos permitiu assegurar a atualizao da informao contida neste Manual. Agradecemos tambm Daniel Grossman (Ibis Reproductive Health, EUA), e Marian Abernathy (Ipas, EUA) por seus comentrios, assim como a Ceclia Barros por sua assistncia logstica. O Editor agradece particularmente aos Drs. Angel Terrero, Jos Figueroa e Alejandro Paradas, do atual Comit Executivo da FLASOG, que nos deram seu apoio total e incondicional para a preparao desta segunda edio. Por ltimo, temos que agradecer a colaborao dos autores originais de cada captulo, que tiveram a pacincia de revisar outra vez as publicaes correspondentes a seus respectivos temas. A responsabilidade final sobre o contedo desta segunda edio do Manual cabe, entretanto, ao editor, que o revisou em detalhe, consultando sempre os autores de cada um dos captulos.

4

APRESENTAO DA PRIMEIRA EDIO

As circunstncias da vida me brindam o privilgio e grande honra de escrever a apresentao deste manual. Privilgio, porque os autores so profissionais idneos, consagrados no trabalho cotidiano da medicina, que dedicam horas ao estudo, reflexo e anlises. Eles tm realizado o esforo de sintetizar sua experincia profissional e sua aprendizagem para facilitar a outros colegas as chaves para uma boa prtica clnica. tambm uma honra pelo contedo deste manual que vem cubrir uma necessidade e se constitui em uma ferramenta de grande valor, muito didtica, que expe de maneira fcil e estruturada o uso do misoprostol nas diferentes condies ginecoobsttricas, avaliando seus benefcios e potenciais riscos. A obra nos orienta sobre as indicaes, uso apropriado e contra-indicaes do misoprostol que, se bem no est aprovado na grande maioria dos pases para uso em gineco-obstetrcia, dispe de uma vasta experincia clnica na Amrica Latina, que tem demonstrado sua eficincia com grandes vantagens como ter facilidade de conservao, estabilidade da mesma, aplicao e custo reduzido, comparado com as prostaglandinas naturais. O alto ndice de morbimortalidade materna , ainda, uma grande preocupao em nosso continente, e estamos seguros de que o uso apropriado do misoprostol na gravidez vai trazer grande benefcio para nossas mulheres. Consciente dessa realidade que o Comit Executivo da Federao Latino-Americana de Sociedades de Obstetrcia e Ginecologia, junto com seu Comit de Direitos Sexuais e Reprodutivos, promoveram a preparao deste manual que colocamos disposio de V.Sas. para melhor exerccio de nossa prtica profissional.

Dr. Carlos Fuchtner Soruco Presidente Comit Executivo Federao Latino-Americana De Sociedades de Obstetrcia e Ginecologia Abril, 2005 - Santa Cruz de la Sierra, Bolivia

5

PRLOGO DA SEGUNDA EDIO

Escrever ou editar um livro no uma tarefa fcil. Ao consegui-lo, os autores sentem uma imensa satisfao, que ser muito maior se as pessoas, nesse caso a comunidade mdica, o aceitam e acham til para o seu cotidiano e exerccio profissional. Isso anima o escritor e/ou editor a continuar produzindo. Em muitas ocasies se decide realizar uma reviso do trabalho anterior com o objetivo de melhor-lo com relao ao contedo e forma, baseado em novas experincias e no avano cientfico do momento. No caso do Manual de Uso do Misoprostol em Obstetrcia e Ginecologia, sua primeira edio teve um impacto na comunidade mdica, pela valiosa informao aplicvel a diferentes situaes clnicas no campo da obstetrcia e da ginecologia. Graas a essa aplicao pde se desenvolver e ampliar a experincia de seu uso, a qual tem sido coletada pelos autores para apresentar esta segunda edio, mais completa, detalhada, e, sobretudo, fundamentada no conceito da medicina baseada em evidncia de boas prticas mdicas. Aproveitem um manjar bibliogrfico. Apliquem suas orientaes cada vez que tenham a oportunidade e no privem as mulheres de serem beneficiadas com o uso racional desse medicamento.

Dr Angel Terrero Presidente FLASOG Maro 2007, Repblica Dominicana

6

INTRODUOAnbal Fandes USO DE MISOPROSTOL NA REGIO No resta dvida de que no momento atual o misoprostol um medicamento de uso comum para os gineco-obstetras latino-americanos. Em uma pesquisa sobre o uso do misoprostol, aplicada em trs pases, os mdicos respondiam que o usavam para a evacuao uterina em caso de feto morto intra tero (61%), em abortos retidos (57%) e para induzir o parto (46%)1 . Sua popularidade se explica por ser um frmaco barato, termoestvel e efetivo para provocar contraes uterinas. O problema que no est aprovado com essas indicaes na maioria de nossos pases e, por essa razo, usado de muitas maneiras diferentes e, o que mais grave, seu uso inapropriado pode ocasionar hiperestimulao e rotura uterina, o que coloca em risco a vida da me e do feto2-4. O misoprostol um novo anlogo da prostaglandina E1 (PG E1) que comeou a ser vendido nas farmcias da Amrica Latina desde o final da dcada de 1980 com o nome comercial de Cytotec, como tratamento da lcera pptica, especialmente nos casos provocados pelo uso de anti-inflamatrios no esteroidais5-7. Seu uso com essa finalidade est contra-indicado em gravidezes porque poderia causar um aborto. Est bem documentado que, pelo menos no Brasil e seguramente em muitos outros pases da regio, os balconistas das farmcias, que tradicionalmente tm vendido o mais variado tipo de medicamentos para fazer desce