manual elaboracao docs academicos

Download Manual Elaboracao Docs Academicos

Post on 06-Jul-2015

268 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

MANUAL DE ELABORAO DE DOCUMENTOS ACADMICOS

Salvador 2008

4

Autores: Diogo Antonio Queiroz Gomes Graduado em Turismo e Hotelaria pela UNEB. Especialista em Gesto Governamental pela UNEB. Professor titular da Faculdade So Salvador. Marcelo Cruz Dalcom Junior Graduado em Letras com nfase em Traduo pela UNIFACS. Graduado em Artes Cnicas Interpretao Teatral pela UFBA. Especialista em Metodologia e Prtica em Docncia Superior pelas Faculdades Jorge Amado. Professor titular da Faculdade So Salvador. Maria Augusta Bergamini de Gouveia Marti Graduada em pedagogia pela Universidade 9 de Julho, So Paulo. Especialista em educao pela UFBA. Professora titular da Faculdade So Salvador. Maria Auxiliadora Ribeiro Silva Graduada em Administrao de Empresas pela UCSAL. Especialista em Gesto Estratgica e Recursos Humanos pela UNICENID. Especialista em Gesto Escolar pela Faculdade Monte Negro. Professora titular da Faculdade So Salvador. Maura Josuela Dias Fernandes Graduada em Pedagogia pela UNEB. Especialista em Psicologia Organizacional pela UCSAL. Especialista em Psicopedagogia Clnica. Faculdade Internacional de Curitiba, FACINTER. Professora titular da Faculdade So Salvador. Paulo Henrique Ges Souza Graduado em Pedagogia pela UFBA. Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela UNESE. Especialista em Psicopedagogia pela faculdade Monte Negro. Professor titular da Faculdade So Salvador. Priscila Rolemberg Duarte Graduada em Admistrao de Empresas pela Faculdade So Camilo. Especialista em Gesto em Sade na FTC. MBA em Gerenciamento de Projeto pela Fundao Getlio Vargas. Professora titular da Faculdade So Salvador.

5

APRESENTAO DA 3 EDIO

Compreendemos que a construo deste manual imprescindvel como instrumento de excelncia para elaborao e apresentao dos trabalhos cientficos, respaldando a toda comunidade acadmica da Faculdade So Salvador, contemplando os seus trs pilares bsicos: ensino, extenso e pesquisa. Parabenizamos aos professores engajados nesta proposta que

viabilizaram a elaborao deste material que esclarece sobre as diretrizes para a produo cientifica, atualizada dentro das normas atuais da Associao Brasileira de Normas Tcnicas (ABNT), unificando em uma s linguagem a construo do saber cientfico. Que este material seja uma referncia e um estmulo para quem o acessa, entendo que todos ns somos potencialmente capazes de trilharmos o caminho do sucesso acadmico. Salvador, 31 de maro de 2008. Professor Antonio Ribas Reis Diretor Acadmico

6

SUMRIO

1 2 2.1 2.2 2.3

A CINCIA DENTRO DO CONTEXTO DA METODOLOGIA CIENTFICA

07 13 13 15 18 18 19 20 21 25 27 27 31 38 72 73 74

TRABALHOS UTILIZADOS NA GRADUAO DA FSSAL RESUMO RESENHA RELATRIO TCNICO-CIENTFICO

2.3.1 Relatrio de visita tcnica 2.3.2 Relatrio de estgio supervisionado 2.3.2.1Roteiro para elaborao do relatrio de estgio 2.3.3 Orientaes gerais 2.4 2.5 ARTIGO CIENTFICO PROJETO

2.5.1 Projeto de relatrio de estgio 2.5.2 Projeto de pesquisa 2.6 3 MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CURSO (TC) A NORMALIZAO

REFERNCIAS APNDICE

7

1 A CINCIA DENTRO DO CONTEXTO DA METODOLOGIA CIENTFICA

A cincia

A cincia o conjunto de conhecimentos racionais, certos ou provveis, obtidos, metodicamente sistematizados e verificveis, que fazem referncia a objetos de uma mesma natureza. (ANDER-EGG, 1978, p.15 apud LAKATOS, 2004, p.22). A cincia todo um conjunto de atitudes e atividades racionais, dirigidas ao sistemtico conhecimento com objeto limitado, capaz de ser submetido verificao. (TRUJILLO, 1974, apud LAKATOS, 2004, p.22) Respostas provisrias Sistematizao de conhecimentos Soluo de problemas Racional Sistemtica Planejada Objetiva Lgica Confivel

Deve:

Buscar a originalidade e criatividade Considerar a disponibilidade e acesso s informaes Reviso das investigaes e literaturas anteriores

8

O MEC adota o critrio utilizado pela CAPES para as reas cientficas: Cincias naturais e sade; Cincias exatas e da terra; Engenharia e tecnologias; Licenciaturas; Cincias humanas e sociais (maior densidade terica); Cincias sociais aplicadas (aplicaes prticas das teorias sociais) Caractersticas Objeto socialmente condicionado O pesquisador sujeito e objeto de estudo Produz aplicaes prticas no contexto social Metodologia cientfica Disciplina instrumental presente em todas as reas acadmicas, adaptandose ao objeto de estudo. Sendo este uma observao ao acaso que se difere do conhecimento cientfico que quando aplicado resulta no mtodo de investigao. A cincia se define em funo do mtodo empregado, no em funo do assunto estudado. (DENCKER, 2001, p. 39). A pesquisa cientfica nas cincias sociais aplicadas: A) Esta uma pesquisa que tem por finalidade uma atividade planejada, racional e sistemtica com a inteno de buscar solues de problemas. B) Descobrir respostas para questes mediante a aplicao de mtodos cientficos. (SELLITZ, 1965 apud MARCONI, 1999, p.18) C) Busca indagao e investigao da realidade a partir da observao de fatos, servindo a um objetivo pr-formulado. D) Permite a elaborao de um conhecimento ou conjunto de conhecimentos que nos ajudem na compreenso da realidade e orientem nossa ao.

9

Os planos de pesquisa variam de acordo com a finalidade Finalidades: A) Familiaridade em relao ao fenmeno B) Exatido na representao das caractersticas C) Anlise de hipteses Quanto aos objetivos: Exploratria (investiga objeto e hipteses) Descritiva (sem a interferncia do pesquisador) Explicativa (descreve causas dos objetos) Etapas da pesquisa: Planejamento Projeto Coleta de dados Anlise de dados Relatrio Eficcia nos estudos Estudo: fruto da experincia direta ou indireta Direta: O indivduo participa (ex: visita tcnica, pesquisa) Indireta: Observao de filmes, mapas, leitura de relatrios, fotografias, participao em conferncias. Estudar: Motivao, organizao, assiduidade, adequao do ambiente, tcnicas de leitura. Ir direto ao que interessa O assunto interessa pesquisa que est sendo realizada? Quem o autor? O texto oferece alguma contribuio temtica? Verificar tabelas, quadros, sumrios e ndice.

10

Tcnicas Anotao: Seleo de informaes para posterior aproveitamento. No devem ser to sintticas que dificultem o entendimento posterior. Podem ser de palestras, aulas ou consultas bibliogrficas. As anotaes de textos escritos (livros e artigos) devem ser posteriores a uma leitura rpida e completa e aps sublinha das idias principais.

Registrar as informaes da fonte: Autor, ttulo da obra, lugar, editora, ano da publicao e nmero das pginas consultadas. Em caso de aula ou palestra: autor; o local; o ms e o ano da exposio.* As anotaes so decorrentes de esquemas fruto da sublinha das idias principais.

Sublinhar Como e por que sublinhar: A) Idias principais e palavras-chaves B) Aps vrias leituras C) Reconstruir o pargrafo D) Colocar um trao vertical margem do texto para passagens mais significativas E) Colocar um ponto de interrogao margem do texto em caso de dvidas * Destacar com dupla sublinha expresses tpicas do texto.

11

Vocabulrio

Recomendaes para palavras desconhecidas: Anotar Uso do dicionrio Descobrir o sentido da palavra no contexto.

TIPOS DE DOCUMENTOS ACADMICOS

De acordo com a necessidade de aprendizagem e dos requisitos de exigncias do corpo docente e da instituio o aluno pode desenvolver os diversos tipos de documentos acadmicos a seguir: A) RESUMO Apresentao concisa das idias relevantes de uma obra, orientado pela NBR6028:2003 da ABNT para a apresentao sintetizada de um documento. B) RESENHA Tambm chamado de resumo crtico. Verso sintetizada do texto contm uma anlise critica do documento, imprimindo opinies prprias do resenhista. C) RELATRIO DE ESTAGIO SUPERVISIONADO Documento em que so relatadas as atividades prticas exercidas em ambiente de trabalho, suas intervenes, melhorias ou sugestes, baseados em conhecimentos terico-cientficos, na sua aplicabilidade diante de problemas analisados pelo discente, apresentando os resultados, sendo tambm requisito obrigatrio de acordo com o PDI para a titulao na graduao.

12

D) RELATRIO TCNICO-CIENTFICO Documento em que so descritos os caminhos percorridos, fatos analisados e atividades realizadas relativas a um projeto, apresentando os resultados de um trabalho. E) PROJETO DE PESQUISA Compreende uma das fases da pesquisa. a descrio de sua estrutura. (ABNT/ NBR 15287, 2005, p. 2) F) ARTIGOS CIENTFICOS um trabalho cientfico, que tem como finalidade comunicar resultados e pesquisas, idias, debates, levando os resultados do teste de hipteses, provando uma teoria. G) MONOGRAFIA Documento tambm chamado de Trabalho de Curso. Representa o resultado de um trabalho experimental ou a exposio de um estudo cientfico, com tema nico e bem delimitado. Visa a obteno da titulao na graduao e na psgraduao nos cursos de especializaes. H) DISSERTAES Idem a tese, sendo que visa a obteno do ttulo de mestre. I) TESES Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou a exposio de um estudo cientfico, com tema nico e bem delimitado. Visa a obteno do ttulo de doutor.

13

2 TRABALHOS UTILIZADOS NA GRADUAO DA FSSAL

2.1 RESUMO

a condensao do texto, ou seja, uma verso sintetizada dos pontos fundamentais de uma obra. Apresenta-se em artigos, monografias, dissertaes e deve-se observar as normas da NBR6028:2002-ABNT. Como trabalho de graduao deve ser orientado pelo professor, e o seu preparo serve para fichamentos de contedo das disciplinas cursadas. Por ser um ato de condensar idias principais ou centrais, nos trabalhos de graduao, o aluno deve apresentar com as prprias palavras, os pontos relevantes do texto. A sntese do texto pode ser feita com as palavras do autor; sem, contudo, ferir a mensagem de quem escreveu o texto original. Aspectos que devemos considerar ao elaborarmos um resumo: a) Fazer uma leitura an