manual dos setups volume1

Download Manual Dos Setups Volume1

Post on 17-Oct-2015

5.222 views

Category:

Documents

1.655 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Manual de Setups Grficos Por Alexandre Wolwacz - Stormer

  • APRESENTAO

    Uma das vrias dificuldades que um trader tem em sua rebuscada atividade profissional a escolha de um sistema operacional que possa ser utilizado em suas rotinas.

    A escolha do prazo, do setup, do manejo de risco e da forma de conduzir as operaes parte fundamental no projeto de vida de um trader.

    O mercado financeiro apresenta algumas dezenas de modos diferentes de se ganhar dinheiro e algumas centenas de modos diferentes para se perder dinheiro. Operaes a favor da tendncia, operaes contra a tendncia, operaes de retorno a mdia, operaes de afastamento da mdia, operaes de financiamento, operaes de long-short, operaes de lanamento coberto e operaes focadas em volatilidade so apenas algumas das diversas modalidades de setups que existem. Algumas usam a inrcia de um movimento a seu favor, outras usam o retorno a um preo mdio.

    Nossa misso neste trabalho apresentar os mais diversos setups operacionais que j foram criados por dezenas de autores e, ao mesmo tempo, os resultados estatsticos destes no mercado financeiro brasileiro. Alm disso, iremos tambm apresentar as variantes possveis dos setups apresentados.

    Nosso projeto inicial constava como um livro fechado. Porm, a medida que a idia foi tomando forma, percebemos que a cada dia novos setups e novas tticas so descritas. Desta maneira, nos pareceu mais interessante a edio deste Manual de Setups Grficos em forma de fascculos lanados periodicamente. Cada novo fascculo lanado estar associado a um novo Captulo tratando de um indicador ou ferramenta diferente. Assim, nossa comunidade de traders ter a oportunidade de acompanhar, de forma peridica e fascicular, a publicao de um conjunto de setups grficos para compor seus estudos e tticas de trade.

  • CAPTULOS DO MANUAL DE SETUPS

    CAPITULO 1: SETUPS PUROS

    CAPITULO 2: SETUPS BASEADOS EM MEDIAS MVEIS

    CAPITULO 3: SETUPS BASEADOS EM OSCILADORES

    CAPITULO 4: SETUPS BASEADOS NA BANDA DE BOLLINGER

    CAPITULO 5: SETUPS BASEADOS NO PONTO DE PIVOT, HILO e SAR

    CAPITULO 6: SETUPS BASEADOS NO MACD HISTOGRAMA

    CAPITULO 7: SETUPS BASEADOS NA VOLATILIDADE HISTRICA

    CAPITULO 8: SETUPS UTILIZANDO INDICADORES ASSOCIADOS

  • A ANLISE DE SETUPS

    Quando analisamos um setup precisamos ter em mente as principais caractersticas que compem um sistema.

    Um setup um conjunto de situaes grficas que nos oferece uma tomada de posio, seja comprada ou vendida. Com um alvo, um estope, uma quantidade de sinais e um ndice de acerto para o alvo.

    As pessoas erroneamente consideram que um setup rentvel apenas pelo seu nvel de acerto. Esse um erro conceitual dramtico. Estruturalmente falando, um setup ir ser rentvel ou no, dependendo do conjunto inteiro e da interao dessas caractersticas:

    1- Media de ganho por trade certo; 2- Media de perda por trade errado; 3- ndice de acerto no alvo; 4- Quantidade de sinais; 5- Media de ganho/ media de perdas.

    Um sistema de trade que tenha 90% de acerto pode ser deficitrio. Bem como, sistemas de trade com apenas 20% de acerto podem ser altamente rentveis. O balano de quanto se perde e quanto se ganha em cada trade certo, somado com os nveis de acerto que ira produzir o resultado. Com essas informaes podemos montar a possvel rentabilidade de um sistema. Usando o que se chama de expectativa matemtica.

    A EXPECTATIVA MATEMATICA

    A expectativa matemtica uma formula criada para observar se o vis de um sistema de produzir lucros ou se o vis de prejuzo.

    Conceitualmente falando, no poderamos pensar em operar sistemas que tem expectativa matemtica negativa.

  • A forma de calcular est abaixo:

    Expect = (( 1+ ( media de ganho/ Media de perda)) X Percentual de acerto)-1

    Quanto maior o numero, poderamos inferir que melhor seria o sistema.

    Claro, que para podermos analisar um sistema, precisaremos de um histrico de trades gerados pelo mtodo.

    Podemos pensar em sistemas que tenham as seguintes caractersticas:

    Quantidade de sinais Muitos Poucos Nivel de acerto Alto Baixo Media de ganho/media perda Alta Baixa

    Os setups acabam associando essas caractersticas. Sem duvida que o setup perfeito seria: Alta media de ganho, alto nvel de acerto, muitos sinais.

    Mas, infelizmente, quase impossvel encontrar um setup assim.

    Resumidamente, quando queremos:

    1- Alto nvel de acerto - Precisar de estopes longos, pois estopes curtos tendem a ser violinados. Ou ento, precisaremos de alvos mais curtos, para que se aumente o nvel de acerto. As duas medidas instantaneamente DIMINUEM a media de ganho/media por perda ( Pay off) do sistema.

    2- Pay Off Alto Para isso, precisamos de um estope curto. Pois com estopes curtos, quando erramos, perdemos pouco. Ao mesmo tempo, precisamos de alvos longos. As duas medidas DIMINUEM nosso nvel de acerto.

    3- Quantidade de sinais Raramente teremos movimentos muito amplos se apresentando seguidas vezes. Logo, alvos longos e muitos sinais, no sero encontrados juntos.

    Pois os cenrios so contraditrios. Para um setup ter alta media de ganho, significa estopes curtos e alvos longos. Isso por si s j impede alto nvel de acerto. E ainda mais muitos sinais.

    Os setups mais freqentes e rentveis so os que tm baixo nvel de acerto, alta media de ganho/perda e sinais mdios.

    Ainda sobre os setups, podemos dividir o grupo de setups quanto aos indicadores utilizados em sua construo ou quanto filosofia sobre a qual o modelo se instala.

    Para fins didticos iremos dividir em cima dos indicadores usados na construo de cada um desses setups e, dentro disso, separar os modelos por sua filosofia.

  • A FILOSOFIA DOS SETUPS

    Em termos de filosofia temos setups que usam:

    1- Seguidores de tendncia; 2- Operaes contra tendncia; 3- Padres grficos; 4- Rompimentos; 5- Divergncias; 6- Recuos dentro de tendncia;

    1. Os sistemas seguidores de tendncia:

    Esse tipo de modelo tende a ter um baixo a mdio nvel de acerto. Produz timas relaes de media de ganho por trade certo, contra media de perda por trade errado. Usualmente abrem poucos sinais.

    2. Operaes contra-tendncia:

    Esse tipo de modelo tende a ter um nvel de acerto maior. Porm, seus ganhos so menores. A relao aqui de Payoff ( media de ganho/ media de perda) no das melhores.

    3. Padres grficos:

    Esse tipo de modelo, tende a ter bom nvel de acerto, alvos longos e pouqussimos sinais.

    4. Rompimentos:

    Tendem a ter bom nvel de acerto, alvos curtos e estopes longos.

    5. Divergncias:

    Geram poucos sinais, com bom nvel de acerto, alvos longos.

  • BREVE GLOSSRIO

    Vamos falar dos termos que sero abordados no futuro:

    Payoff = Valor absoluto da diviso do lucro mdio pela perda media.

    Fator de lucro (profit factor) = o valor absoluto da diviso do lucro total bruto auferido no perodo dividido pelas perdas totais brutas.

    Fator de recuperao (recovery factor) = Valor absoluto do de todo lucro auferido dividido pelo drawdown maximo .

    Drawdown = a distancia entre o topo at o fundo dentro de um grfico de curva de capital.

  • CAPTULO 1 SETUPS PUROS

    Um setup pode ser composto por vrios indicadores associados ou apenas pela movimentao dos preos em si. Aqueles setups que no utilizam nenhum indicador ou oscilador recebem o nome de setups puros.

    No se engane acreditando que esses setups por serem realmente muito simples no possuam rentabilidade ou que no tenham efetividade. A maior parte das grandes idias do conhecimento humano em sua essncia absolutamente simples.

    Os sistemas simples tm inmeras vantagens a seu favor: Velocidade na tomada de deciso, rapidez, objetividade e conciso.

    Aqui temos modelos que oferecem respostas binrias. Sim, temos um trade ou No, no temos um trade. O ponto de entrada inequvoco.

    O alvo varia de modelo para modelo. Alguns setups trabalham com alvos fixos. Outros procuram a sada por um modelo de estope-mvel ou pelo sinal de venda sendo acionado.

    Aqui interessante salientar um fato:

    Quando temos um setup com alvo fixo, o desempenho ser muito melhor nos mercados que estejam em congesto ou de lado.

    Quando temos um setup com estope mvel, temos o desempenho melhor nos mercados que estiverem em tendncia de alta ou em tendncia de baixa.

    Isto por qu? Porque em um mercado em congestionado, o desempenho fica interessante quando temos o alvo fixo, graas volatilidade do ativo que leva o papel at nosso alvo, terminamos a operao e retiramos nosso capital do papel.

    Porm, note que nesse tipo de modelo, teremos automaticamente uma diminuio na proporo de lucro / prejuzo.

    O lucro / prejuzo a varivel mais importante na analise de um setup.

    Ao observar uma relao de lucro de 3 para 1. Podemos mesmo com 30% de nvel de acerto obter lucro na utilizao do mtodo.

  • Um sistema com uma relao de 1 para 1, por outro lado PRECISA de um nvel de acerto maior que 60% ( lembre-se dos custos operacionais) para auferir lucro.

    Portanto, os modelos que tem alvo fixo, tero relaes lucro /prejuzo baixo. O que automaticamente impe a eles a necessidade de terem elevados nveis de acerto para que possam ser lucrativos.

    Os Modelos que tm estope mvel acabam tendo melhores relaes de lucro/prejuzo. Mas, automaticamente acabaro tendo nveis de acerto menores, j que nosso estope sobe e em um eventual barulho do mercado, podemos ser estopados.

    Mas por hora, chega dessa conversa, vamos direto aos modelos puros e durante a sua exposio abordarei mais essa questo de ferramentas de diagnostico de um setup.

  • SUMARIO DESTE CAPTULO 1

    Setup 1-