Manual de preos e servios digitais -Apadi

Download Manual de preos e servios digitais -Apadi

Post on 13-Nov-2014

4.797 views

Category:

Business

7 download

DESCRIPTION

Como cobrar por servios digitais?Este documento, criado pela APADI, tem valores pr-definidos sobre como cobrar cada job nos meios digitais.

TRANSCRIPT

  • 1. Manual de Preos eServios Digitais APADiValores de referncia para avaliao do custobsico das principais aes digitais de Comunicao

2. Manual de Preos eServios Digitais APADiAgncias associadas APADi AG2 | Publicis ModemLampejos Comunicao DigitalAgncia Pulso Levitron Web Works Agncia VM2 LovAgncia WLD MZclickAlafia Digital NuovaAll ImageParsec DigitalCappuccino DigitalPictureWeb Casulo Polvora! CDN Digital Princi Agncia Web Chleba Provnet Contedo Online Rocket ComCricket Design ScripDainet SEO MarketingDigital IndustryTimepix Interactive Digitale Trendi Diretta TribalDOC.COMTritoneEmporium da Criao TV1EnkenUltraHausEspiral Interativa Urban Summer Estudio23ValormaisFosterVanguarda BrasilFSBWebBox Full TecnoWebcoreGerenteWeb WemakeGommoWezenGoomarkWX7 Grupo Innovar8 XY2 Agncia DigitalKronedesign ZAW Comunicao DigitalColaboradores APADiDatadrome Dinamize Jet http://www.apadi.com.br/* Agncias e colaboradores associados at dezembro de 2010 2 3. A expressiva participao dos consumidores brasileirosna Internet, especialmente nas grandes redes sociais,tem impulsionado empresas de todos os setores a investir cada vez mais emdiversas aes dirigidas ao universo digital. E este um dos importantes fatoresque tem gerado o crescimento local das agncias digitais.Mas o aumento deste setor representa um resultado mais importante: oamadurecimento das companhias em relao ao desenvolvimento de aesdirigidas Internet. claro que ainda h quem acredite que fazer Internet sejauma tarefa simples, mas esta j no mais a opinio da maioria de profissionaisque contratam tais servios.Atualmente, So Paulo o estado que mais rene fornecedores especializadosem aes digitais. Segundo dados apurados pela ABRADi, no segundosemestre de 2009, a regio representa 36% do mercado nacional deagncias digitais representando 63% da regio sudeste , com cercade 830 empresas especializadas e mais de seis milcolaboradores empregados.Porm, estes nmeros representam muito maisque uma simples liderana nacional. Pois o atualdesafio da APADi fomentar o crescimento destesetor, com base em aes que ajudem a promovero segmento digital no pas.Por isso, convidamos as empresas interessadas nos meiosdigitais incluindo agncias e companhias de todos setores a compartilhar estenovo documento da associao. O objetivo da Tabela de Preos da APADi apoiar ocrescimento legal e sustentvel de toda a cadeia que envolve as aes digitais no pas.Dessa forma, certamente, todos os setores envolvidos podero alcanar um retornocada vez mais satisfatrio em benefcio desta nova era da comunicao.Cludio CoelhoPresidente da APADiDiretor da Cappuccino Comunicao Digital3 4. Sobre este documentoBaseada nos valores praticados no maior mercado de agncias digitais do Brasil, a Tabela de Preosda APADi inclui os preos mdios dos principais produtos e servios dirigidos Internet.O objetivo deste documento ser uma referncia de mercado para que agncias e clientes tenhamparmetros adequados para avaliar o custo bsico das principais aes digitais.Para a APADi, os valores apresentados neste documento so considerados justos e viveis para que osetor se mantenha sustentvel, obedecendo aos padres de qualidade necessrios. importante esclarecer que, ao contratar trabalhos mais complexos como servios especializados,pacote de aes ou itens adicionais aos contratos com fee mensal , a APADi sugere que os valoresdesta tabela sejam sempre negociados entre agncias e clientes.Embora o quesito preo no deva ser o principal critrio para a escolha de uma agncia,temos certeza que este novo documento oferece informaes essenciais para as maisfrequentes negociaes deste segmento.Observaes geraisComo j detalhamos no Documento de Concorrncia e Avaliaoda APADi, a questo preo apenas um dos itens que devemser considerados para a escolha de uma agncia digital. Porm, importante que o mercado entenda que h algumas justificativasoperacionais que interferem diretamente na composio dos preospraticados por cada agncia. A seguir, confira alguns itens quedevem ser observados com ateno.ImpostosH diversos tipos de agncias e regimes tributrios em que estas se enquadram de acordo com osservios oferecidos. E os impostos que incidem sobre os oramentos de cada empresa tm um pesoconsidervel na composio de preos dos servios prestados.Seja pela localizao fsica ou pelo enquadramento tributrio do prestador de servios, h muitadiferena entre o percentual a ser recolhido por cada agncia para um mesmo projeto. Alguns detalhesque tambm interferem nos oramentos tm base na categoria municipal e federal, no sistema deretirada de lucros e at no faturamento anual da agncia, entre outros fatores. 4 5. Tipos de atendimentoExistem diversos tipos de contrato que podem ser estabelecidos para a contrataode projetos digitais. Porm, entre as particularidades que mais fazem diferena nacomposio de preos, destacam-se dois modelos de contrato: por fee e por job.Entre as vantagens dos contratos de longo prazo, baseados em um fee mensal, est aagilidade com que cada projeto pode ser realizado. Isso porque, ao prestar servios contnuospara a mesma companhia, as agncias eliminam vrias etapas de trabalho para chegar aoentendimento de cada projeto. Outro benefcio que os clientes encontram nesta modalidade deacordo a facilidade de negociao para tarefas que no estavam inclusas na proposta inicial.Mas nem todas empresas tm necessidades e/ou verbas que justifiquem este modelo decontratao. Neste caso, a melhor alternativa contratar uma agncia para cada job, mesmo queo preo unitrio de cada ao seja um pouco superior em relao aos outros modelos de parceria.Porm, alm da possibilidade de pagar por cada tarefa isolada, as empresas bem planejadas,com viso de longo prazo para suas necessidades, ainda tm a opo de negociar pacotes deaes, com preos mais vantajosos.Regio da agnciaA localizao geogrfica de cada agncia digital um fator que interfere diretamente sobreseus oramentos. Cargas tributrias, salrios e aluguis so alguns pontos que podem incidir nacomposio de preos. Porm, a regio especfica em que a agncia atua tambmtem um papel importante sobre o custo dos projetos. Isso porquealgumas localidades se transformam em polos setoriais quepodem onerar ou depreciar determinados projetos, de acordo coma especialidade local e com a respectiva demanda.Particularidades sazonaisComo em todos os setores, as agncias digitais tambm tmparticularidades sazonais. Por isso, as empresas que tm umplanejamento de aes mais organizado podem negociarmelhores preos no primeiro trimestre de cada ano, quando ademanda de servios digitais menor. Em contrapartida, o ltimo trimestre anual sempre maisconturbado, quando a maioria das empresas necessita de diversos projetos digitais, seja emcontratos por fee ou job.Custos de softwareNem todas agncias digitais tm a quantidade de software necessria para desenvolverprojetos simultneos. Por isso, o custo de software por hora acaba aumentando nestasempresas e pode onerar projetos maiores e mais complexos. Dessa forma, a APADi sugere queas empresas fiquem atentas infraestrutura tecnolgica de cada prestador de servio. Mesmoporque nossos associados defendem o uso de ferramentas e sistemas legalizados, que exigemum elevado custo de aquisio e manuteno.5 6. PrecificaoOs preos apresentados neste documento foram calculados com base no custo mdio de horasdos profissionais contratados pelas agncias associadas APADi. Mas importante esclarecerque os clientes no devem comparar oramentos de agncias aos honorrios de profissionaisfreelancers. Isso porque as agncias digitais oferecem estrutura de atendimento, metodologiase recursos bem diferenciados.Por isso, ao avaliar os oramentos recebidos, as empresas devem avaliar e pesar diferenciais comoequipe profissional, equipamentos, software e sistemas, instalaes e outros itens que possam interferirnos custos envolvidos. Todos estes fatores incidem diretamente no custo de horas trabalhadas.Vale lembrar que, alm de oferecer resultados eficazes aos seus clientes, o objetivo de umaagncia digital obter uma remunerao capaz de gerar rentabilidade e de manter as estruturasfsica, tecnolgica e intelectual.Como precificar ideiasEntre as diversas etapas dos projetos desenvolvidos pelas agncias digitais, o trabalho decriao um dos itens mais complexos. Isso porque se trata de uma tarefa imensurvel, poisuma boa ideia aquela que melhor atende s necessidades do cliente. Porm, esta criaopode surgir em trs minutos ou em 300 horas.Por isso, o trabalho de criao no pode ser comparado s tarefas de um programador, porexemplo, e no pode ser orado com base no custo de horas cobrado pelas agncias. Dessaforma, no h como estabelecer pisos ou tetos para o trabalho de criao, pois esta tarefadever ser negociada com base no perfil da agncia, do cliente e do profissional envolvido, noscustos totais das aes que envolvem a campanha e no modelo de contrato estabelecido.Custo de produoNem todas agncias digitais tm a quantidade de softwarenecessria para desenvolver projetos simultneos. Por isso,o custo de software por hora acaba aumentando nestasempresas e pode onerar projetos maiores e mais complexos.Dessa forma, a APADi sugere que as empresas fiquematentas infraestrutura tecnolgica de cada prestador deservio. Mesmo porque nossos associados defendem o uso deferramentas e sistemas legalizados, que exigem um elevadocusto de aquisio e manuteno.Periodicidade da tabelaA Tabela de Preos da APADi ter revises anuais, sempre de acordo com o comportamentodo mercado e com base nos valores praticados pelas agncias da regio. 6 7. Valores de refernciaOs preos das tabelas abaixo sugerem os valores para peas e escopos especficos baseados nassolicitaes mais frequentes dos clientes das agncias digitais associadas APADi. Obviamente,os preos mnimos representam o piso mdio de cada tarefa. Porm, no possvel estipular o valormximo de todos os itens, em funo de variveis que incluem o volume de tarefas, a complexidade doprojeto e a equipe alocada, alm da experincia e capacitao dos profissionais envolvidos.Nesta tabela, no abordamos projetos de Portais Corporativos, E-Commerce e E-Procurament eoutros servios que tenham maior complexidade na definio de escopo. No entanto, sugerimosalgumas etapas que ajudaro a precificar melhor tais projetos:PR-PROjeTOEntrevistas com alta direoAnlise de documentos (documentao estratgica)Gera relatrio de porte estratgicoDIAgnSTICOAnlise dos processos definidos como prioridade no pr-projeto (pilares)Entrevistas com operacionalObservao direta do processoGera relatrio de diagnsticoPlAnejAMenTODiretrizes estratgicasArquitetura InformaoElaborao do modeloGesto de contedoModelo governana (macro estrutura)Definio de papis e responsabilidades dos atoresPlanejamento evolutivoDefinio das mtricasTambm imprescindvel avaliar a eventual necessidade de integrar tais projetos com outrossistemas e ferramentas j desenvolvidos pela empresa, como folha de pagamento, tabela de preos,controle de estoque, ERP etc. Com essa documentao em mos, as prximas etapas devero incluirdesenvolvimento, implementao, validao e homologao do ambiente.7 8. WeBSITeA PARTIR DeeSTRuTuRA BSICA SugeRIDA PelA APADI R$ 20.000,00rea institucional rea esttica: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. rea de contato E-mail, telefone, formulrio etc. rea core Gerenciador de contedo para cadastro de servios/produtos e cases de clientes. rea informativa rea dinmica com notcias, eventos, calendrios etc.VAlOR SugeRIDO DeVeR InCluIRPlanejamento, arquitetura, criao, implementao e contedoinstitucional enviado pelo cliente. O oramento para a produo docontedo dever ser solicitado parte para a agncia contratada.COnSIDeRAR BOAS PRTICAS APADISEO, TAGs, CMS (caso haja uma rea de atualizao constante)e acessibilidade.RePlICAR PARA OuTROS IDIOMAS30% a 50% doCliente dever enviar os textos traduzidos e finalizados. preo inicial do site.Obs.: ferramentas interativas (enquetes, frum, rea restrita etc) devem ser cotadas parte.HOTSITeA PARTIR DeeSTRuTuRA BSICA SugeRIDA PelA APADI R$ 15.000,00Tecnicamente idntico ao site, o hotsite recebe esta denominao porter um perodo de vida definido (prazo para sair do ar). utilizado paradivulgar e/ou promover produtos, servios, lanamentos, eventos etc.Pode ter ou no algum tipo de interao com o usurio final, porexemplo, insero de imagens, upload de vdeos, enquetes, cadastrode usurios, personalizao de produto, games etc.VAlOR SugeRIDO DeVeR InCluIR(InDePenDenTeMenTe DO fORMATO)Planejamento, arquitetura, criao e implementao, com contedoenviado pelo cliente. O oramento para a produo do contedodever ser solicitado parte para a agncia contratada.COnSIDeRAR BOAS PRTICAS APADI: SeO e TAgSObs.: ferramentas interativas (enquetes, frum, rea restrita etc) devem ser cotadas parte. 8 9. lAnDIng PAgeA PARTIR De a pgina de destino criada exclusivamente para que o usurioencontre informaes sobre uma ao determinada, com maisR$ 5.000,00facilidade. muito utilizada como resultado de uma busca (orgnicaou link patrocinado) e como pgina de destino originada em peas oucampanhas (banner, e-mail marketing, hot site etc.).lAyOuT, TexTO e PRODuO DO HTMlMDIA Todo e qualquer servio que envolva aveiculao publicitria nos meios digitais. A PARTIR DePlAnejAMenTO De MDIA RemuneraoDefinio dos melhores meios e formatos para atingirpercentual de atos objetivos estabelecidos. 20% (pelo descontopadro) sobre oCRIAO DAS CAMPAnHAS valor investido naCriao do conceito para o meio digital.compra de mdia.Adaptao da campanha de outros meios para o meio digital.MenSuRAO DOS ReSulTADOSAcompanhamento e anlise para quantificao do desempenhoda campanha nos respectivos meios, utilizando mtricas epadres de mercado (page view, tempo de navegao, taxa declique, converso etc.). Esta avaliao pode ser feita uma nicavez para cada campanha, ou no, dependendo do perodo deveiculao planejado para a campanha.CRIAO e PRODuO DAS PeASExistem diversos formatos (Flash, GIF, JPG etc.), dimenses (medidas)e tamanhos (peso) que variam de acordo com o local de veiculao.fORMATOS PADRO IABQualquer formato sem animaoR$ 1.000,00Qualquer formato com animao R$ 2.000,00Qualquer formato com rich media R$ 4.500,00ADAPTAO e RePlICAO PARA OuTROSfORMATOS (CITADOS ACIMA)Produziu e comprou um full banner, cobra-se a adaptao para50% do valor daos outros formatos. pea original. 9 10. ReDeS SOCIAISA PARTIR DeAnlISe De PReSenA (DIAgnSTICO)R$ 7.000,00Onde e como sua empresa e concorrentes esto posicionados nas redessociais? Quais os atributos da sua marca segundo blogs, microblogs,comunidades e grupos de discusso? Quais os principais interesses do seupblico alvo nas redes sociais? Quais so as oportunidades de dilogo paraque sua empresa amplie a presena ou se reposicione no mercado?PlAnejAMenTOCanais, tipos de contedo, dinmicas de relacionamento e aes criativas.R$ 8.000,00PeRSOnAlIzAO DOS CAnAIS R$ 5.000,00Wireframe(wireframe e layout)layout R$ 2.000,00DeSenVOlVIMenTO:Algumas ferramentas permitem personalizao em trs nveis. Em um blog,tumblr ou rede Ning, possvel reposicionar os elementos (wireframe),personalizar o visual (layout) e criar objetos personalizados, como widgets,games e mashups (desenvolvimento). Outras ferramentas, como twitter,formspring e youtube, permitem apenas personalizar o layout. Curadoria de contedo R$ 1.500,00 Selecionar contedo para publicao em outros canais, comomensais blog, twitter e tumblr. Varia em funo de volume (quantidade de contedo publicado) e expertise do analista. Produo de contedo no-especializadoR$ 2.500,00 1.500 a 3.000 caracteres. mensais (2 posts por semana) Produo de contedo especializadoR$ 500,00 Envolve conhecimento tcnico e muitas vezes contratao de especialista.por texto Produo de contedo multimdia Sob consulta (por volume vdeos para youtube, fotos, podcasts etc. e qualidade de produo)SeeDIngR$ 3.000,00Prtica utilizada para divulgar produtos e servios nas redes sociaismensaisem ambientes que esto receptivos ao consumo desta informao cobrado por volume de produo.geSTO De PReSenA R$ 8.000,00 mensais Relacionamento nos canais sociais Responder comentrios, mensagens em microblogs e e-mails enviados por esses canais. Anlise e mtricas dos canais Analisar menes da marca, repercusso das aes e gerar relatrios para o cliente. cotado, principalmente, com base no volume de presena da marca (pequeno, mdio ou grande).Obs.: para abordagem institucional, recomendamos um prazo mnimo de seis meses. J a abordagempromocional est diretamente vinculada ao perodo da campanha.10 11. lInKS PATROCInADOSA PARTIR DePlAnejAMenTOR$ 2.000,00Anlise e definio de canais (Yahoo, Google, Facebook etc.)Tipo de abordagem (promoo, marca, produto)Definio de 1 campanha com 30 palavras-chave em cadaestratgia de investimento.geSTO De CAMPAnHAR$ 2.000,00Acompanhamento e performance das palavras-chave, cliquesmensais ou 15%da verba disponvel.e resultados, sugerindo aes de ajustes e correes se necessrias com gerao de relatrios.Obs.: eventuais produes de peas para a campanha, consultar item Mdia.SeO A PARTIR DePlAnejAMenTOR$ 2.000,00Anlise ou definio estrutural do site, estratgia de otimizao depalavras-chave. cotado, principalmente, com base na estrutura, noporte e na tecnologia do site.geSTOR$ 1.000,00Execuo do planejamento, ajustes na estrutura e construo demensaislinks externos (relacionamento na Web); acompanhamento deresultados e mtricas.Obs.: recomendado um prazo mnimo de seis meses.neWSleTTeR Promover contedo informativo (editorial/jornalstico) A PARTIR DePRODuO eDITORIAlR$ 3.000,00Contedo produzido a partir de briefing detalhado do cliente em linguagemespecfica para a web (webwritting). Ex.: produo de cinco textos deaproximadamente 1.200 toques cada, com entrevistas por telefone.ARTe e PRODuO DO HTMl R$ 1.500,00Produo de layout com contedo produzido pelo cliente.Diagramao e implementao da pea em uma pgina HTML comlinks e cdigos para mensurao.DISPARO R$ 30,00Contratao de ferramenta apenas para o disparo da pea (finalizada (1.000 e-mails mensais)pelo cliente) para a base de e-mails fornecida pelo cliente.MenSuRAOR$ 500,00Importao, higienizao e segmentao de base; importao do (por disparo)HTML, programao do disparo, acompanhamento de resultados eanlise de relatrios.11 12. e-MAIl MARKeTIngPromover produto/servio/marca/evento etc. pontualmente (promocional)A PARTIR DeCRIAO DA PeA (TexTO e ARTe) +R$ 1.500,00PRODuO DO HTMlProduo de layout com contedo produzido a partir de um briefingdetalhado do cliente.SOMenTe PRODuO DO HTMlR$ 500,00Diagramao e implementao da pea em uma pgina HTML comlinks e cdigos para mensurao (com arte enviada pelo cliente).DISPARO (COnTRATAO De feRRAMenTAR$ 30,00APenAS PARA O DISPARO)(1.000 e-mails mensais)Envio da pea finalizada para uma base de e-mails fornecida pelo cliente.geSTOR$ 500,00Importao, higienizao e segmentao de base, importao do HTML, (por disparo)programao do disparo, acompanhamento de resultados e anlise de relatrios.ADVeRgAMeSA PARTIR DeUtilizao de jogo para promover uma marca, produto ou servio.PlAnejAMenTOR$ 10.000,00Criao de game design document, descrevendo jogabilidade,plataformas, interao com a marca.gAMe OnlIne STAnDARDR$ 8.000,00Jogos pr-prontos que so apenas customizados para a marca ouproduto (no necessita de planejamento).MOBIleR$ 25.000,00Jogos feitos para plataformas mobile, em que o valor dodesenvolvimento depende da quantidade de adaptaes paramarcas/modelos de aparelhos escolhidos.gAMe OnlIne ORIgInAlR$ 30.000,00Jogos feitos sob demanda para uma marca ou produto, contendojogabilidade exclusiva para determinadas aes.SOCIAl gAMe (jOgOS PARA ReDeS SOCIAIS)R$ 30.000,00Jogos feitos sob demanda para uma marca ou produto que contamcom recursos e funcionalidades de socializao.PlAnejAMenTO De ADVeRTISIng In gAMe R$ 5.000,00Planejamento para compra de mdia ou aes especiais dentrode um jogo j desenvolvido e estabelecido no mercado.Obs.: a composio de preos depende da plataforma e da tecnologia definidas.12 13. Manual de Preos eServios Digitais APADi PatrocnioA APADi uma entidade sem fins lucrativos que tem MAnuAl De PReOS ecomo misso representar os interesses SeRVIOS DIgITAIS APADIdas Agncias Digitais Paulistas trabalhando peloEdio 01 - Dezembro 2010desenvolvimento, normatizao, consolidao,aculturamento e profissionalizao do mercadoProjeto editorial: Cludio Coelho - Cappuccino Digitalcorporativo de solues digitais em So Paulo.Presidente da APADiEm 2009, a entidade lanou o Documento de Marcelo Abdo - PicturewebConcorrncia e Avaliao, que rene dicas prticas Vice-presidente da APADisobre como contratar a melhor agncia digital para suasaes de Comunicao. O material pode ser acessado Paulo Centenaro - APADiem www.concorrenciadigital.com.br. Diretor executivoA APADi uma associao ligada ABRADi.Simone Freire - Espiral InterativaDiretora APADiCopatrocnio Textos e reviso:Ana Cssia Siqueira Alternativa de Comunicao Projeto grfico:Espiral Interativa Agracedemos ainda o apoio de diversos associados presentes nasreunies semanais, sem os quais este projeto no teria sido realizado. 13 14. Agncias apoiadoras14 15. apadi@apadi.com.brTel: +55 11 3871.0108http://www.apadi.com.br15