manual de instruÇÃo sobre ?ão-sobre... · 12.1 modelo de solicitação de adiantamento ......

Download MANUAL DE INSTRUÇÃO SOBRE ?ão-Sobre... · 12.1 Modelo de Solicitação de Adiantamento ... Pessoa…

Post on 21-Jan-2019

217 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • GOVERNO DO ESTADO DO MARANHO CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO

    MANUAL DE INSTRUO SOBRE

    ADIANTAMENTO

  • MANUAL DE INSTRUO

    SOBRE ADIANTAMENTO

    So Lus Maranho

  • Ficha catalogrfica elaborada pela Biblioteca Benedito Leite

    Maranho. Controladoria Geral do Estado. Manual de Instruo sobre Adiantamento/ Controladoria Geral do Estado do Maranho. So Lus, 2014.

    31 fls.

    1. Manual de Instruo sobre Adiantamento CGE. 2. Con- troladoria Geral do Estado. I. Ttulo. CDD: 352.48098121

  • Roseana Sarney Murad

    Governadora do Estado do Maranho

    Maria Helena de Oliveira Costa Auditora Geral do Estado

    Rita de Cssia Veras Freire Auditora Geral Adjunta do Estado

    Equipe de Elaborao:

    Ielma Rezende Moreira Jos Mauro de Sena Lemos

    Antnio Carlos Tanus Ferreira

    Reviso Geral:

    Ielma Rezende Moreira

  • APRESENTAO

    Com este Manual, a Controladoria Geral do Estado busca orientar os gestores estaduais quanto utilizao de recursos destinados realizao de despesas excepcionais sob a modalidade de adiantamento a servidor por meio de Carto Corporativo de Dbito.

    Assim, a disseminao do Manual e orientaes sobre o tema auxiliaro o gestor nas fases de planejamento, aplicao e efetiva prestao de contas das despesas institucionais que no passam pelo processamento normal.

    No se pretende, com este documento, exaurir todas as dvidas sobre esse tema. Tambm no se trata de um instrumento definitivo, posto que alteraes podero surgir, tendo em vista a nova conjuntura e mudanas na legislao.

    Cabe ressaltar que a Controladoria Geral do Estado, com este Manual, d continuidade a sua atuao preventiva e orientativa, visando a eliminar erros involuntrios praticados por servidores na aplicao de recursos pblicos, suscitando tempestivamente aes corretivas por parte dos gestores e supridos.

    O contedo deste trabalho est disponvel a qualquer servidor interessado, para simples consulta ou impresso, no stio eletrnico da CGE: www.cge.ma.gov.br.

    Controladoria Geral do Estado

  • Sumrio

    p.

    I CONCEITOS ......................................................................................................................... 4

    1.1 ADIANTAMENTO............................................................................................... 6

    1.2 CARTO CORPORATIVO.................................................................................... 6

    1.3 OUTROS CONCEITOS......................................................................................... 8

    II FINALIDADE................................................................................................................... 9

    III - REQUISITOS NECESSRIOS PARA SOLICITAO DE ADIANTAMENTO.......................... 11

    IV - COMO SOLICITAR AUTORIZAO DE ADIANTAMENTO................................................ 11

    V - COMO APLICAR ADIANTAMENTO................................................................................. 12

    VI - PRAZOS E VALORES MXIMOS DE CONCESSO........................................................... 13

    VII - RETENES E IMPOSTOS SUJEITOS.............................................................................. 15

    VIII - PREENCHIMENTOS DE DOCUMENTOS FISCAIS............................................................. 17

    IX - COMO PRESTAR CONTAS.............................................................................................. 20

    X - DVIDAS FREQUENTES................................................................................................. 23

    XI - LEGISLAO.................................................................................................................. 25

    XII - ANEXOS

    12.1 Modelo de Solicitao de Adiantamento SA................................................. 26

    12.2 Modelo de Plano de Aplicao ........................................................................ 27

    12.3 Modelo de Recibo de Pagamento de Prestao de Servios Pessoa Fsica.. 28

    12.4 Modelo de Prestao de Contas de Adiantamento PCA............................... 29

    12.5 Modelo de Memorando de encaminhamento autoridade concedente....... 30

    12.6 Modelo de Justificativa do Suprido.................................................................. 31

  • Pgina 6 Controladoria Geral do Estado do Maranho

    I CONCEITOS

    1.1 ADIANTAMENTO a concesso de numerrio colocado disposio do servidor, a critrio e sob a responsabilidade do Ordenador de Despesas, com prazo certo para aplicao e comprovao das despesas definidas em lei. O regime de Adiantamento concedido em carter excepcional, conforme Decreto n 28.730/2012, art. 2:

    O Adiantamento uma autorizao de execuo oramentria e financeira por uma forma diferente da normal, porm, devendo ser sempre precedido de empenho na dotao oramentria especfica e natureza de despesa prpria, liquidao e pagamento.

    1.2 CARTO CORPORATIVO

    um meio de pagamento que proporciona administrao pblica mais agilidade, controle e modernidade na gesto de recursos. O Carto corporativo foi desenvolvido para facilitar o dia a dia da administrao pblica e de seus servidores para pagamento de bens, servios e despesas autorizadas. emitido em nome da Unidade Oramentria e do Suprido. pessoal e intransfervel. Permite total acompanhamento das despesas realizadas com os recursos do Governo, facilita a prestao de contas e confere maior segurana s operaes.

    A utilizao do Carto Corporativo precedida de contrato firmado entre a Secretaria de Planejamento e Oramento e a respectiva administradora de cartes, seguida de termo de adeso pelos titulares dos rgos e entidades do Poder Executivo, a ser firmado junto s agncias de Relacionamento do Banco do Brasil S/A, consoante demonstrado a seguir:

  • MANUAL DE INSTRUO SOBRE ADIANTAMENTO

    Controladoria Geral do Estado do Maranho Pgina 7

  • Pgina 8 Controladoria Geral do Estado do Maranho

    1.3 OUTROS CONCEITOS

    Aplicao: a realizao de despesa utilizando-se verba de Adiantamento, respeitando tanto o objeto quanto os limites e prazos fixados no Regulamento do Adiantamento.

    Diligncia: o procedimento de retorno para regularizao de um processo de Adiantamento que apresentou informaes e/ou documentos incorretos ou incompletos. A liberao de um novo Adiantamento depender da regularizao do Adiantamento aberto em diligncia.

    Material de Consumo: o material de utilizao contnua e de reposio peridica, que no pode ser incorporado ao patrimnio e que, em razo de seu uso corrente perde, normalmente, a sua identidade fsica e/ou tem sua utilizao delimitada de durabilidade. Ex.: papel ofcio, despesas com lcool e/ou gasolina automotivos, material de higiene e limpeza, lubrificantes, cartuchos para impressora e outros de mesma natureza.

    Natureza de despesa: a subdiviso das modalidades de despesa em que podem ser concedidas as verbas de Adiantamento. A natureza de despesa serve como referncia no enquadramento das despesas e visa a facilitar a classificao contbil das despesas, informando a categoria econmica da despesa, o grupo a que ela pertence, a modalidade de aplicao e o elemento.

    Subitem: o desdobramento facultativo da despesa. Deve ser considerado na anlise do fracionamento das despesas.

    Outros Servios de Terceiros Pessoa Fsica: Despesas decorrentes de servios prestados por pessoa fsica, pagos diretamente a estas. Ex.: carpinteiros, pedreiros, encanadores, pintores e outros prestadores de servios no constitudos como empresas.

    Outros Servios de Terceiros Pessoa Jurdica: Despesas decorrentes da prestao de servios por pessoas jurdicas, devidamente habilitadas com CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurdica), Inscrio Municipal e/ou Inscrio Estadual.

    Prazo de aplicao: o perodo em que o servidor poder realizar as despesas, no podendo ser superior a 90 (noventa) dias consecutivos, conforme art. 16, do Decreto 28.730/2012, contados da data do crdito no Carto Corporativo. vedada a aplicao de recursos de Adiantamento aps o prazo estabelecido para utilizao, conforme art. 17, do Decreto 28.730/2012.

    Prazo de prestao de contas: o perodo previsto para a comprovao das despesas realizadas. Inicia-se quando do encerramento do prazo de aplicao e termina com o prazo determinado na Portaria de Concesso do Adiantamento, tendo como limite 30 (trinta) dias consecutivos.

    Prestao de Contas: a comprovao das despesas realizadas, mediante apresentao de documentao hbil nos prazos fixados.

    Servidor em alcance: aquele que no prestou contas do Adiantamento no prazo estabelecido, ou que teve as contas rejeitadas em virtude de desvio, desfalque e/ou m aplicao de recursos pblicos verificada na prestao de contas.

    Suprido: o servidor a quem confiado o Adiantamento para movimentao e aplicao. Atestador: o servidor pblico designado para constatar a veracidade e a legitimidade das despesas pagas com os recursos do Adiantamento, atestando que o material foi recebido ou o servio prestado.

  • MANUAL DE INSTRUO SOBRE ADIANTAMENTO

    Controladoria Geral do Estado do Maranho Pgina 9

    II FINALIDADE A finalidade das despesas realizadas por meio de Adiantamento efetuar gastos que, pela sua excepcionalidade, no possam se subordi

Recommended

View more >