manual consumidor rotulagem

of 17 /17

Upload: fernanda-sampaio

Post on 01-Nov-2014

17.017 views

Category:

Self Improvement


3 download

DESCRIPTION

Manual da ANVISA - site: www.anvisa.gov.br

TRANSCRIPT

Page 1: Manual Consumidor Rotulagem
Page 2: Manual Consumidor Rotulagem

Ministério da Saúde

Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Gerência Geral de Alimentos

Universidade de Brasília

Departamento de Nutrição

Rotulagem Nutricional ObrigatóriaManual de Orientação aos Consumidores

Educação para o Consumo Saudável

É permitida a reprodução parcial ou total desde que citada a fonte.site: www.anvisa.gov.br

Brasília – DF – 2005

02

Page 3: Manual Consumidor Rotulagem

“Esta publicação foi realizada como parte das atividades deparceria entre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)

e a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos(FINATEC)/ Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília

(NUT-UnB). Não é permitida a comercialização”.

Ficha CatalográficaRotulagem nutricional obrigatória: manual de orientação aos Consumidores

Alimentos / Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Universidade de Brasília –Brasília : Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária /

Universidade de Brasília, 2005. 17p.

ISBN: 85-88233-18-51. Alimentos. 2.Consumidor 3. Rotulagem de Alimentos.

I. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Brasil). II. Convênio ANVISA /UnB.Departamento de Nutrição.

03

Page 4: Manual Consumidor Rotulagem

Nesse manual vamos conhecer algumaslegislações que se referem à ROTULAGEMDE ALIMENTOS. O objetivo maior é estimularque você e a sua família leiam e entendam asinformações veiculadas nos rótulos dosalimentos. Isso tudo para contribuir com amelhoria da sua saúde e qualidade de vida.

Os rótulos são elementos essenciais decomunicação entre produtos e consumidores.Daí a importância das informações seremclaras e poderem ser utilizadas para orientara escolha adequada de alimentos.

Dados recentes levantados junto àpopulação que consulta o serviço Disque-Saúde do Ministério da Saúde demonstramque aproximadamente 70% das pessoasconsultam os rótulos dos alimentos nomomento da compra, no entanto, mais dametade não compreende adequadamente osignificado das informações.

Com a publicação das normas que tornamobrigatória a declaração do conteúdonutricional dos alimentos, denominada de

Apresentação

rotulagem nutricional, as informaçõescontidas nos rótulos passam a ser ainda maiscomplexas, exigindo maior habilidade doconsumidor para interpretá-las e entendê-las.

Divulgar as informações e seu corretosignificado motivou a publicação deste manualdirigido especificamente aos consumidores.O propósito é facilitar a compreensão dostermos usados na rotulagem de alimentos,aumentando seu potencial de proteção epromoção da saúde.

A expectativa é que o material possa seradotado como instrumento de orientação ecapacitação pelos diversos segmentos dapopulação e desperte, ainda mais, ointeresse pela busca do consumo e escolhamais saudável de alimentos.

No Brasil, a Agência Nacional de VigilânciaSanitária – ANVISA é o órgão responsávelpela regulação da rotulagem de alimentosque estabelece as informações que um rótulodeve conter, visando à garantia de qualidadedo produto e à saúde do consumidor.

04

Page 5: Manual Consumidor Rotulagem

O rótulo do alimento é uma forma de comunicação entre os produtos e osconsumidores. Vejam algumas informações que sempre devem estar presentesnos rótulos e são importantes que você as identifique:

LoteÉ um número que faz parte docontrole na produção. Caso haja

algum problema, o produto pode ser recolhidoou analisado pelo lote ao qual pertence.

Conteúdo líquidoIndica a quantidade total deproduto contido na embalagem.O valor deve ser expresso emunidade de massa (quilo) ouvolume (litro).

OrigemInformação que permite que o consumidor saibaquem é o fabricante do produto e onde ele foifabricado. São informações importantes para oconsumidor saber qual a procedência do produtoe entrar em contato com o fabricante se fornecessário.

InformaçãoNutricional ObrigatóriaÉ a tabela nutricional. Sua leitura é importanteporque a partir das informações nutricionaisvocê pode fazer escolhas mais saudáveispara você e sua família.

Prazo de validadeOs produtos devem apresentar pelomenos o dia e o mês quando o prazo devalidade for inferior a três meses; o mês eo ano para produtos que tenham prazo devalidade superior a três meses. Se o mêsde vencimento for dezembro, basta indicaro ano, com a expressão “fim de...... “ (ano);

Lista de ingredientesInforma os ingredientes que compõem oproduto. A leitura dessa informação éimportante porque o consumidor podeidentificar a presença de termos, como açúcar,sacarose, glicose, ou outros tipos de açúcar,como a dextrose.

Obs1:Alimentos de ingredientesúnicos como açúcar, café, farinhade mandioca, leite, vinagre nãoprecisam apresentar lista deingredientes.

Obs2:a lista de ingredientes deveestar em ordem decrescente,isto é, o primeiro ingredienteé aquele que está em maior quantidade noproduto e o último em menor quantidade.

05

Rótulo de Alimentos

Page 6: Manual Consumidor Rotulagem

Os rótulos dos alimentos não devem: Exemplos:

Apresentar palavras ou qualquerrepresentação gráfica que possa tornara informação falsa, ou que possa induziro consumidor ao erro.

Demonstrar propriedades que nãopossuam ou não possam serdemonstradas.

Ressaltar, em certos tipos de alimentosprocessados, a presença decomponentes que sejam adicionadoscomo ingredientes em todos osalimentos com tecnologia defabricação semelhante.

Chocolates que demonstram medianteilustração que o consumo dedeterminada quantidade equivale aoconsumo de um copo de leite.Obs: Mesmo que o consumo dedeterminada quantidade de chocolate possaequivaler em determinado nutriente (comoo cálcio) ao consumo de leite, os doisalimentos não são comparáveis. Essacomparação pode levar o consumidor aoerro.

Determinados produtos demonstrandoque seu consumo reduz o risco dedoença cardíaca.

“...previne a osteoporose”.

”.... emagrece”.

06

Indicar que o alimento possuipropriedades medicinais ou terapêuticasou aconselhar o seu consumo comoestimulante, para melhorar a saúde, paraprevenir doenças ou com ação curativa.

“Maionese preparada com ovos” - Todamaionese deve ter ovos em suacomposição.

Destacar a presença ou ausência decomponentes que sejam próprios dealimentos de igual natureza.

“Óleo sem colesterol” – todo óleovegetal não apresenta em suacomposição colesterol.O certo é: “Óleo sem colesterol, comotodo óleo vegetal”.

Page 7: Manual Consumidor Rotulagem

Informação Nutricional Obrigatória

PorçãoÉ a quantidade média do

alimento que deve serusualmente consumida porpessoas sadias a cada vez

que o alimento éconsumido, promovendo a

alimentação saudável.

%VDPrecentual de Valores Diários

(%VD) é um número empercentual que indica o

quanto o produto em questãoapresenta de energia e

nutrientes em relação a umadieta 2000 calorias.

Cada nutriente apresenta umvalor diferente para se

calcular o VD.

Veja os valores diários de referências!

Valor energético – 2000 kcal / 8.400 kJCarboidratos – 300 g

Proteínas – 75 gGorduras Totais – 55g

Gorduras Saturadas – 22gFibra Alimentar – 25 g

Sódio – 2400 mg

Não há valor diário para as gorduras rans.

A apresentação da medidacaseira é obrigatória.

Esta informação vai ajudar você,consumidor, a entender melhor as

informações nutricionais.

Medida CaseiraIndica a medida

normalmente utilizada peloconsumidor para medir

alimentos. Por exemplo:fatias, unidades, pote,

xícaras, copos, colheresde sopa.

07

Page 8: Manual Consumidor Rotulagem

Valor EnergéticoÉ a energia produzida pelo nosso corpoproveniente dos carboidratos, proteínas egorduras totais. Na rotulagem nutricional ovalor energético é expresso em forma dequilocalorias (Kcal) e quilojoules (kJ).

Obs: Quilojoules (kJ) é outra forma de medir ovalor energético dos alimentos, sendo que 1Kcal equivale a 4,2 kJ.

CarboidratosSão os componentes dos alimentos cujaprincipal função é fornecer a energia para ascélulas do corpo, principalmente do cérebro.São encontrados em maior quantidade emmassas, arroz, açúcar, mel, pães, farinhas,tubérculos (como batata, mandioca e inhame)e doces em geral.

ProteínasSão componentes dos alimentos necessáriospara construção e manutenção dos nossos

O que significam os itens da Tabela deInformações Nutricional nos rótulos:

órgãos, tecidos e células. Encontramos nascarnes, ovos, leites e derivados, e nasleguminosas (feijões, soja e ervilha).

Gorduras TotaisAs gorduras são as principais fontes de energiado corpo e ajudam na absorção das vitaminasA, D, E e K. As gorduras totais referem-se àsoma de todos os tipos de gordurasencontradas em um alimento, tanto de origemanimal quanto de origem vegetal.

Gorduras SaturadasTipo de gordura presente em alimentos deorigem animal. São exemplos, carnes, toucinho,pele de frango, queijos, leite integral, manteiga,requeijão, iogurte. O consumo desse tipo degordura deve ser moderado porque quandoconsumido em grandes quantidades podeaumentar o risco de desenvolvimento de doençasdo coração. Altos %VD significam que o alimentoapresenta grande quantidade de gordura

08

Page 9: Manual Consumidor Rotulagem

saturada em relação à necessidade diária deuma dieta de 2000 Kcal.

Gorduras Trans(ou Ácidos Graxos Trans )Tipo de gordura encontrada em grandesquantidades em alimentos industrializadoscomo as margarinas, cremes vegetais,biscoitos, sorvetes, snacks (salgadinhosprontos), produtos de panificação, alimentosfritos e lanches salgados que utilizam asgorduras vegetais hidrogenadas na suapreparação. O consumo desse tipo de gorduradeve ser muito reduzido, considerando que onosso organismo não necessita desse tipo degordura e ainda porque quando consumido emgrandes quantidades pode aumentar o risco dedesenvolvimento de doenças do coração. Nãose deve consumir mais que 2 gramas degordura trans por dia.

Obs: O nome trans é devido ao tipo de ligaçõesquímicas que esse tipo de gordura apresenta.

Fibra AlimentarEstá presente em diversos tipos de alimentosde origem vegetal, como frutas, hortaliças,feijões e alimentos integrais. A ingestão defibras auxilia no funcionamento do intestino.Procure consumir alimentos com altos %VD defibras alimentares!

SódioEstá presente no sal de cozinha e alimentosindustrializados (salgadinhos de pacote,molhos prontos, embutidos, produtosenlatados com salmoura) devendo serconsumido com moderação uma vez que oseu consumo excessivo pode levar aoaumento da pressão arterial. Evite osalimentos que possuem altos %VD em sódio.

Além de saber o que é VALOR DIÁRIO DEREFERÊNCIA e entender o significado de cadanutriente da INFORMAÇÃO NUTRICIONALOBRIGATÓRIA é importante saber utilizar todasessas informações.

Mas, não é necessário ficar somando asquantidades de cada nutriente para saber seatingiu ou não as recomendações diárias. Oimportante é escolher alimentos maissaudáveis a partir da comparação de alimentossimilares, como, por exemplo, escolher oiogurte, queijo, pão mais adequado para asaúde da sua família.

Para isso basta saber que altos valores de%VD indicam que o produto apresenta altoteor de determinado nutriente. Já os produtoscom valores de %VD reduzidos indicam ocontrário.

Para ter uma alimentação mais saudável dêpreferência a:

• Produtos com baixos %VD para gordurassaturadas, gorduras trans e sódio;

• Produtos com altos %VD para as fibrasalimentares.

09

Page 10: Manual Consumidor Rotulagem

Leia sobre algumas das situaçõescorriqueiras que encontramos no

momento das compras:

Você consumidor está lendo o rótulo dopão de forma e se depara com a informaçãoabaixo.

Caso 1

10

Obs 1: Esse exemplo está sendo dado com o pão de forma, mas pode valer para outros tiposde alimentos. Por isso, preste bastante atenção na medida caseira correspondenteà medida em gramas ou mililitros.

Obs 2: Observe que os valores da informação nutricional variam em função da composição doproduto.

A Tabela de Informação Nutricional do pãode forma é apresentada para 2 fatias.Mas, se você possui o hábito de, em cadaocasião de consumo, comer apenas 1fatia, para saber a quantidade de energiae nutrientes que você ingeriu, basta dividirpor 2 os valores da tabela.

Desta forma, você terá os valores deenergia e nutrientes para 1 fatia de pão deforma, ou seja, 85 calorias, 17 g decarboidratos, 2,4 g de proteínas, 0,75 g degorduras totais e 33 mg de sódio.

Page 11: Manual Consumidor Rotulagem

Você consumidor está lendo asInformações Nutricionais dos alimentose se depara com tabelas não completas.Por que estão dessa forma?

Caso 2

Declaração Simplificada de NutrientesAmido de Milho

Caso 3Você consumidor está lendo as Informações Nutricionais dos alimentos e se deparacom diferentes formatos de tabelas. Está certo?

A Declaração Simpli f icada deNutrientes pode ser utilizada quando oalimento apresentar QUANTIDADESNÃO SIGNIFICATIVAS.

Para tanto, a declaração de valorenergético e ou conteúdo de nutrientesde quantidade não significativa serásubstituída pela seguinte frase:

“Não contém quantidade significativade... (valor energético e ou nome(s)do(s) nutrientes(s)”.

Isso significa que o amido de milho sóapresenta em sua composição valorenergético e carboidratos.

Segundo a Resolução RDC nº. 360 de 23 de dezembro de 2003, a InformaçãoNutricional Obrigatória pode ser apresentada de três formas. São elas:

11

Page 12: Manual Consumidor Rotulagem

MODELOSVertical Vertical B

Informação Nutricional: Porção __ g ou mL (medida caseira); Valor energético... kcal = …kJ (...%VD); Carboidratos...g (...%VD); Proteínas ...g (...%VD); Gorduras totais ...g (...%VD); Gorduras saturadas ...g (%VD); Gorduras trans...g;Fibra alimentar ...g (%VD); Sódio ...mg (%VD).*% Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores oumenores dependendo de suas necessidades energéticas.

Modelo Linear

Você consumidor está procurando um alimento que tenha grande quantidade de fibras.Como escolher o mais rico? Neste caso serão comparados dois tipos de cereais matinais.

Cereal Matinal A Cereal Matinal B

Caso 4

O cereal matinal com maior teor de fibras é o cereal matinal B, que possui o maior %VD para fibras.

12

(*) % Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menoresdependendo de suas necessidades energéticas.

Horizontal

Page 13: Manual Consumidor Rotulagem

Todos os alimentos e bebidas embaladosprecisam ter Rotulagem Nutricional?Todos com exceção das bebidas alcoólicas;especiarias (como por exemplo, orégano,canela e outros); águas minerais naturais e asdemais águas envasadas para consumohumano; vinagres; sal, café, erva mate, chá eoutras ervas sem adição de outrosingredientes (como leite ou açúcar); alimentospreparados e embalados em restaurantes eestabelecimentos comerciais, prontos para oconsumo como sobremesas, musse, pudim,salada de frutas; os produtos fracionados nospontos de venda a varejo, comercializados

como pré-medidos como queijos, salame,presunto; as frutas, vegetais e carnes innatura, refrigerados e congelados.

Embalagens muito pequenas também devemtrazer a rotulagem nutricional?Os alimentos com embalagens cuja superfícievisível para rotulagem seja menor ou igual a100 cm2 não necessitam apresentar ainformação nutricional obrigatória. Se essesalimentos forem processados para dietascom restrição de nutrientes (“diet’) ou o valorenergético e ou o(s) nutriente(s) reduzido(s)(‘ l ight”) devem apresentar informaçãonutricional obrigatória.

Dúvidas Freqüentes

Existe obrigatoriedade da declaração deMedida Caseira?Sim. A Informação Nutricional obrigatoriamentedeve apresentar além da quantidade da porçãodo alimento em gramas ou mililitros, ocorrespondente em medida caseira, utilizandoutensílios domésticos como colher, xícara,copo, dentre outros.

O número de porções contido na embalagemdo alimento deve ser declarado no rótulo?Não. Caso seja declarado, pode constar natabela de informação nutricional ou em localpróxima à mesma.

A rotulagem nutricional é obrigatóriatambém para produtos a granel e ou pesadosà vista do consumidor?A legislação não se aplica aos produtosvendidos a granel ou pesados à vista doconsumidor.

Por que no nutriente Gordura Trans nãoaparece o %VD?Porque não existe valor estabelecido, uma vezque o consumo de gordura trans não deve serestimulado. Deve-se procurar sempreobservar os alimentos com os menores teoresde gordura trans.

Por que algumas informações aparecemcomo não significativas?Porque os valores são tão pequenos, apesarde não serem ZERO, que são consideradosnão significativos para o consumo.

13

Page 14: Manual Consumidor Rotulagem

Dúvidas sobre Diet e Light

Alimentos DIETSão os alimentos especialmente formuladospara grupos da população que apresentamcondições fisiológicas específicas. Como porexemplo, geléia para dietas com restrição deaçúcar. São feitas modificações no conteúdode nutrientes, adequado-os a dietas deindivíduos que pertençam a esses grupos dapopulação. Apresentam na sua composiçãoquantidades insignificantes ou são totalmenteisentos de algum nutriente.

Tanto alimentos diet quanto light não têmnecessariamente o conteúdo de açúcaresou energia reduzido. Podem ser alteradas asquantidades de gorduras, proteínas, sódioentre outros; por isso a importância daleitura dos rótulos.

Alimentos LIGHTSão aqueles que apresentam a quantidade dealgum nutriente ou valor energético reduzidaquando comparado a um alimentoconvencional. São definidos os teores de cadanutriente e ou valor energético para que oalimento seja considerado light. Por exemplo,iogurte com redução de 30% de gordura éconsiderado light.

Os consumidores muitas vezes procuram por alimentos diet e light. Mas, nãosabem ao certo o que essa denominação quer dizer. Aqui temos uma série de

perguntas e respostas que esclarecem a diferença entre diet e light.

Alguns rótulos não apresentam todos osnutrientes, por quê?Em alguns casos o fabricante de alimentospode utilizar a DECLARAÇÃO NUTRICIONAL

SIMPLIFICADA. É quando alguns nutrientesestão presentes em tão baixas concentraçõesque estas são consideradas quantidades nãosignificativas para a alimentação do indivíduo.

14

Page 15: Manual Consumidor Rotulagem

Os portadores de enfermidades devem ler os rótulos dos alimentos, observando a lista deingredientes e a rotulagem nutricional para verificar a presença daquele ingrediente ou

nutriente que não deve consumir ou que pode consumir em baixa quantidade.

Diabetes MelitusAtenção aos alimentos com açúcares em suacomposição, sendo ele diet ou light. Osprodutos diet destinados para dietas comrestrição de carboidratos, dietas com restriçãode gorduras e dietas de ingestão controladade açúcares, devem conter a seguinteadvertência: “Diabéticos: contém (especificaro mono- e ou dissacarídeo – glicose/frutose/sacarose)”, caso contenham esses açúcares.”

Pressão altaAtenção ao conteúdo de sódio descrito nainformação nutricional dos rótulos. Os produtosdiet ou light em sódio apresentam baixo oureduzido teor em sódio. Devem ser evitadosprodutos que contenham sacarina e ciclamatode sódio, que embora sejam adoçantes, sãosubstâncias que contém sódio.

Colesterol altoA escolha de alimentos deve ser baseada noconteúdo de gorduras totais, gorduras saturadase trans. Os produtos para dietas com restriçãode gorduras (diet) só podem conter 0,5g degordura em 100 g do produto.Os produtos com baixo teor de colesterol (light)podem apresentar no máximo 20g de colesterolem sólidos e 10g em líquidos.

Triglicerídeo alto

Preferir alimentos reduzidos em gorduras eaçúcares. Os alimentos diet e light podem serusados, mas com algumas considerações. Porexemplo, o chocolate diet em açúcar, não temeste ingrediente já que foi elaborado para oconsumo das pessoas que não podemconsumir açúcar. Em compensação, apresentamais gordura do que o chocolate convencional,por isto deve ser consumido com moderação.Outro exemplo é o requeijão light, ele, temmenos gordura que o original, mas aindacontém gordura, por isto deve ser consumidocom moderação.

Doença Celíaca

Atenção à lista de ingredientes dos alimentosque contêm em sua composição trigo, aveia,cevada e centeio e seus derivados. No rótulodesses al imentos, próximo a l ista deingredientes, deve conter a advertência:Contem Glúten. Para os alimentos que nãocontém trigo, aveia, cevada e centeio na suacomposição a Advertência que deve constarno rótulo é: Não contém Glúten.

Para os portadores de algumas doenças...

15

Page 16: Manual Consumidor Rotulagem

O consumidor deve sempre estar atento àporção dos alimentos indicada nos rótulos,mas nem sempre sabe exatamente quantocada porção equivale em medidas caseiras.

Tabela de porções

AlimentoArroz cruBarra de cerealBolo (sem recheio)LeiteQueijo minasRequeijãoSuco de frutasÓleo vegetalFarofa prontaAçúcarAveiaManteiga/ margarinaDoces em pastaBolo sem recheioPresuntoQueijo MussarelaPão Francês

Porção (g/ml)50 g30g60 g

200 ml50 g50 g

200 ml13 ml35 g5 g

30 g10 g20 g60g40g40g50g

Medida caseira¼ de xícara

1 barra1 fatia

1 copo2 colheres de sopa2 colheres de sopa

1 copo1 colher de sopa1 colher de sopa

1 colher de chá2 colheres de sopa

1 colher de sopa1 colher de sopa

1 fatia1 fatias2 fatias

1 unidade

Para facilitar essa comparação, a tabelaabaixo indica as porções de referência dealguns alimentos consumidos no Brasil esuas medidas caseiras.

16

Page 17: Manual Consumidor Rotulagem

Qualquer dúvida consulte o web site daAgência Nacional de Vigilância Sanitária

www.anvisa.gov.br

Entre em contato com a Vigilância Sanitária de seu Estado.Os endereços podem ser encontrados na página:

http://www.anvisa.gov.br/institucional/snvs/centro_est.htm

Contato com a ANVISA

17