mais notícias #545

Download Mais Notícias #545

Post on 08-Mar-2016

262 views

Category:

Documents

20 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição de 04 de outubro de 2012

TRANSCRIPT

  • Em comcio, Maria Ins recebe apoio de Ministro da Justia

    Justia nega recurso de Ded contra SauloO juiz Jos Wellington Bezerra da Costa Neto declarou improcedente o pedi-do de impugnao impetrado pela coligao Unidos Para Seguir Avanan-do, liderada pelo candidato governista. Segundo o magistrado, Saulo no se utilizou de um peridico local para beneficio eleitoral. Agora a chapa liderada por Benevides segue na disputa sem quaisquer impedimentos.

    J o caso da ex-vice Lair da APRAESPI resultou em simples multa.

    QUINTA-FEIRA | 04 DE OUTUBRO DE 2012Ano IX | ED. 545

    Jornalista Responsvel:Danilo Meirawww.jornalmaisnoticias.com.br

    Diversas aes sero realizadas pelo Brasil

    nos prximos dias

    Estrutura para manu-teno causa dor de

    cabea a comerciante

    Presidente da FIESP e SESI anunciou investi-

    mento de R$ 20 milhes

    Outubro, ms do combate ao

    Cncer de Mama

    Buraco em chafariz vira passagem

    de bandidos

    Paulo Skaf visita Ribeiro e manifesta

    apoio a Saulo

    POLTICA

    CIDADE

    | PG.04

    | PG.08

    SEGUNDA-FEIRA EDIO EXTRAcom cobertura completa das Eleies. Veja tambm no site www.maisnoticias.inf.br

    MAIS SADE | PG.15

    POLTICA

    POLTICA

    | PG.07

    | PG.05

  • Ningum...!! Ningum dono da verdade, simples-mente porque no existe a verdade absoluta e inso-fismvel. Desde fevereiro, quando o Supremo Tribu-nal Federal (STF) aprovou por sete votos a quatro a retroatividade da Lei da Ficha Limpa, tenho dito rei-teradamente nesse espao (e os redatores do Mais Notcias em outras sees do jornal) que Ded estaria inelegvel. So sete meses de reportagens, artigos, matrias, deciso judicial em primeira e segunda instncia tomadas pelo Tribunal de Contas do Es-tado de So Paulo e pelos juizes eleitorais, havendo inclusive deciso, embora monocrtica, do juiz Marco Aurlio Mello do superior eleitoral, negando provi-

    mento ao recurso de Ded.Tera feira (02/10), a

    capa do portal Universo On Line, UOL, estampou a lista de todos os fichas sujas do

    Brasil, e na pgina de So Paulo no nmero 117, apa-rece o nome de Edinaldo de Menezes, o Ded. Che-ga ou quer mais? Tem gen-te que quer mais s porque o azulzinho jornal que

    torce mais os fatos que la-vadeira antiga publicou na capa que Ded era ficha limpa. Ou o povo da nossa cidade est com complexo de So Tom (o Santo que queria ver para crer), ou arrisco-me a dizer que no adianta fazer um jornal s-rio como o Mais Notcias, comprometido com a vera-cidade dos fatos, j que h leitores que acreditam em qualquer porcaria.

    Estamos ha quase dez anos lutando para fazer uma imprensa de credibi-lidade e sempre sou ques-tionado na rua se tal fato verdico. Tenho perdido um pouco de pacincia e revidado em tom de desa-fio: Deu no Mais Notcias? Se deu verdade, seno melhor perguntar a quem publicou.

    Perodo de Graa o prazo em que, independente de pag-amento, desde que oriundo de vnculo obrigatrio, o segurado do INSS mantm a condio de beneficirio, situao que contempla tanto os emprega-dos que perderam o emprego, como o contribuinte individual que por algum motivo deixou de recolher a contribuio mensal aos cofres da Previ-dncia Social. O prazo em que o beneficirio inadimplente mantm a condio de segu-rado est previsto no artigo 15 da Lei 8.213/91, a exemplo de desemprego voluntrio ou involuntrio. Tem direito ma-nuteno do Seguro Social por at 12 meses depois de ces-sadas as contribuies, o se-gurado que deixar de exercer atividade remunerada abrangi-da pela Previdncia Social ou estiver suspenso, preso ou li-cenciado, sem remunerao. O beneficirio que contribuiu por 120 meses ininterruptos,

    fica segurado por 24 meses, podendo estender-se por 36 meses se o mesmo comprovar a condio de desempregado no Ministrio do Trabalho e Emprego. No caso de quem re-cebeu o Seguro Desemprego esta prova dispensvel. A o Seguro Social concedido por 3 anos, observando-se que sero disponibilizados, caso necessrio, o auxlio-doena, o auxlio-acidente, o salrio-fam-lia ou o salrio-maternidade. Se a mulher desempregada tiver um filho natural ou adotivo du-rante o perodo de graa, ela ter direito a receber o salrio maternidade, independente de qualquer carncia, conforme entendimento dos tribunais. O Perodo de Graa s no conta como tempo de contribuio para efeito de carncia ou apos-entadoria, nem integra o salrio de contribuio, podendo, as-sim, o contribuinte dispor de um benefcio de menor valor monetrio. No entanto, tendo

    cumprido o perodo de carn-cia (artigo 24 da Lei 8.213/91), observando-se outras previses legais, pode o beneficirio aposentar-se sem precisar vol-tar a contribuir, como no caso do cidado requerer sua aposenta-doria por idade, aos 65 anos (60 anos para mulheres), depois de ter recolhido pelo menos 180 contribuies mensais e inin-terruptas. Finalmente, s haver a perda da qualidade de segu-rado do INSS no dia seguinte ao trmino do prazo para recolhi-mento da contribuio refer-ente ao ms de competncia imediatamente posterior, con-forme mencionado no Plano de Custeio da Seguridade Social (Lei 8.212/91). Desta forma, mesmo aps o transcurso do perodo de graa, o segurado mantm-se como tal por mais um ms e meio independente de contribuio, tendo asse-gurado para si e para os seus dependentes os benefcios pre-videncirios.

    Estamos a trs dias das eleies e iremos decidir, nas urnas, os futuros prefeitos e as futuras Cmaras de Ve-readores do Brasil. um momento de suma importncia e, por isso, devemos usar de toda a ateno para que nossa escolha no seja equi-vocada e comprome-ta nosso futuro e o das prximas geraes.

    Em todo pleito, a im-prensa tem papel fun-damental e decisivo, seja para apresentar os

    candidatos, mostrar o que acontece dentro e fora dos bastidores ou ainda mostrar o dia a dia das campanhas. O Jornal Mais Notcias, h mais de um ano, tem trabalhado na cobertu-ra das eleies, ante-cipando, por exemplo, que o PT teria Maria Ins como candidata e que Ded da Folha te-ria problemas jurdicos por conta da Lei Ficha Limpa. Ns tambm fomos o primeiro ve-culo de imprensa onde

    Saulo Benevides confir-mou a troca de sua vice e tambm a anunciar que Alberto Ticianelli era candidato, inclusive em entrevista onde ele apresentou suas pro-postas.

    Falando em entrevis-ta, boa parte dos candi-datos esteve presente tanto nas pginas deste jornal, quanto nas da re-

    vista Mais Contedo, outro produto de nossa empresa jornalstica, para se apresentar ao eleitor e mostrar seus planos, caso eleitos. No caso dos candidatos Prefeitura, a exceo foi Ded da Folha que, por conta de exign-cias que beiraram o ab-surdo por parte de sua assessoria, no apre-

    sentou suas propostas ao nosso leitor. Enfim, um trabalho duro e pra-zeroso.

    Agora, com voc, caro leitor, eleitor e amigo. Esperamos que nosso trabalho tenha auxiliado em sua esco-lha nas urnas mas, inde-pendente de qualquer coisa, temos certeza de fizemos nossa pe-quena parte para que Ribeiro Pires seja uma cidade melhor, que ir capitalizar os avanos construdos desde Ar-

    thur Gonalves rumo a um futuro promissor. Nosso trabalho, claro, no acaba no dia 8 de outubro, quando nossa edio especial estar nas ruas. Ir continuar, mostrando a chegada do novo mandatrio e da nova Cmara e tam-bm fiscalizando suas aes. De uma coisa, vocs podem ter cer-teza: o Mais Notcias e a Mais Contedo so parceiros da popula-o, da democracia e tambm da cidadania.

    Agora com vocs

    Quem est com a verdade?Perodo de Graa Voc Sabia?

    Esperamos que nosso trabalho tenha auxiliado em sua

    escolha nas urnas

    02

    PUBLICAO SEMANAL DE MAIS NOTCIAS EMPRESA JORNALSTICA LTDA.

    CNPJ: 05.531.420/0001-18email: redacao@maisnoticias.inf.br

    comercial@maisnoticias.inf.br

    EDITOR: ANTONIO CARLOS CARVALHO | JORNALISTA RESPONSVEL: DANILO MEIRA Mtb: 43.013

    REPORTAGEM: ISABELLA VEIGA Mtb: 63.034 / THIAGO QUIRINO Mtb: 61.451 | DIAGRAMAO E EDITORAO: GUSTAVO SANTINELLI

    DEPARTAMENTO COMERCIAL: SIDNEI MATOZO / CLAUDIO SANTANNA

    DEPARTAMENTO JURDICO: DR. GILMAR ANDRADE DE OLIVEIRA / DR. ERIC MARQUES REGADAS

    COLABORADORES: ELIANA MACIEL DE GES / RAUL CARLOS DE CARVALHO / ALA VOLOSHYN

    ADMINISTRAO: ELISETE HELENA PIMENTA | IMPRESSO: DIRIO LANCE

    DISTRIBUIO GRATUITA EM RIBEIRO PIRES, RIO GRANDE DA SERRA E REGIO DA REPRESA BILLINGS

    Rua Olmpia Catta Preta, 194 1 Andar, Sala 2 CEP 09424-100

    Centro Ribeiro Pires SP Fone: 4828-7570 Fax: 4828-1599

    OPINIES 04 | outubro | 2012www.jornalmaisnoticias.com.br

    ARTIGO | Gazeta - Editor do Jornal Mais Notcias e da Revista Mais ContedoARTIGO | Josenito Barros Meira OAB/SP 281838 advogado ps-graduado Milita na rea Cvel, Trabalhista e Desportista.

    arrisco-me a dizer que no adianta fazer um jornal

    srio como o Mais Notcias, compro-metido com a ve-

    racidade dos fatos, j que h leitores que acreditam em

    qualquer porcaria

  • 03 RESUMO

    COMENTRIOS

    acesse www.jornalmaisnoticias.com.br e comente nossas matrias!

    FOTO MAIS

    FALOU E DISSE

    Quinta-Feira 30 19 80%80%

    0%0%

    27 20

    32 1732 18

    Sbado

    Domingo

    Sexta-Feira

    Mxima Mnima Prob. Chuva

    TAPAS E BEIJOS

    Moradores da Praa Sabar reclamam de esttuasGostaria de saber se essas porcarias esto na sala do

    Volpi, ou de qualquer vereador. Como fizeram com essas quadras nojentas, em frente s casas das pessoas, que por sinal foi ideia lgico dessa cambada que no fazem nada na Cmara, a no ser encher linguia. Estou indignada com tantas falcatruas e ningum para impedi-las e achar que tudo normal. Relgio do Paraguai, esculturas de lata com preos que nosso colega acima disse, que no sabemos, uma rodoviria podre. E 2 candidatos a prefeito sem moral e sem credito na cidade. Mas com vans e nibus, circulan-do e levando cr