listagem dos sumários de todos os seus livros

Download listagem dos sumários de todos os seus livros

Post on 07-Jan-2017

218 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    SUMRIOS DOS LIVROS DE CELSO FURTADO*

    1946 De Npoles a Paris. Contos da vida expedicionria. Rio de Janeiro: Livraria Editora

    Zelio Valverde.

    Dois cigarros

    A partisana

    Um intelectual em Florena

    Velhinha

    Uma misso pacfica

    Terra prometida

    El ingenioso Epaminondas

    Os dois que no se casaram

    Brasil em Capri

    Humor versus Bom gosto

    1948 Lconomie coloniale brsilienne. Paris: Facult de Droit et Sciences conomiques.

    Universit de Paris. Tese de doutorado. Mimeo. [Preparada sob a orientao do professor

    Maurice By, defendida em 1o de junho de 1948, sendo os outros membros da banca os

    professores Ren Courtin e Louis Baudin]. Publicada em portugus em 2000:

    . (2000) Economia colonial no Brasil nos sculos XVI e XVII. Elementos de histria

    econmica aplicados anlise de problemas econmicos e sociais. So Paulo:

    Hucitec/ABPHE.

    guisa de explicao

    PRIMEIRA PARTE: Antecedentes portugueses da colonizao do Brasil

    I.FONTES

    II.OS FUNDAMENTOS SOCIAIS DA EXPANSO LUSITANA

    Os contatos de cultura e a quase-inexistncia de feudalismo

    A burguesia nascente e o esprito de independncia nacional

    Peculiaridade da formao histrica portuguesa

    Precocidade da revoluo burguesa em Portugal

    Assimilao das duas classes burguesa e territorial no esprito expansionista

    A primeira expedio: a conquista de Ceuta

    Comercialismo, imperialismo, monoplio

    Apndice: Reviso de algumas idias gerais relativas histria da expanso portuguesa

    Observaes sobre o livro "La conqute portugaise"

    III.A EXPANSO COMERCIAL

    A rota para o Oriente

    Pode-se falar de colonizao?

    O comrcio do Oriente

    SEGUNDA PARTE: A formao da colnia

    I. A ECONOMIA DO PAU-BRASIL

    O arrendamento da Terra de Santa Cruz

    Os testemunhos da poca relativos ao pau-brasil

    Importncia do comrcio para os franceses

    Relaes de Portugal com o Brasil na fase pr-colonial

    Balano do ciclo do pau-brasil

    II.O SENTIDO DA COLONIZAO

    Defesa do monoplio do pau-brasil

    A cobia dos metais preciosos

    Houve feudalismo no Brasil?

    As caractersticas do sistema de donatrias

    * Esta listagem se destina exclusivamente a auxiliar estudantes, professores e pesquisadores. As observaes

    entre colchetes so minhas, algumas a partir de indicaes de Celso Furtado. Rosa Freire dAguiar, 20 de

    novembro de 2014.

  • 2

    A colonizao do Brasil no quadro da expanso comercial portuguesa

    III. A ECONOMIA DA CANA-DE-ACAR

    A importncia do comrcio do acar na poca

    Os documentos relativos ao acar do Brasil

    A regio do massap

    Os senhores de engenho e a concentrao da riqueza

    A guerra do acar e os prejuzos de Portugal

    Valor do ciclo do acar para a colnia

    IV. FORMAO DA SOCIEDADE COLONIAL

    Preconceitos a superar

    O sistema de agricultura tropical

    Os dois sistemas de colonizao da Amrica

    O caso das Antilhas francesas

    A monocultura e suas consequncias deformadoras

    A escravido como consequncia e sustentculo do sistema monocultural latifundirio

    O problema do reduzido valor do escravo indgena

    A migrao negra

    A escravido na famlia e na sociedade coloniais

    O patriarcalismo

    A importncia da iniciativa privada

    O isolamento social

    A unidade produtora como clula social

    Aristocratizao da minoria dominante

    Importncia social do mestio

    O patriarcado no Brasil e nos Estados Unidos

    TERCEIRA PARTE: Atavismos coloniais do Brasil atual

    I. SENTIDO GERAL DA ECONOMIA DA COLNIA II. PERSISTNCIA DA MONOCULTURA A luta dos engenhos pela sobrevivncia

    III O ATRASO TCNICO

    Os dois ramos da agricultura brasileira

    A agricultura de subsistncia nas Antilhas

    Posio atual do problema

    IV O DOMNIO PATRIARCAL E O MUNICPIO BRASILEIRO

    Anexo

    Bibliografia selecionada

    ndice geral

    1954 A Economia brasileira. Contribuio anlise do seu desenvolvimento. Rio de Janeiro:

    A Noite.

    [Dedicado a Ral Prebisch]

    Prefcio do Autor

    Introduo: Cleantho de Paiva Leite

    1. As categorias fundamentais do processo histrico do crescimento econmico

    Introduo

    Apropriao direta do excedente de produo

    O comrcio e o aumento de produtividade

    Caracterstas das economias comerciais

    A experincia singular da Espanha

    O incremento da produtividade fsica na economia industrial

    Natureza do lucro industrial

    O mercado interno como fator dinmico

    Dinamismo e instabilidade da economia industrial

    Articulao entre processo tcnico e formao de capital

    2. A unidade colonial exportadora-escravocrata

    Dois tipos de colonizao

    Equilbrio com subdesenvolvimento

    Os dois aspectos do aumento da produtividade

    O processo de formao de capital

  • 3

    A significao real do custo relativo dos fatores

    Estados Unidos e Mxico: fracasso e xito na colonizao comercial

    Caractersticas da economia colonial brasileira

    Natureza da inverso na economia escravocrata-exportadora

    Carter monetrio, real ou virtual, da unidade econmica colonial

    Crescimento em extenso e estabilidade estrutural

    3. A nova economia colonial e seus mecanismos de defesa

    A formao de um reservatrio de mo de obra

    O trabalho assalariado como base da nova economia colonial

    O fluxo da renda na economia cafeeira

    Crescimento em extenso do setor exportador e em profundidade do conjunto da economia

    Incapacidade para funcionar dentro do padro-ouro

    Reteno pelo empresrio do fruto do aumento de produtividade

    Socializao do prejuzo do empresrio na baixa cclica

    Manuteno do nvel de emprego e contratao artificial de oferta

    Consequncias negativas dos mecanismos de defesa

    4. A crise do setor colonial e o deslocamento do centro dinmico

    Problema cuja soluo se transfere para o futuro

    Necessidade de outros estmulos que no existam

    A experincia de convertibilidade e seus efeitos negativos

    A destruio do produto como novo mecanismo de defesa

    A estabilidade da nova posio de equilbrio

    O multiplicador de desemprego e o nvel da renda global

    A acumulao de estoques e o nvel das inverses

    Reduo do coeficiente de importaes e o aumento da presso sobre o setor interno

    A indstria de bens de capital e a recuperao do nvel das inverses

    A economia de mercado interno e os novos desequilbrios que se anunciam

    5. A infraestrutura de desequilbrios do crescimento recente

    Convergncia de interesses dos setores externo e interno na fixao da taxa cambial

    Consequncias provveis de uma valorizao monetria

    Incapacidade da poltica cambial para corrigir o desequilbrio

    Condies desfavorveis a uma poltica de estabilidade

    A paridade de preos internos e externos e o coeficiente de importaes

    A correo do coeficiente de importaes e o estmulo s inverses industriais

    Apropriao pelo empresrio industrial do fruto do aumento na produtividade econmica

    Condies particulares em que a inflao teve efeitos positivos

    A instabilidade como um problema estrutural

    6. Formulao terica do problema do crescimento econmico

    I- O mecanismo do desenvolvimento

    Introduo

    O processo de desenvolvimento

    a) Pases desenvolvidos e subdesenvolvidos

    b) A produtividade e a acumulao de capital

    c) Crescimento da renda e diversificao da procura

    O ritmo do desenvolvimento

    a) Produtividade do capital

    b) A taxa de capitalizao

    II - A teoria do desenvolvimento na cincia econmica

    Introduo

    O ponto de vista da economia clssica

    A economia do equilbrio geral

    A teoria do empresrio

    A teoria da "maturidade" econmica

    Finis

    1956 Uma economia dependente. Rio de Janeiro: Ministrio da Educao e Cultura.

    I A unidade exportadora-escravocrata

    II A instabilidade do novo sistema econmico

    III Ruptura do sistema e transformao estrutural

  • 4

    1958 Perspectivas da economia brasileira. Rio de Janeiro: Instituto Superior de Estudos

    Brasileiros.

    . Rio de Janeiro: Dasp/Servio de Documentao. 1960.

    . Rio de Janeiro: Centro Internacional Celso Furtado. Apresentao de Rosa Freire

    dAguiar. 2012.

    Conferncias pronunciadas no segundo semestre de 1957 no Curso de Treinamento em Problemas de

    Desenvolvimento Econmico, promovido pela CEPAL, com a colaborao do BNDE, da Capes, ISEB e TAA,

    da OEA.

    I - Grau de integrao da economia brasileira

    II - Os desequilbrios fundamentais

    III - Perspectivas da capacidade para importar

    IV - O setor industrial como elemento dinmico

    V - Ritmo provvel do crescimento no prximo decnio: a relao produto-capital

    VI - Ritmo provvel de crescimento: o esforo de poupana

    VII - O problema das disparidades regionais

    VIII - A programao preliminar

    IX - A poltica monetria

    X - Aspectos fiscais e administrativos

    1959 Formao Econmica do Brasil. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura.

    . So Paulo: Companhia Editora Nacional. (2003: 32 edio: Prefcio de Plinio de

    Arruda Sampaio Jr.)

    . Braslia: Editora Universidade de Braslia. Coleo Biblioteca Bsica Brasileira