linha azul 29/04/2016

Download Linha Azul 29/04/2016

Post on 29-Jul-2016

223 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal O Estado (Ceará)

TRANSCRIPT

  • 4C M Y K

    Capa de O Estado de 29 de abril

    de 1966

    Meu

    filh

    o, n

    o se

    esqu

    ea d

    a min

    ha le

    i, m

    as g

    uard

    e no

    cora

    o

    os m

    eus m

    anda

    men

    tos,

    (Pro

    vrb

    io 3

    :1)

    PG. 4

    JORNALO ESTADO

    Fortaleza, Cear, sexta-feira, 29 de abril de 2016

  • C M Y K

    Fortaleza, Cear, sexta-feira, 29 de abril de 2016 2

    VariedadesIan Gomes

    ian.gomes2008@gmail.com

    cabeas de coluns no LINHA AZUL _ IAN GOMES.indd 1 11/2/2015 09:35:32

    Toque SocialMatusahila Santiago

    matushilasantiago@hotmail.com

    colunAs no LINHA AZUL _ MATU.indd 1 11/2/2015 09:37:36

    Toque SocialMatusahila Santiago

    matushilasantiago@hotmail.com

    colunAs no LINHA AZUL _ MATU.indd 1 11/2/2015 09:37:36

    Toque SocialMatusahila Santiago

    matushilasantiago@hotmail.com

    colunAs no LINHA AZUL _ MATU.indd 1 11/2/2015 09:37:36

    Conversando a gente se entende

    Imagine uma jovem me , 22 anos, duas filhas pequenas, e descobre ter apenas trs meses de vida. A partir desta notcia, ela comea a ter atitudes at ento pouco valorizadas. Entre elas, dizer para as filhas que as amava, evitar conflitos com a me, o marido. Ligou para os amigos ,pin-tou o cabelo de vermelho, degustou sem pressa sorvete, tomou banho de chuva, valorizou o silncio e muitas outras atitudes do cotidiano. Tudo isso, que muitas vezes fazemos automatica-mente, passou a ter um valor mais significativo. Pois, talvez, fosse a ltima oportunidade. Essa uma histria fictcia, mas que poderamos colocar em prtica, independente de termos um diagnstico como essa personagem do filme Minha vida, sem mim. O viver precisa ter sentido no agora, pois com ou sem uma doena, tudo chega ao fim. Pense nisso!

    Lamentvel - Inau-gurada a menos de um ms, a estao do bicicletar na Cidade 2000 j foi depredada. Levaram celas, cestas, buzinas, espelhos de 40% das bicicletas.

    Aprender - O Semi-nrio sobre o Sistema Nacional de Educao (SNE) Desafios e Perspectivas, acontece-r de 04 a 06 de maio, em Fortaleza. A realiza-o do Sindicato dos Docentes das Universi-dades.

    Velocidade - O

    Shopping Iguatemi inaugurou uma pista de

    kart indoor com 700m de traado, podendo receber grids com at dez karts simultneos.

    Agenda - A Arte Produes e Stallos Produes trazem para Fortaleza o show Acs-tico NYC da banda Capital Inicial, dia 7 de maio, na Praa Verde do Centro Drago do Mar.

    Imperdvel - O espe-

    tculo Disney On Ice Mundo Fantstico, ser realizado no Ginsio Paulo Sarasate, de 20 a 22 de maio, com uma super estrutura de mais de 50 figurinos.

    Ela era poesia... Ele no sabia ler...Li no face esta postagem. Achei-a linda, pro-

    funda e fez-me questionar problemas at ento inimaginveis.

    Estudaram em bons colgios. Namoraram desde adolescentes. Ela eternamente trinando como um pssaro, ele sempre calado como uma m-mia. Caso fossem levar uma nova pea no teatro e ela quisesse ir; ele queria ir ao futebol. Todos os meses ela ia s livrarias adquirir livros, somar conhecimentos; ele jamais pegou um livro para ler. Quando ela ia fazer um comentrio de algo, ele simplesmente dizia: Voc fala demais. Era para ter casado com um radialista.

    Enquanto ela primava no vestir, ele quanto mais esportivo melhor. Assim, a vida foi caminhando at que no mais deu para percorrer juntos a mes-ma estrada.

    Foi quando surgiu-me questionar e assegurar que casamento s dar certo quando os dois pos-suem os mesmos sonhos, os mesmos interesses, os mesmos lazeres como se fossem a corda e a caam-ba. Caso contrrio no tem condio do entrelaa-mento do bambu que possui razes incapazes de se separar e juntos prosseguem revezes afora.

    As personalidades diferentes desvirtuam-se e o amor vai-se extinguindo.

    Posso assegurar que no existe amor que consi-ga criar esta argamassa to necessria que simples-mente se intitula afinidade. Afinidade que faz a amizade surgir e s vezes se transforma em amor.

    Poder at ser energias diferentes o que oca-siona esta discrepncia e nada podemos fazer. Este jogo dava certo quando os casamentos eram arranjados.

    No sei se este excesso de liberdade sexual veio melhorar as convivncias sabendo-se discernir se vale ou no, casar com tanta cousa contrria refe-rente a gostos e atitudes, o que eu sei que nesta histria de vida, da qual fiz parte: Ela era poesia.../ Ele no sabia ler...

    EDITORA Wanda Palhano COORDENAO GERAL Soraya de Palhano n COLABORAO Iratu FreitasDIAGRAMAO E ARTE FINAL J. Jnior e Andy Moroe

    pois eles prolongaro a sua vida por muitos anos e lhe daro prosperidade e paz. (PROVRBIOS CAP.3, VERS.2)

    Toque SocialMatusahila Santiago

    matushilasantiago@hotmail.com

    colunAs no LINHA AZUL _ MATU.indd 1 11/2/2015 09:37:36

    Trofu CarnabaAssociao Comercial do Cear - ACC, que esse ano comemora 150 anos, outorgou ao empresrio

    Beto Studart o Trofu Carnaba. O evento aconteceu no Palace Bistr.

    FOTOS DIVULGAO

    Joao Porto Guimaraes, Fernando Cirino, Valdelirio Soares, Beto Studart, Chico Barreto e Jorge Parente

    Beto Studart, Ana Studart, Conceicao e Joao Porto Guimaraes

    Josmario Cordeiro, Patricia Studart, Renata Santos, Karine Studart e Ana Studart

    Paulo Andre Holanda, Joao Porto Guimaraes e Sergio Lopes

    Ana Sudart, Beto Studart, Renata Santos e Karine Studart

    Beto Studart e Waldyr Diogo

    Edyr Rolim e Joao Porto Guimaraes

    Joao Guimaraes, Beto Studart, Ana Studart e Humberto Fontenele

    Pedro Jorge Medeiros e Beto Studart

    Priscila e Roberto Ramos

    Aluisio Filho, Aluisio Ramalho e Fernando Cirino

    Marcos Parente

    Beto Studart recebe o Trofeu Carnauna da esposa Ana Studart

    Marcelo Tavares e Edgar Gadelha

    Eduardo Fiuza, Renato Bonfim, Silvio Leal, Beto Studart e Augusto Bezerra

    Ricardo Cavalcante, Joao Porto Guimaraes, Aluisio Ramalho e Edgar Gadelha

    Marcelo Tavares, Edgar Gadelha, Joao Guimaraes, Aluisio Ramalho, Aluisio Filho e Roberto Sergio

    Tomaz Figueredo filho, Marcos Oliveira e Airton Goncalves

    Fernando Cirino, Valmam Miranda, Vadelirio Soares e Ricardo Cavalcante

  • C M Y K

    3 Fortaleza, Cear, sexta-feira,

    29 de abril de 2016 3

    Que o amor e a fidelidade jamais o abandonem; prenda-os ao redor do seu pescoo, escreva-os na tbua do seu corao. (Provrbios 3:3)

  • C M Y K

    Joo Soares Neto escreve www.joaosoaresneto.com.br

    colunAs no LINHA AZUL _ joao soares neto.indd 1 11/2/2015 10:14:21

    Fortaleza, Cear, sexta-feira, 29 de abril de 20164

    J vai longe o 17 de abril, em que Dilma foi vencida, na primeira rodada, na luta que vai prosseguir. Preferi ficar longe da TV, dos jornais, das redes sociais, telefones e afins. Na tera, 19, re-solvi comprar e ler jornais estrangeiros. Alguns dos Estados Unidos. Outros da Amrica Latina. A inteno era verificar como a imprensa de outros pases nos v neste momento crtico. Que realce nos do?

    O primeiro o El Nuevo Herald, em espa-nhol, com circulao nos EEUU. A notcia saiu na sete e ocupa meia pgina com grande foto em fun-do verde, o slogan Ptria Educadora e Dilma atrs de plpito com as armas da Repblica. Conclui: A mandatria disse que o governo ter uma relao diferente com os senado-res para frear o processo atravs de uma interlocu-o qualificada. O espao foi o mesmo dedicado ao terremoto no Equador.

    O segundo foi o El

    Universo, de Santiago de Guayaquil, Equador. H pequena chamada na pri-meira que nos leva a 10, com espao pouco maior. Um dos tpicos, diz: Os analistas ho se mostrado cticos de que ela (Dilma) possa se manter no poder, ao destacar o espetacular fracasso da governante para obter apoio poltico, inclusive dos partidos que por muito tempo tinham integrado sua coalizo governante. Uma sub-manchete informa que a luta pelo poder continua-r no Senado.

    O terceiro foi o The New York Times. O NYT faz chamada de primeira pgina com foto tipo 3X4 de Dilma e nos encami-nha para a pgina A4. L: O voto pr impeach-ment produz comemo-raes, mas ainda no chegou ao fim o caos (turmoil) no Brasil. A matria de Andrew Jaco-bs e Vinod Sreefharsha no se limita a 1/3 de p-gina e nos remete a A12. Abre com foto conjunta de Eduardo Cunha e Re-

    nan Calheiros, dizendo que os dois so fazedores de lei (lawmakers) e so submetidos a inquritos por corrupo. No corpo da notcia, se l: No momento, todos os olhos esto no Sr. Temer, o vice-presidente, um ho-mem taciturno que tem uma longa preferncia pelas cenas de bastidores. Entretanto, ele tambm objeto de uma petio de impedimento, muitos experts acreditam que a matria cair em razo do interesse a estabilida-de nacional.

    O quarto foi o USA Today. Folheei todo. Nada. Deixei, por ltimo, o jornal Clarn, de Buenos Aires, Argentina, mas do dia 18, pois a proximidade dos her-manos permitiu notcia quente, logo na segunda--feira. Na capa: Grande aval dos deputados ao juzo poltico. Brasil: Dilma ficou mais perto de ser destituda. Em seguida, comenta o resultado de 367 a 137 e nos manda ir pgina

    3. Na pgina 3 no h nada. Sorrio. Folheio o Clarn e encontro em El Mundo, folhas 24 e 25. Lembro que o Clarn usa o formato de tabloide do O Estado. Na pgina 24 h foto de Dilma com Temer em que ambos confidenciam, pois esto com mos sobre as bo-cas. A manchete: Michel Temer, um poltico hbil e calculador detrs do poder. Eduardo Cunha chamado de acrbata (titiritero) nas sombras das crises. Na 25 h foto colorida dos manifestan-tes em Braslia, separa-dos por valas.

    Abaixo h dois peque-nos artigos. Um de Ricar-do Noblat, editorialista do jornal O Globo, com o ttulo A democracia ser mais forte. Outro, do deputado do PT do Acre, Raimun