lean manufacturing nova visão

Download Lean Manufacturing Nova Visão

Post on 13-Jan-2015

5.987 views

Category:

Automotive

34 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Estudo referente a uma nova viso sobre Lean Manufacturing que vale para reflexo sobre sucessos e insucessos na implantao de um bom sistema. Apresentao revisada em 09/06/2014 com nova tabela comparativa entre os conceitos e sistemas, bem como novas ferramentas identificadas no penultimo slide.

TRANSCRIPT

  • 1. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL UMA NOVA VISO

2. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN A MUITO SE FALA EM LEAN MANUFACTURING OU SISTEMA TOYOTA DE PRODUO MUITAS EMPRESAS BUSCAM IMPLANTAR EM SUA GESTO OS CONCEITOS DA TO SONHADA MANUFATURA ENXUTA, O QUE DEVERIA SER UMA NECESSIDADE, PORM NA PRTICA TORNA-SE APENAS UM MEIO DE MELHORAR O ASPECTO VISUAL DA MESMA E NO UMA FORMA OU MTODO DE SE ELIMINAR OS Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL MELHORAR O ASPECTO VISUAL DA MESMA E NO UMA FORMA OU MTODO DE SE ELIMINAR OS DESPERDCIOS E ALCANAR RESULTADOS FINANCEIROS MELHORES. OS CONCEITOS TODOS DIZEM CONHECER, MAS PRTICA-LOS POUCOS SABEM, O QUE COM O DECORRER DO TEMPO VIRA FRACASSO E TORNA UMA EMPRESA SOMENTE ENXUTA MAS NO VERDADEIRAMENTE LEAN. 3. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN O QUE UMA MANUFATURA ENXUTA? Uma empresa onde se ocupa pouco espao fsico, possui baixo estoque, usa de forma adequada os Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL Uma empresa onde se ocupa pouco espao fsico, possui baixo estoque, usa de forma adequada os seus recursos dentro de sua disponibilidade, possui um ambiente limpo e claro, atende a demanda de seus clientes e aplica os conceitos Lean de forma pontual atravs de projetos dedicados . 4. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN O QUE UM SISTEMA LEAN DE PRODUO? Um sistema gerencial em todos os nveis e reas, onde se busca maximizar o uso de seus recursos Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL Um sistema gerencial em todos os nveis e reas, onde se busca maximizar o uso de seus recursos tcnicos e humanos, que reconhece a todo instante um desperdcio e promove ao para elimina-lo, que visa o melhoramento contnuo sempre, desde o nascimento de um novo produto, que atende e supera as expectativas dos clientes e que aplica de forma sistmica os conceitos e ferramentas Lean. 5. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN VAMOS ENTENDER UM POUCO DE CONCEITOS APLICADOS A GESTO INDUSTRIAL. Uma empresa quando vislumbra encarar o desafio de tornar-se uma empresa mais competitiva, busca por entender ou mesmo ir j copiando o Sistema Toyota de Produo, parte por contratar uma consultoria, treina seus funcionrios, define alguns objetivos e faz o start up da implantao, porm muitas nem se quer estudam os conceitos e variaes que geraram o Sistema Toyota de Produo, para isso precisamos entender um pouquinho sobre algumas diferenas conceituais de gesto para definirmos nossa estratgia, vamos ento ver algumas destas diferenas entre: LEAN MANUFACTURING Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL LEAN MANUFACTURING TEORIA DAS RESTRIES SEIS SIGMAS TPS (TOYOTA) TPM TQM WCM (FIAT) 6. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN COMPARATIVO ENTRE CONCEITOS DE SISTEMAS Programa Lean Manufacturing Teoria das Restries Seis Sigmas TPS (Toyota) TPM TQM WCM (Fiat) Teoria Eliminar o desperdcio. Lidar com as restries Reduzir a variao no processo Melhoramento Contnuo. Extrao da excelncia nas mquinas. Ampla organizao do sistema. Maximizao da manufatura. Diretrizes de Aplicao 1) Identificar valor 2) Identificar corrente de valor 3) Fluir 4) Puxar 5) Aperfeioar 1) Identificar restrio 2) Explorar restrio 3) Subordinar processos 4) Melhorar restrio 5) Repetir ciclo 1) Definir 2) Medir 3) Analisar 4) Melhorar 5) Controlar 1) Fazer mais com menos 2) JIT e JIDOKA 3) Maneira Toyota: Respeito de pessoas e Kaizen 1) Apoio a produo 2) Participao de todos 3) Produtividade 4) Eficincia 5) Propositiva 1) Planejamento 2) Controle 3) Liderana 4) Comunicao 5) Qualidade e Manuteno 1) reas Modelo 2) Pilares tcnicos e gerenciais 3) Sete passos de implementao Foco Foco no fluxo Restries dos sistemas Foco no problema Produo por Takt Time, preveno na sada de defeito e foco no cliente Manuteno autnoma. Melhoramento das pessoas. Performance mundial em produo. A no eliminao do desperdcio eliminar o desempenho do nfase na velocidade e volume. H um problema. Grfico e nmeros so valorizados. Produzir a quantidade certa na Colocar a Manuteno no centro das atenes e Criar uma estratgia de administrao orientada a Capturar de maneira eficaz a essncia das mudanas Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL Pressuposto eliminar o desempenho do negcio. Vrias pequenas melhorias so melhores do que grandes rupturas. nfase na velocidade e volume. Utiliza os sistemas existentes. Interdependncia de processos. valorizados. Os resultados do sistema so melhorados se a variao em todos os processos ser reduzida. Produzir a quantidade certa na hora certa e com a qualidade certa atravs do autocontrole. no centro das atenes e entendida como uma parte fundamental do negcio. administrao orientada a formao de conscincia de qualidade em todos os processos organizacionais. a essncia das mudanas fundamentais que acontecem na industria atravs da busca pelas melhores prticas. Efeito Principal Agregar Valor. Melhoria da sada do processo Resultado uniforme do processo Eliminar desperdcios e ligao direta com o cliente. Eficincia produtiva das mquinas. Satisfao do cliente e consumidor Aumento da qualidade em todos os setores. Efeito Secundrio Menor variaes; Resultados uniformes; Menor estoque; Qualidade melhorada; envolvimento dos funcionrios e colaborao funcional. Menos estoque e desperdcio. Contabilidade dos custos do processo. Sistema de medio do desempenho. Qualidade melhorada. Menos desperdcios. Melhor sada do processo. Menos estoque. Qualidade melhorada. Flutuao e avaliao pelos gerentes. Agregar valor ao produto; Menor estoque; Maior qualidade ao produto; Sequencia na produo; Organizao; Envolvimento dos funcionrios e colaborao funcional Qualidade de trabalho; Satisfao do cliente; Reduo de custos; Preveno de avarias; Equipe de manuteno focada nos maiores problemas; Mudanas culturais; Melhoramento continuo; Capacitao das pessoas; Potencializao das pessoas; Maximizao da qualidade; Grande anlise estatstica. Satisfao do cliente; Reduo da disperso; Reduo da variabilidade; Reduo zero em desperdcio, defeito, parada e inventrio. Crticas A anlise estatstica no valorizada. Anlise demorada por especialistas remotos desvalorizada. Influncia mnima do trabalhador. Analise de dados no valorizada. A interao do sistema no considerada. Os processos so analisados independentemente. Quando ocorre um defeito, toda a linha de produo para ate que seja resolvido o mesmo. Desvalorizao do sistema pelo meio onde deveria ser aplicado ocorrendo ineficincia na produo. Bloqueio cultural, intervindo nas mudanas, gerando dificuldade na implantao. Dificuldades em aplicar com rapidez o mtodo em todas as reas e investimento com organizao e Gesto a Vista. 7. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN O IMPACTO CULTURAL EM UMA GESTO INDUSTRIAL O trabalho enobrece o homem, todos sabemos, mas um homem nunca igual a outro, um estado no igual a outro, uma pais no igual a outro, um continente no igual a outro e uma empresa nunca igual a outra, temos o fator cultural, e ns ocidentais somos indisciplinados, isso torna-se ento nosso Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL igual a outra, temos o fator cultural, e ns ocidentais somos indisciplinados, isso torna-se ento nosso maior problema e paradigma que devemos quebrar a todo instante. Pequena reflexo sobre porque falhamos na implantao de um Sistema Lean: No basta estudar o Sistema Toyota de Produo, devemos estudar a cultura Japonesa 8. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN Lean Manufacturing Deming Juran Taylor Crosby Pareto Fayol Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL Taiichi Ohno Koru Ishikawa Shingeo Shingo Sistema Toyota de Produo YamashimaWCM Grupo Fiat Kaneyoshi Kusunoki A Toyota no inventou o Lean Manufacturing, ela aprimorou. 9. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN AO CONTRRIO DO QUE MUITOS PENSAM, LEAN MANUFACTURING NO NASCEU COM A TOYOTA, NASCEU DO FRUTO DE PROFISSIONAIS OCIDENTAIS, QUE LEVARAM AO JAPO PS GUERRA OS CONCEITOS DE PRODUO EM MASSA. Os japoneses e orientais, que sabemos possuir uma capacidade disciplinar muito superior a dos ocidentais, que buscam o aprendizado constante, que praticam o benchmarking da forma correta, aprenderam com estes profissionais, melhoraram os conceitos e ferramentas e criaram ento com a Toyota este modelo to sonhado e copiado. Jose Donizetti Moraes - 11/10/2012 BETIM MINAS GERAIS - BRASIL Toyota este modelo to sonhado e copiado. Depois do sucesso da Toyota, muitas empresas tentaram em vo copiar este sistema e todas enfrentam a mesma dificuldade, a falta de disciplina e a cultura ocidental que torna-se ento um verdadeiro paradigma a ser quebrado. Mais recentemente o melhor resultado visto, vem sendo o WCM difundido dentro do Grupo Fiat, que conseguiu desenvolver junto com o Prof. Hajimi Yamashina um modelo de sucesso visto em comprovado em algumas plantas, seguramente em um futuro prximo veremos estes nomes sendo lembrados como modelo a ser seguido. 10. GESTO INDUSTRIAL EM UM SISTEMA LEAN Introduo ao Lean Manufacturing Muitos processos de fabricao e especialmente os ligados a produo em srie, onde envolvem toda uma cadeia de produo desde o fornecedor para matria prima, componentes, insumos, os fornecedores que geram fontes de alimentao para o funcionamento de mquinas, ferramentas, dispositivos e equipamentos que de uma forma ou de outra agrega valor a um determinado produto em um dos pontos de fabricao, ai entende-se onde se executa uma operao, existe uma oportunidade enorme para a ineficincia, tais como Buffers, gargalos, excesso de produo, falta de matria prima ou componente, falhas de Qualidade, avarias em mquinas ou ferramentas, etc... Um Sistema Lean Manufacturing (Enxuto de produo) no deve possuir ou permitir estas ineficincias e deve aos poucos ir removendo todas estas perdas, entretanto isso no to simples, pois em pases ocidentais especialmente ns Jose Donizetti Moraes - 11/10/20