laudo tÉcnico de periculosidade rodoviá .referencias bibliogrÁfica ..... 8 . 3 caracterÍsticas

Download LAUDO TÉCNICO DE PERICULOSIDADE Rodoviá .REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICA ..... 8 . 3 CARACTERÍSTICAS

Post on 03-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • LAUDO TCNICO DE PERICULOSIDADE

    Rodovirio

    VIGNCIA:SETEMBRODE2016SETEMBRODE2017.

    Empresa: TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA RODOVIRIO.

    Elaborado por: Reginaldo Beserra Alves Eng. Segurana no Trabalho CREA: 5.907-D/PB

  • LAUDO TCNICO DE PERICULOSIDADE

    SASMET

  • 2

    SUMRIO

    1. INTRODUO............................................................................................................ 4 1. OBJETIVO GERAL .................................................................................................... 4 2.OBJETIVOS ESPECFICOS ....................................................................................... 4 3. METODOLOGIA........................................................................................................ 4 4. PROCEDIMENTO....................................................................................................... 5 5.ANLISE QUALITATIVALITATIVIVA........................................................................... 6 CONCLUSES.................................................................................................................. 7 REFERENCIAS BIBLIOGRFICA .................................................................................... 8

  • 3

    CARACTERSTICAS DA EMPRESA Empresa: TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA.

    CNPJ01.362.266/0001-47

    Endereo: Av. Abiurana N: 2351 Bairros: Mauazinho

    CEP: 69075-010

    Telefone: (92) 3615 / 7766

    CNAE: 49.30-2

    Atividade Principal:

    Transporte rodovirio de carga.

    Grau de Risco: 03

    Horrio de trabalho:

    Segunda a Sexta-Feira 07h30min s 17h30min segunda sexta.

  • 4

    INTRODUO

    A elaborao do Laudo Tcnico de Periculosidade cumpre determinao das Normas

    Regulamentadoras NR-16, Decreto 93.412 de 14/10/86, e NR-20 respectivamente, os quais

    devem ser elaborados por profissional devidamente habilitado e registrado no respectivo

    conselho de classe.

    O exerccio de trabalho em condies de periculosidade, de acordo com a Norma

    Regulamentadora NR-16 do Ministrio do Trabalho de 08 de junho de 1978, assegura ao

    trabalhador a percepo de adicional de 30% (trinta por cento) sobre o salrio base (sem os

    acrscimos resultantes de gratificaes, prmios, ou participao nos lucros da empresa.

    O pagamento do adicional de periculosidade no exime o empregador de implantar

    medidas que possam neutralizar e at eliminar a situao de risco.

    A eliminao, atravs de medida de proteo coletiva ou individual da situao de

    risco realizada por especialistas, ser comprovada atravs de avaliao pericial permitir a

    cessao do pagamento do adicional de periculosidade.

    Para que haja monitoramento da situao de risco, faz-se necessrio uma reviso

    anual do respectivo laudo.

    1. OBJETIVO GERAL

    Cumprir determinaes legais, atravs de parecer tcnico de situaes de

    riscos nos quais possam caracterizar periculosidade.

    2. OBJETIVOS ESPECFICOS

    O Laudo tcnico de periculosidade tem o objetivo de analisar a existncia de

    atividades que colocam em risco a integridade fsica dos funcionrios, informando se

    a atividade se enquadra para fins de pagamento do respectivo adicional e as medidas

    de controle necessrias.

    3. METODOLOGIA

    Visita nas instalaes da empresa, NR-16, Artigos 193 a 197 da CLT, Portaria

    93.412 de 14/10/86 e outros requisitos legais.

  • 5

    3.1 APLICAO

    Aplicvel a todas as reas da TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA (Rodovirio).

    3.2 DOCUMENTOS DE REFERNCIA

    NR 16 - Norma Regulamentadora 16 Atividades e Operaes Perigosas. 3.3 IDENTIFICAO DO PROFISSIONAL

    Responsvel Tcnico: Reginaldo Beserra Alves

    Profisso: Engenheiro de Segurana do Trabalho

    Registro CREA: 5.907-D/PB

    Perodo: Setembro de 2016 a Setembro de 2017. 4. PROCEDIMENTO

    4.1 DESCRIO DO AMBIENTE DE TRABALHO

    O Estabelecimento possui as seguintes caractersticas estruturais: prdio com

    paredes de alvenaria, cobertura de alumnio e algumas telhas translcidas, piso de cimento, ambiente climatizado (escritrio administrativo) e no climatizado (Setor do ptio Rodovirio). A empresa formada pelos seguintes setores: ADMINISTRATIVO: ALMOXARIFADO, COMPRAS, DIRETORIA, FINANCEIRO, MANUTENO, RECURSO HUMANOS E SEGURANA PATRIMONIAL (PORTARIA) e OPERACIONAL: COPEIRA, EMBALADOR, MOTORISTA DE CAMINHO, MOTORISTA CARRETEIRO, OPERADOR DE GUINDASTE, SERVIOS GERAIS e SEGURANA PATRIMONIAL.

    4.2 QUANTITATIVO DE TRABALHADORES EXPOSTOS AO RISCO

    As atividades de Transportes Rodovirios de cargas envolvendo risco na

    empresa TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA so realizadas por Motorista de Caminho, Motorista de Carreta, Motorista. Esse processo de Transporte feito

    a t r a v s d e c a m i n h e s t a n q u e s . Portanto, os colaboradores da

    TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA citados Motorista de Caminho, Motorista de Carreta, Motorista, esto expostos ao risco de incndio e/ou exploso.

  • 6

    4.3 SERVIOS COM ELETRICIDADE Os servios envolvendo sistema eltrico de potncia na empresa TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA, so realizados por profissionais terceirizado, portanto, no quadro de funcionrios da referida empresa no h a funo de eletricista. 4.4 SERVIOS COM INFLAMVEIS E/OU EXPLOSIVOS A a t i v i d a d e f i m d a empresa TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA o carregamento, descarregamento e o transporte os seguintes produtos GASOLINA 331203. DIESEL 201203 e QAV.

    4.5 METODO E EQUIPAMENTOS A metodologia utilizada para avaliao do exerccio do trabalho em condies de periculosidade nas instalaes eltricas, da empresa TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA setor rodovirios (Administrativo e Operacional), envolvendo eletricidade foi qualitativa, resultante da inspeo do local de trabalho e informaes da gerncia de produo. 5. ANLISE QUALITATIVA

    5.1 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

    Servios administrativos em geral e carregamento, descarregamento e transporte rodovirio de inflamveis e/ou explosivos lquidos.

    5.2 FUNDAMENTAO

    5.3 FUNDAMENTO LEGAL

    A fundamentao legal para o pagamento do adicional de periculosidade

    aos colaboradores que exercem atividades expostos ao risco envolvendo

    eletricidade, inflamveis e/ou explosivos TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA (Rodovirio), est contido na Lei n 7.369/85, regulamentada pelo Decreto n

    92.212/85. Esse Decreto foi revogado, a segunda regulamentao feita pelo

    decreto n 93.412 de 14/10/86, em vigor e a Norma Regulamentador NR-

    16 do Ministrio do Trabalho e Emprego - MTE.

  • 7

    CONCLUSO

    Conforme fundamentao tcnica, legal e inspeo realizada in loco nos

    ambientes de trabalho na empresa TRANSGLOBAL SERVIOS LTDA(Rodovirio), concluem-se que a sua atividade fim o carregamento,descarregamento e o transporte rodovir io de combustveis lquidos em

    grande quantidade, portanto, as funes cujos colaboradores esto

    diretamente l igado ao carregamento, descarregamento e no

    transporte de combustveis lquidos inf lamveis e/ou explosivos,

    fazem jus a percepo do adicional de periculosidade, que representa30%(trinta por cento) do salrio bsico, sem os acrscimos resultantes degratificaes, prmios ou participaes nos lucros da empresa, conforme 1 do art. 193 da CLT

    Reginaldo Beserra Alves Engenheiro de Segurana do Trabalho

    CREA 5.907-D/PB

  • 8

    BIBLIOGRAFIANRs-16 da Portaria 3.214 de 08 de junho de 1978; Lei 6.514, de 22/12/77 aprovadas pela

    Portaria 3.214/78 da NR-16, tendo sua existncia jurdica assegurada atravs dos artigos

    193 a 197 da CLT; Lei 7.369/85 e do Decreto 93.412/86; Lei n 7.369/85, regulamentada

    pelo Decreto n 92.212/85; decreto n 93.412 de 14/10/86; NBR 5460/81.

  • Periculosidade