lançamento do projecto empoderamento da mulher 10/09/2014

Download Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014

Post on 21-Nov-2014

135 views

Category:

Government & Nonprofit

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O lançamento do projeto para o empoderamento das mulheres foi realizada na quarta-feira dia 10 de Setembro de 2014, o Instituto Superior Dom Bosco. O projeto está sendo gerenciado pela Development Workshop Angola e é apoiado pela Cooperação norueguês e do PNUD. A abertura do programa foi assistido pelo Ministério do Comercio e do Ministério da Família e Promoção da Mulher. O projecto contribuirá para o incremento da actividade económica da mulher, através do reforço da capacidade de gestão, das associações e empreendedores locais. Os Beneficiários do projecto serão, as mulheres representados no mercado informal, o micro e pequenas empresas. O projecto vai promover as acções de reforço da capacidade da mulher, pelos cinco princípios seguintes: -Participação, dos beneficiários e de suas organizações em todas as fases e actividades do projecto -Parceria activa com todos os actores, públicos e privados que possam prestar uma contribuição positiva para o desenvolvimento eficaz e eficiente das actividades -Concertação, buscando permanentemente o consenso com os actores envolvidos, velando sistematicamente pela geração de sinergias e complementaridade, evitando a todo o custo situações de sobreposições e duplicação de intervenções -Custo-eficácia, optando pelas acções que permitam a optimizar os recursos disponíveis e maximizar os resultados -Sustentabilidade, através da escolha de acções que perdurem no tempo e que sejam claras e consciente assumidas pelos beneficiários do projecto e suas organizações representativas O projecto iniciativas solidária irá prestar apoio liderança à grupos de mulheres e associações representados na Rede Contra Pobreza Urbana da Província de Luanda nos municípios do Cacuaco, Viana, Cazenga e Distritos do Kilamba-Kiaxe e Sambizanga. http://dw.angonet.org/forumitem/1521

TRANSCRIPT

  • 1. Lanamento do projecto empoderamento damulherPelaDevelopment Workshop AngolaInstituto Superior Dom Bosco 10.09.2014Financiamento: PNUD atravs da Embaixada da Noruega

2. Estrutura de apresentao Contexto poltico e scio econmico Experincia da DW Enquadramento das iniciativas DW com as estratgiasdo pas Estratgia do projecto Destinatrios e localizao Quadro institucional Resultados e actividades Consideraes finais 3. Contexto poltico e scio econmico A paz, democracia e o ambiente macroeconmico, permitem ofuncionamento das estruturas polticas, econmicas e sociais decarcter autnomas As mulheres esto fortemente representadas na economiainformal, sendo esta a principal fonte de sobrevivncia da maiorparte das famlias angolanas principalmente os residentes emzonas periurbanas e rurais de Luanda Os direitos e garantais dos cidados (homens e mulheres)esto protegidos pela Lei Constitucional.Avanos significativos foram realizados na concretizao dosobjectivos de desenvolvimento do milnio (ODM) entre eles: 4. Contexto poltico e scio econmicoReforo da capacidade e promoo da mulhernomeadamente;o ODM 2 (educao primrio universal),o ODM3 (igualdade entre gneros)o ODM 6 (Combate ao HIV/SIDA e Malria)O Governo de Angola tem vindo progressivamente, arealar questes de igualdade de gnero atravs do reforode mecanismos legais e institucionais com vista garantir aigualdade de gnero entre homens e as mulheres.Apesar desses progressos, existe ainda grandes desafios. 5. Contexto poltico e scio econmico Reforo da capacidade produtiva e econmica da mulher; Melhoria no acesso a informao e formao; Melhoria no acesso as infra-estruturas sociais,nomeadamente, gua potvel em qualidade e quantidade,habitao social e saneamento bsico. 6. Experincia da DW 7. Experincia da DW Promoo e melhoria das infra-estruturas de gua esaneamento Programas e projectos de investimentos e desenvolvimentopara apoiar a inovao, a sustentabilidade e as melhorias dasestruturas de desenvolvimento local. A DW tem o estatuto jurdico de uma Associao e os seusprincipais rgos so o Conselho de Administrao, o DirectorExecutivo, e o Comit de Gesto. 8. Enquadramento das iniciativas da DW com asestratgias do Pas O PND e os Planos desenvolvimentos territoriaisconstituem actualmente documentos de referncia para odesenho de projectos para o desenvolvimento.EstratgiaComo vamos actuar? 9. Estratgia O projecto no ir actuar como executor directo dasaces de reforo da capacidade da mulher, masessencialmente como promotor das aces que, nessedomnio j so ou que podero vir ser realizadas poroutros actores. Para o efeito, a estratgia a adoptar peloprojecto ser regida pelos cinco princpios. Participao, dos beneficirios e de suasorganizaes em todas as fases e actividades doprojecto; Parceria activa com todos os actores, pblicos eprivados que possam prestar uma contribuio positivapara o desenvolvimento eficaz e eficiente dasactividades; 10. Estratgia Concertao, buscando permanentemente oconsenso com os actores envolvidos, velandosistematicamente pela gerao de sinergias ecomplementaridade, evitando a todo o custo situaes desobreposies e duplicao de intervenes; Custo-eficcia, optando pelas aces quepermitam a optimizar os recursos disponveis emaximizar os resultados. Sustentabilidade, atravs da escolha de acesque perdurem no tempo e que sejam claras e conscienteassumidas pelos beneficirios do projecto e suasorganizaes representativas. 11. Estratgias O projecto CAIS ir prestar apoio directo grupos demulheres e associaes representadas na Rede ContraPobreza Urbana em Luanda - Cacuaco, Viana, Cazengae Distritos do Kilamba-Kiaxi e Sambizanga parapromover e facilitar o acesso: Das Associaes, s aces de formao sobre temasessenciais de gesto das organizaes socias; Dos membros associados nas Associaes e grupossolidrios, mulheres trabalhadoras, cursos de formaoprofissional que melhorem as suas qualificaesprofissionais e os habilitem a lidar com as novastecnologias; 12. Estratgias Dos potenciais empreendedores, cursos sobre ABC doempreendedorismo e disponibilizao de informaes sobrecrdito e a outras fontes de financiamento; Dos actores ligados actividade econmica (Micro ePequenas Empresas - MiPE), informao sobre os mercadose s possibilidades tecnolgicas. Dos empreendedores em geral, s instituies pblicas e suaslegislaes, incluindo os servios desconcentrados daadministrao central. Das associaes em geral, cursos sobre monitoria e avaliaode polticas pblicas viradas para igualdade do gnero. 13. Beneficiarios e localizaoQuem sero os beneficiarios directos doprojecto? 14. Os destinatrios e localizaoOs Beneficirios directos do projecto sero, os grupossolidrios de mulheres e homens representados nomercado informal, a micro e pequenas empresas (MiPE),Associaes de Consumidores Agua e Saneamento(ACAS) e associaes representadas na Rede LutaContra pobreza Urbana (RLCPU) nos municpios deCazenga, Viana, Cacuaco e nos distritos urbanos doSambizanga e Kilamba Kiaxi. Um total de 120associaes. 15. O quadro institucionalComo ser a administrao do projecto A gesto e a administrao do projecto ser assegurada pelaDevelopment Workshop (DW). As coordenaes municipais da Rede tero aresponsabilidade de assegurar a monitorizao das actividadesatravs da mobilizao dos seus membros. 16. O objectivo geralQuais as nossas expectativas de longoprazo ? 17. O objectivo geral 18. Objectivos especficosO que queremos garantir assim que o nossoprojecto terminar? 19. Objectivos especficos 20. Objectivos especficos 21. Os resultados e as actividadesQuais so os produtos que o projecto vaigerar? 22. Os resultados1. Um Centro de apoios as iniciativas solidrias instalada eoperacional a fim de prestar apoios e informaes aosactores scio-econmicos sobre possibilidades deformao, mercados, oportunidades de acesso a crditoe inovao tecnolgicas.2. As aces prioritrias de qualificao dos recursos humanosdas organizaes identificadas, organizadas e executadas.3 Acesso as mulheres e os jovens aos mercados facilitado. 23. Os resultados4. Servio de apoio tcnico elaborao, negociao emonitoria de planos de negcios das pequenas unidadeseconmicas estabelecido e operacional.5. Proposta para a criao de 3 incubadoras de empresasformuladas das quais uma no primeiro ano e duas nosdois anos seguintes, aprovada, financiada e aptas paraimplementao. 24. Consideraes finais Um projecto elaborado numa perspectiva de 3 anos efectivos. Ser implementado num ciclo de trs fase dos quais umaprimeira fase j tem fundos garantidos e j encontra-se emexecuo, est ser financiado pela Embaixada da Noruegaatravs do Programa das Naes Unidas para oDesenvolvimento (PNUD) A segunda e a terceira fase, esto em abertos para possveisfinanciamentos. DW e Rede Luta Contra a Pobreza Urbana continuaro arealizar campanhas para mobilizar fundos adicionais para osdevidos fins. 25. ObrigadoSISTEMA NACIONAL DEINFORMAO"TERRITORIAL

Recommended

View more >