lady

Download Lady

Post on 23-Oct-2014

18 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CICLO DE DEBATES SOBRE CONSTRUO CIVIL SUSTENTVEL - INSUMOS E RESDUOSSO PAULO, 15 DE OUTUBRO DE 2007

PAINEL: RESDUOS SLIDOS A POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS DO ESTADO DE SO PAULOENG LADY VIRGINIA TRALDI MENESESSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

LEI N 12.300DE 16 DE MARO DE 2006

INSTITUI A POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS E DEFINE PRINCPIOS E DIRETRIZESSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS

PRINCPIOS DA PRECAUO, SUSTENTABILIDADE E DA RESPONSABILIDADE

PREVENO DA POLUIO, MEDIANTE PRTICAS QUE PROMOVAM A REDUO OU ELIMINAO DE RESDUOS; MINIMIZAO DOS RESDUOS GERADOS

RECONHECIMENTO DO RESDUO SLIDO RECICLVEL COMO BEM ECONMICO

REUTILIZVEL

E

PROMOO DE PADRES SUSTENTVEIS DE PRODUO E CONSUMO;SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS VISO SISTMICA NA GESTO AO CONSIDERAR VARIVEIS AMBIENTAIS, SOCIAIS, CULTURAIS, ECONMICAS, TECNOLGICAS E DE SADE PBLICA GESTO INTEGRADA E COMPARTILHADA DE RESDUOS SLIDOS PELA ARTICULAO ENTRE PODER PBLICO, INICIATIVA PRIVADA E DEMAIS SEGMENTOS DA SOCIEDADE CIVIL POTENCIAL DE DEGRADAO AMBIENTAL DOS PRODUTOS ESERVIOS; ACESSO AMBIENTAL. DA SOCIEDADE EDUCAO

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS

RESPONSABILIDADESRESPONSABILIZAO PS-CONSUMO FABRICANTES, DISTRIBUIDORES OU IMPORTADORES, PELOS PRODUTOS E SERVIOS OFERTADOS;

RESPONSABILIZAO POR DANOS CAUSADOS PELOS AGENTES ECONMICOS E SOCIAIS ( CAUSADOR DO DANO) ;

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS INSTRUMENTOSINSTRUMENTOS ECONMICOS: incentivos prticas de preveno poluio, minimizao, recuperao e remediao linhas de financiamento incentivo ao uso de resduos e materiais reciclados como matria-prima incentivo mediante programas especficos para a implantao de unidades de coleta, triagem, beneficiamento e reciclagem de resduos; incentivos gesto regionalizada;

INSTRUMENTOS DE CO-REGULAO gradao de metas ambientais com estabelecimento de etapas a serem cumpridas; planos de gesto e de gerenciamento; inventrio de resduos e sistema declaratrio anual; INSTRUMENTOS DE AUTO REGULAO o incentivo s auditorias ambientais; o incentivo ao seguro ambiental;SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

POLTICA ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOS

OBJETIVOS

USO SUSTENTVEL, RACIONAL E EFICIENTE DOS RECURSOS NATURAIS PRESERVAO E MELHORIA DA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE E DA SADE PBLICA PROMOO DA INCLUSO SOCIAL DE CATADORES COOPERAO INTERMUNICIPAL NA BUSCA DE SOLUES CONJUNTAS IMPLANTAO DA COLETA SELETIVA NOS MUNICPIOSSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

MODELO DE GESTO DOS RESDUOS SLIDOS: REORIENTAR OS PADRES DE PRODUO E CONSUMO, REDUZINDO OS DESPERDCIOS; AMPLIAR O NVEL DE INFORMAO EXISTENTE POSSIBILITANDO ALTERAO NO MODELO SOCIOECONOMICO E CULTURAL; INCENTIVAR A COOPERAO ENTRE OS MUNICPOS/SETORES INDUSTRIAIS E AFINS, POR MEIO DE PLANOS REGIONAIS DE AO INTEGRADA; ESTABELECER RESPONSABILIDADES PARA CADA ATOR ENVOLVIDO NO PROCESSO.SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

CATEGORIAS DE RESDUOS SLIDOSRESDUOS URBANOS RESDUOS INDUSTRIAIS RESDUOS DE SERVIOS DE SADE RESDUOS DE ATIVIDADES RURAIS RESDUOS DE PORTOS, AEROPORTOS, TERMINAIS RODOVIRIOS E FERROVIRIOS, POSTOS DE FRONTEIRA E ESTRUTURAS SIMILARES, EMBARCAES, AERONAVES, MEIOS DE TRANSPORTE TERRESTRE RESDUOS DA CONSTRUO CIVILSECRETARIA DO ESTA LEI NO SE APLICA A REJEITOS RADIOATIVOS MEIO AMBIENTE

DEPENDEM DE PRVIA CARACTERIZAORESDUOS ORIUNDOS DE:

OPERAES DE EMERGNCIA AMBIENTAL OPERAES DE REMEDIAO DE REAS CONTAMINADAS MATERIAIS GERADOS NAS OPERAES DE ESCAVAO E DRAGAGEM

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

RESDUOS QUE, POR SUAS CARACTERSTICAS, EXIJAM OU POSSAM EXIGIR SISTEMAS ESPECIAIS PARA ACONDICIONAMENTO, ARMAZENAMENTO, COLETA, TRANSPORTE, TRATAMENTO OU DESTINAO FINAL, DE FORMA A EVITAR DANOS AO MEIO AMBIENTE E SADE PBLICA

A SEREM DEFINIDOS EM REGULAMENTO PELOS RGOS ESTADUAIS COMPETENTES

RESDUOS ESPECIAIS ( minuta de regulamentao)Quer pela periculosidade Quer pelo volumeSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOSINTEGRADA E COMPARTILHADA POR MEIO DA ARTICULAO ENTRE PODER PBLICO INICIATIVA PRIVADA DEMAIS SEGMENTOS DA SOCIEDADE CIVIL

GESTO COMPARTILHADAA MANEIRA DE CONCEBER, IMPLEMENTAR E GERENCIAR SISTEMAS DE RESDUOS, COM A PARTICIPAO DOS SETORES DA SOCIEDADE E A PERSPECTIVA DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTVEL

GESTO INTEGRADAA MANEIRA DE CONCEBER, IMPLEMENTAR E ADMINISTRAR OS RESDUOS SLIDOS, CONSIDERANDO UMA AMPLA PARTICIPAO DAS REAS DO GOVERNO ESTADUAL E MUNICIPALSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

ELIMINAO OU REDUO NA FONTE; MINIMIZAO DOS RESDUOS GERADOS REUTILIZAO RECICLAGEM TRATAMENTO DISPOSIO FINAL RECUPERAO DE REAS DEGRADADAS

GESTO DE RESDUOS SLIDOS ETAPAS

REMEDIAO DE REAS CONTAMINADAS CLASSIFICAO, SEGREGAO QUANTIFICAO, ACONDICIONAMENTO, IDENTIFICAO,COLETA, TRANSPORTE E DESTINOSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOS RESPONSVEIS E PARTICIPANTESPRODUTORES IMPORTADORES TRANSPORTADORES DISTRIBUIDORES COMERCIANTES CONSUMIDORES CATADORES COLETORES ADMINISTRADORES E PROPRIETRIOS DE REAS DE USO PBLICO E COLETIVO OPERADORES DE RESDUOS SLIDOS (QUALQUER FASE DO GERENCIAMENTO) PODER PBLICO SECRETARIA DO SOCIEDADE CIVIL MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOS PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESDUOS SLIDOS ELABORADO PELO GERENCIADOR APRESENTADO A CADA 4 ANOS INTEGRANTE DO PROCESSO DE LICENCIAMENTO DE ATIVIDADES CONTEDO ESTABELECIDO PELOS RGOS DE SADE E MEIO AMBIENTE CONTEMPLA TODAS AS FASES DO GERENCIAMENTO,SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOS URBANOSRESIDNCIAS VARRIO, PODAS E LIMPEZA DE VIAS E LOGRADOUROS PBLICOS SISTEMAS DE DRENAGEM URBANA ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS - A SER REGULAMENTADA PRESTADORES DE SERVIOS - A SER REGULAMENTADAPREFERENCIALMENTE INTEGRADA E REGIONALIZADA COOPERAO DO ESTADO E PARTICIPAO DE ORGANISMOS DA SOCIEDADE CIVILGESTO DE RESDUOS SLIDOS INDUSTRIAIS GESTO DE RESDUOS SLIDOS DE SERVIOS DE SADE GESTO DE RESDUOS SLIDOS RURAIS GESTO DE RESDUOS SLIDOS AEROPORTOS, TERMINAIS RODOVIRIOS E FERROVIRIOS, POSTOS DE FRONTEIRA E ESTRUTURAS SIMILARES, EMBARCAES, AERONAVES, MEIOS DE TRANSPORTE TERRESTRE

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOS INDUSTRIAISPLANO DE GERENCIAMENTO DE RESDUOS SLIDOS INDUSTRIAISSEGUIR METAS ESTABELECIDAS PELAS ASSOCIAES REPRESENTATIVAS SETORIAIS E RGO AMBIENTAL PERMITE A IMPLANTAO DE BOLSAS DE RESDUOS PARA REAPROVEITAMENTO E GERENCIAMENTO EFICIENTE PERMITE DESTINAO EM CENTRAIS INTEGRADAS DE TRATAMENTO PARA MLTIPLOS RESDUOS

ESTABELECIMENTOS DE SADE OBRIGADOS A APRESENTAR PLANO DEFINIO POR RGOS DE MEIO AMBIENTE E SADESECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL OBRAS DE CONSTRUO CIVIL CONSTRUES REFORMAS REPAROS DEMOLIES RESPONSABILIDADE PROPRIETRIO DO IMVEL E / OU DO EMPREENDIMENTO CONSTRUTOR OU EMPRESA CONSTRUTORA EMPRESAS E / OU PESSOAS QUE REALIZAM TRANSPORTE, BENEFICIAMENTO, DISPOSIOSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

TERRENOS PREPARAO ESCAVAO

GESTO DE RESDUOS SLIDOS - RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL OS GERADORES DE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL, SO RESPONSVEIS PELO CORRETO GERENCIAMENTO DOS MESMOS, TENDO COMO OBJETIVO PRIORITRIO A NO GERAO DE RESDUOS E, SECUNDARIAMENTE, A REDUO, A REUTILIZAO, A RECICLAGEM E A DISPOSIO FINAL AMBIENTALMENTE ADEQUADA DOS MESMOS. A DISPOSIO FINAL DOS RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL DEVER SER FEITA EM ATERROS QUE ATENDAM S NORMAS E EXIGNCIAS ESTABELECIDOS PELOS RGOS AMBIENTAIS COMPETENTES, DEVIDAMENTE LICENCIADOS PARA ESSE FIM.SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOS - RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL OS RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL NO PODERO SER DISPOSTOS EM ATERROS DE RESDUOS DOMICILIARES, EM REAS DE BOTA FORA, EM ENCOSTAS, CORPOS DGUA, LOTES VAGOS E EM REAS PROTEGIDAS POR LEI.

O PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL DE ATIVIDADES E EMPREENDIMENTOS PARTE INTEGRANTE DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

GESTO DE RESDUOS SLIDOS - RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL LEGISLAES

RESOLUO CONAMA N 307, de 05/07/2002 - DISPE SOBRE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL

RESOLUO SMA 41, de 17/10/2002 - DISPE SOBRE PROCEDIMENTOS PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL EM ATERROS DE RESDUOS INERTES E DA CONSTRUO CIVIL NO ESTADO DE SO PAULO. Na regulamentao : reviso das Resolues e elaborao de normas especficas. SECRETARIA DOMEIO AMBIENTE

SISTEMA DE INFORMAES EM RESDUOS SLIDOS SISTEMA DECLARATRIO ANUALAPRESENTAO OBRIGATRIA FONTES GERADORAS TRANSPORTADORES UNIDADES RECEPTORAS DE RESDUOS FREQNCIA ANUAL OU QUANDO SOLICITADO POR AUTORIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS CONTEDO QUANTIDADE E NATUREZA DOS RESDUOS FORMA DE DISPOSIO FINAL MEDIDAS PARA REDUZIR QUANTIDADE E PERICULOSIDADE INSTALAES DISPONVEIS E PROCEDIMENTOS PARA O GERENCIAMENTO SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE OUTROS DADOS REQUERIDOS PELOS RGOS COMPETENTES

SISTEMA DE INFORMAES EM RESDUOS SLIDOS INVENTRIO ESTADUAL DE RESDUOS SLIDOSELABORAO E APRESENTAO: RGO AMBIENTAL FREQNCIA ANUAL CONTEDO CADASTRO DE FONTES PRIORITRIAS EFETIVA OU POTENCIALMENTE POLUIDORAS INDUSTRIAIS DE TRANSPORTADORAS DE LOCAIS DE DISPOSIO (EM ESPECIAL RESDUOS INDUSTRIAIS E PERIGOSOS) RELAO DE FONTES E SUBSTNCIAS DE INTERESSE SISTEMA DECLARATRIO DO SECRETARIAMEIO AMBIENTE

RESPONSABILIDADES GERAISGESTO DOS RESDUOS SLIDOS GERADOR

EXECUO DE MEDIDAS DE PREVENO, CORREO, RECUPERAO OU REMEDIAO EM DECORRNCIA DE EVENTOS OCORRIDOS OU DANOS AMBIENTAIS EFETIVOS OU POTENCIAIS GERADOR - EM SUAS INSTALAES GERADOR E TRANSPORTADOR - DURANTE O TRANSPORTE GERADOR E GERENCIADOR DE UNIDADES RECEPTORAS NAS INSTALAES DESTAS LTIMAS RESPONSABILIDADE PS-CONSUMO PARA PRODUTOS QUE EXIJAM OU POSSAM EXIGIR SISTEMAS ESPECIAIS EM QUALQUER FASE DA GESTO DE SEUS RESDUOS FABRICANTES, DISTRIBUIDORES OU IMPORTADORES SEUS RESPONDEM SOLIDARIAMENTE COM O GERADOR CONTROLADORES E SUCESSORESSECRETARIA DO MEIO AMBIENTE

POLTICA