jóse val del omar

Download Jóse val del omar

Post on 24-Jun-2015

333 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Jos ValDelOmar
    Nascido em Granada, Madrid a 27 de Outubro de 1904.
    Descobriu na cidade de Paris a sua vocao para o cinema no ano de 1921 com apenas 17 anos. Em 1925, realizou uma longa metragem de nome Enunrincn de Andaluca que considerou um fracasso e logo o destruiu.
    Realizou mais de 40 documentrios que foram destrudos ou perdidos no tempo, dos quais sobraram muito poucos, para infelicidade desta cultura cinematogrfica
    Trabalhou pela altura dos anos 40 no sistema de udio registando no ano de 1944 a sua primeira plataforma udio.
    Desde os anos 50 que se dedicou a desenvolver novas tcnicas flmicas e de televiso.
    Com o passar do tempo comeou a perder a fora de lutar pelo sonho cinematogrfico devido a varias decepes.
    No final da sua vida, rodeado de mentes jovens do cinema, recuperou a sua fora com a curiosidade que dentro dele sempre existiu pela tcnica do cinema.
    E nesse final da sua vida com esse seu fascnio pelo cinema faleceu como vitima num trgico acidente automvel a 4 de Agosto de 1982.
    ValdelOmar deu tambm um contributo ao mundo da poesia durante toda a vida entre fazer um filme e um poema sempre teve uma palavra a dizer, alguns desses poemas foram baseados em algumas das suas gravaes de Granada.
    Jos ValDelOmar num dos seus laboratrios (possivelmente na escola oficial de cinema de Madrid)
    Arquivo de foto de Maria Jos ValDelOmar e GonzaloSenz de Buruaga

2. Tcnica e Equipamento
Teoria de visintactil (1955)Optica temporal de ngulo varivelDiafoniaTactil-VisinVDO Bi-Standard 35Desbocamento panormicoPalpicorTeco 625CromatactoIntermedirio 16-35Retroprojector para PictolumnicaOptica bitica energtica ciclo-tactilLaserfona
A tcnica que utilizava no era uma tcnica j existente, mas sim das suas invenes, todas as tcnicas se encontravam interligadas PLAT (nome do laboratrio do projecto de som e imagem).
O equipamento que utilizava era a mquina sper-8 de 35mm, sabe-se que usou outras, pelo menos mais duas, mas no se sabe o modelo da mquina. A prova de que filmou em mais cmaras ser mostrado nalista de filmes, pois tem filmes gravados em 32mm e16mm.
Super 8
1975
3. ValDelOmar Premiado
Fuego en Castilla(Jos Omar Del Val, 1956), este filme ganhou um prmio em Cannes 5 anos depois,pelas tcnicas bem conseguidas do filme.
Este grande cinemista (nome que ele se d como cineasta, ou seja, um alquimista do cinema) no teve muitos prmios, mas por uma estranha ironia, h um prmio com o nome dele Premio Jos Val del Omar de Cinematografa y Artes Audiovisuales. Este enorme realizador foi considerado umtesouro da cultura nacional espanhola.
Imagem do filme vencedor do premio de Cannes 1961
4. Filmes de ValDelOmar
Fiestas cristianas y fiestas profanas(19341935), um filme no formato de 16mm, que gravado nacidade de Murcia, este filme foi guardado durante anos, at 1994, pelo seu permanente amigo CristbalSimancas, que apresentou em Murcia em 1935.
Aguaespejo granadino(19531955), filme em formato de 32mm, com o seu som em Dolby SR. Este filme tem no seu contedo o primeiro extracto musical de ValDelOmar de 1944, apresentado pela primeira vez neste filme.
FuegoenCastilla(19581960), filme em formato de 32mm, com o som em Dolby SR. O filme que teve o prmio de Cannes pela sua tcnica Tctil-visin (sentir a forma e textura de um objecto atravs da retina dos olhos).
Acario galaico(1961/19811982/1995), filme em formato de 35mm, Dolby SR. Este filme foi totalmente reconstrudo em 1995 por JavierCodesal que conseguiu encontrar a harmonia das antigas imagens e que teve que recorrer ao som original da obra.
Festas cristianas e fiestas profanas
Acario
filme
Aguaespejo
5. Projectos no concludos
Festivales de Espaa (1963-1964), foi gravado com formato de 35mm no concludo, pois ValdelOmar falou em filmar um conjunto de 10 documentrios com os festivais espanhis, encontraram-se documentos a fazer referncia a esses festivais mas nunca foi publicado, pois apenas finalizou algumas das entregas:
1. Extremadura - Teatro Griegoen Mrida (10 minutos)2. Baleares - Recordando a FrayJunpero Serra (10 minutos)3. Catalua - Retablo de SanArmengolenla Catedral de Seo de Urgel (10 minutos)4. Galicia - Ballet Gallego de LaCorua (12 minutos)5. Levante - FestivalesenElche y Torrevieja (10 minutos)6. Andaluca - FestivalesenSevilla, Crdoba, Cdiz y Mlaga (18 minutos)7. Castilla - OchoFestivales (10 minutos)8. Festivales religiosos enEspaa (12 minutos)9. Luna de sangre (10 minutos)10. Festival enlasEntraas (25 minutos)
Festival enlasentraas - gravado com formato de 35mm como que um pedao da serie Festivales de Espan, tambm no concludo.
Granada (1968-1974) -formato de imagem de 35mmincrivelmente gravado em bi-standart e a cores, gravou muitos metros de imagem dessa sua Granada local de nascimento do mesmo, esteve vrios anos a adicionar contedo ao filme, do qual tirou vrias ideias para poemas.
Variaciones sobre una Granada (1975) -gravado em filme de 35mm contema partir de uma composio de granadas uma tcnica de animao e pictolumnica.
superochosSEM NOME - um filme com horas gravadas algumas da televiso com uma super 8 quecabe agora descobrir se so filmagens privadas ou se faz parte da tcnica pictolumnica.
Ojala - uma copia das imagens que ValdelOmar gravou em Granada.
6. Principais Tcnicas originais
Diafonia consiste em apresentar sons de forma bi-auditiva, ou seja de forma a poder ter mais do que um som num canal musical, assim ouvir mais do que um som ao mesmo tempo, no caso do filme aguaespejo possvel ouvir musica espanhola, um barulho de gua no fundo e o som de umas maracas, os sons rudimentares como o barulho da gua so utilizados de certa forma como uma melodia de fundo que se no tiver um propsito pode ser considerado indesejvel de um som.
Objectivo de ngulo varivel, ou seja, o actual Zoomin mas de certas partes do cenrio, para aproximar o prximo. A tcnica consiste em aproximar sem detalhes, como que usando uma lupa, um objecto, animal ou pessoa sem a cmara se mexer, tambm pode ser utilizada para mostrar uma pessoa mais de perto ou simplesmente fazer uma ampliao dos detalhes, mas uma reduo do equilbrio esttico de cena.
Tctil-visin, esta tcnica consiste num pulsar de luzes que dispostas em 50 a 60 ciclos de local alternado vo dar ao ser humano uma margem de percepo quase nula de todos os aspectos, mas sim de um pedao de cada vez de forma rpida que dar uma sensao de 3d, um 3d bastante primitivo. Segundo ValDelOmar artista da iluminao tctil ser aquele que acerte em expressar por meio de um dispositivopulsante e mltipla aplicao nas lmpadas a noticia da substancia visvel.
Esquema grfico de Diafonia
7. Laboratrio PLAT
Comeou por descobrir a forma de dar um ar mais dimensional as imagens em 1955, publicando artigos em Ingls e em Francs, em que foi difcil chegar a uma concluso do que ValDelOmar queria dizer com Tctil-Visin. Mais tarde depois desta fabulosa criao passou ento a tentar fazer o mesmo com o som em 1959, ou seja Diafonia, dar uma maior dimenso de som.
Picto-Luminic-Audio-Tactile, foi o nome que ValdelOmar deu a esse seu projecto que consistia em melhorar a perspectiva de profundidade e de realismo num filme, no caso da imagem, aumentar a profundidade da imagem e melhorar o relevo flmico dos objectos, a este processo e conceito ValdelOmar chamou-lhe de Tctil-visin, que traduzida significa tacto atravs da viso, a nvel de som deu-lhe o nome de Diafonia, pretendia dar um som ambiente por exemplo quando est nos sons em off (narrativo) ou at quando se apresenta um deslocamento de cmara mais longo, um som de fundo transmitido, mas a que seja possvel diferenciar vrios sons(que em definio considerado um som no desejado no canal do som, mas que ele tratou de interpretar atravs do barulho da gua e implementar nas suas obras).
Outras tcnicas eram envolvidas neste projecto, mas o projecto em si consistia nessas suas duas invenes, uma vez que dedicou todo o seu estudo a tornar o cinema mais realista, o que valida o facto de estas duas tcnicas serem as principais constituintes do projecto
8. ValdelOmar o poeta
Desde sempre teve um enorme fascinio pela letra e assim escreveu os seus poemas, esses que o acompanham depois de ter falecido e que seus amigoschegaram at a adapt-lo depois de o mesmo falecer, com estas palavras fao-me apoiar da adaptao do poema Tientosde ertica celeste de 1992 por Maria ValDelOmar e GonzaloSenz de Buruaga, Sobre eldiarioparpadeo1992, Tao que se llame Tao ya no es Tao 1992, Ondas de fluencia 1992, El cielo est a los pies 1992, Personae impersona 1992, Acuariumlumnico 1992, Tiemposinespacio 1992, Respiro enNuevaYork 1992, Paslavida 1992, Aguaespejo 1992, Me espera 1992, Noche de SanJuan 1992, Meca-mstica 1992 dos mesmos adaptadores anteriormentente referidos.
Um dos seus poemas sobre o cinema
9. Jos ValdelOmaractualidade
JoseValdelOmar, consiste num prmio de criatividade em curta-metragens experimentais, uma vez que essa era a especialidade de ValdelOmar; criar novos efeitos, novas tcnicas, realizado todos os anos no festival de filmes de Granada, realizado todos os anos desde 2002.
Hoje em dia existem vrios festivais um deles o concurso internacional de FIJR cujo tributo feito a Jos ValDelOmar.
Actualmente pode encontrar-seuma exposio sobre as obras do mesmo no museu de Reina Sofiaque se encontra disponvel at dia 28 de Fevereiro de 2011.
Entrada do museu Reina Sofia
Cartaz do festival de jovens realizadores de granada
10. Frames de filmes com tcnicas
Extracto de Diafonia
De Jos ValDelOmar
Aguaespejo
Extractoda tcnica de visin tctil de Jos ValDelOmar
Fuegoencastilla
Extracto de Objectivo de ngulo varivel
De Jos ValDelOmar
11. JoseValDelOmar na sociedade
JseValDelOmar encontrava-se num