Jornal Voz Ribatejana 30 Março 2011

Download Jornal Voz Ribatejana 30 Março 2011

Post on 06-Jul-2015

1.270 views

Category:

News & Politics

22 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Homenagem surpresa nos 75 anos de Mrio CoelhoEm frente aos correios de Alvercatel: 21 958 45 37 Web: www.audiovital.ptO matador de toiros, Mrio Coelho, completou 75 anos na sexta-feira. Um grupo de amigosorganizou uma homenagem surpresa no auditrio da Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira.O toureiro afirmou que tem muito orgulho em ser natural da cidade vila-franquense . Na gale-ria da autarquia local est patente uma exposio dedicada aos 50 anos de carreira de MrioCoelho. Pg. 24 crimes Voz Ribatejana:: nmero 9 :: ano 1 :: 30 de Maro de 2011 :: quinzenrio regional :: director Jorge Talixa :: preo 0,50 cntimos ::Vila Franca de Xira - Comandante da Diviso Policial em entrevistaMenose mais roubosA criminalidade baixou 7,6 por cento nas seis freguesias da responsabilidade da Diviso Policial de Vila Franca.Depois de um aumento significativo em 2009, impulsionado por mais casos de violncia domstica, notou-se, em 2010,uma descida generalizada.89 ofertas de emprego Central depara quase 10 mil Cervejas d 130desempregados mil para ajudarEscarenciados pe pgs.: 4 e 5c iapg.:10Am lbiMais nove escolas enpgs .:ameaadas de fecho te 11a15 pg.: 6 Rua Jos Ferreira Tarr 10 B loja 2615-112 Alverca www.ourinvest.pt e-mail: alverca@ourinvest.pt Tel./Fax: +351 219 571 734 (Perpendicular Avenida Capito Meleas)</li></ul><p> 2. 02ABERTURAComandante da Diviso Policial de Vila Franca de Xira em entrevistaCriminalidade baixou7, 6 % em 2010Criada em Fevereiro de 2008 aquando da reestruturao do dispositivo de segurana no municpio, aDiviso Policial de Vila Franca de Xira responsvel por seis das mais populosas freguesias do concelho,onde residem perto de 110 mil habitantes. Com 311 efectivos, distribudos por trs instalaes, a PSP temapostado numa estratgia de policiamento de proximidade e no patrulhamento automvel. AntnioPinto Aires assumiu exactamente h 1 ano o comando da Diviso Policial sedeada em Alverca. Ementrevista ao Voz Ribatejana faz um balano bastante positivo do trabalho da polcia, sublinha que acriminalidade registada baixou 7, 6% em 2010, mas admite que o crime considerado mais violento temcrescido aqui como em muitas zonas do Pas. A esquadra da Pvoa ainda no tem data marcada paraabrir e, em Vila Franca, a PSP admite transferir-se para o antigo edifcio da GNR se lhe forem intro-duzidas algumas melhoriasVoz Ribatejana Como quemais e mais e dar nfase sobre-que tem ao seu dispor. Euavalia a realidade que encon-tudo ao trabalho que tem sidogostaria de ter muito maistrou quando, h 1 ano, desenvolvido no mbito domeios, mas uma coisa certa Se contarmos com todos esses elemen-assumiu esta responsabili- Programa Integradode tambm: temos que trabalhar tos que vo fazer servio rea dadade e quais foram as suas Policiamento de Proximidadecom aquilo que temos. E, seesquadra de Vila Franca, a esquadraprioridades em termos de junto das populaes, procu- soubermos aproveitar os queno perdeu efectivos, se calhar at gan- hou, porque tem gente que vai e at, secomando? rando puxar tambm as popu-temos, dinamiz-los, dar-lhesnecessrio, em maior nmero do queSub-intendenteAntniolaes a participarem na segu- confiana, responsabiliz-los, aquele que tinha antes de 2008Pinto Aires Encontrei umarana da zona. creio que conseguimos obterdiviso muito bem organizada. resultados satisfatrios. autno-A minha preocupao foi darMas voz comum que ama que tinhacontinuidade ao trabalho que manta colocada ao dispor Vila Franca de Xira uma um efectivo de cerca de 80tinha sido iniciado e, depois, da diviso curta e que dif- das localidades da vossa zona e poucos elementos e que tinhapbli-todas as valncias, desde a ca, do patrul-com todos esses ele-com alguns retoques, porquecil, no dia-a-dia, aplicar esses que se queixa da limitao doinvestigao criminal ao trnsi-hamento. As outras valncias, mentos que vo fazer servio cada um tem o seu cunho pes- objectivos de policiamento denmero de efectivos. fre-to e todos os outros servios. Osedeadas em Alverca, tambm rea da esquadra de Vilasoal, fazer pequenos acertos e proximidade e de ter umquente ouvirmos que adeslocar de alguns efectivosfazem servio em Vila Franca. Franca, a esquadra no perdeutentar dinamizar mais e melhor nmero mais significativo de cidade de Vila Franca ficoupara a sede da diviso, aqui em Quando se diz que a esquadraefectivos, se calhar at ganhou,o nosso servio. efectivos na rua. mesmoprejudicada com a instalaoAlverca, digamosque de Vila Franca tem 43 ou 44 porque tem gente que vai e at, assim ou as pessoas nem sem- do comando da diviso emrestringiu o nmero de efec-elementos, no se conta com asse necessrio, em maiorUma das apostas iniciais pre se apercebem da pre- Alvercativos na esquadra de Vila equipas de interveno rpida nmero do que aquele quedesta diviso foi a do sena da polcia?Acho que uma falsa questo.Franca. Mas a realidade no que vo fazer servio l, nem tinha antes de 2008.Policiamentode Possivelmente ser esse tam- No h dvida que, enquantoProximidade. Essa estratgia bm um dos factores. No hdependeu da Diviso detanto assim, porque a esquadrase conta com os elementos dade Vila Franca em si, agora, s investigao criminal ou do E esse nmero base de 43mantm-se? dvida que ningum, acho eu, Loures, a esquadra de Vilatem a valncia da segurana trnsito que vo para l fazer oefectivos ser suficiente paraTemos procurado dinamizarest satisfeito com os meios Franca era uma esquadraservio tambm. Se contarmosuma cidade que no maiorDesce a criminalidade e Evoluo total docrime 2673 2704 2658 Legenda:Fonte: DivisoPolicial de Vilaaumentam os roubos 2008 2009 2010Franca de XiraOs dado estatsticos permitem concluirque, de 2009 para 2010, o nmero de Vila Franca de Xira Alvercacrimes registados nestas seis freguesiasbaixou 7,6%. A descida foi mais notriaroubos furto defurto em trfico de furto em outrosfurto emroubos furto de furto em trfico defurto em outrosfurto emem Alverca (reduo de 50%) e menos veculosveculodrogaresidncia furtosestabelec- veculos veculodroga residncia furtosestabelec-sensvel na da Pvoa de Santa Iria imentos imentos(menos 2%).Na maioria das freguesias respons- 109 76 283abilidade da PSP desceram quase todos 574763 45 53 39 47 7862 5595os tipos de crime e subiram apenas os40 54 342038roubos, a excepo Alverca onde tam-29 25292 426bm o nmero de roubos (casos mais14 10 11violentos e com recurso a armas) desceude forma significativa. A evoluo dotipo de crime tambm nos obrigou a Forte da Casaadaptar as formas de combater a crimi- Alhandranalidade. Hoje isso no se compadececom um polcia na rua a enfrentar um 2820grupo de meliantes, quando sabemos 17 1818 1917que muitos desses crimes so perpetra-16 15 13 1314dos por grupos. Moldmos a nossa13123 46 7 12 11 103aco, de forma a combater esses gru-2 03 9 21pos, esclareceu, admitindo que halgum acrscimo da chamada crimi-nalidade violenta, porque aumenta oSobralinho Pvoa de Sta Iriauso de armas.Em 2009, a violncia domstica deu umforte contributo para o aumento do33 32 39393059483355nmero total de crimes, mas em 2010 as16 145214 19participaes deste tipo de casos j9 4 7 39 15 2 8diminuram de forma significativa.0 2 610 0 3. 311 efectivosA Diviso Policial de Vila Franca tem 311 efectivos. A unidade arrancou, em 2008, com cerca de 210 elementos,mas reconheceu-se, depois, que eram insuficientes. Estes 311 efectivos esto distribudos por Alverca, Alhandra e 03Vila Franca. Quando foi criada a diviso, as valncias foram cobertas, nomeadamente na investigao e notrnsito, com os efectivos que j estavam em Vila Franca. Ao aumentar a rea responsabilidade da PSP, con-cluiu-se que eram insuficientes e houve um reforo de cerca de 100 efectivos, explicou Pinto Aires.do concelho mas ser a maismovimentada?Nunca estamos satisfeitos comPSP admite mudar para a antiga GNR Pvoa sem datao que temos, temos sim que Em 2008, quando foi reestrutura- ao Voz Ribatejana, que teve difi- cio da GNR.aproveitar os meios que temosdo o dispositivo de segurana no culdade em entender essa posioToda a gente sabe que o actual Polmica, no incio de 2008, foi tambm adisponveis. Acho que se bem concelho, previa-se que ada polcia e que o assunto novasespao no tem condies para deciso de no instalar desde logo umaaproveitados sero suficientes esquadra de Vila Franca, instala-instalaes para a PSP em Vilaalbergar uma esquadra da polcia. esquadra da PSP na cidade da Pvoa de Santapara policiar a rea de Vila da num espao cedido pelaFranca teria que ser, assim,Quanto a alteraes ou mudanas,Iria. O antigo quartel da GNR tambm foiFranca.Cmara h mais de 30 anos semresolvido por outras instncias.no nos compete, mas estaremosconsiderado sem condies para receber aPor outro lado, os dados que condies para as necessidades O sub-intendente Pinto Aires acha abertos a todas as propostas, PSP e a opo foi projectar uma esquadratemos demonstram que tem actuais, fosse transferida para oque, em 2009, a este propsito, desde que seja para dignificar opara a Pvoa, ficando a segurana destahavido uma reduo da crimi- edifcio da Rua Lus de Cames ter havido um mal entendido espao e as pessoas que ali trabal- freguesia e do vizinho Forte da Casa, transi-nalidade na rea da esquadra libertado pela GNR. Para surpre- entre o poder local e as estruturas ham, refere, em declaraes ao toriamente, a cargo de efectivos baseados emde Vila Franca. No h razo sa dos autarcas locais, a PSPda PSP e que a posio da polciaVoz Ribatejana, frisando que oAlverca.para dizer que h menos poli-acabou por rejeitar essa mudana no ter ficado bem esclarecida.comando da Diviso Policial estA obra avanou, prevendo-se a sua conclusociamento e a criminalidade alegando que o imvel no tinhaNo seu entender, com algumasreceptivo a dialogar e que, se em Setembro de 2010. Nessa altura surgiramnesta rea desceu. as condies necessrias. Mariabeneficiaes, a esquadra vila- houver interesse de quem de dire- algumas dificuldades, com a necessidade de da Luz Rosinha, presidente dafranquense s ter a ganhar com ito em alterar essa situao estare-fazer algumas alteraes no edifcio e deMas nos ltimos meses surgi- Cmara de Vila Franca, j disse, uma mudana para o antigo edif-mos receptivos a qualquer conver- fazer as obras de arranjos exteriores. Aram primeiro algumas crti- sa para esclarecer a situao.Cmara de Vila Franca adiantou que o com-cas na Assembleia deDesde que seja para melhor esta-promisso do Ministrio da AdministraoFreguesia por alegada falta mos receptivos a qualquer tipo de Interna era de que a esquadra povoensede policiamento e, mais negociao, vincou.abriria no incio de 2011. O ms de Maro jrecentemente, uma srie dePinto Aires diz que j transmitiu l vai e no h sinais de inaugurao ou aber-pequenos assaltos a estab-esta posio aos responsveis tura da esquadra. Pelo meio um dos sindi-elecimentos comerciais do autrquicos locais e que o restocatos do sector diz que no abre porque nocentro da cidade. Quer numso situaes que ultrapassam o h efectivos.momento quer noutro, a PSPcomando local. Desde que hajaAntnio Pinto Aires acha que o problema dosreforou a vigilncia, adop-uma melhoria nas condies de efectivos , aqui, uma falsa questo e que,tou alguma estratgia parahabitabilidade, ficaria muito maisquando se vai utilizar um novo espao, tentar minimizar esses prob- vontade a prpria PSP (no anti- importante que rena as melhores condies.lemas?go espao da GNR) e o prprio As coisas esto feitas, agora so apenasTemos os nossos meios, somosedifcio da Cmara ficaria compequenos retoques, sustenta o comandanteversteis e, consequentemente, Antigo espao da GNR deoutra disponibilidade. Ficaramos da Diviso Policial vila-franquense, frisandoonde quer que surjam focos de Vila Franca de Xira todos muito melhor, sublinha.que ainda no tem nenhuma indicaoinstabilidade ns direc-superior quanto a datas para a aberturacionamos os nossos meios. da esquadra da Pvoa e que ainda noverdade que surgiram algumas est esclarecido se haver algumsituaes em Vila Franca e dereforo de meios para assegurar o fun-imediato direccionmos osFluidez do trnsito prioridade cionamento desta nova unidade.nossos esforos e acho que Quando houver a vontade de quem deest debelada essa situao. O comando da Diviso Policial de Vila Franca decidiu concentrar todos os meios da esquadra dedireito de abrir vamos pr a esquadra aHouve algumas detenes, trnsito e mais alguns efectivos, nas chamadas horas de ponta, em aces que visem assegurar afuncionar com aquilo que temos. Se hou-foram identificados alguns dos fluidez da circulao nos principais eixos do concelho. Entre as 8h00 e as 9h30 e das 17h00 sver a boa vontade de quem de direito deindivduos e, logicamente, 19h30, essa a grande preocupao de algumas dezenas de efectivos que, diz o sub-intendente dizer: so necessrios mais meios ns rece-essas pessoas quando sabem Pinto Aires, nesses perodos tambm no descuram a fiscalizao e actuam se detectarem beremos de braos abertos aquilo que vier.que esto referenciadas ou dealgum abuso. A orientao no sentido de concentrar esforos para que a circulao se faa Mas se a vontade for de que funcione comalguma maneira a ser vigiadascom a mxima fluidez. uma preocupao que a todos diz respeito, afirma. aquilo que temos, faremos o melhor que pu-tomam uma postura menosMas, muitas vezes, ouvem-se crticas dos que acham que elementos policiais, supostamente ligados ao trn-dermos para a pr a esquadra a funcionar,activa.sito, aparecem mais em situaes de acompanhamento de obras do que propriamente a regular o trnsito.sustenta o sub-intendente. Pinto Aires assegura que essa uma ideia errada, porque os elementos policiais que esto a vigiar obras H alguns meses, o Comando Metropolitanode Lisboa da PSP disse, ao Voz Ribatejana,Pequenofazem-no fora das horas normais de servio, no mbito dos chamados remunerados ou gratificados, em que uma dada empresa ou entidade paga para ter um elemento da polcia a assegurar o ordenamento do que se estava a equacionar a possibilidade detransferir as sedes das esquadras de investi-trfico em trnsito em casos de obra na via pblica.gao criminal e de interveno rpida deAlverca para a Pvoa. Ao mesmo tempo seriaescolas uma forma de garantir a presena de maisA vigilncia das escolas uma das preocupaes. Beiro aficionadomeios nas instalaes da Pvoa. Pinto Airesconcorda com essa ideia, salientando que asinstalaes de Alverca foram construdas paraPinto Aires sublinha queum destacamento da GNR (normalmente Antnio Pinto Aires nasceu em1981, com 24 anos, resolveu ingres- Pequeno, na Moita. Corria aqui esta com cerca de 100 efectivos) e que, actual-os elementos da Escola Nave de Haver, no concelho desar na PSP, fez a escola de alistados regio toda. Onde h toiros tentoSegura andam em con-mente, esto ali baseados mais de 200 efe- Almeida, distrito da Guarda, h 54 e seguiu para Lisboa, onde esteve 3 acompanhar, confessa.ctivos da PSP, com o comando da diviso e asstante circulao e efec-anos. Uma aldeia raiana que lheanos na Polcia Municipal. Decidiu, Sobre o presente e o futuro da tauro-tuam inmeras aces de esquadras de Alverca, de investigao, de moldou a personalidade e lhe incu- ento...</p>