Jornal Vitrine - 19 Edio

Download Jornal Vitrine - 19 Edio

Post on 23-Mar-2016

219 views

Category:

Documents

6 download

DESCRIPTION

O melhor jornal da Zona Sul de porto Alegre.

TRANSCRIPT

  • 1PSUP"MFHSFt"CSJMEF&EJPt"OPCirculao:;POB4VMF&YUSFNP4VMDistribuio:(SBUVJUBFale ConoscoKPSOBMWJUSJOF!KPSOBMWJUSJOFPSHXXXKPSOBMWJUSJOFPSH

    20 milFYFNQMBSFTNTVitrine

    Jornalismo com Responsabilidade Anuncie: 3266.3266

    O dobrode leitores.

    Na hora de anunciar,

    ponha isto na balana.

    JornalVitrine

    A Secretaria Municipal de Obras e Viao (SMOV) publicou, no dia 26 de maro, o edi-tal de contratao do projeto de Duplicao da Edgar Pires de Castro, principal via da Hpica e de acesso Restinga e Extremo Sul.

    Mesmo com o anncio feito pela SMOV, moradores, lideranas comunitrias e comercian-tes da regio mantm as manifestaes que visam a duplicao, transporte coletivo de qualidade, sinalizao e infra-estrutura viria. pgina 8

    pginas centrais

    pgina 9

    FESTAS & EVENTOS33 anos de Estado Maior da Restingapgina 10

    NOTASNovo coordenador no CAR Restinga e Extremo Sulpgina 15

    ACONTECE NO BAIRROCasa da Sopa completa 10 anos junto Comunidadepgina 4

    $PMVOJTUBTpgina 13

    Brasinha Pe. Ceron

    Estrada no conseguiu acompanhar o crescimento do uxo de veculos e pedestres, resultante do desenvolvimento comercial e residencial da regio.

    "OVODJBEPPQSPKFUPEF%VQMJDBP

    .PSBEPSFTDPOUJOVBNDPNQSPUFTUPT

    &TQFDJBM)QJDB

    &EHBS1JSFTEF$BTUSPOPTVQPSUBNBJTPJOUFOTPUSOTJUPEBSFHJP

  • JornalVitrinePrimeira Quinzena

    Abril 2010 3

    Jornal Vitrine Gacha Ltda.Av. Joo Antnio da Silveira, 1837, s 204Fone: (51) 3266.3266Porto Alegre / RS - CEP 91790-400CNPJ: 10.691.072/0001-86Insc. Municipal: 52366928E-mail: jornalvitrine@jornalvitrine.orgDiretor Administrativo e Comercial:Valtencir Cruz - valtencircruz@hotmail.comCRA 31906Cel.: (51) 8476.6444

    Diretor de Marketing e Redao:Jhonata Petersen Iranso Ramosjhonatapetersen@gmail.comCel.: (51) 8516.0971

    Diagramador e Revisor:Jaciel Germano Fernandes Kaulejaciel.gfk@hotmail.comCel.: (51) 9132.4854Tiragem: 20.000 exemplares/msImpresso: Zero Hora

    Os artigos, quando assinados, no reetem necessariamente a opinio do Jornal Vitrine e so de inteira responsabilidade de seus autores, que no possuem vnculo empregatcio de qualquer natureza com o jornal. Da mesma forma, no nos responsabilizamos pelo teor dos anncios. Matrias no assinadas so da redao.

    Expediente

    Pingo Vilar, que assumiu como suplente do Vereador DJ Cassi no dia 17 de maro na Cmara de Vereadores, demonstrou em muito pouco tempo que merecia ter tido a oportunidade de ser vereador titular. Em apenas oito dias protocolou dois Projetos de Lei, uma solicitao de indi-cao, um pedido de provi-dncias, participou de todas as sesses de votao, alm de compor como membro de sesso da Comisso de Direi-tos Humanos.

    Informtica comomatria escolar

    O primeiro projeto apre-sentado por Pingo Vilar, se aprovado, determina que as escolas municipais incluam a informtica como mat-ria curricular no 3 ciclo do ensino fundamental. O verea-dor entende que a incluso da informtica como disciplina regular do currculo escolar,

    dentre outros b e n e f c i o s reduzir a eva-so de alunos, p r e p a r a n d o o jovem do ensino funda-mental para migrar ao ensino mdio, onde a utili-zao desta ferramenta de extrema

    importncia. Ao mesmo tempo, o aluno ser preparado para a entrada no mercado de trabalho, como por exemplo, na primeira experincia de emprego, muitas vezes adqui-rida atravs de estgio.

    Mais vagas aoprimeiro emprego

    O segundo Projeto de Lei apresentado, se aprovado, obriga as empresas que rece-bem iseno scal do munic-pio a reservar 10% das vagas ao primeiro emprego. O bene-fcio atende todas as pessoas que no tenham experincia comprovada em carteira de trabalho, independente da sua idade. A preocupao do vereador em apresentar este projeto, reside no fato de que as empresas sempre exigem comprovada experincia para admisso de funcionrios, o que acarreta desigualdade para aqueles que nunca tiveram car-teira de trabalho assinada.

    Anteatro na RestingaEm reunies realizadas com

    o Senador Zambiasi e com os Secretrios de Obras, Maurcio Dziedrick e da Cultura, Srgius Gonzaga, Pingo Vilar discutiu alternativas para a construo do Anteatro na Esplanada da Restinga, enviando inclusive um ofcio ao Prefeito de Porto Alegre, solicitando a nomeao de uma comisso composta por membros das duas secretarias, a m de avaliar a viabilidade do projeto e da obra propriamente dita. O secretrio Maurcio Dzie-drick j determinou a criao do projeto arquitetnico do antea-tro. Conforme Pingo Vilar e sua experincia como Coordena-dor do CAR Restinga/Extremo Sul, a cada edio da Semana da Restinga, quase toda a verba destinada ao evento gasta com o aluguel e montagem de palco. Alm disso, a existncia de um anteatro vai beneciar uma comunidade acostumada com as demonstraes culturais das mais diversas e que no possui um local apropriado para tal.

    INFORMATIVOSEditorial

    Errata: Lotaes na Hpica

    Poltica

    Vereador Pingo Vilar demonstra competncia na Cmara Municipal

    Visite nosso site

    Na ltima edio do Jor-nal Vitrine, com sada no dia 22 de maro, foi publicada uma matria referente extenso de uma linha de txi-lotao para a Hpica. Porm houve um erro na matria. Olivaldo Brusch no presidente da Associao do Transportes por Lotao de Porto

    Alegre (ATL), e sim permission-rio da linha de txi-lotao Otto-Terespolis. O equvoco ocorreu aps uso de informaes erradas que constavam na matria publi-cada pela assessoria de imprensa da Cmara Municipal de Porto Alegre no dia 16 de maro no site da instituio.

    A Internet um timo espao para divulgao de not-cias, esportes, poltica, campa-nhas publicitrias, ou at mesmo uma ferramenta de pesquisa. Muitos usurios utilizam-se desta tecnologia para se comu-nicar. Buscando a comunicao com um maior nmero de leito-res, o Jornal Vitrine reformulou seu endereo eletrnico. Uma das grandes novidaes o Guia comercial, que propicia aos lei-tores e anunciantes um grande acervo de informaes de servi-os e comrcios da zona sul.

    Guia comercialAgora quem quer anunciar

    no site do Vitrine j pode. Os anncios sero divididos entre destacados e guia comercial. Os destacados caro na pgina

    direita e os do guia comercial faro parte de uma seleo de busca por servios e lojas cadas-trados no site.

    Cadastre-se agora no e-mail: jornalvitrine@jornalvitrine.org ou pelo fone: 3266.3266, mande o nome da empresa, telefone, endereo e site (opcional).

    Leia o Vitrine OnlineA leitura do Vitrine via

    Internet est mais dinmica. Um programa utilizado pelos principais jornais do Brasil e do Mundo traz um novo estilo de visualizao do jornal. O programa permite que o leitor consiga folhear as pginas pelo mouse, dar zoom e realmente ter a sensao de estar com o peridico impresso em mos. Acesse: www.jornalvitrine.org.

    Divulgao/PM

    PA

    Pingo Vilar mostra projetos que visam contemplar a Zona Sul, especialmente a Restinga e Extremo Sul.

  • JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 20104

    CONVERTA SEUS DIREITOS EM DINHEIRO CONSULTAS JURDICAS GRATUITAS

    Separao Judicial - Divrcio - Inventrio

    Penso / Alimentos CuratelaMenores / Guarda

    Revises BancriasSaldo Devedor - Financiamentos

    Acidentes de Trnsito - Danos Materiais

    IndenizaesLocaes - Despejos

    Alvars Judiciais

    Juizado Criminal Cvel / CriminalRevises Criminais - Reintegrao de Posse

    Danos Morais - Penso Integral do IPE e INSSAes Cveis / Comerciais

    NO NECESSITAMARCAR HORA

    ATENDIMENTO PELA ORDEM DE CHEGADA

    Renato Remus - Advogado

    Av. Joo Antnio da Silveira, 2487 - Bairro Restinga - Porto Alegre'POFrSFNVTSFOBUP!IPUNBJMDPN

    DE 2 6 FEIRASDAS 12:00 S 18:30

    SBADOSDAS 9:00 S 12:00

    t4FQBSBP+VEJDJBM%JWSDJP*OWFOUSJPt1FOTPEF"MJNFOUPT(VBSEBt3FWJTFT#BODSJBT'JOBODJBNFOUPTt"DJEFOUFTEF5SOTJUP%BOPT.BUFSJBJTt*OEFOJ[BFT

    t-PDBFT%FTQFKPT3FJOUFHSBPEF1PTTFt"MWBST+VEJDJBJTt"FT$WFJT$PNFSDJBJT$SJNJOBJTt1FOTP*OUFHSBMEP*1&F*/44

    Atendemos a comunidade da Restinga com a experincia e qualidade do dinamismo. Nossos clientes so a prova viva do desenvolvimento de nosso trabalho. Venha ser nosso cliente e comprove sua satisfao.

    A Servio da Comunidade

    FUNDAOMOAB CALDAS

    ACONTECE NO BAIRRO

    As comunidades da Res-tinga e Extremo Sul de Porto Alegre selaram mais uma parce-ria voltada incluso social e ao desenvolvimento local. Repre-sentantes de entidades comuni-trias, empresas, instituies e poderes pblicos assinaram no dia 20 de maro um Pacto de Governana, na sede da Casa da Sopa, durante festa de aniver-srio da instituio. Sendo uma

    das etapas do Projeto de Gover-nana Solidria Local, a assina-tura do pacto de governana a oportunidade em que os repre-sentantes da comunidade e da sociedade formalizam a unio em torno de aes previamente escolhidas, com base em uma anlise da realidade do local. A banda Renascer da Esperana, formada por crianas e jovens da Restinga, deu as boas-vindas

    ao pblico que lotou a Casa da Sopa para acompanhar a soleni-dade, aberta pelo presidente da entidade, Roni Ferrari. Este um dia muito feliz para a Casa, pois graas ajuda e ao apoio de parceiros, colaboradores e pre-feitura, estamos conseguindo fornecer oito mil refeies todas as quartas-feiras. O Pacto, com certeza, ir ampliar ainda mais nossos servios, celebrou.

    10 anos da CasaO evento tambm come-

    morou os dez anos de fundao da Casa da Sopa, mantida pela Associao formada por volun-trios e colaboradores que deram prosseguimento obra de Eva Laurncio Valladares, carinhosamente chamada de Tia Eva, fundadora da Casa da Sopa, que faleceu em 2005. Tia

    Eva foi homenageada pelos seus cinco lhos: uma carta foi decla-mada em sua lem-brana, emocionando todos os presentes. Conforme Roger Lau-rncio Valladares, lho de Eva, ela fornecia refeies s comuni-dades carentes: cozi-nhando em condies difceis, mas com uma vontade enorme, pois sabia da importn-cia de sua ao social para muitas pessoas que no tinham o que comer. Nos dez anos de existncia, a Casa da Sopa contabiliza o fornecimento de 500 mil refeies gratuitas e a distribuio de 120 mil quilos de produtos de cesta bsica e 15 mil brinquedos em aes vol-tadas infncia. No local tam-bm foi inaugurado o Espao da Comunidade, no qual assis-tentes sociais e psiclogos da prefeitura podero aprimorar o atendimento prestado a cem famlias da Vila Castelo, por meio de salas reservadas, cozi-nha e dependncias funcionais.

    ParceirosEstiveram presentes na ceri-

    mnia o coordenador do projeto Vela Social, Srgio Binato, o dire-tor do Departamento Municipal de Habitao (DEMHAB), Hum-

    berto Goulart, vereadores, Joo Carlos Picolli, diretor da empresa Tinga, Valmor, presidente da Trevo Transportes Coletivos, a secretria de Coordenao Pol-tica e Governana Local, Clnia Maranho, presidente da ACIR, Ronaldo Ramos, representan-tes da Secretaria Municipal da Industria e Comrcio (SMIC), Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMAM), comercian-tes e apoiadores comunitrios da Casa da Sopa, ao longo dos seus 10 anos.

    Endereo: Av. Joo Ant-nio da Silveira, 2471. Telefone: 3246.0709.

    Entenda o PactoA formalizao do pacto

    simboliza a unio de esforos

    das comunidades da Restinga e Extremo Sul, do empresariado e do poder pblico, em busca do desenvolvi-mento local e do res-gate da cidadania. A primeira etapa, a assi-natura do pacto, j foi realizada, garantindo a unio de esforos em prol da comunidade. A prioridade inicial da agenda na Restinga a capacitao das voluntrias que atuam na Casa da Sopa, por intermdio de cursos profissionalizantes,

    implementados por meio das parcerias rmadas no Pacto. J na regio Extremo Sul, o reforo da ao desenvolvida pelo Pro-jeto Vela Social e construo de marina pblica so as priorida-des de atuao coletiva. Desde 2003, crianas e jovens em situ-ao de vulnerabilidade social so atendidos pelo projeto, que busca a incluso por intermdio do ensino da prtica nutica e da preservao ambiental. Alm da prefeitura, esto envolvidos no Pacto das duas regies rgos pblicos estaduais, empresas e entidades comunitrias. Este o stimo pacto rmado em Porto Alegre, dentro dos moldes da Governana Solidria Local, projeto especial de democracia participativa.

    Casa da Sopa celebra seus 10 anos com Pacto de Governana

    Cidadania

    Jhonata Petersen

    Jhonata Petersen

    Polticos, lderes comunitrios e comerciantes uniram-se para assinar o Pacto de ajuda Comunidade.

    Filhos da Tia Eva homenagearam a fundadora da Casa da Sopa. Na foto, Rosemere, Rosane, Roger, Andra e Marins Vallardares.

  • JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 20106

    Assim como na primeira reunio, a Brigada Militar, res-ponsvel pela regio da Restinga, recebe representantes da comunidade para discutir os melhores modos de atuao dentro da Restinga. As reunies so separadas por segmen-tos. No primeiro encontro, foram recebidos no galpo do 21 BPM os comerciantes do bairro. J nesta segunda etapa ser a vez dos educadores, com participao dos diretore(a)s de escolas da regio.Local: Galpo do 21BPM - Rua Gov. Peracchi Barcellos, 4600Horrio: 19hConvidados: Todos educadores da regioResponsvel: Com. da 1 Cia Capito Jos Carlos Pacheco FerreiraMais informaes: 3250.1265 ; 3250.1188

    DIVERSAS

    As obras de infra-estrutura para a construo de casas das quadras M e N da 5 Unidade na Restinga foram iniciadas, no dia 17 de maro, em ato que con-tou com a presena do prefeito Jos Fogaa e do diretor-geral do Departamento Municipal de Habitao (DEMHAB), Hum-berto Goulart.

    No terreno, sero reali-zados os servios de terraple-nagem, execuo de redes de esgoto cloacal e pluvial, rede de abastecimento de gua, rede de distribuio de energia eltrica e iluminao pblica. Com inves-timento de cerca de R$ 697 mil, a ao beneciar 24 famlias, que sero removidas devido abertura da Rua 7146, na 5 Uni-dade da Restinga. A previso de concluso da obra de infra-es-trutura de 120 dias.

    O projeto compreende a construo de 24 unidades habi-tacionais, sendo uma casa com acessibilidade universal. Esta uma obra esperada h muitos anos que atender uma necessi-dade de moradia e dar digni-dade social aos moradores desta

    regio. Habitao a palavra de ordem de todas as estratgias de desenvolvimento de uma cidade. Uma iniciativa como esta reali-zada graas ao esforo e compe-tncia do DEMHAB, ressaltou o prefeito, aps realizar uma visita de reconhecimento do terreno.

    Comeam obras de infra-estrutura para casas na 5 unidade

    Habitao

    Prefeito Jos Fogaa em visita ao terreno das obras.

    Cristine Rochol/PMPA

    A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMAM), em parceria com o DMLU e a comunidade da Restinga, promoveram na manh do dia 21 de maro mais uma edio do programa Povo na Praa na Restinga. A ao tem por objetivo a integrao da comu-nidade com os espaos pbli-cos prximos as suas casas, mantendo estes locais sempre limpos e com freqentadores. A praa escolhida nesta edio foi a Che Guevara, localizada na Restinga Velha, entre as ruas Tobago, Abolio e Joo Dentice. Para animar o evento, se apresentaram bandas locais como: T de zueira, Casa Black, Gostosinhos do Funk, Banda do Cal, Michael Jackson Cover infantil e adulto, alm de um carro de som. A comunidade local ainda organizou um sal-

    chipo e um jogo de futebol no campo Difusora. O secre-trio do Meio Ambiente, Pro-fessor Garcia, participou da atividade, aproveitando para entregar a alguns moradores que preservam o espao o cer-ticado de Amigos da Praa, como para Mrcia, Solismar, Nei, Milton e Juquinha.

    ReformaA rea verde possui 7.700

    m2 e recebeu diversas melho-rias. A Diviso de Manuten-o e Conservao da SMAM executou a manuteno em todos os equipamentos de lazer da praa, com pintura, trocas de brinquedos quebra-dos, entre outros. O local conta com escorregador, balano e gangorra, alm de seis bancos. Todos os equipamentos recebe-ram novas pinturas.

    Praa Che Guevara reformada e recebe atividades do Povo na Praa

    Meio Ambiente

    Praa recebeu reforma e festa de reinaugurao no dia 21 de maro.

    Divulgao

    A Associao dos Amigos e Voluntrios da Casa da Sopa, na Restinga, est disponibilizando atravs de uma parceria com a Secretaria Municipal da Indstria e Comrcio (SMIC) a Associao de Desenvolvimento Econmico Social e Cultural (ADESC), que so diversos cursos gratuitos de capacitao para mulheres. Um destes cursos o de culinria, onde o professor Rubens Mar-tins, nascido em Montevidu (UR), ensina a arte da cozinha gratuitamente a 56 mulheres divi-didas entre dois turnos. As aulas so realizadas todos os dias e tm durao de dez dias, com lies prticas e tericas. Rubens expli-cou que a idia do curso trazer para estas mulheres de regies mais necessitadas a oportuni-dade de aprender uma prosso e assim entrarem no mercado de trabalho, vendendo seus prprios doces e salgados. Alm de fazer

    os lanches, as alunas tm o direito de com-los. Outro ensinamento a economia pessoal que integra as aulas tericas, com o obje-tivo de passar as participantes s noes de mercado. Vera Lcia da Conceio, 50 anos, moradora do bairro Bom Jesus, deixou para trs a distncia do bairro e con-clui o curso dia 26 de maro: eu gostei muito, pois agora posso trabalhar em casa, conclui Vera.

    Outros cursosA partir do ms de Abril,

    outros cursos, alm da nova turma de culinria, estaro disposio da comunidade. Entre os cursos esto os de camareira, telefonista e culi-nria. Inscries podem ser feitas na Av. Joo Antnio da Silveira, 2741 ou pelo fone: 3246.0709.

    Cursos de qualificao para mulheres

    Casa da Sopa

    Turma de mulheres do curso de culinria e o professor Rubens Martins.Jhonata Petersen

    SEGUNDA REUNIO DE INTEGRAO 21BPM E COMUNIDADESEGURANA

  • JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 20108

    Mais de 80 pessoas com cartazes, apitos, gritos de guerra e principalmente muita indigna-o, participaram da manifestao que trancou durante 15 minutos a Estrada Edgar Pires de Castro, em frente o Loteamento Moradas do Sul, dia 27 de maro. Exigindo melhorias para a regio que no suporta mais o uxo crescente de veculos, alm do crescimento habitacional e comercial local, o evento iniciou s 10h e teve ter-mino prximo ao meio dia. Entre as reivindicaes dos moradores esto mais horrios ou linhas de nibus para atender a Hpica, duplicao da estrada Edgar Pires de Castro, principal via da regio, melhor condies nas paradas de nibus e entradas de residen-ciais, acostamento e sinalizao. Andressa Bellver, 21 anos, mora-dora do Moradas do Sul, reclama do transporte coletivo no local: o transporte coletivo horrvel, sempre lotado, no existem para-

    das decentes, recuo para nibus, nem faixa de segurana para pedestres. Eu estou participando desta manifestao para reivin-dicar mais horrios de nibus e uma nova entrada no loteamento que moro, comenta a jovem. A Empresa Pblica de Transporte e Circulao (EPTC) foi o rgo municipal mais cobrado. Hen-rique Cavalheiro, presidente da Associao de Moradores do Loteamento Moradas do Sul, tentou realizar quatro vezes um contato com a EPTC, mas infe-lizmente no obteve sucesso. O pedido dos moradores pela instalao de placas, sinaleiras, faixas de pedestres e reais condi-es de uso para a Avenida Edgar Pires de Castro. Transito catico durante a

    manifestao

    Trancada durante 15 minu-tos, a Edgar Pires de Castro exps seu grande uxo de veculos.

    Uma la enorme formou-se ao longo da estrada. Diferentemente do que poderia ser imaginado, a maioria dos motoristas com-preendeu o bloqueio da estrada. Rodrigo Martins, caminhoneiro, disse entender a paralisao e apoiar o movimento: aprovo a paralisao da estrada. Isso uma vergonha, eu passo todo dia aqui e essa estrada j no d mais, conclui Rodrigo. A pr-xima atitude da comunidade ser um novo contato com a EPTC, por intermdio poltico e a espera pela resposta da mesma empresa pelo caso da lotao.

    Participantes Estiveram participando do

    ocorrido os vereadores Carlos Comassetto, Valter Nalgesntein e Carlos Todeschini, mais de 15 loteamentos e condomnios da regio e a Associao do Comrcio e Indstria da Res-tinga (ACIR).

    ConquistasNo dia 15 de maro foi

    estreada a nova linha de ni-bus que atender a Hpica e proximidades o nibus (R9 Rpida Hpica) com horrios ainda reduzidos somente para o pico, mas j mostrando uma

    pequena vitria que ameniza os problemas. Trs dias aps a manifestao que trancou a Edgar Pires de Castro, a EPTC comeou a trabalhar, ainda de forma lenta, na via. Foram implantadas algumas placas de sinalizao, faixa de pedestre, e existem mais alguns projetos.

    Manifestao exige duplicao e transporte coletivo de qualidade

    Hpica

    > PROJETO DA OBRA SOFRE ALTERAES HOSPITAL DA RESTINGA

    Aps a visita do Minis-tro da Sade Jos Temporo ao terreno destinado cons-truo do Hospital Geral da Restinga e Extremo Sul, as mquinas que l trabalha-vam pararam. Moradores prximos e at mesmo pes-soas que por ali circulam, ligaram para o Jornal Vitrine procurando saber o motivo da paralisao dos trabalhos no local. Em conversa por telefone, Nelson da Silva, coordenador do comit

    Pr-Hospital da Restinga e Extremo Sul, explicou ao Vitrine que ocorreram alte-raes no projeto inicial de construo da obra. Segundo representantes da empresa responsvel, a rea escolhida para ser o estacionamento no poder ser utilizada devido o solo ser alagado, e a deciso foi repensar no pro-jeto para no haver atraso. Nelson ainda afirma que a empresa deve voltar aos trabalhos no incio de abril.

    Jhonata Petersen

    Manifestantes mostraram sua indignao atravs de cartazes e faixas no protesto que parou o trnsito da Edgar.

    GERAL

    Bairro-Centro

    06:45

    06:57

    07:10

    07:30

    Centro-Bairro

    17:20

    17:35

    17:55

    18:15

    HORRIOS LINHA R9 RPIDA HPICA

    ITINERRIO LINHA> >

    Av. Edgar Pires de Castro (em frente ao Mercado Navegantes / Av. Juca Batista / Av. Eduardo Prado / Av. Ca-valhada / Av. Nonoai / Av. Terespo-lis / Av. Terespolis / Av. Silva Paes/ Travessa Viamo / Av. Niteri / Av. Gen. Gomes Carneiro / Rua Cel. Ne-ves / Av. Carlos Barbosa / Av. Azenha/ Av. Princesa Isabel / Av. Joo Pessoa/ Av. Salgado Filho / Terminal UFRGS / Terminal Borges de Medeiros.

  • JornalVitrinePrimeira Quinzena

    Abril 2010 9

    Foi dado o primeiro passo para a to sonhada duplicao da estrada Edgar Pires de Cas-tro. A Secretaria Municipal de Obras e Viao (SMOV) publi-cou no dia 26 de maro o edital para a contratao de projeto de duplicao da estrada Edgar Pires de Castro. A notcia foi dada antecipadamente pelo secretrio da SMOV, Maurcio Dziedricki no dia 25 de maro, em reunio na Hpica. Estive-ram presentes vereadores e a comunidade que comemorou muito a atitude da prefeitura.

    A batalhaMoradores e comerciantes

    da Restinga e Hpica batalham a mais de cinco anos por acosta-mento, sinalizao e melhorias na estrada, que parou no tempo, em comparao com a reali-dade encontrada hoje no local. O crescimento habitacional e

    comercial da regio impres-sionante. Chamada por muitos de canteiro de obras, a Hpica considerada por empresrios do ramo imobilirio a regio que mais cresce em Porto Alegre. O Secretrio Munici-pal da Indstria e Comrcio, Idenir Chechim, disse em entrevista ao Vitrine a existncia de uma estimativa de que a zona sul se tornaria uma potncia comer-cial e industrial nos prximos cinco anos. A bssola do cresci-mento aponta para a Zona Sul, em especial para a Restinga e Hpica. Para quem quer inves-tir hoje, eu sugiro que se instale nesta regio. Comemorado por todos, este primeiro passo signi-ca muito para esta regio, que

    cansou de esperar por promes-sas e descaso de autoridades.

    O projetoCom oramento de R$ 599

    mil, a proposta prev estudo de viabilidade para a duplicao de 4,5 quilmetros da via, em tre-cho compreendido entre a Ave-nida Juca Batista e a Rua Darcy Pereira Pozzi. A medida possi-bilitar que se d incio busca pelos recursos que sero neces-srios na execuo da obra, como ocorre com a proposta de duplicao da Avenida Vicente Monteggia, que aguarda a libe-rao de recursos do Ministrio das Cidades desde novembro do ano passado. Vamos aten-der a uma demanda antiga da comunidade contemplando

    uma via que representa um dos principais pontos de acesso do Centro Restinga, bairro mais populoso do Extremo-Sul da cidade, armou o secretrio municipal de Obras e Viao, Maurcio Dziedricki.

    No sbado, 27, o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) e a Comisso Pr-escola Tcnica da Restinga (Campus Restinga IFRS) reuniram-se na sede da Associao Comu-nitria Nova Esperana, na Restinga. O diretor do Cam-pus, Amilton Figueiredo, ini-ciou uma apresentao de um relatrio encaminhado Secre-taria de Educao Prossional e Tecnolgica do Ministrio da Educao (SETEC/MEC) sobre a situao das obras da sede denitiva, que est loca-lizada no Distrito Industrial da Restinga, ao lado do futuro Hospital Geral da Restinga e Extremo Sul.

    Atrasos na obraFoi ressaltado que h uma

    necessidade urgente de que as contrapartidas obrigatrias que a Prefeitura Municipal de Porto Alegre assumiu sejam realizadas para o bom anda-mento da construo. H um atraso na realizao do crono-grama que diculta o trabalho da construtora na realizao da obra. As contrapartidas so instalaes de energia eltrica e

    iluminao pblica, instalao de rede de esgoto, instalao de rede de gua, esta em pro-jeto desde fevereiro, e abertura e calamento da totalidade das ruas do entorno do terreno, urgente pela demarcao e colocao do gradil de segu-rana. Sobre a energia eltrica, a CEEE aponta que poder transcorrer um prazo de mais 60 a 90 dias para instalao. Como soluo provisria, foi acordado com a Construtora a instalao de um gerador.

    Sede provisriaH um prdio localizado

    na Avenida Joo Antnio da Silveira que encontra-se mais prximo das necessidades ini-ciais do IFRS. A Secretaria Municipal de Obras e Viao (SMOV) liberou a regulariza-o do prdio, mas ainda falta a vistoria para aprovao do habite-se. Apenas aps essas fases, possvel o IFRS assinar o contrato de aluguel e come-ar as adequaes de estrutura e mobilirio. Ao nal, foi agen-dada nova reunio para o dia 17 de abril, em local e horrio a serem conrmados.

    3 FESTIVAL DO CHOPP NA PARQUIA APARECIDAA Parquia Nossa Senhora

    Aparecida da Restinga convida a todos para participar do 3 Festival do Chopp no dia 10 de abril, s 21 horas, no Galpo da Parquia (Rua Chcara do Banco, 71). Telefone para con-tato: 3250.6617.

    Jhonata Petersen

    Jhonata Petersen

    Secretrio da SMOV fez questo de trazer a notcia pessoalmente para a Comunidade.

    Estrada no suporta mais o uxo intenso de veculos que transitam na regio.

    SMOV contrata projeto para duplicar a Edgar Pires de Castro

    Obras no terreno esto esperando as contrapartidas da prefeitura

    Viao Escola Tcnica Federal da Restinga

    GERAL

  • 10 JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 2010

    Tudo comeou na madru-gada do dia 18 de maro de 1990, quando foi criada a Restinga Transportes Coleti-vos Ltda, uma empresa nova, com sede na Restinga, com a maioria de seus colabora-dores residentes do prprio bairro. O primeiro nibus da Empresa partiu do ter-minal s 04h30min e, desde ento, foi dedicado todo o respeito comunidade,

    dando a ela certeza de que durante as 24 horas do dia a Tinga estaria a sua dispo-sio, buscando oferecer um transporte cada vez melhor. Essa data completou seus 20 anos, e hoje a Tinga, como carinhosamente chamada, possui 400 funcionrios e 75 nibus. Alm de uma res-ponsabilidade social voltada para comunidade carente da Restinga.

    Festa na AFETINGADia 20 de maro foi reali-

    zado um almoo com funcion-rios, diretores e colaboradores da empresa em comemorao aos 20 anos da Tinga. Cerca de 300 pessoas marcaram pre-sena na Associao dos Fun-cionrios da Empresa Tinga (AFETINGA). Alm do chur-rasco, os funcionrios mais antigos receberam certicados e trofus por tempo de servios prestados. Carlos Irani Fer-reira da Rocha, 69 anos, tra-balhou na empresa desde sua fundao em 1990, e foi um dos homenageados na festa: a Tinga uma empresa no qual ajudamos a criar, ela comeou do nada e hoje muito grande, me sinto feliz de termos vivido estes 20 anos juntos, comenta Irani, atualmente aposentado. Vilmar Silveira tambm foi um dos homenageados, mas de modo diferente: ele ganhou das mos de Joo Carlos Picolli, diretor da Tinga e da Trevo, uma placa em agradecimento pela dedicao frente do Piquete TingaTch.

    O que no faltou foi ani-mao e boa msica. Essa foi a frase mais dita pelas ltimas pessoas que saram da quadra da Estado Maior da Restinga, por volta de 6h. Nesse clima, a escola encheu suas dependncias no sbado, dia 27 de maro, colocando a

    comunidade para danar ao ritmo das bandas RS Samba e Novo Estima, alm da atra-o nacional Grupo Bom Gosto do Rio de Janeiro. A festa comemorou os 33 anos de existncia da Tricolor da Zona Sul, uma das escolas mais fortes do carnaval Porto-

    Alegrense. Durante o evento, o presidente da escola, Rob-son Dias (Preto), juntamente com Paulo Ferreira, embai-xador do carnaval no estado, apresentaram comunidade da Tinga o tema da Estado Maior para Carnaval 2011: frica. Segundo o presidente Preto, o tema no poderia ter vindo em melhor poca, j que neste ano o continente africano recebe a Copa do Mundo. Nosso embaixador do carnaval, Paulo Ferreira, viajou em janeiro para frica, buscando trazer para os com-ponentes da escola a cultura do continente africano e fir-mar parcerias na regio. Exis-tia a possibilidade de dois temas para escolhermos, mas aps algumas reunies o tema frica foi decidido pela dire-toria e participantes, conclui o presidente.Vander Pires na Harmonia

    da Tinga

    Dia 20 de Maro, a Estado

    Maior comemorou seu ani-versrio. Ao som da Banda S Alegria da Restinga, acompa-nhado de um churrasco e uma bela feijoada, foi cantado os parabns junto a componen-tes da Escola. O ponto mais alto da festa foi por volta das 17h, quando o presidente

    Robson Dias (Preto) e Paulo Ferreira, embaixador do car-naval chegaram quadra acompanhado do intrprete Vander Pires, que na fala do presidente foi anunciado como o mais novo compo-nente do Grupo de Harmonia da Estado Maior da Restinga.

    Mais de 4 mil pessoas na festa de aniversrio da Estado Maior da Restinga

    Empresa Tinga 20 anos

    Estado Maior da Restinga

    Transporte

    Divulgao Tinga

    Divulgao Tinga

    Escola de Samba j entrou no clima do tema do prximo ano. Na foto, Paulo Ferreira, embaixador do Carnaval no RS e Robson Dias (Preto), presidente da Escola.

    A quadra da Escola cou lotada, com mais de quatro mil pessoas prestigiando a festa. Na foto, a atrao nacional Grupo Bom Gosto, um dos destaques do evento.

    Agenda Vitrine

    Data: 18 de Abril Horrio: a partir das 8h30Local: CTG Porteira da Restinga - Rual lvaro Dini, 3871Atraes: Caf campeiro, cavalgadas, entre outras atividades.Mais informaes:GansoTelefone: 8179.2016

    Aniversrio do Piquete Guapos da Restinga

    Data: 10 de abrilHorrio: 21hLocal: Galpo da Parquia Nossa Senhora Aparecida - Chcara do Banco n71.Contato: 3250.6617

    Data: 28 de Abril Horrio: 20hLocal: Parquia Nossa Senhora Aparecida - Chcara do Banco n71 sl. 9.Tema: Droga, um risco que ameaa a todos. Como proteger nossas crianas e jovens?Nome do palestraste: Cludio Nero Lugo da APAEX - Associao Porto-Alegrense de Amor - ExigenteMais informaes:Dbora M. BritoE-mail: deboramb27@Yahoo.com.br ou grupobetania.apaex@gmail.comFone: 3261.5059Cel: 9107.5898

    Inscries no local ou pelo fone: 8401.6925Dias: teras e sbados Horrio: 19hLocal: CTG Porteira da Restinga - Rua lvaro Dini, 3871Professor: Clio

    3 Festival do Chopp na Parquia Nossa Senhora Aparecida

    Grupo Betnia de Amor - Exigente convida toda comunidade para palestra gratuita

    Aulas de dana no CTG Porteira da Restinga

    Envie as informaes do seu evento para jornalvitrine@jornalvitrine.orgou pelo fone 3266.3266

    FESTAS & EVENTOS

    Tony Nunes

    Joo Carlos Picolli e Valmor Sauter, diretores da empresa Tinga, entregaram a Carlos Irani da Rocha o certicado de 20 anos a servio da Tinga.

  • 1 ano ao lado da Comunidade.

  • 12 JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 2010 SADE

    A gua um bem pre-cioso e cada vez mais tema de debates no mundo todo. O uso irracional e a poluio de fontes importantes (rios e lagos) podem ocasionar a falta de gua doce muito em breve, caso nenhuma providncia seja tomada.

    Aproximadamente 65% da massa de um corpo humano constituda de gua. Voc j imaginou o que seria de ns sem ela? Segundo o relatrio da ONU, em 20 anos mais de 60% da populao mun-dial sofrer com a escassez de gua. Tambm segundo a ONU, na atualidade, mais de 1,1 bilho de pessoas no tm

    acesso a gua tratada e mais de 1,7 bilho no dispem de esgoto. Esses nmeros incluem o Brasil.

    Porm, quando dizemos que a gua vai acabar, no que-remos que se entenda no sen-tido literal da palavra. A gua tratada vai acabar para muitos sim, e alguns dos motivos so: m distribuio de toda gua doce no mundo (como aq-feros, por exemplo), cresci-mento populacional acelerado e falta de criao de reservat-rios (que por sinal prejudicam e muito o meio ambiente), poluio que torna a grande parte da gua doce simples-mente inutilizvel, custo ina-

    cessvel de gua puricada por processos como a dessaliniza-o, e etc.

    No podemos desper-diar esse bem limitado da natureza e essencial vida humana! Faa a sua parte pou-pando e alerte aos seus ami-gos e vizinhos sobre o infeliz e possvel mal do sculo, a falta de gua.Dicas de como economizar gua (consumo consciente)

    t "P FTDPWBS PT EFOUFT F TF CBS-CFBSNBOUFSBUPSOFJSBGFDIBEBt'FDIBSBUPSOFJSBFORVBOUPFOTB-CPBSBTMPVBTFUBMIFSFTt6TBSBNRVJOBEF MBWBS SPVQBTOBDBQBDJEBEFNYJNB

    t/BIPSBEPCBOIPQSPDVSBSTFFOTBCPBS DPN P DIVWFJSP EFT-MJHBEP F QSPDVSBS UPNBS CBOIPSQJEPt /P KPHBS MFP EF GSJUVSB QFMPSBMPEBQJBBMNEFDPSSFSPSJTDPEFFOUVQJSPFODBOBNFOUPEBSFTJ-EODJBFTUBQSUJDBQPMVJPTSJPTFEJDVMUBPUSBUBNFOUPEBHVBt/PEFJYBS RVFPDPSSBNWB[B-NFOUPT OPT FODBOBNFOUPT EFTVBSFTJEODJBt&OUSBSFNDPOUBUPDPNP%."&BP WFSJDBS WB[BNFOUPT EF HVBOBSFEFFYUFSOBt6TBSBEFTDBSHBOPWBTPTBOJUSJPBQFOBTPOFDFTTSJP.BOUFSBWM-WVMBTFNQSFSFHVMBEBt 3FVUJMJ[BS B HVB TFNQSF RVFQPTTWFM

    t6UJMJ[BSSFHBEPSOPMVHBSEFNBO-HVFJSBQBSBSFHBSBTQMBOUBTt6TBSWBTTPVSBQBSBWBSSFSPDIPFOPBHVBEBNBOHVFJSBt-BWBSPDBSSPDPNCBMEFBPJOWTEFNBOHVFJSBt $BQUBS B HVB EB DIVWB DPNCBMEFT&TUBHVBQPEFTFSVTBEBQBSBMBWBSDBSSPTRVJOUBJTFSFHBSQMBOUBTt5SBUBSBHVBEFQJTDJOBTQBSBOPQSFDJTBS USPDBS DPN GSFRODJB0VUSBEJDBDPCSJSBQJTDJOBDPNMPOBFORVBOUPOPPDPSSFPVTPQBSBFWJUBSBFWBQPSBPt $PMPDBS TJTUFNBT EF DPOUSPMFEFVYPEFHVB BFSBEPSFTOPTCJDPTEBTUPSOFJSBT

    Economizar gua bom para o bolso e meio ambiente.

    Heloiza Helena CamposGestora Ambiental

    Fone: 84212477gua

    Os agentes comunitrios da Unidade Bsica de Sade Moradas da Hpica, em par-ceria com a diretoria e pro-fessores da Escola Estadual de Ensino Fundamental Moradas da Hpica, realizaram no dia 25 de maro uma caminhada pelas ruas do bairro para divulgar a campanha de preveno den-gue na regio. Distribuindo materiais explicativos sobre a campanha, os participantes saram do posto Moradas da Hpica e percorreram durante uma hora a regio at chegarem escola do bairro. Os agentes

    comunitrios e o mdico da famlia Dr. Eduardo Enardo-rena aproveitaram a ocasio para orientar a respeito desta doena que atinge uma parte considervel do pas. O obje-tivo conscientizar a popu-

    lao de que a nica maneira de evit-la atravs da elimi-nao da larva do mosquito aedes aegypti, que se reproduz em gua parada e limpa. Caso haja alguma suspeita de algum foco do mosquito transmissor, deve-se solicitar uma vistoria no local atravs do telefone 156 da prefeitura.

    Previna-se- Descarte materiais sem

    uso que possam armazenar gua parada, como garrafas plsticas, brinquedos velhos, potes de cosmticos, copos,

    pneus. Esses materiais devem ser colocados em sacos plsti-cos e coletados pelo DMLU.

    - As caixas dgua devem estar tampadas ou teladas. Deve-se substituir a gua dos vasos de plantas por terra. Os vasilhames de gua para animais domsticos devem ser trocados diariamente. As calhas de gua da chuva tm de serem limpas com freqncia p/ eliminar detri-tos como folhas que podem entupi-las. As piscinas devem ter o tratamento adequado e ficar cobertas.

    Sintomas No existe vacina, nem

    medicao especca para a dengue. Somente os sintomas podem ser tratados.

    So eles: febre, dor de cabea, dor atrs dos olhos, dor muscular, manchas ver-melhas pelo corpo, falta de apetite, podem ocorrer san-gramento das gengivas e do nariz, nuseas e vmitos. Nesses casos no tome rem-dios por conta prpria. Pro-cure o servio de sade mais prximo!

    Hpica unida contra a DengueSade Pblica

    O mosquito aedes aegypti.

    "SRVJWP

    Informativo ACIR

    Data:Horrio:IPSBTLocal:3VBMWBSP%JOJoBPMBEPEB6OJPEB5JOHB

    " TFEF EB "$*3 GJDPV PT MUJ-NPTTFJTNFTFTFNSFGPSNBEFGPSNBRVFEVSBOUFFTUFQFSPEPBT BUFOFT EB BUVBM HFTUPGJDBSBNDPODFOUSBEBTFYDMVTJWB-NFOUFOBPCSB"T SFGPSNBT GPSBN GFJUBT OPTUFMIBEPT QBSFEFT JOUFSOBT FFYUFSOBTFUBNCNGPSBNDPOT-USVEBT UST TBMBTQBSBFTDSJUSJPFBUFOEJNFOUP/FTUF NPNFOUP GVOEBNFOUBMQBSB PT QMBOPT GVUVSPT EB &OUJ-EBEFRVFPTBTTPDJBEPTWFKBNPRVFGPJGFJUPFRVFPVUSPTFNQSF-TSJPT DPOIFBN B "$*3 OP T

    BT JOTUBMBFT NBT UBNCN PUSBCBMIPRVFSFBMJ[B0DPOWJUFTFFTUFOEFBUPEPTPTFNQSFTSJPT F PV QSPTTJPOBJTMJCFSBJT RVF RVFJSBN DPOIFDFS

    PV QBSUJDJQBS EB "TTPDJBP EP$PNSDJP F *OETUSJB EB 3FT-UJOHBo"$*3.BJPSFT JOGPSNBFT QFMP GPOF

    Convidamos a todos os associados e demais empresrios da Restinga e regio para a reinaugurao da sede da Associao.

    ACIR convida

    +IPOBUB1FUFSTFO

    A fachada renovada foi uma das obras que melhoraram a estrutura da sede da ACIR.

  • 13JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 2010D-lhe Grmio!

    PorAlceu Brasinha

    ESPORTES

    O nosso grande Campeonato Gacho, de acordo com as convenincias clubsticas, em especial dos grandes clubes da capital, a nossa dupla Grenal, tem sofrido nos ltimos anos uma forte depreciao, sendo rebaixado e menosprezado.

    Este ano no est sendo diferente o nosso arqui-rival colorado est tentando deses-peradamente recuperar-se da perda do 1 Turno do Campeonato Gacho e da Taa Fernando Carvalho para o multi-campeo da Azenha, aps alguns tropeos vexatrios: levou 3x0 do nosso querido Zequinha em pleno Passo dAreia, com um banho de bola e plano ttico grande Argel (saiu barato os 3x0), tomando assim conhecimento de mais um Santo Padroeiro do Grmio o So Jos -, e a derrota no Estdio Centenrio Caxias do Sul, para o Caxias, j tratou de menosprezar o campeonato da nossa terra, rebaixando-o a condio de Cafezinho. Ser que o So Jos j no pode ser includo no 1 pargrafo desta coluna?

    H rumores oriundos l da beira-lago (o Guaba no rio) que o colorado ir usar um time po (?), tipo chama-derrota, para livrar-se denitivamente da disputa do Campeonato Gacho/Cafezinho, pois estaria atrapalhando na disputa da Taa Libertadores da Amrica, o que convenhamos, passar atestado de incompetncia, eles no querem nem se classicar para no correr o risco de defrontao com o nosso Grmio, na fase semi-nal, o que, para ns gremistas teria um gostinho todo especial.

    Muito embora o desdenho do colorado com o nosso campeonato gacho, ca mais uma vez provada a importncia que o Cafezinho tem na nossa terra.

    Enquanto isso, o nosso tricolor da azenha, treinado pelo jovem Silas, tem dado mostras de sua potncia atual, mesmo tendo alguns problemas srios de leses de jogadores impor-tantes, tais como Souza, Borges e Hugo. Porm, os que entraram nos seus lugares tm dado conta do recado. Imaginem com todos disposio juntando-se ao Jonas, o Mithyu e o Mal-son? Ningum segura! Segura bem o bule, porque o Cafezinho est quente e tem dono: o Grmio!

    No poderia deixar de prestar minhas sinceras homenagens ao grande jornalista Armando Nogueira. Com certeza, ele deixar uma imensa lacuna no jornalismo brasileiro!

    Alceu Brasinha

    No apenas o destino de Fossati como treinador do Inter que ser decidido na prxima quarta-feira: decide-se, tambm o futuro do clube na Libertadores. Fossati, por causa de sua expe-rincia, foi contratado, e j estamos h seis jogos sem vitria. E, nestes jogos, foram marcados somente quatro gols. Se esta estatstica no mudar, no vamos a lugar algum. Recebi em e-mail do meu amigo Eduardo Cescani, que acho bom reproduzir para que a famlia colorada reita:

    O Inter e o TitanicNo nal de 2009, a direo Colorada Capitaneada por Piero e Carvalho - decidiu cons-

    truir uma grande embarcao para disputar a Libertadores 2010. O objetivo dos ilustres dirigen-tes era de concorrer na rota da Amrica do Sul at chegar conquista do Mundo. A construo desse Navio custou alguns milhes de reais - forte moeda da poca aos cofres Colorados. Mas, para um Clube de Grandeza do Internacional, que possui mais de 100 mil scios - fanticos e apaixonados -, isso no foi problema.

    O capito dessa Navegao foi escolhido com cuidado, era experiente e nunca sofreria nenhum acidente de grande porte: o uruguaio Jorge Fossati. Grande navegador dos mares do Atlntico e Pacco. A tripulao era constituda de jogadores experientes, rodados e na sua maioria j consagrados (alguns indo para a sua ltima viagem antes da aposentadoria). Cenrio ideal para uma grande navegao. Em maro desse ano, a Embarcao Rubra cou pronta para zarpar na sua viagem rumo conquista da Amrica.

    No entanto, essa embarcao comandada por Fossati ter vida curta. Essa poderia ser a histria do Titanic, mas no . No nal do jogo contra o Caxias, tive a certeza de que o Navio Colorado est afundando. Independente do esquema de jogo, o time do Inter no tem organizao ttica, no tem equilbrio e, muito menos, compactao no meio campo. Infelizmente, a orquestra, regida pela diretoria de futebol - e principalmente por Piero e Carvalho -, continua a tocar msicas alegres, enquanto a Navegao Colorada vai ao fundo do Oceano Atlntico. Nosso presidente Vitrio Piero disse:Torcedor torce, conselheiro aconselha e dirigente dirige. Pena que os dirigentes no esto fazendo sua parte. Vamos apoiar contra o Cerro, anal, somos torcedores eternos, no dirigentes passageiros.

    Pe. Claudionir Ceron

    O CAFZINHO GACHO E A, INTER?

    Vamo Inter!

    Por Pe.ClaudionirCeron

  • 14 JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 2010Grmio

    Pedido do Pai

    O juiz interroga o arrombador:- Admite ento que abriu a porta da loja?- Abri, senhor juiz, mais no foi com m inteno.- E qual foi inteno? Arejar o local? - No, senhor juiz. Foi para cumprir a ltima vontade de meu pai. Ao morrer, ele pediu que eu abrisse uma loja.

    Doenas

    No banco da praa, dois velhinhos comentam seus problemas de sade. - Estou pagando meus pecados por causa de um problema agudo de fgado diz um deles.- Melhor diz o outro se agudo no grave.

    Preocupao

    Sentados num bar, Bin Laden e Saddam Hussein discutem alto. Chega um reprter da CNN querendo saber o que os dois esto planejando. Bin Laden responde: - Estamos planejando a III Guerra Mundial.- E como ser isso? quis saber o reprter. O Saddam responde:- Vamos atirar uma bomba nos EUA e matar 15 milhes de norte-americanos e um esquilo.Surpreso, o reprter pergunta:- Um esquilo? Mas por que um esquilo?- Saddam vira-se para Bin Laden e diz com um ar vitorioso e divertido:Ests vendo? Ningum se preocupa com os 15 milhes de americanos.

    Piadas Cruzadas

    Horscopo primeira quinzena de Abril

    Olho da Cara

    ries21/03 a 20/04

    Touro21/04 a 20/05

    Gmeos21/05 a 20/06

    Cncer21/06 a 21/07

    Amor: O Cupido poder invadir o seu cora-o, esteja espreita.Sade: Nada o preocupar.Dinheiro: Tenha cautela, no gaste de mais.

    Amor: Seja prudente na forma como fala com a sua cara-metade.Sade: Esteja atento para evitar quedas.Dinheiro: Pense bem, tenha cuidado para no se endividar.

    Amor: Procure ser justo com as pessoas que mais ama.Sade: Poder andar um pouco indisposto, con-sulte o seu mdico.Dinheiro: Andar mais responsvel nos seus gas-tos.

    Amor: D um pouco mais de ateno s pes-soas mais velhas da sua famlia, ver que ainda aprender muito com elas.Sade: No tente ser mais forte do que realmente , para no vir a sofrer sicamente com isso.Dinheiro: Tente poupar um pouco mais, pois viro perodos menos favorveis.

    Leo22/07 a 22/08

    Libra23/09 a 22/10

    Escorpio23/10 a 21/11

    Virgem23/08 a 22/09

    Amor: Para gostarmos dos outros temos que primeiro saber gostar de ns prprios. Sade: Procure com mais regularidade o seu mdico de famlia.Dinheiro: Este um perodo favorvel para fazer algumas renovaes no seu guarda-roupa.

    Amor: O seu poder de atrao vai abalar muitos coraes. Encare a vida de uma forma otimista e ver que tudo corre melhor!Sade: Provveis dores de dentes.Dinheiro: No gaste aquilo que tem e o que no tem!

    Amor: Deixe que o seu corao fale mais alto do que a razo, e no se arrepender.Sade: Faa exerccio fsico ao ar livre.Dinheiro: A estabilidade reina nas suas eco-nomias.

    Amor: H tendncia para uma melhoria afe-tiva neste perodo.Sade: No surgiro surpresas nesta rea.Dinheiro: Trabalhe com mais anco para atin-gir os seus ns.

    Capricrnio22/12 a 20/01

    Aqurio21/01 a 19/02

    Peixes20/02 a 20/03

    Sagitrio22/11 a 21/12

    Amor: D mais ateno sua famlia.Sade: Cuidado com os excessos alimentares.Dinheiro: Possvel aumento do seu rendimento mensal, que poder estar relacionado com uma promoo no seu local de trabalho.

    Amor: Deixe o orgulho de lado e d o brao a torcer, pois no tem razo para ter cimes!Sade: Recomenda-se repouso e relaxamento.Dinheiro: Este um problema, espere o momento difcil passar.

    Amor: No espere que o amor v ao seu encon-tro, procure ser voc mesmo quando distribuir o amor ao prximo. Que o seu sorriso ilumine todos em seu redor!Sade: No esteja espera de se sentir mal para ir ao mdico, faa um exame completo.Dinheiro: fase favorvel para pedidos de emprs-timo, mas seja prudente.

    Amor: Lute pelos objetivos que pretende atingir. D mais importncia ao presente, esquea as situaes negativas do seu passado.Sade: Perodo calmo, sem preocupaes.Dinheiro: Seja prudente nos seus gastos.

    ENTRETENIMENTO

  • 15JornalVitrinePrimeira QuinzenaAbril 2010

    FINANCIAMENTO CAIXA - Vende-se casa pronta para nanciamento Caixa, reformada, com trs dormi-trios, garagem, prxima ao Col-gio Dolores, na Restinga Nova. S R$70 mil.

    BOM PREO! Vende-se casa de alvenaria com dois dormitrios em Loteamento regularizado prximo ao ASUN. Somente R$ 20 mil.

    Vende-se bela casa, quitada, bem localizada, 2 dormitrios, mais pea lateral, espao coberto para carro, prxima ao Quartel dos Bombeiros , 50 mt. da Est. Joo A. Silveira, na Restinga Nova. Apenas R$43mil.

    Vende-se casa quitada, com dois dormitrios, sala, cozinha, ptio

    murado, bem localizada, na 2 uni-dade da Restinga Nova. Somente R$ 38 mil.

    PROMOO! Vendem-se duas casas mistas, timas para alugar. Locali-zadas no Loteamento Moradas da Hpica, na Av. Principal, prximas ao Terminal de nibus. Apenas R$ 25 mil e prestaes de R$ 300,00 para caixa.

    Vende-se apartamento quitado com dois dormitrios, quitado, trreo, com box de garagem, localizado em prdio de frente Nilo Wul, prximo ao Terminal de nibus. S R$ 34 mil.

    BELA CASA CASA PARA FINANCIA-MENTO! Vende-se casa de alvenaria com dois dormitrios, garagem, na 3 unidade prximo Av. Nilo Wul, com 3 dorms. e dois pisos, com sacada . Apenas R$ 77mil.

    TERRENOS ESCRITURADOS! Ven-dem-se terrenos planos, em torno de 200m2, em Loteamento regula-rizado na Estrada

    Edgar Pires de Castro. A partir de R$ 15 mil. Estudamos propostas de pagamento.

    Vende-se casa de alvenaria com 3 dor-mitrios, mas peas anexas, quitada, localizada prxima Est. Ignez Fagun-des. Na 1 unidade da Restinga Nova. Somente R$43mil.

    Aluga-se belo apartamento com dois dormitrios, 2 andar, na Av. Nilo Wul. Aluguel Mensal: R$330,00.

    Vendo mercado na 5 unidade. Moradia em cima e mercado em baixo. Todo equipado, aougue, padaria. Tratar direto com o proprie-trio. F.: 3261.5012 / 9808.8975.

    Vende-se banca de revista c/ ponto em frente ao Papel Novo na Nilo Wul - Restinga. Tratar pelo fone 3249.3377 ou 9309.0559.

    Vende-se ou troca-se por casa na praia de preferncia em Santa Cata-rina um pequeno stio na Chcara do Banco (Restinga Velha) com casa de alvenaria, 3 quartos, sala, varanda, cozinha, banheiro, galpo, galinheiro, chiqueiro, horta e rvores frutfe-ras. Tratar pelo fone: 8555.1364 ou 9209.8735.

    Vende-se 500 pedras ferro dupla, preo bom. Tratar pelo fone 8555.1364 ou 9209.8735.

    Vendo casa com 5 peas, rea de ser-vio e banheiro, na rua abolio, 1108. R$ 18 mil. Tratar pelo fone 9186.1837 c/ Alcedina.

    VAGA DE EMPREGOIndiana Hair seleciona manicure e cabeleireira(o) com experin-cia. tratar pelo fone 3249.0018.

    Procura-se poodle com 3 meses, atende pelo nome de Pepe, todo branco, estava em tratamento de vermes. Contato: 3746.5894.

    Diversos

    NOTAS

    Oscar Luiz Pellicioli, 55 anos, o novo Coordenador do Centro Administrativo Regional Restinga e Extremo Sul. Com 33 anos de

    vida pblica, o novo coordena-dor entrou no cargo dia 27 de maro em substituio a Pingo Vilar, que assumiu outra funo na prefeitura de Porto Alegre. O tempo estimado do novo coor-denador de dois anos e meio, at o m do governo de Jos Fortunati (PDT). Acostumado com a regio do Extremo Sul, onde mora h 36 anos, Oscar diz estar feliz pela nova funo dentro do CAR, local onde j trabalhava como representante

    do Departamento Municipal de Habitao (DEMHAB) desde 2004. Sempre trabalhei com o comunitrio e esporte amador.

    J tenho uma experincia do DEMHAB fazendo a interlocuo da comunidade com o governo, o que continuarei fazendo, s que agora como coordenador do CAR, levando os problemas da comunidade ao conhecimento do governo diz Oscar. O Coordena-dor ainda disse que ir dar conti-nuidade ao trabalho que realizava na rea habitacional, a sade, moradia e educao trabalham juntas, vou usar da minha vivncia no DEMHAB para ajudar as pes-soas mais necessitadas, conclui. O CAR Restinga e Extremo Sul ca localizado na Rua Rubens Pereira Torelli, 50 fone: 3250.1213.

    Dessa vez, ele conseguiu! O sonho de ficar milionrio graas a um reality show foi realizado pelo lutador Mar-celo Dourado, no dia 30, ao vencer a disputa com Fer-nanda, segunda colocada do BBB10. Os internautas de todo pas anteciparam em enquetes a vitria do lutador gacho, que recebeu 60% dos votos do pblico.

    Sem dvida, um dos participantes mais pol-micos que j passaram pelo reality show da Rede Globo Big Brother Bra-sil, o gacho Dourado era apontado h semanas como favorito na corrida milionria por R$ 1,5 milho. Conrmando as estatsticas dos sites que mostravam a sua vitria, ele realmente sagrou-se o grande vencedor. Eu sou vencedor hoje por tudo o que j perdi - disse Dou-rado logo que saiu da casa, por volta de meia noite.

    Prmios Alm do prmio

    principal, Dourado dei-xou o connamento com um carro, uma moto, um refri-gerador, uma TV, um celular e R$ 5 mil. Fernanda e Cadu no tiveram chance. A dentista teve 29% dos votos e cou com o segundo lugar, enquanto o professor de educao fsica Cadu levou o terceiro lugar, com 11% dos votos. Como prmio, a loira faturou R$ 150 mil e o moreno, R$ 50 mil.

    Novo Coordenador no CAR Restinga e Extremo Sul

    Dourado o grande vencedor com 60% dos votos

    Governana Local Big Brother Brasil 10

    Classicados

    Anuncie nos classicados do Vitrine.Anncios a partir de R$ 5,00.

    Jhonata Petersen

    Divulgao G

    lobo

    Oscar, o novo coordenador do CAR Restinga e Extremo Sul.

    Dourado, com a camisa do Internacional era s alegria aps o resultado.

  • Vitrine | Jornalismo com Responsabilidade 3266.3266