Jornal UFVJM Edição 37

Download Jornal UFVJM Edição 37

Post on 19-Jul-2015

4.993 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>uFVJm</p> <p>jornal da</p> <p>37</p> <p>impresso especial9912186432/2007-DR/MG</p> <p>janeiro/fevereiro/maro 2012 - Ano IV</p> <p>UFVJMcorreios</p> <p>uniVersiDaDe FeDeral Dos Vales Do JequiTinhonha e muCuri</p> <p>uFVJm integra ensino, Pesquisa e extensoIntegrao//3</p> <p>///extenso//4</p> <p>No prximo ms de maio, a UFVJM ir realizar a I Semana da Integrao do Ensino, Pesquisa e Extenso (I SINTEGRA) da UFVJM, englobando a XIV Jornada de Iniciao Cientfica e Tecnolgica, a IV Mostra de Ps-Graduao, o IV Simpsio de Extenso, a I Mostra de Ensino e a XV Semana de Enfermagem que ser sediada em Diamantina (MG). Desta forma, toda a comunidade acadmica est convidada a participar, no perodo</p> <p>de 15 a 18 de maio, desse evento que reunir graduandos, psgraduandos, pesquisadores da UFVJM e demais profissionais da rea para divulgar os trabalhos de ensino, cientficos, tecnolgicos e extensionistas desenvolvidos nesta instituio. O objetivo da I SINTEGRA estimular a integrao entre as reas de pesquisa, ensino e extenso e promover o encontro de pesquisadores, estudantes e profissionais.</p> <p>uFVJm no ProJeTo uniVersiTrio CiDaDo</p> <p>biossegurana, ergonomia e humanizaograduao//5</p> <p>Programa Jovens TalentosPrograma Jovens Talentos para a Cincia oferecer bolsas de estudos para alunos do 1 perodo dos cursos de graduao.</p> <p>Parceria entre Sedvan/Idene e UFVJM leva atividades extensionistas s cidades dos Vales</p> <p>Odontologia investe em novos consultrios para as clnicas-escola</p> <p>PesquIsa//7</p> <p>editorial</p> <p>///</p> <p>Sim, a UFVJM nossa!No olhar desses ltimos 10 anos, parece visvel que o Brasil enveredou para a dimenso do desenvolvimento. Se irreversvel, seguir por vereda tortuosa e longa, em face, sobretudo, da dimenso continental do nosso pas e das significativas assimetrias regionais e intra-regionais enraizadas, dentre outros, por fatores relacionados nossa colonizao e seus desdobramentos, sem esquecermos de aspectos fsicos do territrio. As indicaes dessa perspectiva so diversas, mas a principal e primordial diz respeito ao investimento na educao em todos os seus nveis, como se pronuncia o novo Plano Nacional de Educao (PNE) no contexto da interiorizao do ensino superior pblico. Uma extenso importante do investimento em educao superior, cincia, inovao e tecnologia chega com o programa Cincia Sem Fronteiras e, mais recentemente, com o programa Jovens Talentos. O primeiro oportuniza a ida de mais de 100 mil brasileiros ao exterior, incluindo estudantes de graduao, ps-graduao e docentes, oportunidade de viver novas experincias, estabelecer convnios de cooperao e absorver conhecimentos tcnicos e cientficos. Esse pressuposto no carrega nenhum sentimento de inferioridade em relao a pases ricos do hemisfrio norte, mas sim o fato de propiciar a realidade de viver novas experincias pela concretude presencial, inclusive na relao de ensino e aprendizado em toda sua dimenso. O segundo integra os estudantes recm ingressantes realidade das atividades de pesquisa da Academia na perspectiva de que a vocao para o trabalho cientfico seja identificada ainda no limiar da vida acadmica dos universitrios. Como no podia deixar de ser, o engajamento da UFVJM junto aos programas Cincia Sem Fronteiras e Jovens Talentos foi prontamente providenciado, to bem como a disponibilizao de instrumentos necessrios para maximizar a adeso dos nossos estudantes a esses programas. Por outro lado, um programa do Governo de Minas - Projeto Universitrio Cidado acolheu 70 estudantes e 10 professores da UFVJM. No contexto das aes de Interao Social desse programa no Vale do Jequitinhonha e Norte de Minas nossos acadmicos tm a oportunidade de atuar junto aos municpios de Gro Mogol, Buenpolis, Berilo e Corinto. O programa valoriza a formao profissional e cidad dos estudantes, ao mesmo tempo em que contribui para o desenvolvimento econmico e social das comunidades abordadas, fortalecendo a extenso universitria da Instituio. Nessa viso do sculo XXI, o Conselho Universitrio aprovou a incluso das cidades de Almenara, Araua, Cape-</p> <p>///3 exTenso /// 4 graDuao/// 5 6 Pesquisa///7 DesTaque /// 8 Pesquisa///10 11 geral /// 12 eVenTos/// 13 14 CurTas /// 15 enTreTenimenTo /// 16inTegrao ///</p> <p>2</p> <p>UFVJM realiza i SeMana de integrao ProJeto UniVerSitrio Cidado teM ParCeria da UFVJM odontologia inVeSte eM noVoS ConSUltrioS 4 MdUlo do ProCaMPo enCerra CinCiaS HUManaS e SoCiaiS UFVJM ter 1 MeStrado e doUtorado eM bioCoMbUStVeiS FIH promove mudanas em seus cursos MaiS UMa edio do inCentiVo ForMao CientFiCa alUnoS da UFVJM relataM exPerinCia no CSF biblioteCaS inStalaM noVo SoFtware de gerenCiaMento CaMPUS do MUCUri ProMoVe SeMinrio de eConoMia UFVJM FirMa aCordo CoM daytona State College dti ConqUiSta CertiFiCado green it da FUrUkawa PalaVraS CrUzadaS</p> <p>linha e Nanuque no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2012-2016) como sedes de futuras expanses da universidade para a implantao de campus universitrio. Com essa postura, a UFVJM renova, no contexto da sua vocao multi-campi, o apoio interiorizao do ensino superior pblico e valoriza o movimento A UFVJM Nossa, deflagrado por organizaes e comunidades de municpios do Vale do Jequitinhonha, desde a divulgao, pelo Governo Federal, da criao de mais 47 campi universitrios em diferentes municpios do pas sem incluir cidades da regio do Jequitinhonha e Mucuri. O PDI, em si, no cria ou estabelece nenhum novo campus, no entanto fundamenta a expanso orgnica da Instituio que, por sua vez, concede a sustentao necessria s gestes polticas para a viabilizao desses novos campi, gestes essas de responsabilidade das organizaes e associaes dos municpios em conjunto com os polticos da regio que integram as diferentes esferas do poder constitudo. O impacto social com a insero de campus universitrio e os seus efeitos econmicos em regies tradicionalmente excludas do processo de desenvolvimento so do conhecimento geral e, por isso, apresenta-se como uma causa de todos. Se essa luta no se deu antes, no se deve atribuir a um desinteresse mtuo, mas, certamente, a diferentes fatores, sendo o mais importante a baixa escolaridade da populao em geral. O crculo vicioso da baixa escolarizao, que gera e perpetua as desigualdades sociais, alimentado pela alienao aos direitos cidadania plena, incluindo o de acesso ao ensino superior pblico de qualidade. Sim, a UFVJM nossa! Pedro Angelo Almeida Abreu Reitor</p> <p>Jornal Da uFVJm /// publicao da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri /// Ano IV /// edio 37 /// jan./fev./mar. de 2012Jornalista Responsvel: La S Fortes /// Mtb 04.648 /// DRT/MG Reitor: Prof. Dr. Pedro Angelo Almeida Abreu Vice-Reitor: Prof. Dr. Donaldo Rosa Pires Jnior Redao e Edio: La S Fortes Reviso: Lucy Oliveira Conselho Editorial: Alexandre Christfaro Silva, Ana Catarina Perez Dias, Donaldo Rosa Pires Junior, Herton Helder Rocha Pires, La S Fortes e Valter Andrade de Carvalho Jnior. Correspondentes: Alessandra Orsetti, Andr Luiz Covre, Crislaine da Silva Borges, Cristiano Verutti, Cynthia Regina Fonte Boa Pinto, Delair Moreira da Silva, Diva Machado, Fernanda Valim, Gabriela de Cssia Ribeiro, Gleyce Dutra, Jaime Batista de Souza, Mabel Cordini, Marcelo Mattos Pedreira, Mrcia Lima, Maria Neudes S. de Oliveira, Patrcia Furtado, Renata Andrade, Ricardo Brasil, Rosngela Borborema Rodrigues, Silvio Diogo Loureno dos Santos, Ulysses Barros de A. Maia. Diagramao: Brbara Hannah Editorao grfica: Brbara Hannah e La S Fortes Projeto grfico: Popcorn Comunicao e Marketing Tiragem: 3.000 exemplares Redao e Administrao: Diretoria de Comunicao - Dicom Rod. MGT-367 - Alto da Jacuba /// Diamantina - MG (+55 38) 3532-1276 /// dicom@ufvjm.edu.br</p> <p>inTegrao ///</p> <p>3</p> <p>///</p> <p>Integrao tema de evento na UFVJMSeMana da integrao rene enSino, PeSqUiSa e extenSo no MeSMo eVento eM diaMantinamana da Integrao constitui oportunidade de inovao e produo de conhecimento. A programao ser composta por palestras e apresentaes de trabalhos cientficos e tecnolgicos, na forma de painis e apresentaes orais, por acadmicos, ps-graduandos, docentes, tcnicos administrativos e demais profissionais interessados. A Semana discutir ainda temas que envolvem as vrias reas do conhecimento da UFVJM. O evento faz parte do Calendrio Acadmico de 2012 e o envolvimento de todos os docentes de extrema importncia e relevncia para seu sucesso. Apesar de no haver aulas, o perodo ser letivo para todos. A expectativa de que sejam ofertadas mais de 150 opes entre palestras e minicursos com base nos seguintes temas: Ensino, Pesquisa, Extenso, Internacionalizao e Inovaes Tecnolgicas. Contamos com a participao e colaborao de todos na I Semana da Integrao: Ensino, Pesquisa e Extenso.</p> <p>A UFVJM realizar de 15 a 18 de maio de 2012, em Diamantina, a I Semana da Integrao: Ensino, Pesquisa e Extenso, que englobar a XIV Jornada de Iniciao Cientfica e Tecnolgica, a IV Mostra de Ps-Graduao, o IV Simpsio de Extenso, a I Mostra de Ensino e a Semana de Enfermagem da UFVJM. O evento voltado a todos os estudantes da Universidade e ser aberto tambm comunidade externa; com isso, a expectativa de um pblico de cerca de 3 mil pessoas. Durante o perodo de realizao da Semana da Integrao, as aulas em Diamantina estaro suspensas e todos os esforos acadmicos e administrativos estaro voltados para a realizao do evento. A I Semana da Integrao: Ensino, Pesquisa e Extenso tem como objetivo despertar entre os estudantes o pensamento cientfico e extensionista, bem como estimul-los prtica investigativa com vistas resoluo dos problemas que nos cercam. Em tempos de inovao, na era da informao e da busca continuada de melhoria da qualidade de vida, o evento coloca em pauta aes e aborda temas das principais reas de atuao do profissional com a mxima integrao entre os cursos da UFVJM. Em face disso, incontestvel que esta edio da Se-</p> <p>Apresentaes Culturais da Semana da Integrao</p> <p>Auxlio-transporteVisando alcanar o objetivo de propiciar condies que favoream a permanncia de alunos que se encontram em situao de vulnerabilidade socioeconmica na UFVJM por meio do auxlio no custeio de gastos com o transporte para o campus JK em horrios de atividades acadmicas, a Proace firmou contrato com a Empresa Locavel para aquisio de vales-transporte. A partir de abril, o auxlio transporte ser concedido por meio de valetransporte aos alunos classificados em avaliao socioeconmica. Cronograma de distribuio: Maio: 07/05/2012 - Junho: 04/06/2012 - Agosto: 06/08/2012 Os alunos classificados para o re-</p> <p>Programa de Assistncia EstudantilA Pr-Reitoria de Assuntos Comunitrios e Estudantis (Proace) da UFVJM apresenta o quantitativo de alunos que ser atendido com as modalidades de auxlios e bolsas disponveis no ano de 2012 referentes ao Programa de Assistncia Estudantil(PAE) da instituio:</p> <p>Modalidade x Discentes Atendidos</p> <p>500</p> <p>05</p> <p>500</p> <p>X</p> <p>150</p> <p>cebimento desse auxlio no primeiro semestre recebero at o ms de agosto de 2012. Local de distribuio: Postos de entrega do Auxlio Alimentao Campus I e Campus JK Horrio: das 8 s 11h30 e das 14 s 16h30</p> <p>exTenso ///UFVJM participa do Projeto Universitrio Cidado</p> <p>4</p> <p>///</p> <p>Corinto e bUenPoliS reCebeM a eqUiPe da UFVJM CoMPoSta Por 37 PeSSoaS entre alUnoS, ProFeSSoreS e tCniCoSdiversas reas do conhecimento foi enriquecedora, um aprendizado pessoal e profissional. O contato direto com a comunidade, poder colocar em prtica o que voc estuda muito gratificante e faz sentir que todo esforo e dedicao de ns universitrios valero a pena. 2-O que voc achou da participao da UFVJM no projeto? Em parceria com profissionais do Idene (Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais), a UFVJM disponibilizou uma equipe de docentes, tcnicos e discentes para a elaborao dos projetos que seriam desenvolvidos nas cidades, o que resultou na realizao de um trabalho de qualidade e seriedade, alcanando os objetivos pretendidos. 3-Como as cidades nas quais voc atuou receberam o projeto? O que voc considerou como mais importante para elas? As cidades nas quais atuei, Buenpolis e Corinto, receberam os universitrios cidados confiando e acreditando que os trabalhos do projeto seriam de grande ajuda para a comunidade uma vez que causaria mudana e acrescentaria conhecimento a cada uma das pessoas envolvidas. O que</p> <p>A UFVJM participou no incio desse ano, pela primeira vez, do Projeto Universitrio Cidado, uma parceria da Secretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan/Idene) com a Universidade. O projeto tem como objetivo realizar aes de intercmbio tcnico e cultural, como atividade extracurricular e prtica de ensino, que visam reduo das desigualdades da regio. Este ano a UFVJM participou da Rota 2, nos municpios de Corinto e Buenpolis, com a atuao de trs servidores tcnico-administrativos, um docente e 33 acadmicos dos cursos de Bacharelado em Humanidades, Cincias Biolgicas, Educao Fsica, Enfermagem, Fisioterapia, Nutrio e Odontologia. As atividades tiveram incio no dia 22 de janeiro e se estenderam at o dia 5 de fevereiro. Leia a entrevista que a acadmica do Bacharelado em Humanidades, Amanda Azevedo Cruz, concedeu ao Jornal da UFVJM sobre sua participao no projeto. 1-Como foi participar do projeto? Uma experincia inexplicvel que, com certeza, vou levar para o resto da vida. A convivncia e a troca de conhecimentos com pessoas das</p> <p>Aluna dana com um morador do Asilo So Vicente em Buenpolis</p> <p>considerei mais importante para as cidades foi a troca de conhecimentos, experincias e informaes entre os participantes do projeto e a populao. 4-O que o projeto trouxe para voc em termos de conhecimento extracurricular? Trouxe a oportunidade de transitar por outras reas do conhecimento, especificamente da sade, participar da realidade de outros municpios, trocar experincias e conviver com pessoas de diferentes faixas etrias. Alm disso, a atuao nesse projeto mudou meu olhar sobre essas comunidades, pois apesar de serem desfavorecidas economicamente, possuem uma grande riqueza cultural.</p> <p>Projeto Esportivo Superao conquista 14 medalhas no Taek-won-doO projeto de extenso Projeto Esportivo Superao Reagindo Contra a Desigualdade Social da UFVJM conquistou 14 novas medalhas esportivas, na modalidade Taek-won-do Olmpico, no 14 World Taek-won-do Open Cidade Maravilhosa 2012, evento internacional organizado pela Confederao Brasileira de Taek-won-do, no Centro de Educao Fsica da Marinha do Brasil, no Rio de Janeiro. As 14 medalhas foram conquistadas pela equipe de alunos do Campus do Mucuri e adolescentes dos municpios de Tefilo Otoni, Mucuri (distrito de Tefilo Otoni), Catuji e Araua. Ao longo de pouco mais de dois anos de ao, o Projeto Esportivo Superao - UFVJM j conquistou 18 medalhas em eventos coordenados pela Federao Brasileira de Tae-kwon-do. Independentemente do sucesso na conquista de medalhas nas artes marciais, o projeto visa contribuir para a formao de jovens, trabalhando os valores da persistncia, respeito ao prximo, respeito a si mesmo e famlia, valorizao do conhecimento, entre outros. Nesse aspec...</p>