jornal sincor maio 2014

Download Jornal sincor maio 2014

Post on 12-Mar-2016

216 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal sincor maio 2014

TRANSCRIPT

  • N 208 - MAIO DE 2014

    MINISTRO AFIF DOMINGOS (PSD)

    Paulo dos Santos eleito presidente do Ibracor e apresenta planos da autorreguladora

    O deputado Armando Verglio (SDD-GO), presidente da FENACOR e da Comisso

    Especial que discute mudanas no Estatuto da Micro e Pequena Empresa, convocou os

    corretores de seguros a participarem ativamente da restruturao do Simples Nacional

    (Supersimples).

    Para Verglio, h pontos positivos na reformulao, como a universalizao do Simples

    para toda e qualquer empresa que fatura at R$ 3,6 milhes anuais. Mas o deputado faz

    ressalvas importantes na proposta.

    (Pgina 03)

    Novo Superintendente da Susep garante a volta da carteira

    de identidade profissional do Corretor de Seguros

    Em seu primeiro encontro com corretores de Seguros no Rio

    de Janeiro, o novo superintendente da Susep, Roberto

    Westenberger, garantiu a volta da carteira de identidade

    profissional do Corretor de Seguro.

    A questo foi colocada em pauta pelo vice-presidente da

    Fenacor e ex-presidente do Clube dos Corretores de Seguros

    do Rio de Janeiro (CCSRJ), Amilcar Vianna. Ele pleiteou a

    retomada da identidade durante o almoo em homenagem

    ao superintendente da Susep, nesta quarta-feira, 14 de maio.

    (Pgina 05)

    Paulo dos Santos, eleito presidente do Ibracor, defende que a principal funo da entidade

    assessorar a Susep na regulao e fiscalizao do mercado de corretagem de seguros. A

    Susep tem por obrigao fiscalizar todo o mercado de seguros e, em caso de falhas, aplicar

    sanes. Evidentemente no tem estrutura para cobrir 80 mil corretores que esto

    espalhados pelo pas, ento as autorreguladoras a auxiliam nesse processo. As

    autorreguladoras no existem para multar ou penalizar os corretores, mas fiscalizar

    orientando. No entanto, se encontrarmos algum corretor tendo uma atitude condenada ou

    que denigre a categoria, a sim, vamos tomar medida mais sria. (Pgina 08)

    Almoo de Negcios do

    Clube da Bolinha do Cear

    (Pgina 11)

    Menos crimes e mais

    seguros com nova lei

    (Pgina 12)

  • 2Manoel Nsio

    DIRETORIA EFETIVOS

    PRESIDENTE: MANOEL NSIO SOUSA

    SECRETRIA: SILVIA HELENA PEREIRA DE SOUSA

    TESOUREIRO: FRANCISCO PEREIRA DE SOUSA

    SUPLENTES

    ALEXANDRE AKSAKOF PEREIRA DE SOUSA

    CICERO GUARACI PEREIRA DE SOUSA

    LSIAS BARBOSA PEREIRA DE SOUSA

    CONSELHO FISCAL EFETIVOS

    MARIA RAIMUNDA LOPES FERNANDES

    SIRLANE ABREU DE ARAJO

    CARLOS ALBERTO PONTES DE ARAJO

    SUPLENTES

    MARIA ALICE FERNANDES PIMENTEL

    DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO FENACOR

    EFETIVOS

    1 DELEGADO - MANOEL NSIO SOUSA

    2 DELEGADO - CICERO GUARACI PEREIRA DE SOUSA

    SUPLENTES

    1 SUPLENTE - SILVIA HELENA PEREIRA DE SOUSA

    2 SUPLENTE - ALEXANDRE AKSAKOF PEREIRA DE SOUSA

    O MERCADO DE SEGUROS SACODE O NORDESTE

    Maio 2014

    SINCOR/CE 25 ANOS

    No dia 04 de maio de 2014,

    um domingo, o SINCOR/CE teve

    muito que comemorar pois, neste

    dia, a entidade completou um

    quarto de sculo, tendo sempre

    sua f rente uma Diretor ia

    empenhada em lutar pelo

    desenvolvimento da categoria no

    estado do Cear, contando com o

    impretervel apoio dos corretores

    de seguros e dos parceiros seguradores.

    Fundado no dia 04 de maio de 1989, o SINCOR/CE

    presta servios de orientao aos segurados e o consumidor de

    seguros em geral, principalmente sobre a orientao de

    liquidao de sinistros em todos os ramos e coberturas de

    seguros, e do DPVAT, alm de oferecer completa assistncia

    aos nossos associados no campo jurdico, administrativo e

    vrios benefcios atravs de convnios com outras entidades e

    empresas. Nossa misso consiste na proteo, auxlio e

    aperfeioamento dos corretores de seguros, no exerccio de

    suas atribuies e na defesa dos segurados, em razo de sua

    valiosa identidade social. Misso esta que defendemos

    ferrenhamente durante duas dcadas e meia.

    Os corretores so as pilastras do sistema de corretagem

    de seguros, como tambm so as vigas de sustentao de seus

    sincors. Com a ajuda dos profissionais de nossa categoria,

    nestes 25 anos, nosso sindicato vem prestando inmeros

    servios aos corretores de seguros e sociedade em geral

    como o atendimento DPVAT. Tambm contribui o

    SINCOR/CE com o crescimento da economia e ajuda a formar

    no Cear uma comunidade que tem voz e voto.

    Trabalhar sozinho torna qualquer empreendimento

    praticamente invivel, portanto, associar-se traz vantagens. O

    SINCOR/CE, durante todos estes anos, tambm assumiu a

    responsabilidade de defender direitos coletivos e individuais

    da categoria que representamos, inclusive em questes

    judiciais e administrativas.

    Para que o sindicato crie flego a fim de desenvolver

    com habilidade e maestria suas funes, preciso robustec-lo

    e inspirar nimo aos clamores do setor. Maduro e experiente, o

    SINCOR/CE tem plena conscincia de que vivemos um

    momento de mudanas. Precisamos estar juntos para

    superarmos os desafios e a participao das empresas

    corretoras de seguros, corretores e Seguradoras de vital

    importncia para que logremos xito em nossa comum

    empreitada.

    Que esta data se repita por muitos anos, como um sinal

    triunfante das conquistas obtidas pelos corretores cearenses no

    competitivo mercado nacional. Se voc corretor ou corretora

    de seguros, frequente o sindicato, intere-se, participe, associe-

    se! A sua presena importante e ns precisamos de sua voz

    para nos fazermos ouvir.

    Que o Grande Arquiteto do Universo nos ilumine.

  • 3Maio 2014

    A atuao da Susep sempre, e em oberto Westenberger

    100% dos casos, ser baseada na r e c o n h e c e u q u e a

    legalidade, com o cumprimento da Rdinmica de atuao Lei, seguindo as regras e normas que precisa passar por melhorias

    esto vigentes no mercado. Vamos O novo superintendente da Susep,

    coibir o que estiver contra a Roberto Westenberger, disse que

    legislao. A dinmica de atuao obrigao da entidade combater o

    precisa passar por melhorias, conta Seguro Pirata e as cooperativas ilegais

    com uma lentido indesejada, que

    que atuam no Brasil. A declarao foi ser corrigida ao longo da minha

    dada durante o primeiro encontro do gesto.

    Segundo o presidente do superintendente com os corretores do

    disposio para colaborar de alguma para comercializar de forma CCSRJ, Jayme Torres, o Clube dos Clube dos Corretores de Seguros do

    forma para combater esse grande disfarada os produtos de seguro.Corretores de Seguros repudia este Rio de Janeiro (CCSRJ), na litma

    cncer do mercado segurador. Essas tipo de atividade irregular.Fonte: CQCSquarta-feira, 14 de maio. A gente se coloca a associaes de faixada so abertas

    Combate ao Seguro Pirata obrigao da Susep, diz novo Superintendente

    Trata-se de um momento crucial e mail aos parlamentares de sua regio, governo.

    Para Verglio, h pontos positivos na precisamos dessa mobilizao, diz o solicitando a aprovao da emendas 6

    r e f o r m u l a o , c o m o a presidente da FENACOR e 22. Trata-se de um momento crucial

    O deputado Armando Verglio (SDD- universalizao do Simples para toda e precisamos dessa mobilizao.

    GO), presidente da FENACOR e da Aps duas derrotas de emendas que e qualquer empresa que fatura at R$

    Comisso Especial que discute visavam incluir no Supersimples 3,6 milhes anuais. Mas o deputado

    mudanas no Estatuto da Micro e produtores de bebidas alcolicas, faz ressalvas importantes na proposta.

    Contudo, a Tabela VI, includa como Pequena Empresa, convocou os partidos favorveis medida

    corretores de seguros a participarem entraram em obstruo, no dia 13 de anexo pelo relator, no atende aos

    ativamente da restruturao do maio, e adiaram a votao dos demais anseios dos corretores de seguros.

    Simples Nacional (Supersimples). destaques ao projeto, que revisa o Cada corretor precisar analisar suas

    A participao dos corretores de regime simplificado de tributao das contas, como o peso da folha de seguros continua sendo vital e mic ro e pequenas empresas pagamento e o nvel de formalizao, indispensvel para a mudana no (PLP221/12). Esses partidos querem

    antes de decidir ou no pelo Simples.texto aprovado. muito importante ganhar tempo para angariar mais

    Fonte: CQCSque cada corretor de seguros envie e- apoio ou negociar o tema com o

    Armando Verglio convoca corretores a solicitarem aprovao de emendas do Simples Nacional

    No uma questo de gostar do equi l b r io nas dec ises que que o andamento do projeto de

    corretor, o ponto principal que todos beneficiem, a longo prazo, todos os enquadramento no Simples pelo teto

    vocs so agentes necessrios sem os agentes produtivos do setor, de R$ 3,6 milhes anuais, de modo a

    quais no existe a operao do capacitao, desenvolvimento de incluir o corretor. Segundo o

    segurador. muito fcil gostar, porm novos produtos e internacionalizao parlamentar, o texto voltar para

    mais importante a autarquia no sentido de dilogo com instituies apreciao da Cmara hoje 07/05 com

    valorizar a categoria. A declarao estrangeiras.uma novidade: a tabela intermediria

    Alm do presidente do Sincor-SP, do novo superintendente da Susep, que varia de 16,93% a 22,45%,

    Alexandre Camillo, a mesa do evento Roberto Westenberger, durante conforme o faturamento anual.

    f o i c o m p o s t a t a m b m p o r almoo promovido pelo Sincor-