jornal quilombo - 19ª edição

Download Jornal Quilombo - 19ª edição

Post on 22-Feb-2016

224 views

Category:

Documents

8 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal Quilombo - 19 edio

TRANSCRIPT

  • A IMPORTNCIA DA SELEO FOCANDO A

    HABILIDADE MATERNA

    ww

    w.q

    uil

    om

    bo

    .co

    m.b

    r

    ANO 3 - N 19 / 2010

    P E R D I Z E SQuilomboJ O R N A L

    GENTICA

    Foto

    s: N

    aur B

    arbo

    sa

    Est chegando a hora. Anote a: 24 de julho.

    PERMETRO ESCROTAL: Quanto maior mais produo.

    Provado Quilombo...8 Leilo

  • QuilomboJ O R N A L02 QuilomboJ O R N A L 03

    Trabalhando para melhorar a HABILIDADE MATERNA

    O efeito materno est relacionado s diferenas na taxa de ganho do nascimento at o desmame, causadas pelas diferenas no ambiente materno fornecido pelas vacas no perodo que compreende a gestao e amamentao. Os efeitos maternos so considerados como efeitos ambientais que influenciam a prole e so determinados por fatores genticos e ambientais. A seleo para habilidade materna exige que se conhea influncia da vaca na expresso de caractersticas pr-desmama de seus filhos, pois estas sero utilizadas como critrios de seleo.

    Caracterizao dos efeitos maternosObservando a formao do gentipo de um indivduo,

    temse que a contribuio metade dos genes do pai e da me. Entretanto, a contribuio da me para o fentipo do seu filho se d no apenas pela transmisso de efeitos genticos, mas tambm por meio da expresso dos efeitos maternos, ou seja, fentipo da me para habilidade materna.

    Enquanto, para a cria, a habilidade materna um efeito ambiental, para a me, um efeito gentico herdado dos pais, de maneira que a superioridade gentica de uma vaca para habilidade materna fruto de genes herdados de seus progenitores, pois ambos contriburam com 50% do seu valor gentico.A influncia materna fruto do gentipo da me e da ao ambiental que potencializa ou inibe a expresso deste gentipo. Outro aspecto dos efeitos maternos a expresso destes com uma gerao de intervalo entre a expresso da vaca e da prole e com duas geraes de intervalo entre o reprodutor e a filha. Tal fato dificulta o entendimento e mensurao dos efeitos maternos com vistas ao melhoramento gentico.

    Os efeitos genticos diretos referem-se ao efeito gentico envolvido na expresso da caracterstica que est sendo medida (por exemplo, peso ao desmame), que oriunda do pai e da me em partes iguais.Os efeitos maternos genticos podem ser descritos como o efeito gentico relacionado com a expresso da habilidade materna, envolvendo o desenvolvimento pr e ps-parto e aspectos comportamentais, adaptao ao ambiente e de produo de leite.

    A habilidade materna est relacionada com a produo de leite e com o cuidado da me com a cria. Ao selecionar-se para habilidade materna, se deseja identificar vacas que apresentem maior cuidado com a cria e que produzam maior quantidade de leite.Na maior parte das situaes, a habilidade materna medida, de forma indireta, ou seja, a partir do desempenho das crias no perodo pr-desmame, atravs do peso ao desmame, do ganho de peso do nascimento ao desmame, etc... Essa prtica pode tornar-se uma grande fonte de erros quando no se

    entende que as medidas de caractersticas do perodo pr-desmame contm a expresso do potencial gentico do bezerro para ganhar peso e a expresso do potencial gentico da vaca para cuidar da cria e produzir leite. Considerando o exposto e as dificuldades de estabelecimento de uma caracterstica que trate exclusivamente da habilidade materna em bovinos, estabeleceu-se como critrios de seleo para habilidade materna, caracterstica de desempenho pr-desmame ou ndices de seleo que ponderem estas caractersticas. Ao observar as caractersticas de desempenho pr-desmame, teremos a expresso de 2 gentipos, o primeiro, do bezerro, chamado efeito gentico direto, representando o potencial gentico de crescimento do prprio animal e o segundo, da vaca, representando a habilidade materna, chamado de efeito gentico materno.O impacto dos efeitos genticos maternos sobre o peso ao desmame da cria, pode ser negativo ou positivo, pois, a habilidade materna, para o bezerro, um efeito ambiental que pode inibir ou permitir a expresso total do potencial de crescimento do animal no perodo pr-desmame. Filhos de vacas com habilidade materna superior tm maiores chances de apresentarem desempenho superior at o desmame, desde que tenham potencial gentico de crescimento. Dessa forma, se torna impossvel desassociar a seleo para habilidade materna da seleo para desempenho pr-desmame. Isto implica que estas caractersticas possuam associao gentica positiva, ou nula. Contudo encontram-se referncias a valores negativos para a correlao gentica entre os efeitos diretos e maternos em caractersticas pr-desmame. Um fator complicador a diferena de uma gerao na expresso dos efeitos diretos e maternos, pois o potencial para crescimento pr-desmame de um animal est confundido

    com a habilidade materna de sua me, e no caso de fmeas a expresso da sua habilidade materna est vinculada expresso do potencial de crescimento de sua prole no perodo pr-desmame. Para a separao adequada dos efeitos genticos em diretos e maternos e dos efeitos maternos em gentico e ambiental, necessrio, um conjunto de dados contendo informaes de desempenho no perodo pr-desmame das mes, o maior nmero de informaes de filhos por vaca, e a maior quantidade de informaes a respeito do parentesco das fmeas em reproduo.

    Estas informaes permitem a diferenciao das matrizes de relacionamentos dos efeitos genticos diretos, genticos maternos, permanentes de ambiente materno.

    Selecionando a habilidade materna e suas implicaes

    Em sistemas intensivos de produo de carne em que os animais so abatidos muito precocemente, o peso do animal ao desmame uma caracterstica de extrema importncia, em funo da participao relativa desta medida no peso final dos animais. Dessa forma, ao selecionar os reprodutores que geraro animais que sero submetidos a este sistema importante considerar os efeitos maternos, que influenciaro diretamente o desempenho pr-desmame e indiretamente no desempenho final dos animais.

    Nas situaes em que o produto de comercializao o bezerro e que a remunerao diferenciada em funo da qualidade do produto, o ambiente materno apresenta importncia relativa elevada, pois est fortemente associado com o desempenho pr-desmame fator determinante na viabilidade e qualidade do bezerro. Nestas situaes os critrios de seleo devem conter caracteres relacionados com habilidade materna e desempenho pr-desmame.

    Em sistemas de produo em que o perodo pr-desmame muito inferior ao perodo ps-desmame os efeitos maternos apresentam pequena influncia sobre o peso final, uma vez que o desempenho ps-desmame fracamente influenciado pelo ambiente materno. Nestas situaes entende-se que caractersticas relacionadas com desempenho ps-desmame tenham maior ponderao nos ndices de seleo, o que diminui a importncia dos efeitos maternos.

    Considerando que a seleo para habilidade materna acarreta aumento do potencial gentico para produo de leite. muito provvel que haja incremento das exigncias nutricionais das vacas, o que implica no melhoramento das condies de alimentao destes animais, para que estas expressem a totalidade do seu potencial gentico.Considerando que o sistema de produo de bezerros de corte no Brasil predominante realizado em pastagens cultivadas ou nativas, necessrio que o processo de seleo considere esta realidade. Deve-se entender que a seleo para habilidade materna no est relacionada com altos nveis de produo de leite, mas com o suprimento das exigncias nutricionais do bezerro e a conseqente promoo de um ambiente que permita a expresso de todo o potencial gentico para crescimento, ou seja, no adianta focar o melhoramento desta caracterstica

    se no fornecermos um ambiente em que as vacas tenham oportunidade de expressar sua qualidade gentica.

    As especificidades dos efeitos maternos genticos e ambientais tornam a seleo para habilidade materna uma atividade que necessita de uma estrutura organizacional, que permita a coleta minuciosa das informaes de desempenho, dos efeitos ambientais e da genealogia dos indivduos.Para que a seleo para habilidade materna, baseada em caractersticas de desempenho no perodo pr-desmame, seja eficiente, necessrio a utilizao de ferramentas que calculem adequadamente os valores genticos maternos, bem como, os efeitos ambientais envolvidos na expresso destas caractersticas.

    Para separao adequada dos efeitos maternos herdveis e no herdveis e a distino dos efeitos genticos diretos e maternos, necessrio que os arquivos de dados contenham informaes das caractersticas de desempenho pr-desmame medidas nas mes e filhos, seus parentes e respectivas prognies, alm do maior nmero possvel de vacas com mais de um filho, vacas que tenham netos e touros com filhas e netas avaliadas, o que permitir a utilizao de dados dos animais aparentados, a partir da estrutura criada pelos laos genticos existentes entre os parentes, aumentando a preciso das DEPs obtidas.

    O sucesso da seleo de vacas com maior habilidade materna resulta na escolha de animais com elevado potencial para produo de leite, e possivelmente, mais exigentes quanto ao manejo nutricional e sanitrio, portanto temos que nos preocupar com o ambiente em que estamos selecionando nossos animais para que estes no tenham seu desempenho subutilizado ou at mesmo comprometido quando a forma de manejar os animais no so consideradas.

    G E N T I C A

  • Convite

    17 de Julho de 2010 - Sbado

    A partir das 8 h - Fazenda Pe

    rdizes

    A Tortuga tem o prazer em c

    onvid-los para o Dia de Cam

    po na Fazenda

    Perdizes. Esse encontro ser

    a oportunidade para os pecu

    aristas conhecerem

    novas tcnicas e orientaes

    de manejo, alm de estreitar

    em o relacionamento.

    8h - Recepo e caf da man

    h

    9h - Boas Vindas