jornal ponto das igrejas 3 edição

Download Jornal Ponto das Igrejas 3 edição

Post on 03-Mar-2016

217 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Thalles Roberto no Clamor Profético em Mesquita

TRANSCRIPT

  • Setembro - Outubro de 2012 - Ano I - 10.000 tiragens

    Clamor Profticoem MesquitaClamor Profticoem Mesquita

    2424Setembro

    Online para Jesus

    Nossa F

    Banda Creia

    Isis de Oliveira

    Convert

    Min. Gerao de Tr

    igo

    Louvor sem Limit

    es

    Sementes da F

    ThallesRobertoThallesRoberto

    Ao Vivo

    Pao Municipalde Mesquita

    Juventude Primeiro AmorO que marcouFrum

    No dia 11 de agosto aconteceu o Frum de Oportunidade na Apascentar. Confira. Pgina 04 e 05

    Juventude Primeiro Amor

    Tel: (21) 9380-7743/9904-6609

    Edio de Jornal

    facebook.com/portalpontodasigrejas @pontodasigrejas

    Ponto das Igrejas - BrasilAv. Marquesa de Grizelda 1084 ap 101

    Centro - Mesquita - RJ

    www.pontodasigrejas.com.br

    Verso On-linejornal.pontodasigrejas.com.br

    Ponto das Igrejas: Fazendo presena em eventos.sucesso pelas igrejas em Mesquita e cidades vizinhas

    Jornal faz

    .

    Viglia 40 anos: Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Pastor Jesaias dos Anjos fala de sua experincia como evangelista e sobre a viglia de Bento Ribeiro.

    Pgina 04

    Pgina 02

    O futuro chegou em Nova Iguau: O colgio FuturoVip ir inaugurar mais uma filial. Nova Iguau.

    Pgina 07

  • 02facebook.com/portalpontodasigrejas @pontodasigrejas

    Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criaturaLembro-me de uma vez em que subi num

    poste na Praa Saens Pena e comecei a gritar igual um maluco e juntou foi gente. Da, em meio multido, surgiu um grupo de jovens do Clube Bblico Jesus Vive cantando uma cano evangelstica; logo aps um testemunho, um apelo e vidas se renderam aos ps de Jesus. Era assim nos anos setenta, quando invadamos os trens, praas, ruas e vielas. A isso deram o nome depois de

    evangelismo estratgico, mas para ns, jovens daquela poca, o nome e o ttulo no eram os mais importantes. A gente sabia que quem ama a Jesus e segue os seus mandamentos, evangeliza.

    Fui um dos lderes da viglia da Congregacional de Bento Ribeiro, ao lado de seu fundador, Pastor Amaury de Souza Jardim, e seu genro j falecido, Pastor lvaro Trindade. Milhares de jovens se amontoavam naquele espao, na primeira sexta-feira do ms, por amor. Gente simples que no queria fama, mas ganhar almas para Jesus e isso acontecia sempre! O Pastor Carlos, atual presidente da Congregacional de Bento Ribeiro, estar lanando um livro e um filme de memrias a respeito daqueles tempos inesquecveis.

    Hoje em dia temos outra mentalidade sobre evangelismo, onde as pessoas querem ganhar almas digitando as teclas de um computador. Tudo bem, mas seria to bom vermos os trens, praas, ruas e vielas sendo invadidos de novo por um grupo ainda maior de jovens, cheios do Esprito Santo e vidos por ganhar almas para Jesus.

    Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura Marcos 16:15Pastor Jesaias dos Anjos - Igreja Evanglica Congregacional do Primeiro Amor

    www.primeiroamor.com.br - facebook.com/iecpa

    Redatora: Liza Limalizalima@pontodasigrejas.com.brDiagramao: Alex Johnny S. Prado

    Editor: Alex Johnny S. Prado

    Diretor: Alex Johnny S. Pradocontato@pontodasigrejas.com.br

    Publicidade: (21) 9380-7743

    Redao - Ponto das Igrejas

    A Igreja Evanglica Congregacional do Primeiro Amor uma das igrejas que apiam o projeto Ponto das Igrejas: Por uma mdia mais crist!

    Pr. Joo, Pr Jesaias e Pr. Denivan

    (21) 9380-7743/ 9904-6609

    Anuncie no Ponto das Igrejas

    contato@pontodasigrejas.com.br

    Local - edio: Ponto das Igrejas - Brasil

    Tiragem:10.000 exemplares

    No dia 21 de setembro marcado o dia nacional de luta dos direitos das pessoas com deficincia. A vida dos deficientes no Brasil sempre foi marcado com dificuldades, porm, isso esta mudando. Podemos notar que os deficientes esto ingressando mais no mercado de trabalho, e no esporte tem sido destaque como nas Paraolimpadas de Londres. Um exemplo de superao que podemos tirar como lio e o artista plstico Flvio Nakan. Vitima da poliomielite aos 6 meses de idade o que o deixou tetraplgico, cresceu condicionado a vencer os desafios impostos pela vida. Com muita f, determinao e coragem ele tem driblado as suas dificuldades e se tornando um destaque na poltica e nas artes. Nakan j participou de dezenas de exposies em vrios estados do Brasil. Em 1993 ele realizou sua 1 exposio com uma srie de quadros a leo abordando o tema ecolgico, quase duas dcadas depois ele volta a debater o meio ambiente em sua arte, s que agora em uma srie de 30 cartoons em preto e branco, sendo uma grande parte deles feito com canetas esferogrficas.

    Na condio de cidado convertido Nakan reconhece que a sua superao para a honra e gloria do Senhor Jesus

    A Uno de Deus traz a superao

    http://www.facebook.com/flavionakannakan@nakan.com.br / www.nakan.com.br

    Setembro - Outubro de 2012Setembro - Outubro de 2012

    Dia 25 de JaneiroVigilho da Saudade

  • 03facebook.com/portalpontodasigrejas @pontodasigrejas

    AGARRE AS GRANDES OPORTUNIDADES DE DEUS Marcos 10:46-52

    Bartimeu estava marcado para ser UM PERDEDOR v 46

    Todos ns desejamos conquistar vitrias ao longo da vida e sermos bem sucedidos. Certo? A vida est repleta de oportunidades, porm, quase sempre passam despercebidas. s vezes aparecem de forma simples e at dissimulada, ou ento so imperceptveis e por no serem identificadas, so desperdiadas facilmente. Da surge os fracassos e os insucessos.

    Mesmo os menos favorecidos, e at os que levam consigo o estigma da derrota e do fracasso, como Bartimeu, as oportunidades tambm surgem em suas vidas. necessrio aprender a reconhec-las.

    O destino tinha sido implacvel com Bartimeu. Ele era cego e nunca viu a luz. A escurido era o seu mundo e nunca teve oportunidade na vida. No tinha como subsistir dignamente, por isso, mendigava. Vivia em permanente solido e a margem da sociedade. Um homem que sofria discriminao e tinha uma vida marcada pela misria e pelo sofrimento: Que possibilidade de sucesso poderia esperar para o seu futuro?

    Mas Bartimeu tinha conscincia das suas necessidades e sabia quem ele era: um cego que vivia mendigando.

    A pergunta : Voc conhece as suas necessidades? Sabe quem voc de fato ?

    A ESPERANA QUE FAZ A DIFERENA v 47

    Jesus se movimentava e junto d'Ele uma grande multido. O ambiente era de festa, pois, Jesus estava na importante cidade de Jeric. Crianas, idosos, pessoas saudveis a enfermas, de cultos a humildes, todos queriam ver o grande homem que realizava milagres. JESUS era esse homem.

    Gritos, sussurros, empurres, afirmaes e indagaes, credulidade e incredulidade, splicas e pedidos os mais variados e at absurdos eram realizados. Bartimeu era apenas mais um presente naquela mutildo. Apenas um mendigo cego, como tantos outros carentes e miserveis no caminho da confuso e dos empurres. Para os cticos, seria impossvel ele conseguir alguma coisa.

    Mas Bartimeu estava bem informado. Ele sabia quem era Jesus e o seu corao bateu mais forte, resultado da esperana, alimento de sua vida. A sua grande oportunidade chegou e ele no podia desperdia-la: Jesus era a oportunidade nica da sua vida; muitos anos se passaram at que a nica oportunidade chegasse; e essa oportunidade ele no podia desperdiar.

    Ningum o ajudaria, pois todos queriam aproveitar a chance de falar ou tocar em Jesus. Todos querem os melhores empregos, Todos almejam os melhores salrios. Todos querem conquistar o melhor cnjuge.

    Ele no podia ver Jesus, mas tinha senso de direo para saber onde Jesus estava. Voc sabe onde e como ter um encontro com Jesus?

    Ele utilizou-se da ferramenta que dispunha, a sua voz: Gritou. Que ferramenta voc dispe para chamar a ateno de Jesus? Voc tem coragem suficiente para utiliz-la?

    Ningum consegue vencer os obstculos da vida sem disposio de nimo. Muita gente o repreendia porque gritava, e isso gerava incmodo em relao aos demais. Saiba, muitos tentaro calar voc, impedindo de agir e de sonhar com as grandes oportunidades da sua vida. Mas VOC NO PODE DESISTIR.

    Bartimeu era o nico de todos os presentes que sabia que a sua oportunidade tinha chegado e decidiu no desperdia-la. Gritou cada vez mais alto, enfrentou aqueles que o repreendiam. Assim como ele, voc est disposto a superar os obstculos para segurar firmemente a sua oportunidade?

    Jesus conhece nossas necessidades e nos dar oportunidades.

    O Senhor ouvindo o grito de Bartimeu mandou que o chamassem. O cego descobriu que Jesus estava disponvel para atend-lo e que, portanto, a oportunidade no estava mais passando por ele, mas, parou para que ele a recebesse.

    O encontro da Esperana com a Grande Oportunidade o fez agir:

    Disposto a superar obstculos v 48

    Alguns tentem impedir que a bno de Deus, a sua grande oportunidade, chegue at

    Voc. Outros, a mando de Jesus, removem os obstculos para que voc se aproprie da sua oportunidade.

    Incentivaram Bartimeu dizendo: Tem bom nimo. Bartimeu j estava animado! E voc, est animado com a grande oportunidade de Deus?

    Bartimeu decidiu romper com o seu passado. Ele levantou-se cheio de esperana e f e decidiu ter o encontro mais importante da sua vida, com o homem mais importante daquela poca. Quem diria que aquele mendigo cego teria uma ateno especial de Jesus? Se voc decidir romper com a sua vida de hoje, Jesus lhe dar uma ateno toda especial.

    A pergunta crucial que determina se sabemos ou no o que queremos : O que queres que te faa?

    Bartimeu sabia claramente o que queria. No pediu comida, nem uma capa nova, no pediu uma bicicleta. Mas a sua resposta estava na ponta da lngua. O que voc deseja que Jesus faa deve estar na ponta da lngua. Se voc no souber claramente o que deseja, as grandes oportunidades sero desperdiadas. Elas passaro e no pararo.

    Bartimeu ouviu u

Recommended

View more >