jornal nacional da umbanda ed 26

Download Jornal Nacional da Umbanda Ed 26

Post on 30-Mar-2016

220 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal de umbanda

TRANSCRIPT

  • Jornalnacionaldaumbanda.com.br So Paulo, 12 de Dezembro de 2011. contato@jornaldeumbanda.com.br Pg. 1

    Jornal Nacional da Umbanda So Paulo, 12 de Dezembro de 2011. Edio 26 contato@jornaldeumbanda.com.br pg. 01

    Expediente: Alan Levasseur

    Rubens Saraceni

    Nelson Alves,Vereador Quito Formiga, Sandra Santos, Pai Rubens,

    Pai Engels de Xango e Og Severino Sena. Vista parcial da Tenda, com mais de 2500 mediuns.

    Tronqueira de Exu. Tronqueira de Pomba Gira.

    Jornal Nacional da Umbanda Edio n 26

    ndice de Matrias

    EDITORIAL

    As cartas que recebemos apenas entregamos (Julio C.Crivelaro) pg.02 Festa de Iemanj em Mongagu (Pai Rubens Saraceni) pg. 03

    AGENDA DE EVENTOS UMBANDISTAS Formatura do grupo de Sacerdocio (Pai Rubens Saraceni) pg. 04

    Pai Varela Visita o Colegio (Pai Rubens Saraceni) pg. 05 Festa em homenagem ao S.r Exu Rei Tiriri (Alan Levasseur) pg. 05 2 Festival de Curimba Paranense ( Marco Aurelio Boeing) pg. 06 Festa em homenagem ao S.r Exu Rei Tiriri (Alan Levasseur) pg. 05

    DOUTRINA O que Umbanda (Junior Pereira) pg.07

    Obstculos e crescimento espiritual (Thiago M. Almeida) pg.08

    Caderno de Doutrina (Newton C. Marcellino) pg. 10 Compreendendo melhor a Umbanda (Sandro C.Mattos) pg. 11

    Magia Divina dos Genios(Rubens Saraceni) pg. 14 3 Festival de Curimba Itaim Paulista (Genildo J.F.Lima)pg.15

    OFERENDAS, MADIA E TRABALHOS UMBANDISTAS Trabalho de descarrego no cemiterio (Luis C.Sevilla) pg. 16

    Orao aos poderes Divinos (Andre Cozta) pg. 17 Texto reflexivo do Ogan Juvenal (Ogan Juvenal) pg. 17

    Homenagem a Oxssi e Yans (Kelli Garcia) pg. 18 Clamor a Oxum (Alexandre Cumino) pg. 18

    BENEFICIOS PARA A SAUDE A Pimenta (Paulo Marquez) pg. 19

    BALUARTES DA UMBANDA Pai Eduardo Frankiw (JNU) pg. 22

    LTIMA PGINA Informaes Basicas sobre Exu (Rubens Saraceni) pg. 24

    Reserve sua vaga para o curso de Doutrina, Teologia e Sacerdcio de Umbanda que ser ministrado no Colgio de Umbanda Pai Benedito de Aruanda por Pai Rubens Saraceni.

    O curso voltado somente para mdiuns incorporantes Aulas aos Sbados, no horrio das 20h00 s 22h00. Endereo: Rua Serra da Bocana, n 427 - Belenzinho (prximo ao metro Belem)

    Faa sua reserva atravs do telefone (11) 4221-4288 ou pelo e-mail: contato@colegiodeumbanda.com.br INICIO: 21 de Janeiro de 2012.

  • Jornalnacionaldaumbanda.com.br So Paulo, 12 de Dezembro de 2011. contato@jornaldeumbanda.com.br Pg. 2

    EDITORIAL

    AS CARTAS QUE RECEBEMOS, APENAS ENTREGAMOS.

    A Umbanda mais que quatro paredes e um banquinho de Preto-Velho. muito mais que um

    grito de Caboclo, uma magia de Ex, ou uma incorporao extasiante. Ela sentimento, postura, fora e devoo. tambm trabalho, conhecimento, caridade, f e amor.

    A Umbanda no brincadeira de incorporao e tambm no lugar de discutir relaes, de fazer julgamentos ou de mistificar a f. Ela lugar de gente imperfeita, porm sria que sabe o que ter, ser, viver e dar. Afinal, na Umbanda acreditamos fielmente que ningum to pobre, que no possa dar, e nem to rico, que no possa receber.

    Dessa forma, confiamos que a Umbanda capaz de dar e tirar qualquer coisa, a qualquer um e a qualquer momento, desde que seja fruto do merecimento.

    Assim, na viso dos praticantes da Umbanda, que reconhecem que nada ao acaso, destacamos o princpio universal respeitado por quase todas as religies, o livre arbtrio. E neste exato ponto de tantos desencontros e falta de esclarecimentos que atuam nossas entidades orientando e ajudando a cada um de ns nesse mundo de expiao e provas no qual atualmente nos encontramos. Pois assim testemunhamos em nossa religio o destempero dos homens com sua liberdade de escolha, onde muitas vezes estes no entendem que pela consequencia de suas aes e seus comportamentos, nem sempre colhem o que obviamente pretendiam. No obstante, tais explicaes aqui retratadas so uma tentativa de derrubar conceitos deturpados de uma cultura popular que elege a Umbanda como Tenda dos Milagres, ou ainda, como Pronto-Socorro de todas as outras religies. Diferente do que muitos imaginam e procuram no possvel terceirizar a f. E ainda que fosse nossas entidades somente seriam autorizadas a tais intervenes, na certeza de estarem agindo sem interferir no principio universal, ou mais precisamente, no livre arbtrio da pessoa em questo.

    Do mesmo modo importante mencionar que distinta de outras religies a Umbanda trabalha e defende, entre outras causas, a tolerncia e a incluso. Por isso no faz em nenhum momento diferentes atendimentos a ricos ou pobres. Brancos ou pretos, ou ainda, a qualquer outra classificao social, tnica e moral equivocada do mundo atual.

    E mesmo diante desta proposta verdadeira e justa a Umbanda que mais sofre com a discriminao, pois muitas vezes procurada como o ltimo recurso para a resoluo dos problemas. Problemas esses que, na sua grande maioria, so resolvidos prontamente por nossas entidades. No por que essas so milagreiras, mas sim, por que so conhecedoras e obreiras desta equao divina que resulta somente o merecimento de cada ser.

    Salve a pemba. Salve a Umbanda. Salve o amor maior entre todos os irmos.

    Julio Cesar Crivelaro

    Tenda de Umbanda Me Justina e Caboclo Tupinamb Jundia - SP

  • Jornalnacionaldaumbanda.com.br So Paulo, 12 de Dezembro de 2011. contato@jornaldeumbanda.com.br Pg. 3

    FESTA DE IEMANJ, EM MONGAGU - 2011

    No dia 10 de dezembro de 2011 o Colgio de

    Umbanda, em parceria com a AUEESP realizou mais

    uma grande festa em homenagem a Iemanj em

    Mongagu, na qual compareceram cerca de 2500

    pessoas, dando um brilho e uma vibrao nica a esta

    j tradicional reunio de muitas Tendas de Umbanda

    sob um mesmo palio, numa confraternizao impar em

    nossa religio, em que todos se irmanam e todos vo

    incorporando as entidades que vo sendo chamadas e

    reverenciadas.

    Pai Rubens Saraceni idealizou esta festa em

    1998, na poca reunindo s trs centros, nmero este

    que foi crescendo de ano para ano, chegando a um

    ponto que reuniu cerca de 4500 mdiuns em 2007 ou

    2008.

    Posteriormente foi diminudo o nmero de

    tendas devido o grande afluxo de pessoas interessadas

    em participarem desta festa magnifica.

    Dezenas de dirigente de Tenda estiram

    presentes com seus corpos medinicos e cada linha

    invocada foi conduzida por algum deles.

    Pai Wilson de Xango, Og Severino Sena, Mestre Pedro, Og

    Sandro Bernardes, Pai Rubens.

    Pai Rubens fazendo a orao de abertura.

    Nelson Alves,Vereador Quito Formiga, Sandra Santos, Pai

    Rubens, Pai Engels de Xango e Og Severino Sena.

    Pai Rubens Saraceni, Pai Engels de Xango e Og Severino

    Sena.

  • Jornalnacionaldaumbanda.com.br So Paulo, 12 de Dezembro de 2011. contato@jornaldeumbanda.com.br Pg. 4

    FORMATURA DOS ALUNOS DO GRUPO DE ESTUDOS

    DE SACERDCIO DO COLGIO DE UMBANDA.

    No dia 27 de

    novembro de 2011 foi realizado na sede do Colgio de Umbanda Sagrada Pai Benedito de Aruanda a formatura de mais um grupo de estudos do Curso de Doutrina, Teologia e Sacerdcio Umbandista, curso este que j e tradicional nesta

    instituio de ensino religioso umbandista e j formou mais de 2000 pessoas em vrios grupos de estudos ao longo de 11 anos de ensino contnuo.

    O paraninfo desta turma foi o Ilmo. Vereador de So Paulo Quito Formiga, que muito honrou os formandos contando uma parte de sua biografia e de sua luta em favor da Umbanda e, fato indito, em seis meses conseguiu aprovar um projeto de lei criando o Dia do Umbandista e a Semana da Umbanda na Cidade de So Paulo. Tambm estiveram presente os queridos Pai Marcelo, Pai Marcio e Pai Claudio, que em suas falas passaram aos novos Sacerdotes importantes palavras de estimulo e apoio ao estudo, ao aprendizado e ao aperfeioamento continuo dentro da Umbanda.

    O Og Severino Sena, que responsvel pela corimba do Colgio e que acompanhou os formandos em todas as iniciaes foi ovacionado com uma longa salva de palmas pelos formandos e em sua fala destacou a importncia de se formar sacerdotes conscientes dos seus deveres para com a religio, auxiliando a desmistifica-la e mostra-la como ela realmente : um bem para a humanidade.

    Pai Rubens destacou o fato dos formandos terem se dedicado com amor ao aprendizado por dezoito meses e, mesmo que no venham a abrir novos centros de Umbanda, com certeza se tornaram melhores mdiuns, pois, mais bem preparados, sero muito mais uteis nos centros que j trabalham.

    Mas tambm recomendou que no tornem o grau adquirido em fonte de vaidade ou exibicionismo pessol e sim, que o resguardem para quando seus guias espirituais lhes exigirem ou determinarem que comecem um trabalho individual ou coletivo.

    Sandra Santos, presidenta da A.U.E.E.S.P parabenizou os novos sacerdotes, destacou a importncia deles e do estudo para o crescimento da Umbanda e se colocou disposio de todos para orienta-los quando forem incumbidos por seus guias a abrirem um novo centro.

  • Jornalnacionaldaumbanda.com.br So Paulo, 12 de Dezembro de 2011. contato@jornaldeumbanda.com.br Pg. 5

    Quanto aos formandos, a alegria e a vibrao explodiro com fora total, pois era a coroao de um grande esforo, onde todos abdicaram de lazer devido aos resguardos durante as iniciaes e se privaram dos procedimentos profanos para melhor receberem o Ax dos Orixs.

    Enfim, foi a coroao de muito esforo e dedicao, de estudos e praticas umbandista. Parabns novos Sacerdotes Umbandista!

    No dia 16 de novembro de 2011 Pai Juberli Varela fez uma visita ao Colgio de Umbanda Sagrada Pai Benedito de Aruanda para convidar os alunos do curso de Sacerdcio para a